Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Chrysalis – Capítulo 141

A Rainha

Vendo aquele lampejo involuntário do movimento dos olhos, lembro-me do misterioso calor que detectei alguns momentos atrás. Ainda não conseguia ver nada ocupando aquele espaço, mas mesmo que uma de minhas antenas ainda esteja em processo de regeneração, ainda posso detectar que há algum calor aleatório emanando dali. 

‘Que diabos é isso?!’ 

No calor do momento, não tenho muito tempo para decidir meu curso de ação. A qualquer segundo aquela maga vai começar a lançar seus feitiços novamente! Recuso-me a parar e continuo usando quase toda a minha energia mental na formação do meu Parafuso Gravitacional.  

‘Este vai ser um inverso. Veremos quão bem essa maga pode lançar feitiços quando estiver a trezentos metros de altura!’ 

A fim de desequilibrá-la, eu ainda avanço com minhas mandíbulas, ativando minha habilidade de Mordida Fragmentadora ao fazê-lo! As mandíbulas etéreas, que são manifestações de minha resistência, se espalham pelo ar, se aproximando rapidamente da maga.  

‘Os guerreiros podem resistir a esse ataque, mas duvido muito que uma maga consiga! Não sem algum tipo de barreira de qualquer forma.’ 

A mulher me choca ao rolar de modo ágil fugindo meu golpe, habilmente dobrando seu cajado contra o estômago para evitar que ele batesse em qualquer coisa enquanto ela completa o movimento e fica pronta para me atacar, com o cajado estendido! 

‘Droga!’ 

Eu rapidamente pulo para frente e esquivo por pouco de uma lança de gelo que se materializa da ponta de seu cajado e atravessa o ar como uma flecha, batendo no chão logo atrás de mim. 

‘Essa foi por pouco!’ 

Não posso deixar de notar que quando ela fez sua esquiva, ela conseguiu se colocar entre mim e a misteriosa fonte de calor.  

‘Ela está claramente tentando proteger aquela área! Isso é interessante. Se ela está disposta a se colocar em perigo por aquela coisa, poderia ser capaz de mudar o resultado da batalha!’ 

Com um sobressalto, percebo que meu próprio feitiço está preparado!  

‘Prova isso, maga!’ 

Abaixando-me como se estivesse prestes a atacar, em vez disso, disparo o Parafuso Gravitacional Inverso diretamente no torso da maga. Pega de surpresa, ela não tem tempo para se esquivar e seus olhos piscam com choque quando, em vez de um salto selvagem meu, esta magia é disparada contra ela. 

Torcendo o pulso com uma velocidade incrível, ela coloca a ponta de seu cajado no caminho do feitiço e consegue pará-lo de alguma forma! O Parafuso Gravitacional Inverso continua empurrando o cajado enquanto o rosto da maga rapidamente se torna uma máscara de concentração enquanto ela usa seu cajado e depois a outra mão para pressionar de volta contra o meu feitiço! 

‘Isso é mesmo possível?!’ 

Por sorte eu não tinha ficado apenas esperando o feitiço dar certo e já estava em movimento, correndo para frente com minhas mandíbulas abertas para atacar! 

‘Mordida Fragmentadora!’ 

Tentando não chegar muito perto, caso ela possa fazer algo ridículo como rebater meu próprio feitiço em mim, eu organizo meu espírito e mordo a perna da maga, esmagando-a entre minhas mandíbulas! 

Com um grito desesperado, ela cai para o lado, finalmente desviando meu feitiço para uma árvore próxima que imediatamente começa a ter suas raízes puxadas do chão, tentando subir ao céu. 

‘Agora é a minha chance!’ 

Correndo para a frente, vou em direção à fonte de calor, que posso sentir fugindo de mim, exatamente como uma pessoa faria…  

‘Que diabos?!’ 

Sinto um puxão no meu pé e percebo que a maga estendeu a mão desesperadamente para agarrar minha perna. Assim que ela me agarra, gelo começa a se formar na minha perna, indo em direção ao meu corpo. 

‘Você é muito persistente!’ 

‘Mordida Fragmentadora!’ 

Você matou um mago de Nível 46」 

Você ganhou XP」 

Você atingiu o nível 13, um ponto de habilidade foi concedido」 

‘Minha maldita perna parece que foi colocada no congelador!’ 

Enquanto continuo me movendo em direção à fonte de calor, ela se quebra!  

‘To nem aí, continue andando, cada segundo conta!’ 

Atrás de mim, a batalha continua em seu ritmo feroz. Tiny e o soldado humano continuam se batendo e está ficando claro que Tiny está ganhando vantagem. Ele ainda não está com um tanque cheio de eletricidade, mas há o suficiente para ele envolver seus punhos em raios e socar o escudo. 

Toda vez que seus punhos batem contra o escudo, um raio o atravessa, atingindo o corpo do guerreiro e o chocando a cada golpe. O guerreiro parece ter uma resistência formidável, mas cada soco poderoso o desgasta um pouco mais. 

Não que ele não tenha sido capaz de revidar. Tiny está com cortes por todo o corpo, sangrando profusamente onde a lâmina conseguiu o alcançar. A diferença entre os dois é que Tiny não está ficando sem força, sua estrutura enorme é capaz de aguentar esse tanto de dano, pelo menos por enquanto. 

‘Eu realmente preciso que o grandalhão invista em uma glândula de regeneração. Sua estatística de Poder deve ser fora deste mundo, mas estou começando a suspeitar que sua Resistência está nas ultimas. Se ele focar mais no lado defensivo, a glândula de regeneração realmente o ajudaria em uma situação como essa, onde ele não é capaz de derrotar seu oponente com apenas alguns golpes.’ 

‘O que realmente me preocupa são os guerreiros contra a Rainha e o resto da colônia. A cena é tão caótica que não consigo entender o que está acontecendo. Espero que esteja tudo bem por lá!’ 

‘O que quer que seja essa misteriosa fonte de calor, é melhor ajudar a resolver essa situação. Tem que ser algo bom se aquela maga estava disposta a morrer por isso!’ 

Quanto mais me aproximo e quanto mais minhas antenas se regeneram, mais claramente posso sentir aquela fonte de calor.  

‘Está começando a parecer cada vez mais como uma pessoa, no chão, rastejando para longe de mim…’ 

‘Não consigo ver nada na minha frente!’ 

‘Não me diga que… invisibilidade?! 

Pulando de repente, dou um salto para a frente e aterrizo por cima da fonte de calor. Quem quer que seja essa pessoa, ela está caída sob mim agora, posso sentir que suas mãos estão levantadas para proteger o rosto. 

‘Eu não acho que essa pessoa é muito boa em lutar.’ 

Uma suspeita sorrateira está começando a fazer cócegas nas bordas da minha mente. 

‘Eu não posso hesitar, minha família está sendo morta a cada segundo!’ 

Usando minhas antenas para tocar rapidamente aqui e ali, consigo localizar o que penso ser o pescoço dessa pessoa e estendo minhas mandíbulas para frente, fechando-as apenas o suficiente para forçar essa pessoa invisível a se mover, sem machucá-la. 

Feito isso, levanto a forma invisível do chão.  

‘Quem quer que seja essa pessoa, não é pesada!’ 

Com a batalha em caos soando em meus ouvidos, volto para a luta e sacudo levemente a prisioneira. Felizmente, quem quer que eu tenha em mãos consegue decifrar minha mensagem. 

A invisibilidade desaparece para revelar minhas mandíbulas segurando o pescoço de uma senhora vestida com roupas simples, mas elegantes. Mais importante ainda, sua cabeça está decorada com uma coroa de aparência muito cara! 

De alguma forma, mesmo com as mandíbulas de um monstro agarrando-a pelo pescoço, esta senhora consegue manter uma dignidade solene, não parecendo nem chateada nem temerosa neste momento crítico. 

O soldado lutando contra Tiny é o primeiro a perceber e grita algo em tom desesperado, atraindo os olhos de todos os humanos para mim. Ele tenta se afastar de Tiny e corre em minha direção, mas flexiono minhas mandíbulas ameaçadoramente, segurando minha prisioneira ameaçadoramente diante de mim. 

Ele parecia atordoado com minha exibição de inteligência e recua, virando-se apenas para ver Tiny atacar novamente, ameaçando sua vida. 

“Todo mundo para trás! Afastem-se!” 

[Tiny, pare por alguns segundos!] 

Grito com meus aliados até que eles aceitem meu pedido, dando a ambos os lados um pouco de espaço para respirar. Todos os soldados se voltam para mim, com seus rostos cheios de pânico e medo enquanto ameaço o que só posso presumir ser a vida de sua governante. 

‘O que diabos essas pessoas estão fazendo nesta floresta em primeiro lugar?!’ 

Quando finalmente tenho a chance de olhar, posso ver que muitas formigas foram destruídas por esses guerreiros. Até a forma gigante da minha Mãe está inclinada para o lado, gravemente ferida. 

A raiva explode em meu coração.  

‘Essas pessoas vão pagar!’


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar