Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Genius Warlock – Capítulo 126

Capítulo 126

Oliver foi levado ao porão do ginásio por Joe.

Na ausência de luz, tudo estava escuro e o ar estava úmido.

Quando Joe acendeu a luz, a luminária do teto acendeu.

— Ho

Espantado com o que estava vendo, Oliver exclamou.

O porão era tão grande quanto o chão, mas havia muito menos equipamentos de metal para exercícios.

Em vez disso, estava cheio de sacos de areia, luvas, manguitos, correntes e casacos manchados de sangue.

— Para que serve este lugar?

— É um campo de treinamento para lutadores de artes marciais mistas pertencentes a esta academia. Sou um ex-lutador, mas ainda uso.

— Ex-lutador?

— Eu era um lutador de arena ilegal antes de entrar para o Grupo de Lutadores. Quase todos os caras que trabalham aqui são assim. A maioria deles são gângsteres, ladrões, cafetões, artistas marciais ilegais, etc., que vivem da violência.

Oliver olhou para cima das escadas de onde desceu.

A curiosidade apareceu novamente.

Os distritos J e X são distantes um do outro, mas ainda estão na mesma cidade, então ele se perguntou como as pessoas que moram na mesma cidade poderiam ser tão diferentes.

— Ei.

— O quê?

Joe chamou Oliver, que estava perdido em pensamentos.

Ele hesitou por um momento, como se estivesse em agonia, e então abriu a boca com cautela.

— Em primeiro lugar, foi você quem disse que tudo bem se eu falasse confortavelmente… Sem honoríficos… Apenas casualmente. Realmente não há problema, certo?

— Sim, claro. Em vez disso, eu apreciaria se você continuasse assim.

Oliver respondeu, lembrando-se das inúmeras pessoas que treinou, incluindo Marie e Peter.

Cada vez que ele os ensinava, suas habilidades aumentavam e, junto com isso, sua dependência de Oliver também aumentava, a bela luz que eles originalmente tinham começou a desaparecer.

Ele achava muito triste.

— Certo, então, me ensine aqui. Avisei a todos com antecedência, então ninguém ficará aqui por um tempo. O que você vai me ensinar primeiro?

Publicidade

Quando questionado por Joe, Oliver tirou um tubo de ensaio do bolso, um tubo de ensaio cheio de emoções.

— Não tenho muito talento para ensinar, então gostaria de verificar primeiro suas habilidades. Se você não se importa, pode extrair as emoções daqui?

Ao ouvir as palavras de Oliver, Joe pegou o tubo de ensaio e extraiu as emoções.

— Espere—

— O quê?

— Por que você está fazendo isso devagar?

Oliver olhou para o processo de extração de Joe e perguntou.

Ele não estava brincando. Joe era muito lento, igual a um discípulo temporário da família Joseph.

Oliver não esperava que fosse tão ruim quando lutou com ele.

— Se não são emoções processadas, normalmente é nesta velocidade.

— Emoções processadas?

Joe ponderou por um momento, depois tirou um tubo de ensaio do bolso e estendeu-o.

Oliver verificou o tubo de ensaio.

O que havia dentro eram emoções. No entanto, não eram as emoções normais que Oliver usava.

Como Joe disse, era uma emoção processada e fácil de usar.

Em outras palavras, era como um peixe, um peixe sem sangue e escamas.

Era fácil de usar, mas era menos poderoso.

— Onde você conseguiu isso?

— Você pode obtê-lo se for até a base do Grupo de Lutadores. Eles não apenas dão a você, mas você pode obtê-lo sem falta.

— Então, você tem usado isso o tempo todo?

— Sim… Há algum problema?

— Problema? Sim, há. Não use mais isso.

— Por quê?

— Graças ao processamento das emoções, o poder original das emoções foi perdido, e se você continuar usando isso, terá um efeito negativo no seu crescimento, e você não poderá usar o traje preto com isso.

— Eu realmente não entendo… Como assim?

Publicidade

Oliver estava perdido em pensamentos. Ele se perguntou como explicar isso.

— Hum, espere um minuto.

Oliver estendeu a mão no ar e com essas palavras extraiu as emoções do tubo de ensaio que entregou a Joe.

Ele segurou as emoções em uma mão e disse.

— Você disse que queria aprender o traje preto, certo?

— Sim, a magia negra baseada em doenças apresenta um risco para o corpo se você usá-la demais.

Ele estava certo.

À primeira vista, a magia negra baseada em doenças podia parecer uma técnica eficaz e poderosa para fortalecer o corpo, mas atraía à força o poder do corpo e da força vital.

Podia ser gerenciado se não ultrapassasse o nível, mas podia ser perigoso se fosse usada com frequência ou ultrapassar um determinado limite.

Foi por isso que Oliver desenvolveu o traje preto.

— Você sabe como fazer um traje preto?

— Uma receita? Não sei.

— Receita?

— Chamamos de receita o processo de usar um feitiço de magia negra.

De repente, algo atingiu Oliver.

Dizia-se que a magia negra se enraizou em vários lugares ao mesmo tempo em uma época, então ele pensou que talvez os termos e métodos fossem diferentes.

Receita, Culinária, Processamento, Magia. Podia haver várias maneiras de chamá-los.

— Sim… De qualquer forma, aqui está a receita para fazer o traje preto.

Oliver mostrou lentamente, puxando as emoções irregulares como um fio.

Na verdade, Oliver estava no controle de tudo, então não se desfiou fracamente e se juntou como um novelo de linha no ar.

Joe olhou para a cena em silêncio.

Suas emoções estavam cheias de admiração.

Naquele momento, Oliver disse depois de fazer todos os fios.

— Este é o primeiro passo para fazer um traje preto. Não, exatamente meio passo.

— Meio?

Publicidade

— Sim, você tem que fazer assim também.

Oliver imediatamente pegou um tubo de ensaio com Força Vital, extraiu-o e transformou-o em um fio como as emoções.

Joe olhou para ele novamente em silêncio.

A luz da admiração, em vez de diminuir, ficou mais forte.

— Completando esses dois você pode dizer que é o primeiro passo.

— E então?

Em vez de responder, Oliver manipulou as emoções e a força vital que se transformaram em um fio.

Os fios divididos em dezenas começaram a se mover brilhantemente como os fios que entravam no tear e se enroscavam.

Oliver diminuiu a velocidade para que Joe pudesse ver, mas os olhos de Joe estavam ocupados se movendo, incapazes de capturá-lo.

Nesse meio tempo, um enorme pano intimamente entrelaçado com emoções e força vital foi concluído.

— É assim que você deve fazer um traje preto. Afinando as emoções e a força vital como um fio, teça-o como um pano e enrole-o em volta do seu corpo. Para realizar essas três etapas, você precisa ter um pouco de controle.

Um pouco de controle… Foi uma afirmação da qual a maioria dos Bruxos discordaria.

As emoções eram uma energia poderosa como a mana, mas eram difíceis de controlar devido à forte resistência entre cada emoção.

De certo modo, podia-se dizer que usar a magia negra era muito mais difícil do que usar magia, e essa era a razão pela qual havia apenas alguns deles que tinham grandes habilidades.

Joe, que estava ciente desse fato, disse.

— É impossível.

— O quê?

— Transformar as emoções e a força vital em um fio como esse e tecê-lo… Impossível. Cada um é difícil à sua maneira e leva muito tempo. Levará dias apenas para fazer isso. A velocidade faz uma grande diferença em uma luta, e não acho que possa usar tudo isso em uma batalha real.

— Você pode, se praticar.

— Cara, não é um reino que pode ser alcançado pela prática.

— Hum

Oliver estava em agonia.

Era uma visão estranha, mas Joe ficou nervoso com a visão.

Como um aluno que estava sendo repreendido por um professor.

Ele sentiu essa sensação apenas uma vez — quando conheceu o Cozinheiro, o capitão do Grupo de Lutadores.

Publicidade

Era uma sensação avassaladora de estar na frente de um homem forte e incomparável.

Agora Joe estava sentindo aquela sensação novamente de Oliver.

Oliver de repente abriu a boca.

— Vou já tentou?

— O quê?

— Praticar. Já tentou?

— ……

— Como eu disse antes, não tenho talento para ensinar. Acontece que tentar aprender constantemente ajuda você a pegar o jeito. E eu fiz isso todo esse tempo dessa maneira. Certa vez, ajudei alguém que não conseguia lidar com as emoções adequadamente a se tornar um bom bruxo.

— …….

— Se você realmente acha que é demais, não faça isso… Mas não posso mais te ajudar. Não virei mais aqui. Mas…

Oliver esticou o final de suas palavras enquanto olhava para Joe.

— Se você quiser desafiar algo que acha impossível, eu irei ajudá-lo regularmente. O que gostaria de fazer?


Publicidade

Felizmente, Joe era desafiador, não um desistente.

Em vez de desistir, ele disse que tentaria.

Foi uma coisa ótima. Mas, fora isso, era verdade que havia um longo caminho a percorrer. Então Oliver calculou a habilidade de Joe e dividiu as etapas em pequenos pedaços e deu-lhe o dever de casa.

O primeiro dever de casa era praticar a extração de emoções que não foram processadas.

Era fazer a extração perfeitamente do começo ao fim.

Encurtar o tempo de extração e manter as emoções nas mãos era outra história.

Até isso parecia difícil para Joe, mas de alguma forma parecia ter aprendido o truque quando praticavam juntos e pegou o jeito enquanto Oliver explicava indiretamente, colocando sua mão sob a mão de Joe.

Parecia que se ele não negligenciasse sua prática, poderia extraí-lo corretamente na próxima vez que se encontrasse com Oliver.


— Uau… Cara. Eu realmente não esperava que você aprendesse todos os fundamentos e interpretação da codificação.

Disse um velho no mercado cinza que estava escondido dentro de um mercado normal.

Na frente dele estava Oliver e o velho era quem administrava uma livraria de livros usados no mercado cinza.

O velho bebeu a bebida alcoólica que Oliver comprou, com uma expressão de admiração, e escreveu uma nova palavra-código no papel.

Era uma linguagem esotérica localizada a meio caminho entre letras e imagens

— Você também pode ler isso, cara?

Oliver olhou para a frase no papel.

Uma linha e meia.

Demorou muito para o código básico.

— Acho que diz que o Ancião gosta de bebidas caras.

— Exatamente, cara. Traga bebidas mais caras da próxima vez.

— Hum, sim.

Oliver assentiu. Na verdade, ele estava preocupado, porque havia comprado bebidas alcoólicas caras no restaurante de Forrest e não sabia onde encontrar bebidas mais caras.

— Como chamam isso, cara? Sim, sim… Vinho Magic… Ouvi dizer que o vinho Magic é tão popular hoje em dia, cara.

— Vinho Magic?

— Sim, vinho Magic, cara… Ouvi dizer que tem várias caixas desse vinho ilegal em restaurantes populares, então você pode comprar uma da próxima vez, cara?

— Hum

— Achei que você poderia comprar, cara. Você disse que ganha muitas gorjetas no restaurante, não é, cara?

— Talvez eu consiga.

— Fico feliz em ouvir isso, cara. Aliás, o sabor do acompanhamento está bom.

O velho da livraria disse, pegando a carne grelhada embrulhada com o dedo.

Também foi um lanche que foi comprado no Restaurante de Forrest.

— Isso é um alívio. Então entendi as palavras-código corretamente, Ancião?

O velho da livraria assentiu, lambendo o molho no dedo.

Publicidade

— Sim, cara. É um grande feito. Normalmente, nesta primeira fase, muitos desafiantes desabam sozinhos, apesar de terem boas aulas com os melhores professores. Mas não acredito que você aprendeu sozinho com apenas um livro, cara… Estou ficando desconfiado se você é mesmo garçom.

Ao ouvir as palavras ditas com profundo significado, Oliver concentrou sua energia nos olhos.

— Hum… Isso… Hã?

Enquanto Oliver tentava responder, ele gaguejou de repente, esfregando os olhos.

— O que há de errado, cara?

— Nada… Meus olhos ficaram embaçados de repente.

— Geralmente acontece quando alguém está muito cansado. Falando nisso, quanto tempo você tem dormido ultimamente? Parece um pouco cansado.

As palavras do velho foram bastante precisas.

Depois de terminar o trabalho da segurança de Jane, Oliver reduziu drasticamente a quantidade de sono.

Em particular, ele não dormia nos últimos dias.

Não havia nenhum motivo específico.

Acontece que ele tinha tanto trabalho a fazer que tentou lidar com tudo de uma vez.

Graças a isso, terminou completamente as escrituras que Joanna lhe deu, e o primeiro processamento do corpo de Duncan, incluindo o corpo do PinkMan, foi concluído.

É apenas a primeira página, mas ele finalmente começou a ler o livro sobre demônios que Edith Rock lhe deu.

Ele estava um pouco cansado, mas estava bem.

No entanto, os pensamentos do velho pareciam diferentes.

— Você deveria dormir bem, cara. Cada palavra que um ancião pronuncia são palavras sábias, então leve isso a sério, cara.

— É mesmo?

— Não está claro por que alguém deveria dormir, mas sei o que acontece se você não dormir bem.

— O que acontece?

— Dizem que a capacidade cognitiva diminui, haverá alucinações, esquizofrenia, perda de memória de curto prazo, perda motora, perda de fala, emagrecimento do corpo e eventualmente morte… Teve uma vez que alguém experimentou isso.

Oliver demonstrou interesse.

Ele se perguntou se algo assim aconteceria quando alguém não dormisse. Foi algo que ele nunca pensou.

— É uma experiência interessante… Quem fez essa experiência?

— Bem, não me lembro disso, cara. Foi algo de muito tempo atrás.

Publicidade

O velho respondeu com um leve sorriso.

Ao contrário da aparência de um sorriso, um leve sentimento de culpa brilhou. Como antes de seus olhos ficarem embaçados novamente, Oliver não conseguia vislumbrar as emoções do velho.

— Mas já que você terminou de ler este livro, está aqui para comprar um novo, cara?

— O quê? Hum, sim. Por acaso você tem a próxima parte?

O velho bebeu álcool e entrou na estreita livraria.

Então trouxe o livro imediatamente. Não era apenas um, mas cinco.

BANG

Uma pequena torre de livros apareceu sobre a mesa.

— É isso…?

— Linguagem de código básica (Parte 1), Linguagem de código básica (Parte 2) e Linguagem de código básica (Parte 3), Linguagem de código Avançada (parte 1) e (parte 2). São cinco livros no total. Você mesmo aprendeu a introdução com um livro, então acho que poderá ler isso daqui em diante, cara.

Todos os cinco livros eram grossos.

Oliver tornou-se ganancioso.

— Quanto é ao todo?

— Vamos ver. A parte 1 do livro para iniciantes custa trezentos mil, as partes 2 e 3 custam seiscentos mil, o livro de nível avançado é um pouco raro, então você tem que pagar um milhão e quinhentos mil cada, e como é um livro usado, tem anotações aqui e ali… Por favor, me dê quatro milhões no total.

— Hum… O preço não subiu, Ancião? Não são três milhões e novecentos mil no total?

— É um livro usado e é um livro raro, então eu deveria receber 5 milhões como está. Não me diga, você vai matar de fome um velho fraco, cara? Então não há nada que possamos fazer. Vou levar apenas três milhões e novecentos mil. Não posso mais desistir.

Algo parecia estar errado, mas Oliver não teve escolha a não ser concordar, porque suas habilidades de negociação não eram tão boas.

— Hum, infelizmente não posso comprar.

— Não tente barganhar, cara. Sem desconto.

— Não. Não tenho dinheiro no momento, então três milhões e novecentos mil de uma vez é um pouco demais.

Na verdade, não é que Oliver não tivesse três milhões e novecentos mil, já que o dinheiro que tinha estava bastante reduzido, Oliver decidiu economizar um pouco por um tempo.

O velho da livraria olhou para Oliver.

— Não me pregue peças, cara.

— É verdade.

— Oh, isso é ruim. Isso não fazia parte do plano então… Vou emprestar para você, cara.

Publicidade

— Emprestar?

— Isso mesmo. Você parece gostar de livros, então vou distribuí-los de bom coração. De forma alguma, não é porque não há lugar para colocar os livros.

As últimas palavras incomodaram Oliver, mas ele não recusou a gentileza.

Oliver gostou do fato de poder ficar com os livros.

— Hum, obrigado pela sua gentileza.

— Ei, cara… Por que você está se levantando?!

O velho ficou furioso.

— Você tirou a bunda assim que seu negócio acabou. É assim que os jovens de hoje tratam os mais velhos, cara?

— Hum, então o que precisa?

— Coloque a bunda de volta na cadeira e fale comigo até eu terminar minha bebida. Você achou que eu emprestei os livros de graça? Os jovens são todos iguais.

Oliver exclamou e recostou-se em sua cadeira.

No entanto, a raiva do velho não parecia ter sido resolvida.

— Estou chateado. Vá em frente e tente me agradar… Conte-me algo engraçado.

— Engraçado…? Três homens jogavam pôquer em um bar. Um das Terras do Norte, um do Reino e o último de Landa. Estes três…

— Não, eu não pedi para você me deixar com raiva, cara, é ENGRAÇADO… Algo engraçado.

— Hum, então, que tal uma piada de restaurante?

— Ó Deus. Haha… Se você não se importa, posso perguntar quantos anos você tem?

— Por que está perguntando isso, Ancião?

— Só estou perguntando, porque é muito chato. Uma piada de restaurante, na verdade… Vamos lá, cara—

— É estranho?

— Claro que é estranho. Caras da sua idade deveriam falar sobre mulheres, cara? Qual é o seu jogo com as mulheres, cara?

— Hum… Marquei um encontro com uma mulher depois disso.

O velho da livraria ficou surpreso, com os olhos arregalados em descrença

— Sério?

— Sim.

Oliver assentiu.

Como resultado de suas visitas regulares à catedral, ele finalmente se encontrou com Joanna e conseguiu marcar um encontro.

O velho ficou repentinamente animado.

— Sim, é isso! De repente está ficando engraçado. Ela é uma mulher bonita?

— Sim.

— Droga! Onde vocês vão se encontrar?

— Na catedral.

— Que idiota! Não acredito que você marcou um encontro com uma mulher na igreja, cara. Pegue sua caneta agora! Escreva o que vou dizer e prepare-se para isso! Agora mesmo!

Oliver entrou em pânico e pegou a caneta conforme lhe foi dito.

Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 2 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar