Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Genius Warlock – Capítulo 125

Capítulo 125

— Hum

No porão do armazém, Oliver trabalhava com o corpo do PinkMan.

Ele começou a trabalhar com a ideia de praticar antes de receber os corpos do médico e do Bruxo encomendados no mercado negro, mas deu mais trabalho do que ele pensava.

— Hum

Depois de cortar a barriga do corpo do PinkMan com um bisturi, ele a abriu com a ferramenta que comprou outro dia no mercado negro.

Uma enorme quantidade de sangue jorrou, mas felizmente não cheirava mal.

O corpo engolido pela Grande Boca não estava podre e estava surpreendentemente bem preservado.

Oliver tirou a tripa usando uma pinça. Era macia e escorregadia, então achou que iria deixá-la cair, mas depois de algumas vezes se acostumou.

TUM

Os órgãos respiratórios, digestivos e de desintoxicação que Oliver acabara de remover foram colocados em um saco glutão, pois ouvira dizer que as pessoas compravam esses órgãos no mercado negro.

Ele ouviu dizer que eram itens ou ingredientes de magia negra para fazer drogas.

Ele não poderia ganhar tanto dinheiro com isso, mas estava planejando economizar vendendo essas coisas quando viu o dinheiro desaparecer mais facilmente do que pensava da última vez.

Os quatrocentos milhões que ganhou arriscando a vida desapareceram num instante, o que fez Oliver sentir necessidade de economizar mais dinheiro.

Após retirar tudo que havia no interior do corpo, Oliver passou para a próxima tarefa.

Ele pegou um punhado de pó branco que absorvia sangue e umidade para evitar a decomposição e aplicou dentro.

O nome oficial do pó branco era [Pó Bruto].

Estava escrito no diário do Marionetista Glifo que era muito mais eficiente passar por esse processo antes do processo completo de fabricação do boneco cadáver.

O Marionete disse que nem se lembrava do Glifo, mas surpreendentemente, seu talento e paixão pelos bonecos Cadáveres eram grandes.

Ver o conteúdo e as anotações do diário indiretamente deu a Oliver uma noção disso.

Além disso, ele era uma ótima pessoa quando se tratava de suas paixões, como economizar dinheiro e entrar na Mão Negra por conta própria.

Oliver de repente sentiu que havia cometido um erro.

Ele pensou que depois de matar o Glifo, deveria ter encontrado uma maneira de manter o laboratório, e não apenas deixá-lo sem vigilância.

Então poderia ter economizado muito dinheiro usando os materiais para fazer um boneco cadáver assistente agora.

— Hum… Terei cuidado da próxima vez.

Oliver disse isso e pegou uma ferramenta de metal.

O nome dessa ferramenta, que parecia um gancho largo, era espátula.

Publicidade

Era usado para riscar e remover o pó bruto que era aplicado no corpo e amontoado.

Oliver olhou para o corpo antes de raspar o pó bruto que aplicou no estômago.

O pó bruto estava bastante seco e o corpo também parecia um pouco seco.

— Tudo bem, está certo…

Oliver passou para o próximo passo enquanto murmurava e olhava para o diário.

Ele agarrou o corpo com uma das mãos e levantou a espátula com a outra para arranhar o interior.

O pó bruto na parede interna foi cuidadosamente riscado para não causar o máximo de danos possível.

Um pedaço rígido foi removido até certo ponto e o resíduo deixado como goma foi removido um por um usando um pano e um agente de limpeza, e então o corpo foi levantado e colocado no tanque de aço não corrosivo.

Mover o corpo deu muito trabalho para Oliver.

— Ha… Preciso fazer um boneco cadáver assistente rapidamente. Ou deveria aumentar minha força.

Depois de se esforçar para mover o corpo para um tanque grande, Oliver repetiu o trabalho mais duas vezes.

Graças a isso, três corpos foram empilhados em camadas no tanque.

Oliver se perguntou se não havia problema em fazer isso, mas o diário dizia que não havia problema em processar o corpo dessa forma quando não havia tempo, durante a produção em massa, e se não fosse um boneco cadáver muito importante.

Oliver enxugou o corpo suado com uma toalha e usou luvas, aventais e máscaras especiais.

Depois trouxe um dos cinco frascos de conservantes líquidos que havia deixado num dos lados do armazém.

Oliver abriu a tampa e esvaziou todo o recipiente, que continha um líquido para mumificação.

BULUBULU.

O líquido transparente, mas ligeiramente viscoso, encheu lentamente o tanque e engoliu o corpo.

Quando o tanque estava cheio, o corpo foi pressionado com objetos pesados para afundar completamente.

Oliver ajustou o despertador e fez uma pausa.

Ele tinha que retirá-los e secá-los novamente depois de deixá-los de molho por duas horas, e deixá-los de molho novamente por mais duas horas.

Só depois de repetir isso três vezes, seria possível que os corpos renascessem como bonecos cadáveres com durabilidade e flexibilidade, e que não se decompusessem.

Tudo isso para fazer a base dos bonecos? Oliver não conseguia acreditar.

— Entendo por que deveria haver dois ou três assistentes.

Oliver disse isso e procurou nas roupas que havia tirado e tirou o maço de cigarros.

Publicidade

Não era um cigarro de verdade, mas um maço de cigarros com Pilgaret e, claro, era Pilgaret [Presente] feito por Marie e outros.

Oliver pegou-o e olhou para ele, só para garantir.

Não era muito diferente do que ele recebeu de Nina no passado.

Havia uma mistura deliciosa de raiva e amor maternal, duas emoções que se contradiziam um pouco.

Oliver ponderou por um momento, depois segurou-o na boca e acendeu-o.

Esta era a segunda vez que fumava um Pilgaret.

Porém, infelizmente, isso não impressionou muito Oliver.

Parecia que… Não combinava com seu gosto.

Quando fumou pela primeira vez, aquele que tinha as emoções de Joseph, seu Mestre, ele sentiu algo tremendo.

O que foi surpreendente era que ele podia sentir todas as emoções e memórias que Joseph acumulou em sua vida, e não pedaços de emoções fragmentadas.

Oliver não sabia qual era esse princípio, mas pôde aproveitar a vida difícil de Joseph e as emoções intensas que sentia, as aspirações que tinha e os objetivos, indiretamente como silhuetas.

Naquele momento, Oliver pôde entender Joseph.

A intensa onda de emoções em seu corpo deu a Oliver um choque e uma alegria indescritíveis.

É como se ele estivesse realmente vivo…

Mas Oliver não conseguia sentir nada parecido neste Pilgaret.

O método de fabricação não era um problema. Era apenas o material.

Logo, os olhos de Oliver se voltaram para seu casaco.

Dentro dela havia dois Pilgarets feitos com a bela luz extraída de Duncan.

Ele pensou por um momento, se deveria fumar agora ou não.

Havia até dois, então pensou que talvez não fosse ruim se apenas fumasse um.

— …….

Oliver permaneceu em silêncio por um tempo, como se estivesse perdido em pensamentos.

Mas, logo depois moveu as mãos em direção ao casaco como se estivesse determinado, e naquele momento…….

BEEP BEEP BEEP

O despertador tocou.

Publicidade

O alarme alto e agudo despertou a consciência enterrada de Oliver.

— …!

O pequeno martelo no topo do despertador atingiu os enormes sinos de ambos os lados.

Oliver, que havia recuperado o juízo, esfregou os olhos.

Ele tinha muito o que fazer depois de terminar o trabalho de Edith Rock, então não dormia bem e parecia cansado.

BEE

Oliver desligou o alarme, calçou novamente as luvas e máscaras e retirou o corpo submerso em líquido conservante.

Depois de retirar o corpo sem carimbá-lo com um gancho com alça, ele foi espalhado sobre uma lona previamente colocada no chão.

Todos os três cadáveres foram deitados.

Oliver examinou os cadáveres enquanto segurava o diário.

Não havia lugar onde o conservante não penetrasse e não restasse sangue ou resíduo.

Quando ele cutucou com o dedo, também teve a firmeza que estava mencionada no diário.

O processo correu bem.

Após a secagem, Oliver pegou o corpo novamente e colocou-o cuidadosamente no tanque.

Então olhou para o casaco com o Pilgaret-Duncan por um momento e afastou a tentação maluca.

— Sim, vamos aguentar mais um pouco. Haverá um momento melhor.


Depois de horas dissecando os cadáveres, Oliver vestiu suas roupas comuns do dia a dia em vez do terno e saiu.

Não era porque ele não iria trabalhar, mas porque estava indo para um lugar onde usar terno o faria se destacar.

O destino não era outro senão uma academia localizada dentro do Distrito X.

Ele conseguiu identificar a academia ao se aproximar do local, conforme Joe mencionou.

O prédio, que tinha teto baixo e aparência de armazém, estava em mau estado e cheio de itens diversos.

Lá dentro, pessoas assustadoras podiam ser vistas se exercitando com shorts.

Publicidade

A maioria era musculosa e em boa forma, e tinham uma atmosfera que dizia que a violência era seu negócio.

Joe pediu a Oliver para encontrá-lo ali, e ele achou que era um lugar que combinava muito bem com Joe.

— Ei, quem é você? Não acho que você seja uma pessoa que pertença aqui.

Alguém falou com Oliver. Quando virou a cabeça na direção de onde ouviu o som, viu um homem careca.

Ele era baixo o suficiente para Oliver olhar para baixo, seus ombros eram muito largos e seu corpo era grosso, principalmente, os braços pareciam duros como pedra.

Ele olhou para Oliver com olhos tão duros quanto seus braços.

— Ei, quem é você?

— Olá. Meu nome é Dave. Estou aqui para me encontrar com alguém.

— Huh. Olha só, temos um cara bem-educado aqui. Não sei quando este lugar se tornou ponto de encontro de amantes.

— Sinto muito, Joe me pediu para encontrá-lo aqui.

Com essas palavras, a expressão do homem mudou. Ele pareceu um pouco surpreso.

— Joe? É o cara que sempre usa soco quando mata gente, aquele de cabelo grosso?

— Hum… Provavelmente é isso mesmo. Seu apelido é Knuckle Joe.

— Então está certo! Mas qual é a sua relação com o Joe? Você não se parece com um dos amigos dele. Por acaso vocês dois estão namorando?

O careca disse com um sorriso.

— Hum… Você está de brincadeira agora?

— Sim, só estou brincando. Você não é um covarde. Bom, bom. Siga-me, eu te guiarei.

O homem sorriu mostrando todos os dentes da frente e entrou no ginásio gesticulando para Oliver segui-lo.

Oliver o seguiu até o ginásio.

Quando entrou, o lugar estava cheio de suor.

— Ahhhhhhhhhhhhhhhh—!

— Seu idiota! Ouça aqui! Seu perdedor!!

— Um, dois, cinco.

— Acerte os números, seu idiota…

— Não descanse, continue batendo, seu idiota! Se você perder de novo, vou simplesmente desmembrá-lo e vendê-lo.

Publicidade

Em todos os lugares, ouvia-se o som de ferro batendo, o som do vento cortante e o som de sacos de areia batendo.

Inúmeras pessoas se exercitavam violentamente enquanto cuspiam palavrões.

Oliver ficou surpreso com a visão animada que nunca tinha visto antes.

— Todo mundo está cheio de energia, não é mesmo?! Hahahaha.

Alguns dos praticantes viraram a cabeça e cumprimentaram o careca.

— Ah, olá, instrutor. Hoje não é seu dia de folga?

— Sim, mas meus bebês não aguentam um dia de folga.

O careca respondeu, beijando seus bíceps.

— Aliás, quem é esse, instrutor?

— Não sei exatamente, porque acabei de conhecê-lo mais cedo. Ouvi dizer que ele vai se encontrar com Joe.

— Joe? Ele se formou no jogo há muito tempo, certo?

— Não sei… Ei, aqui está ele.

O careca apontou para Joe, que socava um saco de areia no canto do ginásio.

O som de algo explodindo ressoou com cada soco de Joe.

Ta-ang-pongTa-ang-pongTa-ang!

Força física pura sem magia negra.

Como Oliver sentia, ele era forte o suficiente sem usar magia negra.

Joe deu um passo único e bateu no saco de areia com toda a força.

DAANG!

Com um som alto ecoando dentro do ginásio, um buraco se formou no saco e areia escorreu por ele.

Alguns sorriram com admiração.

O careca chamou Joe, julgando que o exercício estava quase acabando.

— Joe!

Joe, que suava enquanto tirava a blusa, virou a cabeça.

— Você deveria pagar por isso!

Publicidade

— Sim.

— E tem um convidado procurando por você.

Convidado. Com essa palavra, Joe finalmente viu Oliver ao lado do careca.

Ele pareceu surpreso e olhou o relógio, correu e perguntou.

— Por que você já está aqui…? Sr. Dave?

— Você me disse para vir quando eu terminasse meus assuntos urgentes, foi por isso que vim.

Joe falou com uma atitude cautelosa em comparação com Oliver, que falou com uma atitude calma.

Ainda mais estranho foi Joe usar títulos honoríficos ao falar com Oliver.

Pareceu ser um grande choque para as pessoas no local, mas elas ficaram mais surpresas com o que aconteceu a seguir.

— Você não precisa usar títulos honoríficos.

— Mas temos que fazer uma distinção entre quem está no topo e quem está na base…

— Só estou ensinando você por um tempo. Nada mais, nada menos… Ó, sr. obrigado pela ajuda.

Oliver se inclinou ligeiramente e disse, mantendo os olhos no mesmo nível do homem careca.

O careca perguntou, olhando para Joe com uma cara de surpresa.

— Ei Joe, onde você encontrou esse esquisito?


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar