Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Genius Warlock – Capítulo 236

Capítulo 236

[Sim, peço desculpas por decepcioná-la, Mãe Bathory. Eu não me importava muito porque ele era um péssimo substituto para um professor, mas eu não sei que tipo de truque ele usou… Realmente, peço desculpas.]

Uma voz ansiosa veio através do telefone.

O homem tentou ao máximo manter sua dignidade na voz, mas não conseguiu esconder sua ansiedade.

— Ah-! Homens… — A Mãe Bathory respondeu, não escondendo seu desprezo. — Está tudo bem, Sr. Hall. Acontece. As pessoas cometem erros, afinal. 

— O-Obrigado por entender. Eu sou realmente grato. 

— No entanto, devido à recente escassez de suprimentos, acho que posso cometer um erro com você também… Você entende, certo? 

— O-O quê?! Espere, o que isso significa…? Mãe Bathory?! Mãe Bathory!! 

Um grito desesperado, quase vulgar, foi ouvido do telefone.

Mas a Mãe Bathory o ignorou levianamente e entregou o telefone à sua filha.

Assim que sua filha pegou o telefone, ela o colocou no dispositivo de comunicação e desligou.

Com um clique, o ruído do telefone desapareceu, e o silêncio se espalhou ao redor.

Foi satisfatório.

Mãe Bathory, imersa em uma banheira quente cheia de sangue, achou isso verdadeiramente desprezível.

Um velho agindo como uma criança fazendo birra.

No entanto, ela conseguia entender até certo ponto. Ela tinha visto inúmeras vezes como os idosos tinham sido obcecados por suas vidas nos últimos trezentos anos.

Eles pareciam sábios e distantes da vida à medida que envelheciam, mas era mentira.

À medida que envelheciam, ficavam mais tolos e obcecados com a vida. Ainda mais do que os recém-nascidos.

— Hmph… 

Mãe Bathory saiu da banheira. Junto com isso, sua pele semelhante a mármore, não coberta por uma única roupa, foi exposta.

Sua pele bela e leitosa, que parecia quase alienígena, era impecável, e conforme o sangue escorria por seu corpo, criava uma visão arrepiante e cativante.

— Minhas filhas. 

Cerca de quarenta mulheres usando capuzes e criaturas escravas de sangue criadas pela magia do sangue se ajoelharam de uma vez.

Zumbis que não estavam nem mortos nem vivos, conectados pelo sangue.

SplatSplat.

Mãe Bathory saiu do banho de sangue.

O sangue que caía no chão e o sangue restante ao redor de seu corpo se moviam como se tivessem ganhado vida e se transformaram em um vestido vermelho.

— Parece que é difícil para Vivian trazer o convidado sozinha… Vocês podem ajudar sua irmã e trazer o convidado para sua mãe? 

— Sim, Mãe. 

As quarenta ou mais filhas com capuz responderam em uníssono, movendo-se grotescamente rápido e desaparecendo.

Os escravos de sangue também desapareceram.

Depois que todos desapareceram, Mãe Bathory virou a cabeça e olhou para os dois homens no vídeo.

Os dois homens que estavam lutando na emboscada escura.


Crack-!

Com um som, a lâmpada quebrou.

Devido a isso, o corredor do laboratório, que já era escuro, foi engolido pela escuridão completa.

Tudo o que podiam sentir eram a aproximação da intenção assassina e os ruídos bestiais de todos os lados.

Teria sido um ataque surpresa que uma pessoa normal não teria sido capaz de lidar e teria sucumbido à confusão.

Se fossem pessoas normais, é claro.

O mar escuro onde não podiam ver nem mesmo um centímetro à frente ondulou, e os ruídos bestiais se misturaram ao som de metal, seguido pelo som de algo se inflamando.

Era o som intenso de queimar o ar.

Whooosh-!!

Junto com isso, a escuridão recuou, e uma sinistra luz vermelha a substituiu.

Willes tinha sacado sua espada, oculta por um feitiço de encolhimento, e a incendiou.

As intensas chamas cegavam e repeliam seus inimigos apenas por existirem.

No entanto, isso era apenas um efeito secundário, não o fim.

O verdadeiro poder das chamas se manifestava quando Willes brandia sua espada.

À medida que a lâmina ardente cortava os zumbis vivos, eles eram fatiados como manteiga e transformados em cinzas. Eles eram queimados instantaneamente pela potência comprimida.

Oliver, que ainda não havia compreendido o nível médio de um mago, podia perceber o quão extraordinário aquilo era.

Liberar uma potência tremenda para transformar um corpo humano em cinzas em um instante, ao mesmo tempo em que confinava a potência ao redor da lâmina.

Era uma técnica possível apenas com uma grande quantidade de mana e um controle excepcional de mana.

Pessoalmente, ele achava que poderia estar em um nível semelhante ao de Kevin.

Mas havia algo ainda mais surpreendente do que as habilidades mágicas: o sentido de combate e a esgrima.

Magos comuns seriam sobrecarregados apenas controlando as chamas, mas Willes emitia mana de todo o seu corpo para discernir os movimentos dos inimigos e contra-atacá-los efetivamente com sua espada surpreendente.

A maioria dos inimigos não conseguia competir com ambas as habilidades e eram reduzidos a cinzas, provando esse ponto.

Tendo aprendido um pouco de combate próximo com Joe, Oliver conseguia entender um pouco o quão eficiente e impecável era aquela esgrima.

Será que era por isso?

Oliver percebia a situação inclinando a favor deles conforme os inimigos caíam um a um, mesmo defendendo-se apenas com Tonfas.

— De qualquer forma, esses caras são estranhos. O que são eles? Definitivamente parecem zumbis. 

Oliver pensava enquanto observava os inimigos avançando para ele, apesar dos pescoços quebrados.

Embora tivessem sido corroídos pela aura da magia negra, tinham uma presença natural como pessoas vivas e emoções fracas, fazendo-o pensar que estavam sendo afetados por magia negra do tipo manipulação. Mas isso não era verdade.

Não importa o quanto fossem afetados por magia de manipulação, não podiam desafiar sua estrutura física. Quando seus pescoços eram quebrados, deveriam ter morrido ou, no mínimo, não serem capazes de se mover. Mas não era o caso com essas criaturas.

Em vez disso, avançavam ainda mais ferozmente.

De qualquer ângulo que se olhasse, isso era uma característica que só poderia ser vista em corpos mortos, não em pessoas vivas.

— Mas tem Energia Vital e emoções. O que é isso? Fascinante. 

No momento em que Oliver tentava usar sua corrente mágica para capturá-los vivos, Lena, que observava à distância, se moveu.

Disfarçada como uma guia simples, ela liberou uma enorme quantidade de mana oculta dentro dela, aproximando-se instantaneamente de Oliver com sua força.

— Primeiro, você…! 

[Flash]

No momento em que Lena estendeu a mão para pegar Oliver, ele lançou rapidamente um feitiço que emitia uma luz cegante.

Embora a luz intensa não pudesse prejudicá-la fisicamente, estimulou seus nervos ópticos. Lena, pega de surpresa, recuou a mão e cobriu os olhos tardiamente.

— Ah! Meus olhos…! 

— Deve ser bastante deslumbrante… 

Falando sinceramente, Oliver, que tinha coberto os olhos a tempo com o feitiço, disse isso.

Não era uma declaração maliciosa, mas Lena, incapaz de abrir os olhos, balançou os braços irritada.

— Seu maldito! Eu vou pegar você com as minhas próprias mãos! 

Enquanto Lena balançava o braço, Willes, que havia terminado com os inimigos restantes, se aproximou.

Esfregando os olhos para recuperar alguma visão, Lena viu Willes se aproximando com uma espada em chamas e recuou rapidamente usando seus movimentos ágeis únicos.

Como resultado, a lâmina de Willes quase cortou o torso de Lena, cortando apenas o ar. Não foi sem algum ganho, no entanto.

— Argh…! 

A lâmina de Willes raspou o braço de Lena.

O braço de Lena começou a queimar pelo corte, e ela concentrou sua mana para resistir às chamas intensas e extinguir o fogo.

No entanto, por algum motivo, o fogo não se apagava facilmente. Em vez disso, queimava ainda mais ferozmente, ameaçando engolfar todo o seu corpo.

Percebendo algo, Lena arrancou a parte inferior do ombro para se livrar das chamas do corpo.

Com um som molhado, seu braço caiu, e o sangue jorrou. Mas o sangue logo coagulou na forma de vasos sanguíneos, formando um novo braço que gerou ossos e carne.

Era uma visão rara, mas Willes permaneceu calmo e composto.

— Você é rápida para uma bruxa. Se fosse um pouco mais devagar, todo o seu corpo teria sido queimado. 

Oliver entendeu o que Willes queria dizer.

As chamas usadas por Willes não eram apenas chamas poderosas.

Embora fossem realmente bastante poderosas, o aspecto mais ameaçador era o princípio pelo qual as chamas queimavam.

A magia de fogo comum envolvia o conjurador injetando mana, mas as chamas usadas por Willes foram projetadas para distorcer a fórmula mágica, fazendo com que as chamas absorvessem mana por conta própria.

Portanto, mesmo que alguém tentasse extinguir as chamas com mana, elas não se apagariam facilmente, e, em vez disso, queimariam o oponente ainda mais.

Em termos de natureza, estavam mais próximas de veneno do que de fogo.

“Ou talvez, meu Fogo da Ganância. De qualquer forma, é impressionante.”

Oliver realmente admirava isso.

O feitiço, projetado não para o conjurador injetar mana na chama, mas para a chama roubar combustível por conta própria, parecia insignificante à primeira vista. No entanto, na realidade, não era nada disso.

Com a chama como sujeito, em vez do conjurador, era muito mais difícil de controlar, e se a habilidade do conjurador fosse insuficiente para controlar o fogo, poderia ser várias vezes mais perigoso do que a magia de fogo comum.

Uma vez perdido o controle sobre o fogo, ele poderia até devorar o conjurador. Em outras palavras, o poder era drasticamente aumentado às custas de um risco muito maior.

“Há uma razão para aumentar o poder a esse ponto?”

Enquanto isso, Lena, cujo braço tinha crescido novamente, falou com Willes.

— Parece que você não é um Solucionador comum, não é? 

— Vendo como você regenera seu corpo como o rabo de um lagarto, parece que você também não é uma bruxa comum. Usando sangue como um meio… Você é da família Bathory? 

Família Bathory. Era a primeira vez que Oliver ouvia esse nome, mas julgando pelo estado emocional de Willes, eles não pareciam ser oponentes fáceis.

Oliver olhou para Lena em busca de uma resposta, e ela respondeu com um sorriso sarcástico.

— Você acha que somos bruxos? 

— Não, acho que vocês são bruxos nojentos que venderam suas almas para demônios. Ouvi rumores, mas nunca pensei que encontraria vocês assim. Prazer em conhecê-los. Vocês se infiltraram aqui para roubar o material de pesquisa de outros magos? 

Nas palavras desdenhosas de Willes, Lena só pôde rir com desdém.

— HehHeh. Você não sabe de nada… [Cadeia de Raios] 

Lena rapidamente reuniu mana e lançou uma quantidade massiva de choques elétricos em Oliver e Willes com habilidade notável.

O relâmpago azul escuro envolveu Oliver e Willes como uma onda, mas, ao contrário de seu ímpeto, não causou danos significativos.

Willes usou a magia de fogo envolvendo sua lâmina para devorar a mana no relâmpago, e Oliver também imitou Willes, usando o mesmo método para absorver a magia do relâmpago com a mana que injetara em sua tonfa.

Willes ficou surpreso.

A tonfa impregnada de pura mana obedecia à vontade de Oliver, segurando o relâmpago e até mudando a natureza da mana para eletricidade.

Oliver arremessou sua tonfa no estado atual.

Lena, que falhou em lançar um ataque surpresa, esquivou-se da tonfa com uma careta, mas quando a tonfa atingiu o chão, causou uma faísca poderosa e uma ampla gama de eletricidade se espalhou ao redor.

Lena, que não esperava por isso, foi atingida pela própria magia elétrica, sofrendo queimaduras por todo o corpo e ficando endurecida.

Como Willes não perdeu esse momento e se aproximou, o colar em volta do pescoço de Lena se quebrou, e o sangue dentro dele se espalhou pelo ar.

Willes parou diante da situação súbita, e, nesse meio-tempo, uma pequena quantidade de sangue serviu como um meio para invocar balões semelhantes a carne.

Os balões semelhantes a carne, parecidos com furúnculos, tremeram e depois estouraram, espalhando uma grande quantidade de sangue em todas as direções.

A espessa camada de sangue vermelho cobriu o chão com um som de respingos.

Antes mesmo que pudessem entender a situação, o sangue subiu como uma coluna d’água, e duas mulheres surgiram dele.

Elas lançaram magia de ataque em Oliver e Willes assim que apareceram.

Oliver e Willes bloquearam sem dificuldade como antes, mas foi o suficiente para seus oponentes.

Aproveitando o momento em que a atenção deles estava desviada, elas cuidaram de Lena e desapareceram na poça de sangue como se afundassem na água.

Oliver ficou bastante impressionado com a visão. Era um truque muito interessante, com uma mistura bizarra de magia e magia negra.

Crack!

Enquanto Lena desaparecia com a ajuda de seus aliados, a luz voltou na lâmpada, e os arredores clarearam.

Tudo o que era visível ao redor eram as cinzas dos inimigos queimados por Willes e a poça de sangue.

Estava um pouco caótico, mas era bastante divertido.

— São mais gentis do que eu pensava. Acenderam as luzes para nós. 

Oliver recuperou sua tonfa e olhou ao redor para ver se havia algum cadáver utilizável. Infelizmente, todos os corpos tinham virado cinzas.

— Você disse que eram gentis? 

— Hm… sim. Elas acenderam as luzes, não foi? 

— Elas só tentaram nos matar, não é? 

— Talvez tivessem algum motivo para fazer isso? Seja qual for o motivo, estou grato pelas luzes estarem acesas agora. 

Após confirmar que não havia corpos para aproveitar, Oliver se levantou. Ele queria estudar o zumbi que naturalmente mantinha Energia Vital e emoção como uma pessoa viva, mas era uma pena.

“Bem, posso perguntar diretamente… Era família Bathory?”

— Sr. Will. Posso fazer uma pergunta? 

— Isso é bom. Eu também tenho uma pergunta que quero fazer. Podemos trocar perguntas. 

— Me perguntar? O quê? 

Willes virou-se para Oliver de frente. Ele não tinha más intenções, mas tinha uma mistura de confiança e cautela.

— Como um bruxo se disfarça como um funcionário da Torre Mágica e consegue um emprego?


Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar