Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Genius Warlock – Capítulo 254

Capítulo 254

Oliver ajudou a Criança a se adaptar à Boneco Cadáver Bathory.

A ajuda que ele deu foi simples, como apoiar o corpo para se movimentar e compartilhar várias discussões para encontrar pontos de melhoria.

Mas isso não significa que foi insignificante.

Através desse processo, ele descobriu um fato interessante.

O fato era que, dependendo da qualidade do Boneco Cadáver, havia uma diferença de tempo em como a Criança o controlava.

Por exemplo, se o Boneco Cadáver não tivesse habilidades, talentos ou características significativas, a Criança poderia controlá-lo livremente assim que entrasse. No entanto, Bonecos Cadáveres com diversas habilidades, talentos e uma alta profundidade de características levavam um tempo considerável.

Ele já havia sentido um pouco antes, mas Bathory era excepcional, o que confirmou isso.

Isso era informação bastante crucial para usar Bonecos Cadáveres.

Oliver registrou esse fato em suas anotações e tentou especular a razão.

“Será porque o cadáver tem muitas informações e é complicado? Deve ser difícil para a Criança digerir…”

Embora não tenha certeza, Oliver chegou a uma conclusão provisória.

Embora pudesse ser tarde demais para dizer, houve momentos em que a Criança usou as habilidades, movimentos e técnicas dos Bonecos Cadáveres às vezes até mais do que o proprietário original.

O exemplo era amplificar as habilidades originais por duas ou três vezes por meio da cooperação entre Bonecos Cadáveres.

Em vez de usar técnicas por meio dos Bonecos Cadáveres, a Criança mostrava uma semelhança mais próxima em aprender as habilidades do Boneco Cadáver e as digerir como suas próprias.

Esses dois podem parecer iguais, mas eram totalmente diferentes, e no último caso, a Criança poderia sonhar com possibilidades infinitas.

Quanto mais Bonecos Cadáveres ele usasse, mais diversas técnicas e habilidades a Criança poderia adquirir e acumular.

Então, outra pergunta surgiu naturalmente.

A pergunta era se a Criança poderia treinar a si mesmo usando o Boneco Cadáver como um meio para aprender novas habilidades.

Dependendo da situação, não precisava depender apenas da qualidade do Boneco Cadáver.

Oliver rapidamente registrou as informações relevantes, formulou hipóteses e anotou métodos de pesquisa específicos para que pudessem ser tentados mais tarde.

Ele queria se aprofundar nessa questão imediatamente, mas não pôde porque tinha outros trabalhos a fazer.

Como transformar as bruxas em Bonecos Cadáveres, ou voltar a trabalhar na Torre Mágica.


— Aquele Solucionador Will foi a primeira pessoa que você encontrou, então? 

Dentro da Escola da Vida da Torre Mágica, Oliver estava conversando com três magos. Estritamente falando, era mais próximo de um interrogatório.

— Sim, o encontrei no Posto Avançado. 

— Como você o encontrou? 

— Aconteceu de eu encontrá-lo enquanto procurava Solucionadores para me acompanhar. 

— Por acaso? 

— Sim. 

Oliver respondeu brevemente.

Os três magos da Escola da Vida que oficialmente o pegaram emprestado estavam insatisfeitos.

Eles olharam silenciosamente para Oliver, irradiando uma suspeita não expressa que não era clara, mas não suficiente para ser pronunciada.

— De qualquer forma, como você, um substituto de Professor, decidiu contratar um Solucionador? Kevin te disse? 

— Não, essa foi minha decisão. Ouvi dizer que o caminho do Posto Avançado para Holland era perigoso. Tanto o Professor Kevin quanto os magos que me ajudaram no posto avançado disseram isso. Pensei que não haveria problema de acordo com as regras da escola… há algum problema? 

Oliver perguntou, mas ele sabia melhor do que qualquer outra pessoa que não havia problema.

Estava claramente escrito nas [Regras da Torre Mágica].

O substituto do professor é uma pessoa que delegou a autoridade de um professor. Naturalmente, era permitido contratar mão de obra externa a critério, desde que ele assumisse a responsabilidade se houvesse algum problema.

Os três magos se entreolharam e passaram para a próxima pergunta.

— Existe uma maneira de confirmar a identidade do Solucionador chamado Will? 

— As informações sobre isso estão no relatório—

— Nós lemos o relatório. Queremos ouvir de você. 

A resposta foi misturada com impaciência e cautela. Oliver abaixou a cabeça.

— Desculpe… Você provavelmente pode confirmar na comunidade de Northland onde ele está ativo. 

— Não podemos fazer isso. É um lugar muito fechado, e tudo o que tem são vagabundos paranoicos que mentem o dia todo. 

— Sinto muito, mas não sei mais do que isso. 

Outro mago interveio.

— Esse é o problema. Por que você contratou um Solucionador sem sequer saber? Você sabe quantos ladrões estão atrás do conhecimento precioso da Torre Mágica…? Você poderia ter solicitado um Solucionador do posto avançado. 

— Sinto muito por isso. Ninguém me ensinou, então achei que tinha que contratar um eu mesmo. 

Isso era verdade.

Embora ele tenha conseguido ouvir em detalhes sobre o transporte para o Posto Avançado por meio da magia de portal, ninguém explicou nada sobre segurança.

Nem mesmo os magos da Escola da Vida que pediram ajuda a Kevin.

No final, os magos não tiveram escolha a não ser fechar a boca mais uma vez.

Arrastar a conversa só os faria se sentirem envergonhados.

— Vamos passar para o próximo tópico…

— Sim. 

Os três magos da Escola da Vida perguntaram detalhadamente a Oliver sobre o que aconteceu no caminho para o Passo da Montanha e o que aconteceu no instituto de pesquisa.

Como se estivessem tentando examinar se havia algum conteúdo manipulado.

Felizmente, Oliver, que praticara com Kevin várias vezes, respondeu de acordo com o conteúdo do relatório e conseguiu esquivar-se de todas as perguntas que eram fortemente armadilhadas.

Graças a isso, a suspeita dos magos da Escola da Vida em relação a Oliver diminuiu gradualmente.

— É isso… 

Oliver terminou de explicar o que aconteceu no instituto de pesquisa. Como esperado, não havia nada para criticar.

— Então ele realmente destruiu a parede com magia de fogo? 

— Sim. 

— Hmm… ele não é um Solucionador comum. Você viu algo estranho no instituto de pesquisa? Ou esse Solucionador tocou na Árvore Mundial? 

— Fiquei separado dele por um momento, então não sei de tudo, mas não havia nada desse tipo quando ele estava comigo. E se você quer dizer estranho, poderia especificar o que quer dizer? 

— Não, não é nada. 

Os magos da Escola da Vida imediatamente retiraram a pergunta e trocaram conversas entre si.

Não dava para ouvir bem, mas pareciam concluir que não havia problema.

— Ouvimos o que precisávamos. Perguntamos tudo o que tínhamos curiosidade, então você pode ir agora. 

— Sim, obrigado. 

Oliver se levantou da cadeira após se curvar educadamente. Como Kevin disse, terminou sem grandes problemas. Agora ele podia voltar para a Torre Elemental e voltar ao trabalho-

— Espere um minuto. 

— Sim? 

O mago da Escola da Vida especialmente exigente, cheio de suspeitas, parou Oliver.

Ele não desistiu de sua atitude suspeita até o final.

— Só mais uma pergunta. 

— Qual seria? 

— Ouvi dizer que o trem em que você estava foi atacado por bandidos de Northland, é verdade? 

— Sim… 

— E você teve um papel ativo lá? 

— Hm… não é grande coisa. 

— Um criminoso com uma recompensa de trinta milhões não é grande coisa? Pelo que descobrimos, muitos dos bandidos eram usuários de mana excepcionais, então até o exército teve dificuldades… Quem te treinou? 

— Com licença, mas essa pergunta está relacionada à tarefa? 

— Não, mas responderia para evitar mal-entendidos desnecessários? 

— Que mal-entendido você quer dizer? 

À pergunta de Oliver, o mago da Escola da Vida não pôde responder.

Era muito irracional.

Afinal, Oliver era uma pessoa que havia se destacado na Torre Mágica, e os magos da Escola da Vida eram os beneficiários que receberam sua ajuda.

Nesse relacionamento, se insistissem muito, poderiam receber olhares estranhos dos outros.

Havia facções dentro da Torre Mágica que se vigiavam mutuamente.

Se a experimentação humana ilegal viesse à tona, eles poderiam de alguma forma escapar, mas se sua colaboração com um bruxo fosse exposta, isso seria um dilema.

Porque isso seria um ato que seria criticado pelos magos.

Talvez até pela Igreja Parter…

No momento certo, Oliver abriu a boca.

— Desculpe, mas acho difícil responder à sua pergunta. O Professor Kevin me disse para não responder nada além das minhas obrigações… Se o Professor Kevin permitir, então responderei naquele momento. Peço a sua compreensão. 

Os magos da Escola da Vida, que estavam em uma situação difícil, concordaram com a cabeça quando Oliver deu uma desculpa usando Kevin.

Oliver os cumprimentou novamente e saiu da sala de interrogatório.

Assim que saiu, o que cumprimentou Oliver foi um corredor excessivamente arrumado e amplo, e magos da Escola da Vida caminhando acima desse corredor. Eles olharam para Oliver com curiosidade, desconforto, dúvida e irritação.

Seu orgulho e exclusividade em relação a si mesmos eram significativamente mais altos do que outras facções.

Decidindo que não era bom ficar por muito tempo, Oliver deixou rapidamente a Torre da Escola da Vida.

O local onde foi interrogado não estava longe do portão principal da Torre, então Oliver conseguiu sair sem se perder.

— Isso dito, por que eu continuo me envolvendo em coisas estranhas… 

Depois de sair, Oliver olhou para a Torre com seus amplos níveis inferiores e estreitando-se à medida que subia, uma torre grotesca em forma de cone, e murmurou.

Era a Torre da Escola da Vida, o design era tão único quanto a Torre Elemental, e ele pensou que poderia haver algum significado nisso.

— Hm… Não tenho certeza. 

Oliver desviou o olhar da Torre da Escola da Vida e olhou para o relógio.

Já estava tarde, mas se ele se apressasse, achava que poderia cuidar das consequências. Oliver rapidamente se moveu para fazer seu trabalho.


— Hm… todos vocês trabalharam muito. 

No corredor da sala de treinamento de combate mágico da Torre Elemental, Oliver encontrou estudantes que haviam acabado de terminar sua aula.

Assim como as outras aulas de Kevin, a aula de ‘Combate Mágico Básico’ era bastante intensa, então vários estudantes estavam em um estado bagunçado, com suor e queimaduras. Havia até alguns com hematomas.

Em contraste, havia muitas pessoas que pareciam limpas como se não tivessem feito nada.

— Será que eles não participaram adequadamente da aula desta vez também? 

Oliver olhou para as pessoas no final do grupo de estudantes e pensou. A maioria deles eram estudantes com notas não muito boas.

— Olá, Sr. Zenon. 

Yareli, que estava na frente, cumprimentou Oliver como se fosse a representante. Seu traje de treinamento estava tão desgastado quanto sempre.

Oliver se afastou com gratidão pelo cumprimento devolvido, e alguns estudantes observadores cumprimentaram Oliver enquanto passavam.

Claro, ainda havia pessoas como Derick que ignoravam Oliver, mas após o incidente no Passo da Montanha, o número de pessoas que devolviam os cumprimentos aumentou perceptivelmente, o que era bastante satisfatório.

Depois que todos os alunos passaram, Oliver entrou na sala de treinamento de combate mágico.

Dentro da ampla sala de treinamento, Kevin estava arrumando o local usando magia.

— Você terminou a conversa? 

Sem olhar para Oliver, Kevin perguntou. Ele sentiu a presença de Oliver com sua mana delicada e vasta.

— O Sr. Willes costumava favorecer essa técnica, devo me acostumar também? Contar apenas com o olho pode ser problemático no futuro. Embora o consumo de mana seja um problema…… 

Oliver ponderou, lembrando-se dos truques de Kevin e Willes.

— Zenon? 

— Hm, desculpe, professor. Eu estava pensando em outra coisa… Acho que a situação com a Escola da Vida terminou sem problemas particulares. 

— Mesmo? 

— Sim, a suspeita não desapareceu completamente, mas está muito mais fraca. Acho que não haverá grandes problemas. 

— Entendi…… 

A resposta de Kevin foi mais simples do que o esperado.

Ele aceitou o relato de Oliver sem dúvidas.

— Isso é tudo o que você tem a dizer? 

— Perdão? 

— Você disse que tinha algo a dizer depois de voltar da Torre da Escola da Vida? 

— Hm, obrigado por me lembrar. Posso pedir para sair mais cedo do trabalho nesta sexta-feira? Por volta das duas ou três da tarde. 

— Nesta sexta-feira? 

— Sim, tenho alguns assuntos pessoais. 

— É interessante. Também tenho alguns negócios na sexta-feira, então estava planejando sair por volta desse horário. Fique à vontade. 

— Obrigado pela consideração. 

— Não é especialmente uma consideração. Afinal, também tenho trabalho naquele dia. 

— Ainda assim, sou grato. Vou cuidar da limpeza daqui. 

— Está bem. Eu quase terminei…… Pode responder minha pergunta? 

— Uma pergunta? Sim, por favor, fale. 

— Quando você estava saindo, encontrou os estudantes, certo? 

— Sim, parece que você tem ensinado com afinco novamente. 

Oliver lembrou-se dos uniformes esfarrapados de Derick e Yareli e respondeu.

— Você tem alguma pergunta ou algo para me dizer? 

— Eu posso discutir isso? 

— Se eu pedir. 

— Hm…… Para ser honesto, embora sua aula seja ótima, eu não acho que todos os alunos se beneficiam igualmente. 

Oliver lembrou-se dos estudantes relativamente limpos e respondeu.

Tão apaixonado quanto era, Kevin, com seus padrões rigorosos, ensinava alunos muito esforçados com habilidades excelentes ou vontades notáveis, como Yareli ou Derick. No entanto, ele negligenciava relativamente os alunos com habilidades fracas ou falta de vontade.

É claro que Oliver não ousou criticar isso. Quando Oliver ensinou as pessoas da família Joseph, ele se concentrou mais nas pessoas com habilidades mais altas e uma vontade mais forte.

Kevin assentiu, parecendo ciente desse fato.

— Você viu isso com precisão. Está no meio do semestre, e eu não consigo prestar atenção em cada aluno. 

— Não tem como, já que há dezenas de alunos. 

— Concordo. Especialmente porque há uma enorme diferença nos níveis dos alunos. Portanto, é difícil prestar atenção em todos. Não faria sentido deixar os alunos excelentes de lado…… Então, eu estava pensando, você pode me ajudar? 

— Eu? 

— Sim, estou perguntando se você tem alguma ideia de cuidar dos alunos com notas mais baixas. 

— Isso é possível…? 

— Se eu permitir.


Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar