Infinite Competitive Dungeon Society – Capítulo 350

O Fim (4)

Ciara estufou o peito e falou com orgulho.

“Sim. Quanto mais difícil as coisas são, mais as pessoas procurarão por um salvador. Com 2,3 bilhões de pessoas mortas, tinha confiança em tornar você, Herói-nim, em um Deus. Só tive que cortar as poucas vozes contrarias e amplificar as vozes positivas. Foi simples.”

Ela tinha experiencia em controlar a mídia com o poder de sua família. Contrário à minha crença, ela não cortou seu relacionamento com a Família Kenex. Na verdade, muito provavelmente era quem governava. Com o poder de sua família e o poder de sua visão futura, manipular a opinião popular devia ter sido simples.

“Me deixando de lado, como você enganou a Daisy?”

“Herói-nim, sou uma portadora de Olhos Malignos.”

A cruz em seus olhos brilhou com ferocidade.

“Minha Liga não é tão baixa a ponto de ser analisada por tais olhos Malignos de baixo grau.”

“Entendo.”

“Herói-nim, por favor, pergunte se tiver mais perguntas! Responderei qualquer pergunta que tenha!”

“Por que entrou na dungeon? Estava com medo de que eu perderia para a Sherafina?”

“Claro que não. Não há como alguém que nem pode me derrotar, derrotar você!”

Certo, essa foi a mesma conclusa oque cheguei agora há pouco. Uma conclusão que fez toda a preparação que fiz contra a Sherafina parecer tolice.

Ciara continuou para responder minha pergunta.

“Foi para fazer uso da habilidade daquela Irregular.”

Imediatamente, comecei a me sentir desconfortável.

“Como?”

“A Liga dela pode ter sido baixa, mas sua habilidade com certeza era chocante! Pensar que ela poderia transferir poderes dos mundos como quisesse! Com uma habilidade dessas, podemos complicar com rapidez o seu poder, Herói-nim.”

Um pensamento ainda mais cruel surgiu.

“Então, você quer dizer…”

“Sim, vou conectar à Terra com todos os outros mundos. Vou transferir os poderes dos mundos para você, assim, você só tem que absorvê-los, Herói-nim! Nosso plano estará completo!”

Os olhos da Ciara estavam brilhando infinitamente.

“Então, Herói-nim, por favor, não me desafie. Não quero ferir você. Vai machucar só por um momento, então, por favor, aguente!”

“O que… Você…!”

De repente, ficou difícil falar. Por quê? Obviamente, foi porque este espaço estava densamente lotado com a mana da Sherafina e da Ciara. Uma pressão imensa estava pressionando meu corpo.

Embora um pouco ridículo, com o poder da Sherafina, a Ciara sem dúvidas era muito mais forte que eu.

Se todos os poderes dos mundos se tornassem concentrados em mim como ela disse. Apenas separar alguns poderes dos mundos que tinha em meu corpo levaria anos. Uma vez que incontáveis poderes dos mundos fossem fundidos a força, seria impossível reverter.

Não, no pior caso…

“Você, o que será de você depois?”

“Sim, me tornarei uma existência adequada para o nome que você terá, Herói-nim.”

“E se eu matar você, pegar o poder de distribuir habilidade que tem e entregar de volta os poderes dos mundos?”

“Herói-nim, absorver poderes dos mundos é um processo simples, não um objetivo. Entendo que tem afeiçoes persistentes para com outros mundos, mas por favor, desista. Uma vez que acordar, será irreversível.”

Ciara continuou a espremer sua mana enquanto cantarolava feliz. A mana da Sherafina fluiu na minha direção com o poder do Enigma.

Embora fosse a Ciara que estava controlando a mana da Sherafina, estava fazendo com naturalidade e sem esforço. Seu talento em aprender Circuito de Mana me surpreendeu antes, só que o nível de controle que estava mostrando superava em muito o talento que me mostrou.

Lutei com o Enigma, mas a mana da Sherafina suprimia com poder bruto. Porém, isto não era inesperado demais. Se eu estivesse confiante em derrotar a Sherafina só com o Enigma, não teria ficado tão nervoso em primeiro lugar.

Sem falar que, estávamos num espaço criado pela Ciara e pela Sherafina. Mesmo que me movesse apenas um pouco, a mana dela reagia com sensibilidade.

Tentei atacá-la com Velocidade Divina, contudo, era fútil. Manipulando a mana com fluidez, Ciara me bloqueou com facilidade e um sorriso no rosto. Então, enquanto contemplava os movimentos que podia fazer, ela suspirou e curvou os dedos numa forma de gancho.

“Não há o que fazer. Vai doer, mas por favor, aguente. Não sou tão habilidosa, então não posso controlar o poder de outro alguém tão bem quanto você, Herói-nim. Eit.”

Imediatamente percebi o que estava tentando fazer. O poder da Sherafina elevou e uma pressão devoradora me sobrecarregou.

Ela estava tentando sugar todo o poder da dungeon de mim. Ridículo! Ela já podia empunhar o poder da Sherafina até esta extensão?!

Embora estivesse chocado pela sua habilidade, fiquei aliviado por sua ação.

“Eh?”

“Desista, Ciara.”

“Como? Herói-nim, você deveria ter o poder daquela mulher dentro de você, certo?”

“Eu tenho, mas está um pouco diferente agora.”

“Oh, uau.”

Ciara agiu de forma surpresa enquanto inclinava a cabeça.

“Não me diga que absorveu completamente? Ela deve ter colocado algumas travas para te impedir de fazer isso, que incrível! Herói-nim, você é realmente incrível!”

“Você é realmente detestável.”

“Que malvado. Mas está tudo bem, sei que me ama lá no fundo! Você consertou meus olhos, afinal de contas!”

“Esse é meu maior arrependimento.”

Quando falei bruscamente, tive certeza de uma coisa. Ela não podia usar sua habilidade de previsão neste espaço. Se soubesse que não podia absorver o poder da dungeon de mim, não teria tentado. Só podia significar que ela era incapaz de alcançar uma visão futura perfeita neste espaço.

É claro, o motivo de não poder roubar o poder da dungeon de mim era simples. Atualmente, o poder da dungeon estava preso a um certo intermediário. Este intermediário era um item que tinha ficado comigo por um longo tempo — o Relógio de Bolso do Coletor.

O relógio de bolso era um item estranho mesmo em termos de regras da dungeon. Seja o poder da dungeon ou o poder de um artefato, o relógio de bolso podia absorver e me deixar empunhá-lo.

No começo, o relógio de bolso era tão misterioso quanto qualquer outro item da dungeon, quanto mais eu escalava, mais passava a saber que não era um item simples. Uma vez que o relógio de bolso me deixou sintetizar skills, minha suspeita se tornou uma dúvida solida. Disto, obtive Soberano. De certo modo, o relógio de bolso foi o que me fez chegar onde estava hoje.

E quem me deu o relógio de bolso não foi ninguém menos que a Loretta. Não muito tempo atrás, perguntei a Loretta se ela tinha em mente minha identidade quando me deu o relógio e a própria assentiu sem hesitar. Certo, a Loretta sabia há muito tempo que a Sherafina tinha a enganado e o relógio de bolso era sua arma secreta contra ela.

Não muito tempo atrás, o relógio de bolso passou por uma mudança final. O produto final era simples. Armazenava qualquer número de poderes externos, sintetizava-os e deixava seu usuário empunhá-los livremente. Seu proposito era ainda mais simples.

Era transferir o poder da Sherafina para um intermediário e converter em um poder diferente, e assim, mesmo que a Sherafina tentasse tirar o poder ou tentasse usá-lo para me ferir, seria incapaz. Contanto que tivesse este item, eu estaria livre do destino dos exploradores, que deveria estar no capricho da Lorde da Dungeon.

Contudo, o poder do relógio de bolso foi bloqueado uma vez, que foi quando enfrentei a demônio Lespina. Além daquela vez, nunca foi bloqueado. Então por que foi bloqueado contra a Lespina?

Ela era uma divergente que era única até entre os demônios. Diferente dos Cinco Reis ou os outros inimigos dos mundos que enfrentei, ela simplesmente não rejeitava o poder da Sherafina, rejeitava qualquer poder que não era puro. Foi por isso que rejeitou o poder do relógio de bolso após perceber.

Em todo caso, o fato que a Ciara estava alheia a existência do relógio de bolso provava que não era diferente da Sherafina neste espaço.

Embora estivesse bastante chocado no começo, enfrentar a Sherafina ou a Ciara não era diferente!

“Geez, realmente não é fácil, não é? Herói-nim, você é excelente demais. Entretanto, é isso que gosto em você, huhu.”

“Posso gostar de você se morrer aqui.”

“Hehe, lá vai você de novo com a provocação. Já sei quanto amor tem por mim!”

A mana dela disparou em todas as direções, todavia, meu controle sobre a mana também não perderia. Mesmo contra um inimigo que derrotava minha mana em quantidade e qualidade, eu tinha confiança para permanecer firme. Como pensei que ela iria prever meus ataques com sua habilidade de previsão no começo, meus ombros perderam força.

“Parece que você realmente não pode usar sua previsão neste lugar.”

“Meus Olhos Malignos não são algo como Olhos Malignos da Visão do Futuro. Herói-nim, estes olhos me deixam ver vividamente os registros de todo o passado e futuro do planeta chamado Terra. Também são o que me permite ajudar você!”

Então era isso. Pensei que o poder da Sherafina estava resistindo a ela, contudo, parecia que os Olhos Malignos da Ciara tinham uma habilidade absurda. Seus Olhos Malignas não eram os olhos de um usuário de habilidade, mas de um administrador!

Ela disse que sua Liga era inferior à minha? Ela só estava sendo humilde. Alguém que sabia tudo sobre um mundo não poderia ter uma Liga inferior à minha! Se retornasse a Terra, talvez não houvesse maneira de impedi-la.

No entanto, felizmente, parecia que o poder dos olhos dela era limitado a premissa da Terra. Isso explicava por que teve problemas em usar sua habilidade nas questões relacionadas a dungeon. Outra suspeita surgiu.

“Como você descobriu sobre a Sherafina?”

“Não sabia o nome dela. Simplesmente descobri sobre a existência da dungeon e seu obstáculo para o nosso plano. O resto foi fácil. Uma vez que tive a palavra-chave, pude puxar toda a informação da memória da Terra.”

Que habilidade desafiadora do céu! Em outras palavras, a única coisa que não conseguia ver foi o que fiz em outros mundos.

Mesmo neste momento, a Ciara estava trabalhando para conectar a Terra aos outros mundos. Ela sabia que uma infinidade de mundos e seres pereceriam. Porém, sua expressão estava brilhante. Em vez de seu poder, sua vontade distorcida era muito mais assustadora.

“Ciara, por que ir tão longe?”

“Porque eu te amo! Só existo para você!”

 “Eu não preciso de algo assim.”

“Mas você tem que ter, Herói-nim. Eu sei. Você pode não ser capaz de entender agora, porém, confie em mim e apenas espere um pouco.”

Era impossível mudá-la. Os valores que tínhamos eram irremediavelmente diferentes.

Tentar conversar era inútil. No mínimo, só serviria como uma maneira para ela aliviar do tédio enquanto conectava a Terra aos outros mundos.

Mesmo assim, não pude deixar de perguntar. Ainda havia algo que queria saber.

Olhando para ela, perguntei.

“Você lembra da Lespina?”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar