Estamos testando algumas plataformas de anuncios, caso notem links suspeitos e direcionando forçadamente para páginas indesejadas nos avise através do formulário de contato.

Kill the Hero – Capítulo 6

Capítulo 6

Um goblin estava pendurado em uma árvore.

Na verdade, é mais prático dizer que o goblin estava decorando a árvore.

Se o goblin estivesse pendurado como comida de emergência, não estaria pendurado no lugar mais visível possível. Era muito fácil notá-lo.

Além do mais, apesar do goblin estar vivo, sua aparência não era diferente à de um cadáver. Sendo mais exato, para ser mais preciso, ele ainda iria virar um cadáver, mas era notável que sua vida estava por um fio. Se Woo-jin tivesse intenções de comer o goblin, não precisava mantê-lo vivo dessa forma.

Tinha outro motivo para deixá-lo vivo.

Krrkrr…

Kieeee…

Quinze. No total, havia quinze goblins pendurados em diferentes árvores, cada um deles quase mortos. Estavam usando sinais de resgate, implorando pela ajuda de outros goblins. Não estavam todos reunidos em apenas um lugar, estavam distribuídos mais como um tipo de cerca.

Para os goblins, era como se a própria definição de medo tivesse se tornado realidade. Em vez de sentirem simpatia ou fúria com a visão, a cena enchia os de pavor. Eles não tinham escolha a não ser se virarem em desespero para fugir em vez de lutarem com ódio. Apesar do fato de que uma atrocidade severa tinha caído sobre sua espécie, para os goblins, era obvio o que precisava ser feito.

Kieee!

Não ousavam se aproximar do horripilante arranjo de decorações. Não atendiam o pedido de socorro dos seus semelhantes.

Isso era uma característica da maneira como os goblins funcionavam como espécie.

Era um instinto natural quererem sobreviver, até mesmo sacrificando seus colegas para isso. Era também como lidavam com inimigo imbatíveis em um mundo brutal. Não havia, é claro, tal coisa chamada vingança.

Kieee!

Em vez de irem atrás de vingança, os goblins diminuíam o alcance de suas atividades para evitar a mesma tragédia que caiu sobre seus colegas. Também diminuíam os tipos de atividades feitas fora de seus covis.

Kieee, kiee…

A maioria dos goblins decidiu se alojar no covil. Se enterrariam nas partes mais profundas do covil se pudessem. Era apertado, até mesmo para pequenos goblins.

Kaa!

Como se isso não fosse suficiente, os goblins bloquearam a entrada do covil. Colocaram o máximo de barricadas defensivas, no caminho até sua fortaleza. O terror que sufocava os goblins era terrível até esse ponto.

Como se pode esperar, os goblins não eram os melhores em trabalho manual. As técnicas e construções eram muito desleixadas e ineficientes. Felizmente, tinha alguém lá para ajudar os goblins a consertar esse problema.

Tuk! Tuk!

Kim Woo-jin usou uma pá que tinha preparado em seu inventario para cobrir todas as entradas para o covil dos goblins com terra. Ele até mesmo colocou uma cerca de madeira com a ajuda de um machado. Kim Woo-jin transformou o covil dos goblins em uma fortaleza impenetrável e preveniu tanto a entrada como a saída do local. Alguns minutos depois, fumaça subiu do covil dos goblins.

O patrimônio dos jogadores estava fora do senso comum. Era algo ilógico que um jogador de nível 1 recebesse 100 milhões de wons apenas por assinar um contrato. Então eles recebiam o status social, respeito e dignidade apropriados para um oficial do governo. Entretanto, o motivo para tal tratamento era bastante simples. O motivo principal era porque era normal para eles morrerem. A natureza do trabalho deles era assim de perigosa.

– Merda…

Bang Joo-seio e seus colegas perceberam essa realidade ao lutarem contra os goblins. Não, eles perceberam isso agora que era indeterminado se sobreviveriam ou não.

– E pensar que terminaríamos assim contra meros goblins…

Se suas vidas fossem ameaçadas por algo mais forte como um orc, lutar desesperadamente e o no final conseguir derrotá-lo, teria resultado em um grande senso de conquista. Porém, monstros como goblins não estava mais para ração ou presas do que inimigos?

Para o Bang Ju-seop e seu grupo, que estavam tendo dificuldade conforme suas vidas eram ameaçadas por meros goblins, a masmorra não parecia mais com uma terra de oportunidades. Era um mundo cheio de monstros que podiam matá-los a qualquer momento.

– Merda.

Quando perceberam isso, Bang Ju-seop e seu grupo não conseguiam mais caçar. Estavam com muito medo de sair do acampamento e ainda mais medo de lutarem contra os goblins. Então o Bang Ju-seop e seu grupo decidiram gastar seu primeiro dia descansando. Lamentavelmente, o grupo também não fez nada no segundo dia.

Para ser exato, não conseguiam fazer algo. O medo inegável da morte, os impediam de até mesmo terem um bom descanso.

A cada dia que passava a fadiga aumentava intensamente. O medo da morte também persistiu e se tornou mais visível. Era uma situação onde ninguém tinha força de vontade para se mover. Apenas agiam como se estivessem sendo forçados a ficarem parados. Entretanto, ninguém abria a boca.

Bang Ju-seop, o líder do grupo, também evitou confrontar os problemas.

– De qualquer forma, me pergunto o que aconteceu com aquele cara, o Kim Woo-jin.

– Ele provavelmente já está morto… quero dizer, não escutamos nada dele desde então.

– Droga. Teria sido melhor se apenas tivéssemos ido juntos. Ter mais uma pessoa teria feito a caçada ser mais fácil.

Enquanto isso, a ausência do Kim Woo-jin elevou mais ainda o medo do grupo.

No final das contas, Bang Ju-seop e seu grupo acabou gastando seu segundo dia descansando, sem terem tomado nenhuma ação. No terceiro dia, finalmente mudaram de ideia.

– Não podemos continuar assim.

Não era coragem.

– Nesse ritmo, a comida vai acabar. Temos que matar os goblins antes disso.

O medo de morrer de fome venceu o medo dos goblins. Forçou uma mudança em suas prioridades.

– São apenas goblins afinal de contas.

Nessas circunstancias, Bang Ju-seop disse aos seus colegas:

– É verdade que foi difícil no começo, mas estamos todos aqui, todos bem. Também temos comida o suficiente. Não tem porque não conseguirmos limpar os goblins. Podemos fazer se tentarmos.

– Nós conseguimos! Ele falou como se estivesse dando ordens a si mesmo e seus colegas. As ordens foram surpreendentemente efetivas.

– Isso, não tem motivo para não conseguirmos.

– Podemos caçá-los um por um!

– Não vou morrer antes de gastar o dinheiro inicial que consegui do contrato.

O medo que os dominava aos poucos diminuiu. Determinação e vontade substitui o medo.

Foi nesse momento que…


[Você limpou a masmorra.]


– O quê?!

– Hã?!

A masmorra foi limpa.

– Me pergunto qual é o método mais efetivo de caçar goblins que se escondem em um covil.

Ir lá dentro caçá-los? A ideia mais estúpida de todas. Não só o covil foi feito por goblins, o caminho é muito apertado e desconfortável para humanos se moverem.

Além do mais, nenhum ser vivo vai se sujeitar a um inimigo invadindo sua casa e tentando te matar.

– Então deveria esperar os goblins saírem? Não é uma má ideia. É o suficiente e armadilhas seriam preparadas, teriam que sair para caçar. Há um limite para a quantidade de comida que os goblins podem armazenar, entretanto, existe uma forma melhor de ligar com isso.

Hwaruruc!

Era colocar fogo no covil. Para ser mais exato, era colocar fumaça dentro do covil. Foi isso que o Kim Woo-jin escolheu fazer.

– Acho que todas as saídas estão bloqueadas.

Quando ele estava pronto, ele fez a entrada do covil parecer com a abertura de um forno, colocou fogo lá, e então continuou colocando combustível no fogo.

– Considerando o tamanho do covil, aproximadamente dez minutos vai ser o suficiente.

Cobras e insetos se rastejaram para fora do covil. Então a fumaça infligiu um dano critico nos goblins.

Kiek?

Kiee!

Os goblins sofreram dor de cabeça e tonturas. O monóxido de carbono os envenenava e a falta de oxigênio começou.

Kieeehh!

Os goblins perceberam que tinha algo estranho e começaram a se dirigir para a saída. Entretanto, sair de lá não era fácil.

O motivo era simples.

Kiee! Kiee!

Estavam escondidos muito no fundo do covil. Para poder evitar o monstro que tinha matado sua espécie, a maioria dos goblins estavam reunidos no fundo do covil. Era o lugar menos provável do monstro ir.

– Já que estão nas áreas mais fundas, não vai ser fácil saírem de lá.

Isso era obviamente o objetivo do Kim Woo-jin. Ele sabia como os goblins se comportariam se ele os atingisse com um terror devastador. Ele sabia mais que qualquer um. Quando todos os goblins tentaram no meio do tumulto sair do covil ao mesmo tempo, acidentes eram inevitáveis.

Além disso, alguns goblins doentes estavam no meio disso.

– Alguns dos envenenados devem ter morrido agora.

Havia um pouco do sangue toxico do Kim Woo-jin dentro de algumas presas que ele deixou escaparem de propósito.

Apesar de ser não toxico o suficiente para imediatamente aparecer evidencias no corpo, era venenoso o suficiente para eventualmente se tornar fatal.

Thud!

Alguns dos goblins que estavam tentando escapar desmaiaram no chão, enquanto isso outros goblins tropeçavam neles e também caiam.

Kieeehh!

Como se uma serie de colisões tivessem acontecido no caminho, a entrada do covil estava completamente obstruída. No final, apenas seis ou sete goblins chegaram perto da entrada. Entretanto, não se podia dizer que tiveram sorte por isso. O que os goblins enfrentaram era uma estrada de fogo. Ante o caminho em fogo, os goblins não podiam fazer nada além de parar.

Kieeehh!

Um deles juntou coragem e correu em direção ao fogo. Infelizmente para ele, sua tentativa foi bloqueada por algo solido. A entrada do covil estava bloqueada. No entanto, os goblins respetivamente esmagaram seus corpos contra a entrada em uma tentativa desesperada para sair.

Kieeehh!

Kieeehh!

Os goblins estavam desesperados, queriam sobreviver não importando como.

Kieeehh!

Eles choravam com uma determinação excessiva.

Kek, Kek!

A fumaça grossa dificultou até mesmo os gritos dos goblins. Era uma cena terrível de ser presenciada. Era necessário ser tão cruel? A cena era tão assustadora que faria as pessoas se perguntarem.

Esperando do lado de fora do covil, Kim Woo-jin estava muito ciente da consequência de seus métodos. Ele sabia melhor que ninguém que suas ações eram inumanas.

– A última linha de defesa.

Isso era tudo. Kim Woo-jin não pensava muito sobre os fatos.

Ele não precisava.

O que ele enfrentava eram monstros, monstros de verdade. O mundo, humanitário, não se aplicava a eles.

– Essa caçada foi muito mais fácil do que pensei.

Ele não estava lá para jogar jogos. Kim Woo-jin não estava interessado na competição frenética e feroz que os outros jogadores tinham engajado para provar seus valores. Não estava interessado em competir caçando monstros fortes ou obter poderosos itens.

Também não desejava se satisfazer matando monstros com suas habilidades esmagadoras como se estivesse desafiando um jogo.


[Você subiu de nível.]


Por isso que o Kim Woo-jin não contestou sobre “Cão de caça” ser seu apelido.

Kim Woo-jin não desejava conquistas, ser reconhecido, aplaudido ou apreciado como a maioria dos seres humanos.

[O Emissário do Submundo está satisfeito com sua performance.]

[O Emissário do Submundo te presenteou com um catálogo]

– Parece que o Johann Georg jogou um jogo mais casualmente do que pensei.

Ele estava satisfeito apenas pelo reconhecimento de sua aureola.


[Todos os goblins foram mortos.]

[A masmorra foi limpa.]


Simples assim, a primeira masmorra do Kim Woo-jin foi concluída.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar