Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Leveling With the Gods – Capítulo 163

Capítulo 163

Tuum, tuum

Hércules sentiu como se estivesse ficando louco.

Ver a mãe morrendo diante dos seus olhos o fez sentir como se o mundo estivesse girando.

Ele estava com raiva.

Mesmo sabendo que aquilo não estava acontecendo em tempo real, ele queria encontrar Ares e destroçá-lo.

“Já chega…”

A voz dele tremeu.

Era impossível que sua voz alcançasse Ares ou Alcmena, mesmo que ambos estivessem na sua frente.

Baaaam!

“Parem com isso!”

Hércules pisar no chão com toda a sua mana, mas as memórias do colar não desapareceram.

Hwaaah!

Uma corrente de mana vermelha começou a se espalhar em todas as direções.

A mana de Alcmena ainda permanecia ali, assombrando Hércules com aquelas memórias.

Tssssh

A mana espalhada começou a se reunir.

A imagem de Alcmena sendo apunhalada por espadas e lanças não estava mais ali.

No lugar dela, outra memória começou a ser mostrada.

– Provavelmente vou ser morta.

Duas pessoas sentadas frente a frente.

Eram Alcmena e sua irmã mais velha, Alena.

– Pensei muito sobre como Zeus me permitiu ficar com Hércules desde bebê.

– Por quê?

– Se eu morrer, como Hércules reagirá?

Os olhos de Alena se arregalaram com a pergunta de Alcmena.

Por causa daquela pergunta, Alena conseguiu perceber porque Zeus havia ligado Hércules a Alcmena.

– Então ele vai te matar…?

– É a única coisa em que consigo pensar.

– Talvez ele só quisesse que o filho crescesse perto da mãe? Não acha que está ficando paranoica demais?

– Irmã.

Alcmene balançou a cabeça com determinação.

– Você não conhece Zeus. Para ele, não existe “só” alguma coisa.

– Não pode ser…

Buáááá-!

Um choro foi ouvido na sala interna.

Era o choro de Hércules, que naquela época ainda era um bebê nos peitos da mãe.

Alena se assusta e Alcmena se levantou da cadeira.

Alena correu em direção à porta e bloqueou Alcmena.

– Fique longe de Hércules, Alcmena.

Embora pais e filhos fossem parentes de sangue, quanto mais Alcmena se aproximasse de Hércules, mais perto estaria da morte.

– Finja que não o conhece. Vou encontrar uma nova mãe para ele e você vai…

– Não posso fazer isso, irmã.

Alcmene olhou para além da porta que Alena estava bloqueando.

O som de uma criança chorando ainda podia ser ouvido.

Hércules estava chamando por ela.

– Mas você vai morrer!

– Mesmo assim, não posso fazer isso.

– Por quê?

– Ele é meu filho.

– É por causa do seu senso de maternidade?

– Não.

– Então por quê?

– É só porque amo muito meu filho.

Alena, que ficou momentaneamente sem palavras ao ouvir aquela resposta, mordeu o lábio com força.

Uma mãe que amava seu filho.

Ninguém no mundo poderia culpa-la por isso. Mas agora, como irmã mais velha de Alcmena, Alena precisava protegê-la.

E era por isso que Alcmena não deveria ficar com Hércules.

– Ele é só uma arma de guerra planejada por Zeus.

– Você também o vê dessa forma?

Tuuuum

Naquele momento, os olhos de Alcmena começaram a emitir uma sensação de perigo.

Ela estendeu a mão em direção à porta que Alena estava bloqueando. Ao contrário da ranker Alcmena, Alena era uma jogadora que desistira de subir na torre. Ela não tinha a menor chance contra a irmã.

– Esse é só mais um motivo pelo qual eu deveria ficar perto dele. Mesmo que todos o vejam dessa forma, eu não concordo.

Zeus já tinha se decidido, então o destino daquela criança não seria diferente.

Não importava o que acontecesse, Zeus enviaria Hércules para a batalha. Hércules se tornaria uma arma de guerra e mataria muitos gigantes, quer ele quisesse ou não.

Shiiing

Passo, passo

Alcmena abriu a porta com toda a sua força e pegou Hércules no colo.

“Mãe…”

Olhando para aquela cena, ele, agora adulto, não conseguiu se controlar.

– Obrigada, Hércules...

Hércules sentia muita falta do olhar caloroso de Alcmena, o encarando quando ainda era jovem.

– …Por ter nascido como meu filho.


Hwaaaa

A mana vermelha que cercava Hércules mudava a cada momento.

Talvez ele estivesse vendo uma verdade que não conhecia.

[E pensar que algo assim aconteceu.]

A voz do Gigantis soou nos ouvidos de Yuwon, que levantou a cabeça e olhou para ele.

Ele era alto o bastante para fazer o pescoço de Yuwon começar a doer.

Ao olhar para o enorme Gigantis, grande a ponto de tocar no céu, Yuwon realmente sentiu seu pescoço doer.

‘Ele está conseguindo ver tudo?’

As habilidades de Alcmena não eram tão boas.

Aquela habilidade nada mais era do que a exibição de memórias em forma de imagem e som.

Não havia como um dos Gigantis, que estava no nível dos Três Deuses, não conseguir ver através das habilidades de Alcmena.

“Obrigado.”

[Ao que está se referindo?]

“É só uma observação. Fiquei preocupado que fosse querer aproveitar essa oportunidade para atacar.”

Hércules, o matador de gigantes.

Aquela talvez fosse uma das poucas oportunidades de matá-lo.

Se o Gigantis visse aquilo como uma oportunidade para atacar Hércules, a luta dos dois poderia ter estourado ali mesmo.

[Você se arriscou a vir até aqui para resolver o mal-entendido entre Hércules e os gigantes. Não posso deixar seus esforços serem em vão.]

“Por acaso está querendo me dizer ‘obrigado’?”

[Vamos ter que observar mais um pouco até isso.]

Observar.

Isso significava que Hércules seria julgado com base na forma como reagiria daqui a pouco.

‘Ele parece estar pensando em muita coisa.’

Yuwon também estava olhando as memórias do colar.

Ele já tinha ouvido a história completa, mas ver com seus próprios olhos foi diferente.

‘O Gigantis ficou abalado.’

Havia um motivo para Yuwon ter esperado chegar até ali para entregar o colar a Hércules.

Como matador de gigantes, Hércules matou vários gigantes.

Mesmo que parasse de massacrá-los ao descobrir a verdade, o fato de ele ser inimigo dos gigantes não mudaria.

Mas e se o motivo da hostilidade de Hércules contra os gigantes tivesse causada por Zeus?

E se Gigantis, um dos líderes dos gigantes, visse aquilo pessoalmente?

‘Por favor, me ajude, Alcmena.’

A vida de centenas e milhões de pessoas dependia dela.

Para evitar a grande guerra que se aproximava, a voz de Alcmena precisaria convencer tanto Hércules quanto o Gigantis.

Enquanto Yuwon olhava na direção de Hércules…

Brrrrrrr

A gigantesca cabeça do Gigantis se abaixou.

Olhos do tamanho de uma casa desceram de uma altura de centenas de metros e se voltaram para Yuwon.

Yuwon virou a cabeça e só depois de muito tempo conseguiu encarar os olhos do Gigantis

“O que foi?”

[Sim. Eu me lembro. Foi o Urpha quem me falou.

Urpha.

Um antigo high ranker dos gigantes que Yuwon encontrara no 20º andar e que o ajudara a conseguir a pedra do mar.

Parecia que esse mesmo Urpha falara do Yuwon para Gigantis.

“Você não estava dormindo?”

[Claro que não fiquei aqui dormindo esse tempo todo. Às vezes eu acordava e ouvia notícias sobre o que estava acontecendo no mundo.]

“Então por que você não parou Hércules até agora?”

[Aqui.]

Gigantis ergueu os braços e expôs o peito.

Cicatrizes de queimadura visíveis entre o peito e as axilas.

[É uma ferida feita pelo raio de Zeus. Demorou muito para curar.]

“Você está machucado? Foi por isso que andou se escondendo?”

[Não estava me escondendo.]

Gigantis abaixou o braço levantado para esconder o ferimento novamente.

[Estava me preparando para a próxima guerra.]

‘Próxima guerra.’

Segunda Gigantomaquia.

Ao contrário da primeira guerra, que foi imprevista, a segunda Gigantomaquia seria ainda maior do que a primeira.

No começo, Yuwon se perguntara por que tinha sido assim.

Mesmo depois de muito pensar, a única conclusão a que Yuwon chegara foi porque Zeus conseguira a ajuda de Pã.

Mas agora ele sentia que entendia um pouco melhor.

‘Não foi só o Olimpo que se preparou para a guerra?’

A coisa mais fundamental sobre uma guerra era que você precisava ter um oponente.

O Olimpo estava se preparando para a segunda Gigantomaquia. E, de acordo com o que dissera Gigantis, os gigantes também estavam se preparando para essa mesma guerra.

‘Os gigantes são destruídos na segunda Gigantomaquia.’

Os gigantes eram uma raça responsável por uma parcela significativa do poder da torre.

Devido à segunda Gigantomaquia, eles foram destruídos e várias grandes guildas, incluindo o Olimpo, sofreram danos irreparáveis.

Um incidente que diminuiu a força total da torre num geral.

‘Vencer a guerra contra o Olimpo é o segundo melhor cenário. O melhor é que a guerra nem comece.’

E era por causa disso que a opinião do Gigantis era tão importante.

Se Zeus segurava uma das chaves para a guerra, aquele ser diante de Yuwon segurava a outra.

[A julgar pelo poderoso golpe que deu no Poseidon, você deve ser um inimigo do Olimpo.]

“Isso mesmo.”

[Então você está do nosso lado?]

“Não.”

[Os rumores sobre você ser imprevisível eram verdadeiros mesmo.]

Gigantis olhou para Yuwon e sorriu de forma estranha.

A risada foi tão alta que, aos ouvidos de Yuwon, parecia até um desastre natural. Gigantis olhou para Yuwon, que estava tapando os ouvidos, maravilhado.

[Escalar a torre tão rapidamente, roubar o item de Ares e encontrar esse lugar que nem o Olimpo conseguiu encontrar. Tudo isso está além do bom senso. E você desafiou todo esse mesmo bom senso e agora está aqui entre mim e o matador de gigantes.]

Mesmo se analisasse cada uma daquelas coisas separadamente, já eram surpreendentes o bastante.

Uma habilidade que superava a maioria dos rankers.

A obtenção da pedra do mar que Poseidon procurava e o roubo do item que Ares carregava.

E, por fim, a reunião de Gigantis e Hércules com a verdade.

[Você acabou de fazer história aqui.]

Fazer história.

Aquela podia ser uma declaração grandiosa, mas Yuwon não se sentia assim.

Não.

Na verdade, aquilo estava errado.

Yuwon não estava fazendo história. Ele a estava mudando.

“Eu sou meio que incrível.”

[Parece que a única coisa que lhe falta é um pouco de humildade.]

Talvez por ter estado prestando atenção na reação de Yuwon enquanto tapava os ouvidos, Gigantis riu menos do que antes.

[De qualquer forma, você é um inimigo do Olimpo, mas também não está do nosso lado, o que significa que está neutro. Não ficar em nenhum dos lados também significa que não haverá ninguém para ajudá-lo quando estiver em perigo. 』

“Não precisa se preocupar. Já sou bem popular.”

[Vai ficar tudo bem contigo mesmo?]

“Vai.”

Pensando no que precisaria fazer em seguida, tinha que ser daquele jeito.

Para Yuwon, o poder de estar em um grupo era como um cálice envenenado.

No fim das contas, esse mesmo poder iria atrapalhá-lo e tirar sua liberdade.

Liberdade.

Esse era o maior poder de Yuwon. Nenhuma outra guilda tinha tanto charme quanto ele.

[Se é assim, não posso fazer nada.]

Felizmente, Gigantis não continuou insistindo.

Em vez de se sentir desapontado com a resposta de Yuwon, ele virou os olhos para onde Hércules estava.

[E agora…]

Hwaaaaaaaaa!

A mana vermelha começou a ser sugada de volta para o colar.

[É a vez daquele cara fazer uma escolha.]

A mana, que se espalhara como uma neblina, se dissipou e Hércules apareceu com o rosto inexpressivo.


Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar