Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Lord of Mysteries – Capítulo 1424

Nos Dias Modernos (22)

Sem a janela ser aberta, o caderno abriu sozinho?

Alguém entrou no meu quarto?

Ou melhor, é um incidente paranormal?

Erm, há um fantasma me seguindo. É normal ter incidentes paranormais…

Naquele segundo, inúmeros pensamentos passam pela minha mente.

Ao mesmo tempo, vejo um monstro desenhado na página do caderno aberto.

O monstro é humanoide, mas é feito de pequenos vermes se contorcendo.

Isso parece muito bizarro e assustador, mas na realidade não parece nada disso. Isso ocorre porque esse desenho é muito simples e grosseiro. Assemelha-se aos rabiscos aleatórios de uma criança do jardim de infância.

Sem chance… Algum pirralho entrou no meu quarto? Um parente de um dos meus colegas de apartamento? Enquanto penso nisso, pego meu caderno e o folheio rapidamente, em busca de outros rastros.

Depois de folhear duas páginas, vejo linhas de texto:

“Minha experiência em desenho é muito ruim.”

“O principal problema não sou eu. Já fui chamado de mestre artista.”

“Guerra é arte! Guerra é estética!”

“É como se eu tivesse tido um sonho que tive muitas vezes. O sonho está repleto de línguas tão estranhas.”

“Eu sou um sujeito tão decadente!”

“Nós realmente somos mulheres!”

Essas linhas de texto não eram tão difíceis de ler, mas as coisas escritas pareciam muito caóticas. Fico com dor de cabeça quando instintivamente paro de ler e fecho o caderno.

Há um problema com isso!

Isto é como um encantamento para magia negra!

Eu experimentei algumas coisas nos últimos dois dias. Mal consegui me acalmar enquanto olhava para a janela.

Na janela de vidro, aparece a fantasma loira que parece estar fazendo cosplay.

— Você sabe quem fez isso? — Eu pergunto com uma voz reprimida.

— Foi feito por um espírito maligno, — responde a fantasma feminina com uma voz etérea.

Espírito maligno soa mais avançado do que algum espectro ou fantasma… Como um jovem moderno que jogou muitos jogos estrangeiros e assistiu a algumas séries de televisão estrangeiras, acho que o nome parece muito legal.

— Er… Um espírito maligno é mais poderoso? — Eu pergunto depois de alguma deliberação.

A fantasma balança a cabeça em concordância.

— Isso será mais problemático? — Penso em pedir a Madame Daly para exorcizar os fantasmas novamente, mas também estou preocupado que ela não consiga lidar com fantasmas no nível dos espíritos malignos.

— Eu também sou um espírito maligno, — diz simplesmente a fantasma.

— … OK. — Eu não sei como responder.

— Qual é a intenção daquele espírito maligno por trás dos rabiscos no meu caderno? — Demoro alguns segundos para lembrar o objetivo principal da minha pergunta.

A fantasma balança a cabeça.

— Não sei.

— … — Abro a boca e mudo de assunto. — Como devo me dirigir a você?

Não posso continuar chamando-a de fantasma, certo? Isso não é educado.

— Sharron. — Depois que a fantasma diz isso, sua figura gradualmente desaparece e some da janela de vidro.

Vendo que ela está muito calma e composta, fico aliviado. Eu me provoco. É um grande incidente. Não adianta entrar em pânico. Concentre-se apenas em dormir!

Então eu me banho e vou para a cama. Acaba sendo uma noite sem intercorrências.

Na manhã seguinte, acordo na hora certa, como de costume. Deito na cama por dez minutos e aproveito o tempo para sair de casa. No caminho para o ponto de ônibus, compro um burrito que embrulha praticamente tudo.

Com o burrito em mãos, pego o ônibus e chego na empresa. Sento-me no meu lugar, pego um pouco de água no bebedouro e começo a tomar o café da manhã.

Fuuu, se eu não tivesse exagerado ontem à noite, então deveria estar tomando uma xícara de leite doce de soja.

Pensando no leite doce de soja, associo-o ao novo produto que acaba de ser lançado na loja onde compro com frequência.

Leite de soja salgado!

Esta parece ser a forma única de comer em alguns lugares. Leite de soja com molho de soja adicionado!

Não sei qual é o gosto… Tomo meu café da manhã com seriedade e começo a me preparar para o trabalho.

Nesse momento, Rozanne, que está quase atrasada, entra correndo com uma bolsa enorme na mão.

— Aqui, tomem algumas bebidas. Por minha conta, — ela diz para todos no escritório.

Ela é uma mulher com boas relações pessoais. Inclusive eu, a maioria das pessoas se levanta e a cerca.

— Que bebidas tem? — Eu pergunto casualmente.

Rozanne larga a bolsa e a entrega a todos.

— Hmmm, comprei muitas garrafas para conseguir o que queria.

— Todas têm sabores diferentes.

— Fuuu, se você está vivo, então deveria ter um jogador dentro de você!

— Venha, vamos ver o que eu escolhi.

Do que diabos ela está falando?… Estou começando a duvidar da capacidade de Rozanne de se expressar.

No entanto, ainda entendi a última frase. Eu rapidamente enfio a mão na sacola e tiro uma bebida.

Eu me pergunto que sabor será? Assim que tenho esse pensamento, vejo um design de garrafa familiar.

É uma garrafa formada por padrões retorcidos de cobra!

É muito parecida com a bebida do Assassino que bebi antes, mas a cor é um pouco diferente!

Antes era preto, mas agora é azul!

— … — Eu rapidamente viro a garrafa e vejo o nome na frente:

“Instigador”

— Você não vai beber? Você não gosta disso? Por que você não bebe esta última garrafa? — Rozanne aponta para a última garrafa da sacola, intrigada.

A garrafa de bebida é como uma bola de chamas estendidas. É muito legal.

— Não, só estou pensando, estou pensando… — Recuso inconscientemente, procurando uma desculpa.

À medida que esses pensamentos passam pela minha mente, deixo escapar: — Estou me perguntando se deveria combinar isso com alguns lanches!

Enquanto falo, pego o lanche que me foi dado pela neta não relacionada com o sangue do CEO Huang, Cattie Huang.

Aquele saquinho de cogumelos secos.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar