Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Lv1 Skeleton – Capítulo 150

Capítulo 150

“Há quanto tempo!”

“Sim, já faz um tempo.”

Os que estavam sentados no trono eram os Receptáculos de Sha e L, que se fundiram com Abaddon.

“Gaia, Odin, então foram vocês dois.”

“Isso mesmo, estivemos esperando por você aqui.”

“Você pode me explicar qual é a situação atual?”

Eles se levantaram e acenaram com a cabeça respeitosamente.

“Por favor sente-se.”

Uma grande cadeira-trono apareceu atrás de mim.

“Certo.”

“Na verdade, não tenho certeza de por onde começar.”

“Basta falar a verdade, comece quando nos vimos pela última vez até agora.”

“Vou começar com a nossa promessa, quando éramos todos um com o Ômega, cerca de 25 bilhões de anos atrás.”

Gaia, que era a encarnação de Sha, olhou para Odin e depois de receber um aceno de cabeça, continuou com sua história.

“Você nos prometeu pôr fim ao ciclo eterno de destruição e renascimento.”

“Ciclo de renascimento? Você quer dizer em relação aos universos?”

“Certo, estávamos exaustos com o conceito de reciclagem infinita do universo e o fato de que apenas o Alfa e o Ômega manteriam suas memórias.”

“Sim, você me disse antes que tinha essa promessa comigo do futuro.”

“Sim, foi uma situação incrível que só foi permitida porque havia uma condição importante anexada.”

“Qual era a condição?”

“Você prometeu nos mostrar um futuro novo e desconhecido.”

“Era essa a promessa…”

Gaia acenou com a cabeça e continuou.

“Nesse ponto, Abaddon, a Ômega, foi contra essa ideia e escolheu se rebelar, resultando em uma separação dos poderes de Destruição e Criação.”

“Hm… sim, essa é uma história que já ouvi antes.”

“Então o futuro Johra disse que vai levar adiante seu plano para o futuro.”

“Um plano? Espere, o futuro que eu não deveria ter desaparecido?”

Gaia balançou a cabeça.

Estamos agora no ato final que o futuro Johra preparou.

“Como pode… o futuro eu? Ele ainda existe?”

“Descubra por si mesmo, a resposta está no final desta escada, não deve estar longe agora.”

“O final da escada… ele realmente estará lá?”

“Você já passou e sofreu muito, mas no final tudo foi para o futuro do universo.”

“Droga, eu não posso acreditar nisso!”

Corri para fora da sala e me dirigi para as escadas. Eu podia ouvir Gaia e Odin me chamando, mas suas vozes logo começaram a desvanecer.

“Eu não posso acreditar nisso! Como posso ser o futuro eu? Por que eu teria feito tudo isso?”

Subi as escadas sem parar, com lágrimas escorrendo dos meus olhos.

Perdi a noção do tempo, sem saber há quanto tempo estava correndo. Se eu caísse, eu simplesmente me levantaria e continuaria correndo pelo que parecia uma eternidade, até que finalmente uma esfera brilhante apareceu.

“Esse é o fim?”

Meu ambiente desapareceu e tudo o que restou foi o pequeno ovo que eu segurava em minhas mãos. Então a voz de Lena saiu.

“Johra, esta é uma dimensão totalmente separada. É caótico aqui… o tempo parece estar fluindo para todos os lados, meus cálculos não conseguem acompanhar…”

Então, quando Lena teve que se calar para não pensar que estava morrendo, ouvi uma voz familiar, mas mais madura, me chamar.

“Venha aqui, Johra.”

“Você… quem é você?”

“Você já sabe a resposta para isso.”

“Certo, acho que você é o principal culpado por trás de tudo isso.”

“Bem, suponho que você tenha o direito de se referir a mim assim… para dizer a verdade, você excedeu em muito as minhas expectativas ao superar tudo o que enfrentou…”

“Filho da puta!”

Tentei dar um gancho cruel em direção à voz, mas foi inútil.

“Desculpe, estou aqui e ao mesmo tempo não estou. Quanto mais forte você fica, mais perto estou de desaparecer por completo. Não tenho mais muito tempo.”

“O quê, você simplesmente vai subir e desaparecer, me deixando com essa bagunça? Me devolva Gwyn! Gnoss! Lilinor! Todos aqueles que são mais preciosos para mim!”

“Ainda o mesmo ganancioso, você realmente acredita que pode ter tudo?”

“Por que não? Não é como se eu estivesse pedindo muito!”

“Errado, somos a mesma pessoa. Para subir neste Universo, prometemos sacrificar aqueles que são mais preciosos para nós.”

“De jeito nenhum! Eu nunca teria!”

“Sério, você quer ver a memória?”

Aaaaah!

De repente, fui inundado por bilhões de anos de memória, todos desabando sobre mim ao mesmo tempo.

Eu experimentei as intermináveis reencarnações do universo, tornando todas as coisas sem sentido. Um mundo brilhante, mas vazio enquanto o medo crescia dentro de mim. Eu experimentei os horrores do futuro em mim, bem como a dor de perder aqueles que eu mais amava.

Vivi aquela cena de partir o coração, assim como a decisão de voltar ao passado e manipular as forças mais poderosas do universo, tudo para que pudesse ser evitado.

Tudo o que aconteceu, eu fiz parte. Ao me sentir intervindo no universo, senti a dor dos outros gravada em meu coração, mas também minha determinação se endureceu.

Eu vi o processo pelo qual a Torre de Deus foi criada e como Gaia, Odin e Machina ajudaram.

Na verdade, ele tinha o mesmo acesso à rede Sephiroth que eu, éramos a mesma pessoa.

Eu o usei ao longo do tempo para manipular eventos através dos universos, o que resultou neste exato momento.

“… Eu era quem estava por trás de tudo.”

“Certo, você e eu somos iguais.”

“Sim, nós somos um.”


Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar