Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Monarch of Evernight – Capítulo  175

Negócios Proibidos

O clima pacífico retornou para a taverna, com seus clientes abaixando a cabeça e retornando aos seus negócios, tentando evitar o olhar de Qianye. 

“Porra rapaz, o nariz desse infeliz era útil, precisava ser tão implacável?” Riu ironicamente o velho atrás do balcão. 

Qianye se sentou no bar e respondeu: “Infelizmente parece que seu cérebro era inútil.” 

“Você veio apenas para provocar as pessoas?” 

A expressão de Qianye não se alterou. “Vim fazer negócios. Mas se alguém quiser me provocar, vai acabar como aquela aberração.” Ele apertou os olhos e disse com um tom que poderia ser interpretado de muitas maneiras: “Tenho pouco interesse nas brigas entre peludos e dentuços, desde que não venham me incomodar.” 

As rugas do barman se acentuaram, resmungou alguma coisa inaudível e serviu uma taça de vinho a Qianye, sem perseguir mais o assunto. 

O vinho era de boa qualidade. Uma mistura de vários sabores, um odor que queimava o espírito, que geravam uma sensação inefável. No começo ficou preso na língua, antes de explodir em uma doçura peculiar. 

Qianye ergueu a taça e fitou o líquido transparente que refletia todos a volta. Aquele líquido, aparentemente coeso, ao ser tomado, dividia-se em um mix de sabores.  

Claro, não era apenas o sabor que Qianye refletia. Agora pouco, quando o homem gritou, mais da metade dos presentes responderam com energia de origem das trevas, incluindo o atendente.  

Essas pessoas caíram para o lado negro da força. Algumas eram relacionadas ou agentes das raças escuras, enquanto outras, faziam parte do seleto grupo de caçadores de sangue, que não hesitavam em abraçar o poder das trevas para ganhar mais poder. 

Qianye há muito tinha ouvido falar de lugares como esse. E na verdade, não era o único dentro da cidade de Darkblood, alguns, inclusive, funcionavam numa escala maior. Esses pontos existiam em todas as fronteiras entre as facções e o Império só podia fechar os olhos. Contando que não extrapolassem os limites, não adiantava reprimir. Era como aquele conto do prefeito que quis acabar com o bairro dos bandidos, fazendo com que o crime se espalhasse por toda cidade. Era mais fácil lidar com o mal desde que saiba onde era sua base e líderes. 

A maioria dos bens negociados eram informações. De ambos os lados, embora a demanda por inteligência advinda da facção da Noite Eterna era consideravelmente maior. Óbvio, materiais como cristais negros, ferros especiais e outros recursos chaves também corriam por esses canais, apesar do menor número, devido a maior quantidade do Estado sobre esses assuntos. 

Na ausência desses canais públicos conhecidos e de tráfego limitado, as raças escuras buscariam outros meios, como o caso de Wu Zhengnan. Onde a própria máquina imperial era corrompida, os métodos de lidar mais complexos e o fluxo de materiais muito maior.  

Qianye abaixou o cálice. Cessando os reflexos, tomou um grande gole e ficou saboreando a sensação doce da queimação da bebida. Somente nesse momento que a energia dourada de sangue se acalmou.  

Assim que Qianye entrou no ambiente, essa força quase autônoma começou a ficar agitada. Quando o homem chegou perto e utilizou sua linhagem para cheirar a energia dele, ativou-se sozinha. A ação aparentemente implacável foi para fins de ocultação. Nunca imaginou que apenas um toque da aura fosse tão nocivo para membros das trevas, um pequeno fio era o suficiente para quebrar a carne e roubar energia.  

No momento em que a energia de sangue especial entrou em contato com o núcleo do homem, Qianye recebeu algumas informações, como por exemplo, ele ter semelhanças com licantropos. A energia das trevas ressoava fortemente com seu atributo especial da Noite Eterna. 

O idoso parecia ter recebido alguma mensagem do ar assim que Qianye terminou sua bebida. “A pessoa que o senhor está procurando já está à espera. Siga depois daquela porta.” 

Qianye seguiu as instruções e entrou em um corredor escuro, próximo ao balcão, que o levou a uma sala pequena, sem janelas ou outra saída. Sem esperar convite, invadiu o local com calma e se sentou em frente a um homem magro de meia-idade, cujo semblante digno, era marcado por uma escuridão entre as sobrancelhas. 

“Eu não esperava alguém com sangue demoníaco. Como devo lhe chamar?” 

“Jorgen. Ou pode simplesmente me chamar de Blackowl. Este nome é mais conhecido.” 

“Senhor Blackowl, você pode me fornecer a ajuda pela qual necessito?” 

“Depende do que precisa. Permita-me ver seu token antes de começarmos. Você sabe, nesse ramo de negócios, é sempre bom ter precauções.” 

Qianye retirou o anel do dedo médio e colocou sobre a mesa em frente a Blackowl. 

Jorgen pegou o item e injetou um pouco de energia de origem, o que provocou uma reação no anel. Na superfície, duas linhas foram iluminadas para depois a luz seguir em direção aos demais intricados detalhes, formando a imagem complexa de uma águia segurando duas espadas cruzadas em seu bico. O tom de voz do homem relaxou quando devolveu a joia. “É de fato um token de alto-escalão do Clã Wei do Extremo Oriente. Sendo assim, farei o melhor para cumprir sua solicitação, desde que esteja dentro das minhas capacidades.” 

Wei Potian tinha enviado o anel por meio de um criado antes de partir da Caçada. Junto havia um documento explicando seu uso e locais no Continente da Noite Eterna onde usar, incluindo a taverna. Isso abriu ainda mais os olhos de Qianye sobre o poder e influência das famílias aristocratas. 

“Quero investigar algumas transações e acordos entre humanos e as raças negras.” 

As palavras de Qianye deixaram Blackowl visivelmente nervoso. “Com quem e que tipo de transações?” 

“Cidade de Blackflow, sétima divisão expedicionária. Negócios proibidos.” 

“Negócios proibidos!” Jorgen respirou fundo antes de continuar: “Você está claro dos tipos de pessoas por trás desse ramo? Mesmo assim quer continuar?” 

“Sim”, respondeu Qianye resoluto. 

“Mas que coincidência. Acontece que eu recebi um relatório recente sobre sua pauta.” Blackowl pegou uma folha em branco e começou a desenhar um esboço de mapa e algumas observações, ao terminar, deu alguns minutos para Qianye decorar as informações, antes de queimá-lo.  

Qianye pescou um cristal negro de suas vestes e colocou sobre a mesa. Jorgen o pegou sem cerimônia e o desejou sorte. 

Sobre as instruções de Blackowl, Qianye saiu por uma porta secreta e desapareceu na noite. 

Os dias seguintes foram pacíficos para Qianye. Treinou e cultivou, quase sem sair de casa, pelo menos até receber a pasta de inteligência da Casa dos Caçadores.  

Apesar da qualidade dos dados fossem um tanto confusos e sem precisão quando comparados ao do mercado negro, complementou o conhecimento de Qianye sobre o passado de Wu Zhengnan.  

Os negócios obscuros da Sétima Divisão Expedicionária de Wu Zhengnan existiam a muitos anos. Aquela transação com Qi Yue que Qianye presenciou, foi apenas a experimentação de um novo mercado. O grosso de suas atividades não eram contrabandos de recursos importantes para a raça humana, mas sim bens de luxo vampíricos.  

Ao cruzar os documentos que teve acesso, pôde garantir a veracidade e que o comércio costumava ocorrer em uma região próxima de Blackflow, a uma distância de aproximadamente 32 quilômetros.  

Analisando um mapa, Qianye decidiu que deveria ir pessoalmente para presenciar uma dessas trocas para ter certeza do que estavam negociando. Apesar de Wei Potian ter marcado um encontro para pouco mais de um mês com seus homens a fim de destronar Zhengnan. Claro, não seria o precioso herdeiro que faria o trabalho bruto e sim alguns estrategistas e profissionais do Clã Wei. Eles precisariam de provas, pois quanto mais, melhor. 

Na manhã seguinte, pegou um dirigível para Blackflow e à tarde chegou no deserto com sua grande mochila. Pouco depois de partir, houve um grande clamor na cidade, com guardas sendo interrogados e pessoas revistadas. Porém ninguém foi detido. 

———– 

Qi Sicheng estava sentado em seu escritório, com uma expressão nem um pouco feliz, enquanto ouvia os relatórios de seus subordinados. Ao informarem que ninguém foi preso e nenhuma pista do suspeito, o oficial esbravejou e expulsou os soldados com uma série de abusos verbais. 

Depois de se acalmar e estar sozinho, Qi Sicheng encarou o mapa a sua frente e refletiu. Bom, não pegar o sujeito também estava dentro das expectativas, já que não seria qualquer um que teria culhões e meios para se interessar nos negócios de sua facção. A dica que recebeu foi um tanto vaga, não tinha muito com o que trabalhar. 

“Seja quem for, tenha cuidado. Pode acabar ganhando alguns ossos quebrados por ser intrometido!”  

Nota da Equipe

Sistema de premiação, aqueles que conseguirem comentar, sem spam, do dia em que o capítulo foi publicado até o final do dia do próximo, por 10 capítulos seguidos, tem o direito de pedir um capítulo de MOE. Também vai ganhar um ponto de leitor e ficar no ranking para sempre (até pelo menos minha equipe perdurar) nas notas. Os capítulos serão postados até no máximo as 17h de um dia, caso ultrapasse o horário de publicação, os comentários dos leitores valerão para o ranking por mais 24h.

Ranking de Pontos de Leitor:

1 –

2 –

3 –

4 –

—-

Comentários nos caps. lançados até o próximo, seguidos (se não fechar 10, volta a zero e não recebe ponto de leitor):

  • iTisTime: 5/10
  • Bembem: 4/10
  • Spector: 1/10

OBS: As regras podem mudar caso o negócio fique muito inflacionado.

OBS2: Os capítulos bônus só poderão ser cobrados após o natal, porque já estamos publicando no dobro que o usual até a data do papai noel.

Real notas da equipe: Mestre Coelho, você perdeu de ganhar um ponto por 1 comentário, o capítulo ainda demorou 4 dias para sair devido a problemas técnicos (pc pifado) da equipe. Boa sorte aos demais, cuidado para não zerarem e perderem o progresso.

—-

Abraços de luz, incorpóreos, inexistentes, apenas da sua imaginação.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar