Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Monarch of Evernight – Capítulo  216

Diário

O equipamento do cavaleiro do sangue era voltado para camuflagem e emboscada. Ele carregava duas pequenas armas de fogo – uma delas era a pistola de alta potência que acabou falhando em disparar, enquanto a outra, uma pistola projetada com um silenciador. O efeito especial da última era extremamente raro. 

Ambas eram armas de origem de grau quatro, com uma insígnia distinta gravada na empunhadura. Era o símbolo de um ferreiro vampiro, indicando o criador da arma. Apenas ferreiros de alto escalão possuíam as qualificações para deixar símbolos em suas mercadorias. Por exemplo, essas pistolas com o símbolo de ferreiro não eram inferiores às armas de origem de grau cinco comuns, tanto em poder quanto em valor. 

Além disso, Qianye encontrou uma espada longa e uma adaga no corpo. A espada longa era de grau três. Uma arma de combate corpo a corpo desse grau era equivalente a uma arma de origem de grau quatro, não era excepcionalmente especial. Mas a adaga era de grau quatro! Isso era bastante incomum, porque armas de combate corpo a corpo de grau quatro geralmente estariam nas mãos de um especialista de classificação campeão, e normalmente apenas viscondes vampiros seriam capazes de usá-las. 

A armadura interna que o cavaleiro estava vestindo sob seu disfarce também era um bom item. Era desconhecido de qual pele de besta gigante foi feita, mas havia três matrizes de poder de origem costuradas nela. Qianye ativou-a e descobriu que duas delas serviam para aumentar a defesa, enquanto a terceira causava distorção da visão ao redor do usuário por um certo período de tempo, alcançando um estado de quase-invisibilidade. 

Qianye não pôde deixar de ficar curioso sobre a identidade deste vampiro. Ele começou a revirar a mochila do último e o pequeno estojo de ferramentas requintado em seu bolso. 

Sua mochila continha principalmente vários suprimentos e equipamentos necessários para viagens ao ar livre. Havia também um caderno e mais de uma dúzia de cristais de sangue. Esses itens eram suprimentos importantes para vampiros de alto escalão e eram uma solidificação do sangue rico em poder de origem. Vampiros comuns nunca seriam capazes de colocar as mãos em tais cristais de sangue. Eles só poderiam sugar sangue fresco para repor sua energia e poder de sangue. 

Dentro do estojo de ferramentas, Qianye encontrou um disco de cristal envolto em uma pele macia. Este item azul-celeste, do tamanho de uma palma e espessura de um dedo, parecia ser o remanescente de um certo equipamento. Tinha linhas indecifráveis gravadas nele, lembrando um pouco encantamentos arcaicos. 

Qianye não reconheceu as palavras no fragmento de cristal, mas pareciam pertencer a uma antiga língua chamada fala rúnica. 

A fala rúnica era uma língua antiga transmitida entre as raças das trevas. Sua história era muito mais distante do que as línguas antigas da raça humana. Supostamente, a fala rúnica era um tipo de linguagem que continha poderes misteriosos – os próprios caracteres podiam formar componentes estruturais de muitos tipos de matrizes de origem. Cada caractere da verdadeira fala rúnica podia ser considerado uma matriz de origem completa. De acordo com seu poder de origem representativo, eram classificados como fala rúnica das trevas, fala rúnica do amanhecer e fala rúnica neutra. 

Qianye naturalmente não conseguia dizer a qual atributo a fala rúnica no fragmento de disco de cristal pertencia. No entanto, qualquer objeto nas mãos de uma raça das trevas relacionado à fala rúnica provavelmente era uma antiguidade transmitida desde os tempos antigos. Ele só havia visto um item com fala rúnica antes, e isso estava na sala de troféus do Escorpião Vermelho. Era uma bengala esculpida a partir de um único pedaço de cristal negro com um anel de fala rúnica em sua coroa. 

Na época, essa bengala pertencia a um poderoso mago demônio que havia matado inúmeros soldados imperiais. Mais tarde, todos os líderes do Escorpião Vermelho da época agiram simultaneamente e o emboscaram. Depois de pagar um preço alto próximo da aniquilação, eles finalmente abateram esse membro de alto escalão do Conselho da Meia-Noite. Eles trouxeram sua bengala como um troféu. 

Hoje, um fragmento de disco de cristal com fala rúnica esculpida apareceu nas mãos de um cavaleiro do sangue. 

Qianye pegou o caderno e observou o ambiente mais uma vez antes de abri-lo. O Pântano estava, como antes, impregnado por um silêncio obscuro e perigoso. A aura persistente da morte da serpente com chifres e do cavaleiro do sangue exercia um efeito dissuasivo sobre as criaturas da área, saturando o ar com uma quietude mortal. 

Qianye começou a percorrer as anotações do vampiro – sobre os papéis maleáveis e à prova d’água, estavam decoradas palavras cursivas escritas com uma tinta verde-escura especial. Cada traço carregava elegância e complexidade, retratando as características da raça dos vampiros. 

Felizmente, era um diário e as palavras nele eram bastante simples e diretas. Estava escrito principalmente na linguagem comum atual da raça das trevas e não havia palavras particularmente abstrusas, exceto por alguns termos específicos raciais. Portanto, Qianye conseguiu entender a maior parte do vocabulário. 

O caderno registrava as aventuras deste vampiro de alto escalão nos últimos anos. Seus rastros eram bastante amplos, tendo percorrido vários continentes. Qianye encontrou alguns conteúdos interessantes em uma das páginas. 

“Eu, Deryl Kurlas, um barão da grandiosa e antiga família Kurlas, realmente recebi uma ordem de recrutamento!? Meu Deus, é o Continente da Noite Eterna, o local de encontro dessas linhagens inferiores! Por que eu tive a infelicidade de retornar em um momento como esse? Se eu soubesse antecipadamente, teria adiado a viagem por mais três meses. A paisagem no Continente Ouro Azul ainda é extremamente encantadora.” 

Qianye verificou a data e descobriu que a entrada do diário foi escrita há nove meses. Isso poderia significar que as raças das trevas já estavam planejando essa guerra em larga escala há mais de meio ano? E era no Continente da Noite Eterna? 

Mas Qianye não tinha ouvido falar de nenhuma batalha de escala semelhante no Continente da Noite Eterna durante o período passado. Pelo menos não havia guerras que justificassem uma ordem de recrutamento das raças vampíricas dos continentes superiores. Isso deixava apenas uma possibilidade – este cavaleiro do sangue foi recrutado para a batalha iminente – esta era uma guerra total! 

A ordem de recrutamento foi emitida pelo menos nove meses antes. Considerando o tempo gasto no planejamento secreto, talvez os principais personagens da raça das trevas já estivessem elaborando uma estratégia desde muito antes que nove meses atrás. 

Afinal, o que era que havia atraído os vampiros a ponto de estarem dispostos a pagar um preço tão alto para iniciar uma guerra neste árido Continente da Noite Eterna? As razões para uma guerra geralmente só poderiam ser por recursos, território e população, etc. 

Território? 

Isso era completamente sem sentido. O Grande Império Qin não era muito ambicioso em relação aos territórios no Continente da Noite Eterna. Caso contrário, não o teriam abandonado depois de ocupar o Continente Qin. Embora, por algum motivo, eles tenham estabelecido o exército expedicionário posteriormente e ainda mantivessem certo poder no Continente da Noite Eterna, este último era amplamente ignorado tanto em termos de equipamento quanto de suprimentos estratégicos. 

População? 

Os humanos que viviam e se multiplicavam no Continente da Noite Eterna eram o degrau mais baixo da sociedade humana, lutando na tênue linha entre a vida e a morte. A maioria deles nunca despertaria o poder de origem em toda a sua vida. A maioria dos vampiros puros e meticulosos não estaria interessada em sugar o sangue desses pobres coitados, a menos que estivessem em extrema fome. A sujeira e o odor dessas pessoas eram suficientes para destruir qualquer apetite. 

Essas pessoas eram até inferiores aos humanos criados pelas raças das trevas. Que utilidade poderiam ter mesmo se fossem capturados em grande número? 

Mas o fato de Qianye não conseguir encontrar uma razão não significava que as raças das trevas fossem estúpidas. Na verdade, a maioria daquelas velhas múmias do Conselho da Meia-Noite havia vivido por milhares de anos e tinham experimentado muitas coisas durante sua longa vida. Devido à sua experiência e força, eles praticamente não cometiam erros. As coisas tolas que às vezes faziam eram por tédio. 

Qianye afastou seus pensamentos e continuou folheando o livro. Embora tenha deduzido, a partir dos despojos de guerra, que este cavaleiro do sangue era de origem extraordinária, nunca esperava que ele realmente fosse um barão do continente superior que havia sido recrutado para cá. 

“Tenho que admitir que agora estou um tanto interessado nessa ordem de recrutamento. Segundo Mills, parece que a guerra desta vez tem algo a ver com um tesouro deixado pelo Monarca das Trevas. Esse cara nunca foi confiável, mas estou inclinado a acreditar nele desta vez. Quanto ao motivo, só posso dizer que é a intuição concedida a mim pelo primogênito. Esse sujeito, Mills, cometeu tantos erros. Ele tem que acertar pelo menos uma vez, não é?” 

O Monarca das Trevas? Qianye não estava familiarizado com esse importante personagem histórico das raças das trevas. No entanto, alguém que pudesse usar tal nome possivelmente era um grande monarca das trevas, e até mesmo os itens deixados pelo mais fraco dos grandes monarcas interessariam a um marechal do império. 

A partir desse ponto, Qianye diminuiu a velocidade de sua leitura e, como esperado, viu muitos conteúdos chocantes. 

“Monarca das Trevas? Qual deles? Aqueles velhos assustadores e repulsivos do conselho querem encobrir toda a história. Mas isso não será um problema para mim – eu, Deryl Kurlas, posso ser apenas um barão, mas ao mesmo tempo, também sou um grande estudioso e aventureiro!” 

“Há apenas um monarca que corresponde às condições nos últimos milênios de história – a segunda geração do progenitor vampiro, o aterrorizante Monarca de Asas Negras Andruil!” 

“Ele sumiu pouco tempo depois da Guerra do Amanhecer. Não houve explicação até agora para seu desaparecimento. Pessoalmente, acredito que uma solução melhor seja investigar o mundo fora dos 27 continentes. Afinal, os progenitores têm uma vantagem natural nesse aspecto… parece que evadi do assunto principal?” 

O repentino desaparecimento de um progenitor vampiro da segunda geração? Qianye memorizou silenciosamente o nome Andruil. Ele esperava coletar informações relacionadas ao Monarca de Asas Negras caso a oportunidade se apresentasse. Mas, no momento, precisava sobreviver a esta guerra primeiro. 

As outras passagens estavam todas relacionadas às atividades de Deryl após sua chegada ao Continente da Noite Eterna. Os requisitos da ordem de conscrição das raças das trevas eram bastante flexíveis. Era evidente que eles não tinham um alvo específico para saquear. Como um barão e também um especialista em furtividade e emboscada, Deryl basicamente possuía completa liberdade de ação, desde que entrasse na sua zona de guerra designada quando o conflito começasse. 

Essa seção também não era curta – Deryl era alguém que simplesmente não conseguia ficar parado. Ele havia passado quase meio ano explorando diversos lugares no Continente Noite Eterna. No entanto, não havia participado de nenhuma batalha real. De acordo com seus próprios relatos, só começava a matar pessoas depois que sua identidade era descoberta. 

Ele havia atacado um assentamento humano apenas uma vez, em estado de intensa fome, após uma perigosa viagem de exploração que durou semanas e ficou mais de dez dias sem sangue. 

Quanto aos resultados do ataque, ele apenas minimizou com algumas palavras: “Até mesmo o sangue de garotas aparentemente jovens e crianças delicadas tinha um gosto incomparavelmente grosseiro. Como esperado, este continente é adequado apenas para espécies inferiores de linhagens sanguíneas decadentes viverem. Além disso, deve-se sempre lavar a comida antes de cada refeição. Isso é especialmente necessário no Continente da Noite Eterna.” 

O canto dos olhos de Qianye tremeu ligeiramente enquanto continuava lendo. Essa era a verdadeira relação entre humanos e as raças das trevas. Esse Deryl obcecado por aventuras já poderia ser considerado bastante tranquilo, embora seu comportamento se originasse de seu orgulho e desprezo pelos humanos como um todo. 

Entre suas aventuras no Continente da Noite Eterna, havia menções a certos lugares misteriosos que até mesmo alguém como Deryl temporariamente não conseguiu entrar – Bosque do Crepúsculo, Fenda Polar, Serra das Nuvens Noturnas Brilhantes, etc. Qianye estava intrigado com esses nomes que nunca tinha ouvido antes. Ele já sabia há muito tempo que o continente em que estava há tanto tempo era extremamente vasto. No entanto, nunca soube o quão vasto era. Talvez pudesse visitar todos os esses lugares no futuro, claro, depois de se tornar mais forte. 

De repente, um certo trecho atraiu a atenção de Qianye. 

“Hoje, encontrei um documento extremamente antigo. Seu conteúdo é verdadeiramente surpreendente! Quem imaginaria que Andruil havia vivido secretamente no Continente da Noite Eterna por décadas!? Ninguém realmente sabia que o grande Monarca de Asas Negras tinha vindo para o Continente Noite Eterna! Talvez essa seja a verdade que aqueles velhos do Conselho da Meia-Noite estavam escondendo a todo custo! Alguns deles são, na verdade, personagens da Era de Andruil. Eu absolutamente me recuso a acreditar que eles não estejam cientes de que Andruil veio para cá e até mesmo morou aqui por tanto tempo.” 

“Ha! Este é realmente um bom dia! Finalmente encontrei evidências dos movimentos passados de Andruil! Talvez eu possa descobrir algo a partir disso.” 

“Uma semana inteira de esforço não foi desperdiçada! Simplesmente não consigo acreditar no que encontrei! Um disco remanescente com inscrições em na fala rúnica! Embora dois terços estejam faltando, julgando pelo seu estilo único, isso deve ser uma chave. A chave para abrir o tesouro do Monarca! Talvez eu deva guardar este item. É mais apropriado para um vampiro herdar o tesouro de um progenitor vampiro, afinal de contas.” 

“Finalmente obtive novas recompensas depois de dois meses. Encontrei meu alvo em uma cidade humana indescritivelmente pequena através deste pântano fedorento – um velho em seu leito de morte cujo ancestral já havia servido a Andruil. Isso, naturalmente, foi durante o tempo em que o Monarca de Asas Negras havia ficado em Noite Eterna. Precisei apenas de alguns truques para obter todas as informações relevantes. Seus ancestrais realmente deixaram palavras para seus descendentes, dizendo-lhes para trazer o disco remanescente para a Cordilheira da Montanha Esquecida no Continente Farol Flamejante. Haverá um presente para eles lá como recompensa por seus 30 anos de serviço leal. 

“O problema agora é essa maldita ordem de conscrição. Tenho que esperar até que a guerra termine antes de poder ir!” 

Havia apenas uma entrada na última página. 

“Um jovem humano realmente viu através do meu disfarce? Isso é interessante. Talvez eu deva torná-lo meu descendente.” 

fim. 


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar