Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

My legendary class is Husband of Deathwill Sisters?! – Capítulo 225

Não Fale como Minha Filha, Alexander!

— Do que vocês dois estão falando? — O Coveiro de Almas olhou peculiarmente para o Rei Dullahan e Alexander: — Sinto algum laço familiar entre vocês.

Ele sabia que uma das esposas de Alex era meio-dullahan. Até viu os dullahans controlando o lobo da filha da mulher.

Não importa o que aconteceu entre eles, ainda eram uma família. E Alex era alguém que podia conectar Sara e sua filha com o Reino Dullahan.

— A Autoridade — Thanas respondeu com os braços cruzados.

Alex olhou para ele, sussurrando internamente, Quando ele assumiu uma pose de fodão?

Thanas estava sentado sem nenhum toque de arrogância ou pressão na conversa com Alex. Porém, quando cruzou os braços, endireitou o corpo e olhou para o velho, sua presença mudou significativamente.

Alex sentiu-se um pouco aliviado e seguro, então não comentou isso.

O Coveiro de Almas assentiu: — Eu também deveria receber Autoridade, sabe? Sou como um paizão para todos os mortos-vivos.

— Talvez tenha adicionado braços e cabeças demais no seu morto-vivo, então seu morto-vivo não considera você um bom pai… — Alex olhou para o Coveiro de Almas com sua expressão cômica normal, recordando das palavras de Eva Mora.

O velho arregalou os olhos, esticando a cabeça para o lado: — Não fale como minha filha, Alexander!

— Você me assustou por um segundo — ele suspirou de alívio, lembrando das palavras de Eva.

Ela era sua filha, porém, não entendia a beleza do seu morto-vivo. Com várias mãos e cabeças em locais aleatórios, os Ghouls comeriam cada ser vivo no caminho.

Eles não deixariam as pessoas fugirem! Seus sentimentos eram melhores com vários fantasmas num corpo, e seus braços e cabeças liberariam mais poder… Os fantasmas realizavam muitos papéis. Eles aumentariam o instinto assassino natural, moviam o coração e cérebro num corpo para proteger a vida do ghoul e até usavam as cabeças para soltar raios de energia gélida das cabeças. As mãos estenderiam para pegar o máximo de pessoas possível. Seria fácil de estender por vários metros com ossos refinados dos esqueletos e carnes de zumbis.

Seu design de criação era simples e conveniente demais.

Então, O Morto-vivo, sua obra-prima… havia apenas uma obra-prima, mas seu futuro parecia melhor que dos ghouls.

O Coveiro de Almas seria um monstro com o ghoul e o exército de mortos-vivos… o último seria como formigas espalhadas no chão, enquanto o primeiro seria como gigante que alcançariam os céus enquanto pavimentava o caminho para os mais fracos.

Além disso, o Coveiro de Almas cultivou tantas partes de mortos-vivos que não podia deixar aquelas partes sem rumo em sua terra. A produção de ghouls continuaria enquanto mandasse Eva continuar, e mais obras-primas se juntariam as suas classificações com progresso o bastante…

— E já ouvi ela! Lembra da minha obra-prima? Tem uma cabeça e vários braços. Aqueles braços parecem fantásticos e vão ser como flechas, criando uma avalanche de mortos-vivos quando alguém me deixa louco.

— Bem, como gosto de vocês dois, vou contar um segredo. Aqueles braços nas costas do Morto-vivo podem disparar como flechas. Eles podem deixar o corpo e virar mortos-vivos menores e perfeitos. — O velho estava orgulhoso pela sua obra-prima.

Thanas zombou: — Se esse é o caso, por que precisa de ghouls? Apenas deixe sua obra-prima trabalhar.

O Coveiro de Almas riu: — Quanto mais, melhor. Também gosto de ghouls. Eles me iluminaram, afinal de contas.

Alex olhou para os dois e pronunciou: — Vocês dois não deviam ser inimigos? Por que parecem com bons amigos de anos?

— Haha! — O velho riu porque Thanas não planejava responder isso.

Ele perguntou: — Você leu livros, Alexander?

— É claro — Alex assentiu.

O velho explicou: — É como nos livros. O processo de escrita sobre a jornada do protagonista, suas fraquezas e como supera é muito mais divertido para o autor e os leitores.

— Há mais diversão no processo do que apenas um fim.

— Após várias colisões com o Império Darkmana, entendi o processo simples… Se eu conquistar eles e o mundo, matando completamente os seres vivos, me tornarei vazio. Serei como os mortos-vivos.

— Realizarei meu objetivo e então desaparecerei… Mas se eu progredir como meus inimigos, teremos diversão infinita. Minhas prioridades mudaram significativamente… Sim, aprecio as fraquezas e progresso!

— Não importa que não coloque minhas mãos no que desejo por anos… Ainda vou progredir, mesmo que devagar. Tenho medo de me tornar vazio… medo do fim, Alexander.

— Contanto que eu esteja do outro lado, o lado antagônico, ficarei longe disso. É por isso que acredito em você, no Império Darkmana e nos outros canalhas que você ainda precisa encontrar — o velho caiu na gargalhada.

— Você é como os demônios famintos — Alex sussurrou.

Seus objetivos eram diferentes; isso era algo que Alex não duvidava. Contudo, sua abordagem era similar. Eles fariam amizade e desenvolveriam um relacionamento estranho com alvos potenciais enquanto tratava todos os outros como inúteis.

Na situação de Alex, um dos demônios perfeitos aprovou o talento de Alex, mas não pensava o mesmo de Sara e as outras. Em seus olhos, elas eram bons sacrifícios para ativar o crescimento de Alex e o convidar para o seu lado.

O Coveiro de Almas era similar porque saiu com Thanas e até ofereceu uma missão lendária a Alex.

Entretanto, ele com certeza atacaria Alex e suas amadas com intenção assassina genuína. Os faria trabalhar pelas suas vidas e progresso.

O velho não refutou aquelas palavras.

Thanas também concordou.

— Estamos num mundo diferente e em circunstâncias diferentes — o Coveiro de Almas riu: — Vamos ter muito progresso pela conversa aqui.

— Você tem alguma pergunta, Alexander? — Seus olhos irradiavam com conhecimento abundante.

Ele não compartilharia muito com Alex, no entanto. Apenas o bastante para progredir mais!


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar