Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

My legendary class is Husband of Deathwill Sisters?! – Capítulo 252

Casa

— Você não quer desconectar, não é? — Uma voz familiar soou na mente de Alex.

Ele não havia desconectado do jogo ainda. Mesmo que tivesse morrido, seu corpo vagou em algum lugar, entre os dois mundos.

Na realidade, sua consciência escapou do fundo de seu coração, onde várias coisas começaram a sair lentamente.

Alex não queria acordar deste pesadelo.

— Todas morreram… Eu também perdi a Olivia… Eu sou… uma falha. — Alex encarou o nada, que em seus olhos era o oceano vermelho.

Ele estava no fundo deste oceano, caindo cada vez mais.

A voz da dama respondeu: — E agora, você também quer morrer?

— Acho que sim… — Alex retrucou após um tempo.

— Que fraco — a voz falou suavemente.

E então, a torrente apareceu no oceano. Aquela torrente atravessou Alex, pegando-o como se fosse um abraço. Ele se sentiu um pouco melhor, mas nada podia eliminar a dor de perder suas esposas.

A dama sussurrou: — Você deixará sua filha sozinha? E quanto aos seus pais e amigos? Você sempre esteve aqui por eles. Deixe-os cuidar de você. Deixe-os te ajudar a retornar.

— Você também não ficou admirado pela força de Sara? Após perder o marido e apoio da família, ela fugiu sozinha com a filha.

— Você ainda quer desistir? — a dama perguntou pouco depois num tom suave.

Embora Alex ainda se sentisse devastado, a luz retornou aos seus olhos. Lembrou das boas memórias com as Irmãs Deathwill e Remia, então focou seus pensamentos apenas em Celia.

Ela agora estava sozinha, em um grande castelo desolado. Pelo bem dela, Alex estava pronto para agarrar as cordas do destino e continuar ficando mais forte.

E como ele parecia muito melhor que antes, a dama riu. Ela também estava num humor melhor, suas torrentes de água o soltando.

Enquanto flutuava no oceano vermelho, Alex olhou em volta, — Eu posso te ver? Pelo menos me deixe saber como você acabou aqui.

— Você esquecerá sobre mim, no entanto — a dama respondeu, acrescentando suavemente: — Alexander… Você sabe mais que qualquer um isso, e apenas por isso, enfrentará vários desafios. Se perder mais pessoas, quero que se lembre sempre daqueles que ainda estão a sua volta.

— Pelo seu bem, você deve continuar seguindo em frente. E isso também beneficiará você, preenchendo o que perdeu.

Alex cerrou os punhos, respondendo num tom fraco: — Me lembrarei disso…

— Está tudo bem deixar esses sentimentos te afetarem. Essas experiências te fortalecerão, afinal de contas. Sua personalidade, seu coração, sua força ofensiva, essas experiências refinarão você — a dama sussurrou suavemente.

Ela assumiu uma postura muito diferente por Alex do que normalmente era. Sabia que foi a primeira vez que ele enfrentou a miséria de perder alguém próximo. Ele perdeu mais de uma pessoa na primeira derrota comparada a pessoa que tinha em mente.

Seu coração doeu de verdade por ele, mesmo que fosse apenas uma alma agora.

— Qual é o seu nome? — Alex perguntou: — Não importa se vou esquecer por enquanto. Quando a hora chegar, quero me lembrar do seu nome. É melhor que não saber… você já me ajudou muito…

Alex tentou lembrar o que exatamente aconteceu durante a batalha contra o jogador de Classe Lendária e depois o demônio.

No entanto, tudo que conseguia lembrar era do seu Espírito de Batalha e Nobum, que nem conseguiam enfrentar o jogador com Classe Lendária. Sob sua presença, eles eram completamente inúteis. Suas esposas também lutaram, porém, muito melhor por motivos óbvios.

Contudo, Alex não conseguia pensar em como exatamente enfrentaram Liam Muralha.

Não conseguia lembrar da habilidade que usou para destruir a armadura… nem conseguia lembrar das mensagens do sistema que surgiram diante de seus olhos!

Tudo desapareceu lentamente.

A voz da dama então soou: — Ivonne.

Alex esqueceu tudo após ouvir o nome dela.

*****

Enquanto Alex passava muito tempo no oceano vermelho em seu coração, o tempo dos mundos nunca parou.

A Terra e o Mundo de Avander passaram pelo mesmo evento, no entanto.

O Evento do Antagonista.

Aquele evento fez as pessoas se perguntarem da trama do jogo e o que precisamente eram os demônios famintos. Por enquanto, os jogadores acreditavam que só poderiam se unir aos reinos e outras raças e então o continente contra eles.

O outro caminho era se juntar aos demônios famintos, que era muito popular agora.

Todavia, enquanto aqueles eventos continuavam, um evento muito mais enigmático aconteceu numa casa em particular da Terra.

Quatro estrondos de trovão soaram no segundo andar da casa de uma família. Sim, o evento de fantasia sobrenatural aconteceu num quarto que pertencia a um jovem!

— O-Onde estou? Eu estou… viva? — A loira estonteante sussurrou consigo enquanto encarava o teto desconhecido.

Ela ouviu sons que não conseguia reconhecer, que pertencia aos carros e outras coisas modernas. Também sentiu o chão diretamente, pois não tinha nenhuma roupa. O quarto que viu era muito misterioso, pois a cama parecia peculiar e havia várias coisas que nem conseguia nomear.

Ela não se moveu. Era uma situação estranha demais. Apenas observou para analisar a situação atual.

Então, as mensagens do sistema aqueceram seus olhos azuis.

[Você foi transportada para a Terra pela “Recompensa do Último Desejo”. O Sistema Terráqueo foi implantado em você. Você se tornou um dos humanos no Planeta Terra…]

[Sua classe e missões foram atualizadas.]

[Devido a sua conexão com Alexander Mao, você recebeu acesso ao Mundo de Avander pelo Sistema de Realidade Virtual.]

[Classe: Esposa de Alexander Mao (Lendário)]

[Sara Mao (Humana) Nv. 01]

[PV: 100/100]

[PM: 100/100]

Ding!

[Missão Terráquea #1 — Introduza-se aos seus sogros.]

Sara não suspeitava mais da situação. Levantou o torço lentamente, encontrando suas irmãs e a Remia. Estavam todas deitadas no chão, dormindo silenciosamente nuas.

Alívio e felicidade preencheram seu coração quando percebeu que havia recebido uma segunda chance, por algum motivo.

Lágrimas deslizaram por suas bochechas enquanto chorava, cobrindo os lábios porque os pais de Alex já estavam em casa.

Então, a capsula de realidade virtual abriu.

Uma mão familiar saiu dela…


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar