My Vampire System – Capítulo 194

A Verdade Sobre Truedream

Como de costume, enquanto Logan estava explicando as coisas, mostrava o que estava olhando na tela do computador para os outros através de um holograma. Conforme passava os arquivos um por um, explicaria o que queria dizer.

“Quando acordei esta manhã, fiquei surpreso ao ver um envelope no chão.” Logan disse: “Fiquei com medo de poder ser um tipo de bomba ou algo assim. Então fiz minhas aranhas mecânicas inspecionarem. Escaneei por rastros de adulteração e ver o que estava dentro. Para minha surpresa, havia um nano drive junto com uma nota.”

A tela mudou e agora, uma versão escaneada da nota estava sendo exibida aos outros.

“Neste nano drive está algumas informações sobre os membros de uma das quatro grandes famílias, mais especificamente, sobre um dos líderes conhecidos como Truedream. Nosso grupo conseguiu reunir evidência após fazer pesquisa intensiva sobre ele, e aqui encontrarão todos os delitos que cometeu no passado. O motivo pelo qual passei esta nota é que infelizmente para todos vocês… Truedream chegará nesta base militar em alguns dias.”

“De todas as pessoas, acho que talvez sejam capazes de fazer algo para impedir esta loucura com suas habilidades, pois não desejamos que inocentes sejam feridos.”

Anexado no final da carta estava um selo, e todos no quarto reconheceram. Eles viram várias vezes na televisão, e alguns até escreveram relatórios na escola sobre o grupo. Era o selo do grupo conhecido como Pureza.

“Então, e daí se o Truedream está vindo para a escola?” Erin respondeu: “Ele faz uma visita de rotina na maioria das bases mesmo. Não consigo ver problema nisto, e por que deveríamos confiar nas palavras vindas de uma facção rebelde.”

“Não sei,” Layla falou: “Talvez saibam de algo que não sabemos, e chute que tenha algo a ver com esse nano drive.”

“Embora quisesse dizer parabéns,” Logan expressou de maneira inexpressiva: “Acredito que qualquer um teria sido capaz de chegar nesta conclusão.”

Os arquivos no holograma mudaram mais uma vez, e desta vez, continham relatórios das visitas anteriores que o Truedream fez. Continha detalhes de cada visita na base militar, mas não só isso… também informava qual era o verdadeiro propósito dele vir a base.

O fato que toda vez que visitava, alguns alunos seriam selecionados, e logo após isso, suas habilidades sumiam. Também mostrava que havia um padrão para estas coisas e como parecia visitar a segunda base militar com mais frequência que as outras.

A expressão de todos ficaram azedas enquanto liam os relatórios: “Não posso dizer que isto me surpreende,” Quinn disse com um olhar de nojo: “É esperado deste sistema de merda.”

“Concordo que é ruim,” Erin falou: “Só que ainda não vejo como isto nos envolve. Somos apenas estudantes e eles querem que a gente impeça isto. Ele é de uma das quatro grandes famílias.

Foi então que Vorden notou algo: “Espera, você disse que a visita é em alguns dias. Esse tempo não é…”

“Parece que temos um vencedor,” Logan disse: “Este é o motivo pelo qual chamei vocês. Lembro que me disseram que por algum motivo o Duke queria deliberadamente que o Peter alcançasse o nível 4…”

E continuou: “Parecia estranho, por que mostrariam favoritismo de repente ao Peter? E por que dá pressa?”

“Ao juntar estas duas coisas, tudo faz sentido. O Peter não só era originalmente fraco, mas também não tem uma origem familiar forte, com certeza ficaria chateado se perdesse os poderes ou desaparecesse, só que é isso, ninguém daria bola e logo esqueceriam, assim como o que aconteceu com os alunos anteriores.” Logan explicou.

“E se descobrirem que o Peter não tem mais habilidade, começarão a fazer perguntas tudo de novo, e poderia chegar até nós,” Vorden disse: “Não só as coisas de Vampiro, quando descobrirem que somos próximos do Peter, podem começar a investigar sobre as mortes de novo, talvez até mais.”

O grupo teve que levar um tempo para assimilar tudo. De todos, o primeiro a sair do quarto foi a Erin.

“Não quero ser rude ou algo do tipo, mas não estou envolvida com vocês,” Erin falou: “Não sou uma Vampira, e não tenho laços com o que fizeram aos outros. Se eu ajudar nisto, só me tornará um alvo maior. Se forem pegos tentando fazer algo, poderia voltar para mim. Não posso deixar isso acontecer.” Ela terminou com um olhar apologético.

Quando Erin saiu do quarto, ninguém a perseguiu. Ela tinha um ponto. Realmente não estava envolvido em nada disto, e se ajudasse agora, só a colocaria em risco.

“Temos dois dias,” Logan falou: “Neste domingo, os alunos serão ordenados a se reunir no auditório para receber o Truedream. Normalmente, os alunos selecionados são convidados a ficar para trás. Isto é o que diz nos relatórios, eles então serão levados para algum lugar, porém, a localização é desconhecida. Onde poderia ser?”

“Ninguém sabe…” Logan continuou e então aguardou pelo efeito dramático.

“Tudo que sabemos é que estes estudantes que são levados perdem as habilidades. O mundo recebe a explicação de que foram punidos por fazer algo ruim, então sua habilidade foi tirada e alguns até desaparecem.”

“Então, algum plano?” Perguntou ao grupo no geral.

O grupo continuou a discutir o que poderia acontecer, e pensaram em planos e cenários diferentes no caos de coisas diferentes ocorrerem. Finalmente, após uma longa conversa, pensaram num plano que parecia ter uma boa chance de funcionar.

E foi como Logan havia dito, para isto funcionar, precisaria da ajuda de todos.

Isto incluía Fex, qual surpreendentemente concordou sem dizer muito. Se fosse descoberto por sua família agora, entraria em grandes problemas.

Porém, sabia que se o mundo descobrisse a existência dos Vampiros e acabasse sendo por sua causa, não importa quem seu pai fosse, ninguém poderia salvá-lo.

Com o plano estabelecido, todos saíram do quarto.

Por enquanto, agiriam da maneira mais normal possível nos próximos dias até a chegada do Truedream.

Quando todos finalmente saíram do quarto, Logan se virou para o computador mais uma vez, e começou a rodar um vídeo. Logan era uma pessoa muito cautelosa e paranoica com medo de roubarem seu trabalho. A escola não permitia nenhuma câmera, porém, não significava que você não poderia instalar uma.

Na área VIP, Logan tinha minicâmeras que eram quase invisíveis ao olhar humano. Ele as instalou, não só na porta da frente, mas também de fora.

Naturalmente, a primeira coisa que fez foi checar quem entregou a carta. Enquanto o vídeo rodava, estava claro como dia que Layla foi a entregadora da carta.

“Layla, hein? Quinn, parece que este pequeno grupo tem todos os tipos de segredos. Embora esta não seja uma ameaça para mim, então não é do meu interesse contar.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar