Pursuit of the Truth – Capítulo 343

Placa da Noite!

Enquanto as duas bestas sagradas morriam de forma horrível e os três poderosos Xamãs congelavam em seus passos, todos os Berserkers na terra dos Xamãs, além da Cidade Névoa do Céu, começaram seu ataque ao som dos tambores de guerra que enchiam o ar.

Ao mesmo tempo, a luz cercou os nove pilares de cristal na Cidade Névoa do Céu e toda a cidade tremeu mais uma vez. Logo em seguida, surgiu um gigantesco monumento de pedra de 30.000 metros de altura e 3.000 metros de largura, que se projetou do chão. Sua altura superava os nove pilares de cristal. Enquanto era erguido na Cidade Névoa do Céu, um sentimento de antiguidade se espalhou-se.

Havia nomes esculpidos no monumento de pedra, com a tribo ou clã ao qual pertenciam logo atrás. Era um monumento de conquista que registrava todas as mortes dos Berserkers na Terra da Manhã do Sul!

Conforme se erguia, os sons de batalha ficavam ainda mais altos. As classificações no monumento não mudavam constantemente. Os Berserkers teriam que retornar à cidade com suas provas após a batalha, então os registradores contariam os pontos e iriam inserir no monumento.

Todos aqueles cujos nomes seriam gravados no monumento de pedra se tornariam o centro das atenções de todos os Berserkers. Era uma glória que pertencia aos Berserkers, uma glória que pertencia à pessoa, sua tribo e seu clã.

Esse monumento de pedra mostrava apenas os melhores trezentos guerreiros. Somente aqueles que realmente se destacassem seriam colocados ali!

Naquele momento, a pessoa em primeiro lugar era alguém chamado He Luo. Essa pessoa não era do Céu Congelante, nem do Mar Ocidental. Ele veio de uma tribo chamada Luoshui. Ele já havia acumulado quase 3.000 pontos de conquista em seu nome.

O acúmulo de pontos de conquistas não funcionava com um aumento de um ponto a cada vez que uma pessoa matava outro Xamã. Em vez disso, os pontos de conquista eram distribuídos com base no status do Xamã que a pessoa havia matado e no nível de cultivo do Xamã, depois que um especialista da Cidade Névoa do Céu calculasse os pontos.

Aqueles entre os dez primeiros já tinham quase 2.000 pontos de conquista. A diferença de pontos entre eles não era grande. Quanto aos que estavam depois dos oitenta primeiros, todos tinham menos de 1.000 pontos em seu nome, mas mesmo o último colocado tinha cerca de várias centenas de pontos.

Isso era claramente um acúmulo de pontos após as poucas batalhas que deviam ter acontecido anteriormente. Era natural que quanto mais cedo alguém entrasse em uma batalha, mais pontos ele acumularia. Su Ming chegou tarde à Cidade Névoa do Céu e não relatou suas conquistas na batalha, por isso seu nome não podia ser encontrado ali.

No momento em que o monumento de pedra apareceu, os três poderosos Xamãs que haviam aparecido e parado no ar, ficaram com rostos sombrios.

Eles não eram Xamãs Superiores, apenas Xamãs Especialistas, mas todos eram considerados notáveis entre os Xamãs desse nível. Seu cultivo era equivalente aos Berserkers do estágio intermediário do Reino da Alma Berserker. O poder dos três Xamãs idênticos, que haviam saído da fenda na terra dos Berserkers anteriormente, não podia ser comparado ao deles, pois também não eram Xamãs Superiores, mas pessoas que tinham acabado de se tornar Xamãs Especialistas.

Enquanto um olhar sombrio aparecia nos rostos dos três, os poucos Berserkers poderosos que estavam sob as fendas avançaram. Mas isso não era tudo. De um dos lados, a Espada Céu Congelado estava deixando escapar um ar ameaçador. A ponta da espada se moveu e apontou para as três pessoas.

Ao mesmo tempo, do outro lado, o espelho gigantesco do Clã do Mar Ocidental, brilhava intensamente, como se também canalizasse o poder de uma habilidade mística.

Metade das dezoito estátuas gigantes também ganharam vida e estavam dando passos largos no campo de batalha.

– Por ordem do Grande Patriarca, mesmo o nosso terceiro ataque à cidade foi apenas um teste, mas o objetivo foi diferente das duas vezes anteriores. Desta vez, estávamos testando se poderíamos alargar as fendas feitas pelos Xamãs Alvorecer Divididos Superiores, além de esgotar o poder do feixe de cristal divino da Cidade Névoa do Céu…

– Ao que parece, os Berserkers viram claramente através dos planos do Grande Patriarca, mas ainda não enviaram nenhum Berserker no estágio intermediário do Reino da Alma Berserker, apenas alguns no estágio inicial…

– Eles estão aqui para lutar contra nós três. Será que a Cidade Névoa do Céu os enviou aqui para avaliar como está a força dos Xamãs após os últimos anos, através de nós três…? Aquele espelho antigo do Clã do Mar Ocidental é realmente detestável. Com ele ao redor, todas as habilidades divinas que lançarmos serão gravadas e os Berserkers usarão isso para obter informações!

– Quanto àquela espada do Clã Céu Congelante… Bem, ela não deve usar todo o seu poder ao lidar conosco.

– Hmph, os Berserkers são realmente bons em lançar iscas. Eles também fizeram isso antes. Pelo que parece, eles estão pensando em usar nós três para atrair nossos Xamãs Superiores…

Os três poderosos Xamãs se entreolharam e dois deles deram um passo à frente. Ondulações se formaram no ar sob seus pés e estrondos abafados se espalharam. Uma névoa verde apareceu instantaneamente ao redor deles. A névoa se espalhou abruptamente e fluiu em todas as direções. Em um instante, ela já havia coberto toda a área.

Logo depois, o último do trio sentou-se de pernas cruzadas e ergueu as mãos antes de baixá-las para pressionar o chão através do ar. Ondulações começaram a se espalhar pelo chão e rugidos estridentes ecoaram. Uma grande quantidade de sangue dos mortos se derramou abruptamente.

Quase no instante em que essas três pessoas ativaram suas habilidades divinas, os quatro poderosos Berserkers que estavam avançando, desapareceram na névoa. Estrondos abafados ecoavam continuamente lá dentro. O espelho gigante do Clã do Mar Ocidental inclinou-se, enquanto continuava brilhando, fazendo com que a sua superfície estivesse virada direto para a névoa.

Uma vez que a espada do Clã do Céu Congelante apontou para a névoa, um brilho branco apareceu no punho da espada e passou por todo o corpo da arma antes de se reunir na ponta e, em seguida, disparar um feixe de luz!

No momento em que foi disparado, o mundo ficou gelado. Parecia possuir inteligência e avançou direto para a névoa. Assim que entrou, começou a avançar contra os três Xamãs, junto aos quatro poderosos Berserkers.

A batalha no chão recomeçou sob a névoa verde.

Ao lado de Su Ming, um brilho apareceu nos olhos de Shan Hua e ele se virou para lançar um olhar para Su Ming e a mulher com a aparência arruinada, antes de acenar para eles. Então, com um único movimento, ele avançou em direção à névoa no céu.

– Vocês dois passaram no meu teste. Eu concederei a vocês dois o título de Guerreiros Noturnos da Névoa do Céu! – No momento em que Shan Hua saiu, sua voz soou e chegou aos ouvidos de Su Ming e da mulher. Duas placas pretas voaram dele, em direção aos dois.

Su Ming ergueu a mão direita e pegou a placa. Parecia muito comum e era totalmente preta, como uma noite escura sem estrelas brilhando no céu.

“Sete pessoas o seguiram, mas cinco morreram…”

Su Ming suspirou e olhou para a placa em suas mãos. Ele não se importou muito com isso, nem sabia o significado por trás daquilo.

Ele originalmente queria ser um espectador e testemunhar essa batalha entre os Xamãs e os Berserkers. Mesmo se ele fosse participar, ele lutaria por sua própria causa. Agora, mesmo que esta fosse apenas sua primeira batalha, ele já tinha a sensação de que não seria fácil fazer o que originalmente tinha em mente. Talvez houvesse muitas vezes em que ele teria que fazer coisas apesar de sua própria vontade.

– Eu sugiro que você pendure essa placa em sua cintura, onde ela vai se destacar. – Enquanto Su Ming estava suspirando, a voz da mulher do Clã do Mar Ocidental chegou a seus ouvidos. A mulher estava olhando para Su Ming com indiferença, e ela já havia pendurado sua placa em uma parte de suas vestes.

– Esta é a placa de batalha da Cidade Névoa do Céu. Eles são divididos em quatro níveis – Sol, Lua, Estrela e Noite. Se você tiver a Placa da Noite, isso significa que agora você pertence à Cidade Névoa do Céu e, com ela, até mesmo seu clã não terá permissão para interferir em suas ações ou puni-lo por isso. Tudo sobre você pertence à Cidade Névoa do Céu e antes que a batalha termine, apenas a Cidade Névoa do Céu pode lhe dar comandos. – A mulher afirmou friamente.

– Há muitas pessoas neste campo de batalha que querem obter uma das placas de batalha da cidade, mas não conseguem porque as placas de batalha só podem ser dadas por Berserkers no Reino da Alma Berserker. Não fizemos muito, mas ainda as obtivemos porque o Sênior Shan tinha visto tudo o que havíamos feito anteriormente.

– Mas há muitos outros que fizeram muito mais do que nós e ainda morreram ou não obtiveram esta placa de batalha porque ninguém os notou. Você ainda não está satisfeito com isso? – A mulher não mais olhando para Su Ming, optando por avançar para o campo de batalha.

Su Ming ficou em silêncio e olhou para a placa em suas mãos. No final, ele não escolheu atá-la ao corpo, mas, em vez disso, a guardou em seu peito. Ele se virou e avançou para o campo de batalha na terra dos Xamãs, em uma direção oposta à escolhida pela mulher.

Cada centímetro deste lugar estava cheio de batalhas. Os Xamãs e Berserkers estavam lutando entre si e não parariam até que morressem. Os rugidos e gritos de dor se cruzavam com os sons de carne sendo rasgada e corpos explodindo, transformando-se em um zumbido nos ouvidos de Su Ming. Além dos poderosos guerreiros lutando dentro da névoa verde no céu, todas as outras pessoas no campo de batalha eram insignificantes. Eles eram apenas uma pequena parte nesta guerra.

Su Ming não sabia quanto tempo essa batalha iria durar. Ele só poderia avançar e começar a matar todos os Xamãs que pudesse ver.

Este era um sentimento completamente diferente em comparação com a batalha dentro da Cidade Névoa do Céu. Comparado a este campo de batalha, a batalha lá era muito pequena. Por aqui, Su Ming não conseguia ver o fim. Tudo o que ele podia ver eram seus companheiros Berserkers e o interminável exército de Xamãs.

Matá-los! Sua única opção era matá-los! Su Ming segurava a pequena espada virescente em sua mão direita e, enquanto avançava, provocava sangue e carnificina ao seu redor.

Matar todos eles! Ele tinha que matar! Conforme ele movia o braço, uma fumaça preta cercava seu corpo, e se alguém que pudesse representar uma ameaça para Su Ming aparecesse, a fumaça voaria automaticamente em sua frente e se transformaria em uma mulher. Ela se formaria atrás daquele Xamã, e então, ela iria matá-lo ou forçá-lo a recuar.

Para sobreviver, para continuar vivendo de modo que pudesse deixar seu próprio eu insignificante no campo de batalha ver outro pôr do sol, ele precisaria matar. Se ele não matasse, ele só poderia morrer. Esta zona de guerra era como uma poderosa força de vontade imposta a todos, à qual todos eles não podiam se opor, e sob essa vontade, eles deveriam matar ou morrer!

A menos que alguém fingisse ser um cadáver cobrindo o rosto com sangue. Se o fizesse, talvez pudesse sobreviver. Conforme Su Ming avançava, ele viu algumas pessoas usando esse método. Alguns deles eram Xamãs e outros eram Berserkers.

No entanto, esse não era um bom plano, porque coletar cabeças era necessário para reunir pontos de conquista de guerra… Como a pessoa fingindo estaria com um corpo completo, quase certamente haveria alguém que a decapitaria convenientemente.

– Matar!!

Os olhos de Su Ming ardiam e todo o seu corpo estava encharcado de sangue. Com um rugido, todo o seu Qi começou a circular nele. Com um soco, ele explodiu o peito de um Xamã. O sino em seu corpo soou e bloqueou o contra-ataque que seu inimigo fez antes de morrer, mas Su Ming ainda tossiu sangue. No entanto, mesmo com o sangue se derramando de seus lábios, ele ainda correu a toda velocidade em direção a outra pessoa.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar