Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Return of the Frozen Player – Capítulo 335

Aquilo Que Não Pode Quebrar (4)

Bang! Fwooosh!

Deixando para trás os pilares de chamas na cidade, Seo Jun-Ho saiu correndo na direção do rio.

‘Dessa vez, eu vou conseguir, custe o que custar.’

O inimigo mais persistente que Seo Jun-Ho teve que enfrentar não foi a Rainha Gélida, Janabi ou aquele maldito do Demônio Celestial.

‘É esse desgraçado. A porra desse desgraçado…’

Era Erebo. Foi contra esse inseto que Seo Jun-Ho lutou por mais tempo. Erebo era uma parede que ele não conseguiria superar sozinho.

Mas agora era hora de derrubá-la.

“…”

O longo rio corria pela cidade e havia uma enorme ponte que o cruzava. Seo Jun-Ho pisou na ponte e fechou os olhos. O fio de magia que era como uma fina teia de aranha dizia para ele onde Erebo estava.

‘Ele nunca vai ver o ataque surpresa vindo.’

No momento, Seo Jun-Ho e Erebo estavam a 500 metros de distância um do outro. Seo Jun-Ho queria se aproximar, mas resistiu à tentação.

‘Esse é o limite. Se eu me aproximar mais, a probabilidade dele perceber que estou me escondendo é grande.’

Ele não podia jogar fora essa oportunidade tão esperada de forma tão idiota.

As mãos de Seo Jun-Ho ficaram inquietas enquanto ele contemplava.

‘Quero acertá-lo com um ataque forte. Que tipo de presente devo dar a ele?’

Ele olhou para as águas escuras do rio com olhos brilhantes e se decidiu.

‘Vamos começar congelando.’

Quando tomou sua decisão, Seo Jun-Ho imediatamente reuniu sua energia mágica. Mas então outro pensamento se passou pela sua cabeça.

‘Olho da Lua provavelmente vai ser exagero.’

Com a quantidade de magia que Seo Jun-Ho atualmente possuía, ele poderia usar Olho da Lua uma vez sem repercussões. Se usasse duas vezes em um dia, seu corpo seria destruído como na primeira vez em que usou a técnica.

‘Mas Olho da Lua deve ser usado como um golpe final.’

Era uma técnica que ele desenvolveu para destruir completamente o inimigo com um golpe. Olho da Luta era ótimo, mas não era exatamente poderoso.

‘Seria um desperdício usar Olho da Lua agora.’

Ele o usaria sem hesitação se pudesse matar Erebo instantaneamente. No entanto, Olho da Lua não era forte o suficiente para fazer isso considerando que havia uma distância de 500 metros entre eles. Além disso, seu oponente estava no fundo de um rio.

‘Matá-lo com um golpe do Olho da Lua daqui? Sem chance.’

Seo Jun-Ho sabia disso porque Erebo foi o inimigo com quem ele mais lutou.

Então será que ele deveria simplesmente congelar a água do rio?

Não, simplesmente congelá-la não causaria tantos danos a Erebo.

‘… Os efeitos do Olho da Lua realmente são atraentes.’

Enquanto congelava o alvo, a técnica possuía um poder desastroso que destruída cada célula do inimigo. Nesse caso, existia uma técnica perfeita para essa situação.

Seo Jun-Ho lentamente levantou suas mãos.

Se Olho da Lua era um ataque que exigia que ele usasse sua alma inteira, essa era uma versão menor sem a desvantagem do Olho da Lua.

‘Floresçam.’

Entre cada um de seus dedos, um total de oito flores desabrocharam. Comparadas ao Olho da Lua, elas eram ridiculamente pequenas e insignificantes, mas o poder transbordando em cada flor era inegável.

“Esse é um jardim para coisas menores.”

Seo Jun-Ho abriu seus dedos como pétalas e os pequenos olhos da lua saíram flutuando.

As flores seguiram os ventos e voaram como sementes de dente de leão. Seo Jun-Ho as observou e então estalou os dedos.

Tlec!

Quando o som ressoou, as oito flores afundaram silenciosamente na superfície da água.

“Esse é o meu ‘olá’ para você.”

Ele esperava que Erebo gostasse.

Os lábios de Seo Jun-Ho se curvaram em um sorriso vicioso.


“…”

Erebo estava sentado na parte mais profunda do rio escuro. Ele não conseguia respirar embaixo da água, mas alguém tão poderoso quanto ele poderia facilmente segurar o fôlego por algumas horas.

‘Essa garota continua lutando tão bem quanto sempre. Isso me irrita.’

Erebo estava observando a batalha através da consciência coletiva. Gong Ju-Ha lutava bem e era forte. Era assim que Erebo a via.

‘É quase como se— Não, não posso dizer que ela é forte o suficiente para ser minha inimiga natural, mas ela possui a vantagem contra as minhas defesas naturais.’

Os exoesqueletos das baratas eram mais resistentes do que a maioria das armaduras. Eram tão duros que podiam aguentar qualquer tipo de dano, mas infelizmente, derretiam facilmente com o calor.

‘Mas já consigo ver o fim…’

Erebo tinha certeza disso. Afinal os humanos não possuíam um suprimento ilimitado de energia mágica. Na verdade, a garota logo chegaria no limite.

‘Poderia ser diferente com aqueles seres, mas já que são humanos insignificantes…’ Eles não tinham nenhuma chance de derrotá-lo. Até mesmo agora ele estava ficando mais forte enquanto digeria a Árvore do Mundo. ‘Eu pensei que sem dúvidas chegariam reforços, mas acho que ninguém está vindo…’

Ele não conseguia entender isso. Se os reforços não estavam vindo, então por que ela estava lutando sozinha em um lugar assim?

‘Heh. Talvez ela tenha ficado louca.’

A parte inferior de sua mandíbula se abriu enquanto ele ria, liberando algumas bolhas que subiram para a superfície.

Mas antes que pudessem chegar no topo, algo mais rápido desceu.

‘…?!’

As antenas de Erebo se endireitaram. Isso só acontecia quando seu instinto o avisava que sua vida estava em perigo.

‘O que—”

Ele não teve tempo para reagir.

Aquelas ‘coisas’ o perfuraram.

‘Guaaah!’

Ele se debateu violentamente enquanto gritava.

‘U-Uma emboscada?’

Quem era? E onde estava?

Não, isso não era importante no momento.

‘Esse ataque é perigoso.’

No momento em que percebeu isso, ele cortou seu braço e perna esquerdos sem hesitação. Os lugares afetados pelo Olho da Lua já estavam começando a necrosar a um nível celular.

‘Preciso subir.’

Erebo estava começando a ficar impaciente. Se seu oponente continuasse usando ataques assim, ele morreria sem nem ser capaz de levantar um dedo.

‘O quê?!’

Mas algo o deixou chocado.

A água do rio acima dele estava congelada.

‘C-Como isso…’

Ele não tinha percebido. Tudo por ter deixado sua guarda baixa.

‘Foi rápido demais.’

A água do rio congelou tão rápido que escapou de sua percepção.

Existia alguém assim entre os humanos?

Não, será que esse oponente era sequer um humano?

‘Vamos recuar por enquanto.’

Erebo tomou uma decisão e levantou sua mão direita na direção da superfície. Poder mágico se condensou em sua palma e ele atacou.

Shuáááááá!

Um pilar gigante de água perfurou o ar, alcançando o céu.

“Acho que ele gostou do presente… Tanto que quer até morrer.”

Seo Jun-Ho levantou sua mão de onde estava esperado na ponte. Enormes gotas de água atingiram seu corpo como se fosse uma chuva, mas ele nem piscou enquanto retirava uma lança de seu Inventário.

“Guaaah!”

E finalmente, o inseto pelo qual ele esteve esperando saiu do rio.

“…”

As antenas de Erebo se enrijeceram. Dessa vez, ele também tinha reagido um momento mais tarde.

“Então é isso…”

Uma voz estranha veio de trás dele. Erebo queria se virar, mas não conseguia.

“Guh… Ugh…”

Era por causa da lança fincada em seu peito. Em algum ponto, ela o tinha congelado.

“Eu sempre estive me perguntando sobre algo. Na verdade, era quase como uma desilusão.”

As antenas de Erebo começaram a tremer. A voz do homem era tão suave que parecia estar derretendo em seus ouvidos. E quando a voz do homem o alcançou, Erebo também o ouviu puxando bruscamente a lança.

“Eu me perguntava quem venceria se eu lutasse contra você com as minhas energias mentais, físicas e mágicas intactas.”

‘D-Do que você está falando? Quem é você? Por que se perguntava essas coisas? Eu nunca me encontrei como um desgraçado como você antes…’

Erebo queria dizer várias coisas, mas não conseguia produzir um único som porque sua boca estava congelada.

Seus sentidos ficaram em alerta. Apesar de não conseguir ver, ele conseguia sentir.

Algo pesado estava caindo em sua cabeça.

‘N-Não!’

Ele não conseguiu nem gritar.

“Morra.”

Swish!

E o corpo de Erebo foi cortado em dois em um instante.

“Não achei que seria tão fácil assim…”

Um fragmento de escuridão saiu da espada de Seo Jun-Ho e começou a consumir o corpo inteiro de Erebo sem deixar nenhum rastro.

‘Agora tenho que usar Passeio Noturno…’

Dududududu!

As enormes gotas de água ainda estavam chovendo do céu, caindo no rio.

Ele ainda estava vivo.

‘Eu consegui?’

Seo Jun-Ho fechou os olhos. Essa era a primeira vez que ele matava Erebo e evitava a maldição.

‘E…’

De acordo com seus sentidos aguçados, Gong Ju-Ha ainda estava bem. Apesar de estar ofegando, ele conseguia senti-la lutando no centro da cidade.

“Contratante, tu finalmente conseguiste.” A Rainha Gélida disse. Ela parecia bastante satisfeita.

“… Sim.”

Depois que ele falou, algumas mensagens apareceram diante dele.

[Você completou a terceira Missão.]

[Um novo Save Point foi criado.]

“Hm.” Ele assentiu. Os outros Jogadores recebiam um Save Point depois que completavam 15 das 30 Missões.

‘Então eu consigo um depois de completar três das cinco.’

Realmente tinha terminado. Ele finalmente matou aquele monstro repugnante.

‘A minha rotina vai finalmente mudar.’

Ele fechou os olhos. Por oito anos, ele teve que viver a mesma vida com as mesmas pessoas, o mesmo treinamento e as mesmas batalhas.

Esses anos fizeram com que suas emoções morressem.

‘Eu deveria começar a treinar de novo.’

Embora tivessem se passado oito anos para ele, para seus amigos foram só dois meses e meio. Agora ele precisava começar a se lembrar e a treinar o modo como costumava falar, rir e conversar.

“Ainda assim, isso é ótimo.” Se ele se esforçasse, conseguiria voltar ao normal em oito dias ao invés de oito anos, não é?

Uma nova mensagem apareceu.

[A Quarta Missão foi revelada.]

[A Quinta Missão foi revelada.]

“Hm?”

Essa era a primeira vez que duas Missões eram reveladas de uma vez.

[Quarta Missão]

Requisitos: Vença a guerra na segunda cidade.

[Quinta Missão]

Requisitos: Mate Erebo.

As duas últimas Missões foram reveladas.

‘Como eu pensei, a última Missão é derrotar Erebo.’ Mas a Quarta Missão era um pouco inesperada. Vencer a guerra na segunda cidade? ‘É a guerra que os meus amigos e a Ju-Ha mencionaram?’

Ele já tinha ouvido falar algumas vezes sobre o ataque do exército de baratas aos Jogadores. Mas sendo honesto, apesar de ter ficado sabendo, Seo Jun-Ho nunca prestou muita atenção a isso porque não importaria se ele não conseguisse matar Erebo.

‘Mas eu deveria começar a prestar um pouco mais de atenção a partir de agora.’

Agora era um problema dele ao invés dos outros.

“Contratante, vamos nos apressar. Acho que aquela raposa está no limite.” A Rainha Gélida disse, preocupada.

Seo Jun-Ho riu. “Está tudo bem. Se ela morrer, podemos voltar para— Ah, não podemos mais fazer isso por causa do Save Point, não é? Então vamos depressa.”

“…”

Quando Seo Jun-Ho saiu correndo de volta para a cidade, a Rainha Gélida olhou para ele com pena.

“… Como vamos consertar isso?”


“…”

Gong Ju-Ha balançou sua mão. As chamas que ela criou incineraram dezenas de baratas.

‘Elas não têm fim.’

Era a primeira vez que ela matava tantas baratas sozinha. Apesar de estar matando uma atrás da outra, elas continuavam vindo. Além disso, as entidades especiais que apareciam ocasionalmente eram particularmente difíceis de se matar.

“Ugh.”

Quantas horas já tinham se passado? Quatro? Cinco? Já tinha se passado uma hora desde que Erebo trouxe uma nova horda de baratas, então provavelmente tinham se passado cinco horas.

‘Espectro…’

Um momento atrás, ela sentiu uma enorme explosão de magia perto do rio, então estava esperando ouvir boas notícias em breve.

“Haa… haa…”

As pernas de Gong Ju-Ha cambalearam. As baratas não estavam diminuindo. Na verdade, ela não tinha certeza se estava imaginando, mas por que pareciam que na verdade estavam aumentando?

‘As minhas energias físicas, mágicas e mentais…’

Elas já tinham chegado no limite muito tempo atrás. Agora tudo que ela podia fazer era ofegar com grande esforço.

“Você lutou bem.”

Mas naquele momento, uma voz grave e forte alcançou seus ouvidos. Seo Jun-Ho a pegou quando ela estava prestes a cair e levantou sua mão.

“Vou dar um jeito no resto.”

Ele usou o Sopro do Rei. E com um único ataque, as milhares de baratas restantes congelaram.

Seo Jun-Ho sorriu para Ju-Ha. Ela tinha conseguido aguentar por cinco horas inteiras. “Não acho que durei tanto assim na primeira vez que lutei contra elas. Você é incrível.”

“… E o Erebo?”

“Eu o matei graças a você.”

“Que alívio…”

Gong Ju-Ha se sentou no chão e começou a beber poções.

Seo Jun-Ho percebeu que o braço esquerdo dela tinha desaparecido.

“Como você perdeu o seu braço?” Ele perguntou.

“Fui atacada por uma entidade especial. Um jacaré.”

Seo Jun-Ho direcionou um olhar vazio para ela e soltou um suspiro de alívio. “Ainda assim, estou feliz que você ainda esteja viva. Por causa do Save Point, eu não consigo mais voltar.”

‘… Feliz?’

Gong Ju-Ha tremeu furiosamente, mas não foi porque ficou ofendida por ele não estar preocupado com ela.

‘… Ele mudou.’

Esse realmente era o mesmo homem que gritou e correu até ela quando ela foi apunhalada? Essa realmente era a mesma pessoa de coração mole que não conseguia olhar em seus olhos por causa da culpa?

“…”

Gong Ju-Ha engoliu em seco quando percebeu: algo grande estava faltando no homem diante dela.


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar