Second Life Ranker – Capítulo 121

Missão (1)

Bang!

— Qual é o significado disso, hyung-nim?

O Deus da Lança Flanc abriu a porta da sala de conferências grosseiramente. Sua raiva veio átona após descobrir que Yeon-woo, Phante e Edora haviam ido para o Dragão Vermelho. Também era provável que eles tivessem levado informações sobre a localização do Cheonghwado, uma vez que, de repente eles estavam sendo atacados pelo Dragão Vermelho. Ele ficou especialmente furioso porque criou Phante e Edora como seus próprios discípulos.

Os anciãos na sala de conferências se viraram para ele, todos tinham rostos familiares. O Rei Marcial brincava sobre eles serem parasitas, mas eles eram muito respeitados pela tribo.

— Flanc, o que você está fazendo? Mesmo que… não, já que você já foi um membro da tribo, você deveria ser mais respeitoso! Esta é uma conferência oficial. Comporte-se adequadamente.

Um ancião erudito levantou a cabeça. Era o Ancião Chefe, cujo Mugong era rival apenas do Rei Marcial. Ele fazia com que o Deus da Lança se sentisse nervoso desde que era um bebê, e apenas o Rei Marcial não se sentia intimidado por sua personalidade rigorosa.

— Com este contrato, você deixou completamente de lado toda a autoridade real. Você tem que ser tratado como o Deus da Lança do Cheonghwado. Deus da Lança, por favor, seja respeitoso.

O Deus da Lança mordeu seu lábio inferior. Sua raiva o fez esquecer de sua posição. A razão pela qual a tribo dos unichifres se envolveu nos negócios da Torre foi devido à promessa que o Deus da Lança fez: o Juramento do Chifre, uma promessa de abandonar seu chifre.

A tribo dos unichifres tinha muito orgulho de seu deus e ancestral, Shaohao Jintian, e suas conquistas vieram da benevolência desse deus e da visão do Mugong. Por causa disso, os descendentes do deus, a família real, eram altamente respeitados. Mesmo que eles não parecessem particularmente privilegiados na tribo, o profundo respeito da tribo pelo deus significava que a família tinha muitas responsabilidades.

O Deus da Lança não chegou a fazer tanto porque o Rei Marcial era o governante, mas sua posição como irmão do rei tinha suas exigências correspondentes. No entanto, com o Juramento do Chifre, ele prometeu que desistiria de seus privilégios reais e não lutaria mais em nome da tribo dos unichifres. Como a tribo estava retomando seu chifre, eles tiveram que pagar um preço — e foi por isso que se juntaram à guerra.

No entanto, isso não mudou o fato de que a tribo havia sido basicamente chantageada para entrar na guerra, e isso os fazia agirem de forma desagradável com o Deus da Lança. Além disso, como ele havia abandonado a tribo para se juntar ao Cheonghwado, havia muitas pessoas que não gostavam dele, incluindo o Ancião Chefe.

Flanc respirou fundo para se acalmar. O Rei Marcial estava olhando para ele com um sorriso, mas ele não disse nada. O Deus da Lança percebeu que o Rei Marcial não estava planejando ajudá-lo. De repente, ele se lembrou de como eles eram quando crianças. Ele respeitava o Rei Marcial mais do que qualquer outra pessoa, mas sempre sentiu uma distância entre eles. No entanto, ele nunca revelou seus pensamentos e só saiu para se juntar ao Cheonghwado com o Deus da Espada, que era bom em acalmá-lo. Ele não se arrependeu dessa decisão, mesmo hoje, e então ele organizou seus pensamentos.

— Sinto muito por interromper sua conferência. Como o Deus da Lança do Cheonghwado e a pessoa no comando, tenho algo a perguntar ao Rei Marcial.

Sua voz vacilou no final.

— O Rei Marcial estava ciente dessa situação?

O Rei Marcial riu de diversão.

— Bem, é claro. Não seria ruim para mim se eu não soubesse o que meus filhos e discípulo estavam fazendo.

O Deus da Lança cerrou os punhos, suas veias saltando.

— Mas como você pôde apenas assistir…

— Porque eu queria.

— Você!

— Eu disse, porque eu queria.

O Deus da Lança tinha vontade de gritar, mas ele sabia que, independentemente de quanto reclamasse, nada moveria seu irmão. Seria melhor tentar encontrar uma oportunidade aqui.

Os olhos do Rei Marcial se arregalaram como se ele estivesse orgulhoso que o Deus da Lança estivesse segurando sua raiva. Seu irmão amadureceu ao longo dos anos.

— O que eu faço com meu discípulo e meus filhos depende de mim. É lamentável que tenha afetado o Cheonghwado, mas é algo para nós resolvermos, não você.

O Deus da Lança não respondeu.

— Além disso, nossa tribo não interfere nas escolhas das pessoas. Cada pessoa é responsável por suas próprias ações, a tribo não precisa ser responsável.

O Deus da Lança ficou em silêncio por um momento. As palavras do Rei Marcial eram as mesmas de quando ele deixou a tribo com o Deus da Espada, mas ele entendeu o significado por trás delas. O Deus da Lança estreitou os olhos.

— Então você quer dizer que, se os encontrarmos no campo de batalha, podemos matá-los?

— Como eu disse, cada pessoa é responsável por suas próprias ações. Nós não interferimos nisso.

— Eu confio que você não vai retirar o que acabou de dizer.

O Deus da Lança olhou para o irmão e se virou para sair. Bang! O prédio tremeu um pouco com o impacto da porta batendo.

O Rei Marcial sorriu.

— Bem, eu estava pensando que ele havia finalmente amadurecido, mas ninguém pode fazer nada sobre esse temperamento dele.

Os anciãos ficaram em silêncio. O Ancião Chefe ajustou os óculos e perguntou ao Rei Marcial:

— Líder da tribo, você realmente está planejando deixar Cain, Phante e Edora em sozinhos?

Depois de Jang ter sido pateticamente destruído, Phante estava agora na fila para ser o próximo rei. Ele também mostrou muito crescimento com o ataque a Kuram, mas era um pouco preocupante que ele tivesse ido para o Dragão Vermelho. No entanto, o Rei Marcial era imperturbável.

— A regra não muda, velho.

— Hm.

O Ancião Chefe estreitou os olhos para o Rei Marcial e depois riu.

— Você acredita que ele se tornará um rei melhor se passar por mais algumas experiências.

O Rei Marcial apenas sorriu misteriosamente, mas o Ancião Chefe ficou satisfeito. Ele sempre conseguiu dizer o que o Rei Marcial estava pensando.

— Tudo bem. Como quiser, não falaremos mais sobre isso. Passemos ao próximo ponto na agenda. É sobre o…

A conferência continuou.


— À esquerda. Um passo.

— Para a direita. A espada.

— Vira de novo.

Enquanto Phante dava comandos com os braços cruzados, os mercenários se moviam como um. Era uma visão grandiosa, e até mesmo os outros mercenários pararam para olhar. Mercenários eram criaturas selvagens e irrestritas que agiam como queriam. Mesmo na Legião Estrangeira, eles buscavam a liberdade. No entanto, em apenas alguns dias, eles mudaram completamente, e seus olhos ficaram afiados.

No entanto, Phante franziu a testa como se não gostasse de algo.

— Você não vai fazer isso corretamente? Você quer rolar de novo? Entre em formação de novo. Ataque.

— Ack!

Os mercenários assustados gritaram. Eles atacavam com suas armas, emanando uma forte pressão.

Yeon-woo e Edora sentaram-se juntos em uma sala com um bom ponto de vista dos mercenários. No entanto, apenas Edora assistiu ao treinamento. Yeon-woo estava lendo silenciosamente um livro.

— Eles melhoraram um pouco, mesmo que só tenham se passado três dias.

Yeon-woo ergueu a cabeça com as palavras de Edora, usando Olhos Dracônicos para observar Phante treinando a Equipe 2 e concordou.

— Com certeza. Eles se tornaram bastante úteis.

Phante estava ensinando aos soldados uma versão modificada das Oito Formações de Batalha que a tribo ensinava aos guerreiros de nível inferior. Era chamado de Formação de Espada, e era um Jinbup fácil de aprender que tinha capacidades defensivas e ofensivas. Era especialmente útil em uma batalha em que a situação pudesse mudar rapidamente, e Yeon-woo pediu a Phante para ensinar à Equipe 2. Foi muito mais eficaz do que ele esperava.

“Esse cara consegue ensinar as pessoas muito bem sem aquele temperamento sujo. É o talento para liderar dele.” Ele finalmente entendeu por que Phante era um candidato a rei. No início, ele não conseguia entender por que uma pessoa tão simples e violenta seria considerada para tal posição, mas Phante tinha atributos que ofuscavam suas falhas — liderança e carisma.

Yeon-woo liderou tropas na África, então ele reconheceu esses atributos imediatamente. Eles eram difíceis de ensinar, e Phante os tinha, porque ele foi criado com orgulho e confiança como filho do Rei Marcial e estudou as exigências da família real. Era preciso ter confiança em si mesmo antes de poder liderar os outros.

— Eu posso relaxar e deixar isso para ele a partir de agora.

Ele imaginou que poderia entregar toda a sua autoridade sobre a Equipe 2 para Phante durante sua estadia com o Dragão Vermelho, embora Phante provavelmente faria outra birra. No entanto, Yeon-woo estava planejando mandá-lo de volta para Kuram se ele rejeitasse.

Yeon-woo continuou observando o treinamento por um tempo e olhou para seu livro novamente. Edora se aproximou dele.

— O que você tem lido?

— A seção do meio dos Oito Punhos Extremos.

Os olhos de Edora se arregalaram. Ela sabia que ele havia memorizado completamente a primeira seção, mas não sabia que o Rei Marcial confiava tanto nele que ele lhe dera as outras seções. Edora se sentiu orgulhosa por algum motivo.

— Sério? Acredito que a seção do meio é difícil, mesmo para alguém como você, já que você a lê há quatro dias.

Edora riu gentilmente.

Os Oito Punhos Extremos eram um dos Mugongs mais superiores que o Rei Marcial já havia feito. Quanto mais se aprendia mais difícil ficava, levava vários anos apenas para entendê-lo. Alguns dos anciãos respiravam os Oito Punhos Extremos dia e noite e ainda não conseguiram descobrir seus segredos. A mesma coisa parecia acontecer com Yeon-woo. Ele mostrou um rápido crescimento, mas ele só começou o Mugong, e levaria algum tempo para aprender completamente.

No entanto, Edora estava feliz pensando que poderia ajudar com algo. Ela já conhecia todos os Oito Punhos Extremos e o Rei Marcial não a proibiu de ajudar Yeon-woo. Ela imaginou ficar perto de Yeon-woo e dar-lhe instruções. Era uma situação aconchegante.

— Não. Eu já memorizei as formas, e estou aprendendo os passos gradualmente. Mas só estou verificando para ver se não deixei passar algo despercebido.

Edora ficou chocada por entender tudo errado. Yeon-woo era um monstro. “E-ele já… terminou de memorizar?”

As seções intermediárias e as últimas dos Oito Punhos Extremos eram respectivamente compostas por trinta e dois e dezesseis passos, mas ele as memorizou em quatro dias? Edora percebeu que já deveria saber disso. Afinal, Yeon-woo havia feito um Mugong em apenas quatro dias. Ainda assim, ela não conseguia se acostumar. “Phante vai entrar em desespero de novo.” Edora balançou a cabeça.

No entanto, ela não sabia que Yeon-woo não estava memorizando Oito Punhos Extremos, ele estava incorporando isso em seu Controle de Mana da Asa Celestial. “Oito Punhos Extremos é incrível por si só, mas eu preciso ajustá-lo para o meu Circuito Mágico.”

Embora fosse surpreendente para qualquer outra pessoa, Yeon-woo pensou ser bastante óbvio. Com a ajuda da característica do Conhecimento Dracônico, ele estava ajustando os Oito Punhos Extremos conforme as imperfeições que via com seus Olhos Dracônicos. Ainda assim, era um feito árduo que não poderia ser concluído sem motivação e tenacidade. Como resultado, Yeon-woo estava observando as mesmas mensagens com bastante frequência ultimamente.

『Os deuses e demônios do nonagésimo oitavo andar estão observando você com interesse.』

『Alguns deuses e demônios estão discutindo sobre você com diversão.』

『Hermes está olhando para você com orgulho.』

Entre os deuses e demônios que o observavam, ele viu um nome familiar. “Hermes” Ele pensou em Hermes e balançou a cabeça. No início, a atenção foi legal, mas agora estava se tornando irritante. Adaptar os Oito Punhos Extremos era ainda mais importante agora, e ele estava prestes a voltar para seu livro quando sentiu a presença de alguém.

— Ah. Você parece estar se dando bem.

Yeon-woo fechou seu livro e se virou para olhar para Bahal, que estava sorrindo para ele com satisfação antes de olhar para o treinamento da Equipe 2. Todos ficaram perturbados com a aparição repentina do Comandante Supremo. Os mercenários se endireitaram e os líderes da equipe rapidamente correram para cumprimentá-lo. Mas Bahal acenou com a mão como se dissesse ser desnecessário e se virou para Yeon-woo.

— Ouvi dizer que você tem um punho de ferro com os mercenários. Você parece estar se encaixando bem.

— Obrigado.

— Como está indo? Você acha que já podem se mover?

Os olhos de Yeon-woo brilharam em compreensão. Era a ordem para começar a se mover agora que ele havia colocado a legião sob controle. “Isso significa que é hora de continuar com o plano.” Yeon-woo assentiu, escondendo seus pensamentos completamente.

— Podemos nos mover a qualquer momento.

— Ótimo. Há um lugar que você secretamente…

— Espere, antes disso, tenho algo a dizer.

Em vez de ficar bravo com Yeon-woo por interromper, Bahal parecia curioso. Ele via Yeon-woo como um amuleto da sorte que trazia coisas interessantes à sua maneira, e ele queria saber o que ele falaria dessa vez.

— Hm? O que é?

Yeon-woo disse lentamente:

— Você sabia que o filho do Deus do Sabre está no décimo sexto andar?

Os olhos de Bahal se arregalaram.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar