Second Life Ranker – Capítulo 195

Floresta dos Demônios (10)

Por trás da máscara, o rosto de Yeon-woo se enrijeceu ao ser reconhecido. Depois de seu confronto com Aether, ele escondeu sua localização e identidade, mas se a Terra do Sangue o tinha reconhecido, significava que provavelmente eles sabiam que ele e Brahm estiveram em contato. Esse interesse por eles era por causa de Brahm ou ele? ‘Pode ser por causa de nós dois.’

De qualquer forma, eles devem ter enviado um espião para observá-lo perto do mundo ilusório. Como ele não tinha percebido nem com sua Percepção Extrassensorial, ele precisaria ser mais cuidadoso no futuro.

Lao adicionou rapidamente, como se quisesse aliviar as preocupações de Yeon-woo, 『Não são muitas pessoas que sabem que você está aqui, então não se preocupe. 』

Mas isso não fez Yeon-woo baixar a guarda.

『Há várias pessoas de olho em você. Já que você está com Brahm e a criança, isso só fez a atenção ficar mais intensa e muitos outros virão te procurar. 』

Yeon-woo arregalou os olhos. É claro. Era impossível somente Elohim saber que Brahm estava com Sesha. Talvez Elohim tivesse descoberto primeiro, mas depois que o Cheonghwado caiu, a reestruturação dos Oito Grandes Clãs significava que os clãs estavam prestando atenção no que os outros estavam fazendo. ‘Os Oito Grandes Clãs estão mais envolvidos do que eu esperava. Eu deveria saber disso.’

Lao continuou, 『Já que a criança é o último Humano Dracônico, muitas pessoas estão interessadas nela, exceto o Dragão Vermelho. 』

Yeon-woo não respondeu.

『Não queríamos agir porque Elohim tinha tomado a frente, mas então descobrimos que você também estava envolvido. 』

Yeon-woo franziu a testa. 『Quantos clãs sabem que estou com Brahm? 』

『Não tenho certeza. Todos estão correndo por aí como ratos, então não sei dizer. 』

Yeon-woo ficou pensativo. Era provável que todos que estivessem envolvidos já soubessem e o resto descobriria mais cedo ou mais tarde. ‘O meu record no 21º andar criou um estrago.’

Ele esperava uma comoção quando decidiu que seu objetivo era tomar o primeiro lugar, mas não achou que os Oito Grandes Clãs estariam interessados em eventos nos andares inferiores. Mas estava claro que ele havia sido ingênuo demais quanto a essa situação. ‘Vou precisar ter muito mais cuidado no futuro.’

Yeon-woo teve que admitir que tinha baixado muito a guarda dessa vez. As notícias de que ele ajudou Galliard provavelmente se espalharam mesmo que Aether fosse muito orgulhoso para admitir o que aconteceu. Ele deveria ter escondido sua identidade naquela hora, mas as coisas aconteceram muito rápido e provavelmente eles descobririam quem ele era de qualquer forma.

Ele ficou determinado a chamar menos atenção até que ficasse mais forte. Atenção não traria nada de bom. ‘Mas já que estou envolvido com Brahm, não vou conseguir evitar toda essa atenção. Que bagunça.’

Os pensamentos de Yeon-woo giravam enquanto ele tentava pensar nas opções que tinha. Mas no fim, ele teve que admitir, ‘É inútil continuar me escondendo agora.’ Ele desfez o Equipamento Mágico que cobria seu corpo. A armadura de metal e o capacete desapareceram.

Phante e Edora foram pegos de surpresa.

“Hm?”

“Oraboni?”

“Não precisamos mais complicar as coisas agora.”

Phante reclamou. “Que merda! Foi um saco colocar essa coisa.” Ele agarrou seu rosto furiosamente e jogou a máscara de pele no chão. Edora tirou seu manto de mago, revelando seu chifre e olhos dourados característicos.

Os olhos de Lao se arregalaram. Ele não esperava que Yeon-woo se revelasse tão fácil. Ele sorriu, batendo palmas. Os jogadores que tinham lutado com Phante olharam uns para os outros e ficaram atentos.

“Agora que todos os olhos ao nosso redor desapareceram, vai ser mais fácil conversar.” Parece que Lao e os jogadores da Terra do Sangue haviam espantado todos os outros para que pudessem conversar com Yeon-woo em particular.

Yeon-woo disse, “Gostaria de perguntar algumas coisas.” Apesar de estar sendo observado, ele queria clarificar alguns pontos.

Lao assentiu. “Pode me perguntar qualquer coisa.”

“Você sabe onde Brahm está?”

Lao balançou a cabeça. “Só sabemos que ele criou um mundo ilusório para o Humano Dracônico no 23º andar. Se soubéssemos mais que isso, teríamos tentado entrar em contato com ele primeiro.”

“Então como você sabia que eu viria ao Lago De Roy?”

“Por causa dos seus hábitos.”

“Meus hábitos?”

“Sim, os hábitos de um acumulador. Você não se sente melhor quando reúne todos os itens ocultos? Havia uma chance de cinquenta por cento de você aparecer aqui para pegar a missão oculta.”

“Como você me reconheceu? Eu escondi a minha aparência.”

“Ah, não tinha como você fazer nada quanto a isso. Foi por causa da minha habilidade.” Lao apontou para seus olhos. Suas íris se separaram e se tornaram olhos compostos, como aqueles de insetos.

Yeon-woo estalou a língua quando percebeu o que era: Olhos das Nove Cobras. Era uma habilidade que o ajudava a examinar os traços do seu oponente. Não poderia ser comparado aos Olhos Dracônicos e Perspicácia, mas ainda era uma habilidade superior.

Foi quando ele percebeu o motivo para terem enviado Lao. Com essa habilidade, ele seria capaz de identificar Yeon-woo, mesmo que ele se disfarçasse. ‘Ele ficou parado na hora que Phante estava causando confusão para me procurar.’

Lao disse com um sorriso, “Terminou com as perguntas?”

“Quase.”

“Então permita que eu me apresente formalmente a você. Eu sou o Barão Lao, estou aqui por ordens do imperador. Vim para convidar você e Brahm para visitar o imperador, já que ele se interessou por vocês.” Os jogadores da Terra do Sangue eram organizados em oito níveis diferentes: soldado, cavaleiro, barão, visconde, conde, marquês e duque. No topo estava o imperador.

O Imperador da Gula ou o Lorde da Ganância engolia tudo que ele desejava. Ele havia ajustado o traço de um Lorde e tinha milhares de seguidores. Em termos de números, a Terra do Sangue tinha mais membros que o Dragão Vermelho e não era muito exagero a Terra do Sangue ser chamada de país.

Mas diferente do Dragão Vermelho, que só se importava com os andares acima do 50º, o Imperador da Gula não se importava em exercer sua influência nos andares inferiores. Ele estava sempre faminto e sempre ia atrás do que queria comer: pessoas.

Embora o Imperador da Gula sempre estivesse com fome e quisesse comer, ele era extremamente exigente. Diziam que isso fez a Terra do Sangue sofrer um pouco. O Imperador da Gula sempre se referia ao irmão de Yeon-woo como uma iguaria e tentava consumir tudo que ele tinha: Asas Celestiais, Onda de Luz e até o Corpo Dracônico.

O traço do Imperador da Gula absorvia as habilidades das pessoas que comia e não era surpresa que ele era considerado a pessoa mais louca na Torre junto com o Bispo-Chefe do Exército Demoníaco. Por que o Imperador da Gula estava interessado em se encontrar com Yeon-woo e Brahm? ‘Ele ainda quer comer um dragão? Ele realmente é um psicopata.’

A única coisa que ele ainda não conseguiu comer era carne de dragão, por isso que ele queria o irmão de Yeon-woo. Parecia que ele ainda não tinha desistido desse objetivo, o que significava que provavelmente ele estava menos interessado em Brahm do que em Sesha.

Yeon-woo não sabia por que ele continuava se envolvendo com indivíduos loucos como Elohim e a Terra do Sangue.

Lao pareceu conseguir ler os pensamentos de Yeon-woo em seus olhos frios. Ele sorriu e acenou com a mão. “Eu sei com o que está preocupado. Você acha que o Imperador pode ferir você e seus amigos, não é? Mas não se preocupe. Isso são só boatos que as pessoas espalham para arruinar a nossa reputação.” Ele deu um soquinho no peito. “Somos um império e também somos guerreiros que consideram a Torre como nosso território. Por que iríamos machucar nossos convidados? Não traímos confiança assim. Eu juro pela minha honra e pelo nome do império.”

A Terra do Sangue era famosa na Torre por distorcer as palavras e reformular as situações de acordo com o que os beneficiava, o que queria dizer que tudo que Lao estava dizendo era besteira. “O Imperador acha que a sua bravura, a sabedoria de Brahm e o potencial do Humano Dracônico serão uma grande ajuda ao império. Mas vocês provavelmente vão nos rejeitar se sugerirmos que se juntem a nós de imediato, então o imperador gostaria de compartilhar uma refeição com vocês primeiro. Não acho que pareça com uma má ideia, não é?”

Yeon-woo não respondeu imediatamente. Ele imaginou que já que estava evitando Elohim, deveria conseguir o máximo de informações possível. ‘E eu posso usá-los como um escudo contra Elohim.’ Ele disse em voz alta, “Ótimo. Vou dar o benefício da dúvida para vocês por enquanto.”

Lao sorriu. “Hoho.”

“Mas não posso garantir nada. Não posso controlar Brahm e o Humano Dracônico.”

“Todos sabem da teimosia do Exilado e estou grato por você estar considerando a situação favoravelmente. Além disso,” Lao começou a falar com muita ênfase, “você não é próximo de Galliard? Já que o Imperador também está interessado em Galliard, ele ficaria feliz se você conseguisse convencê-lo a vir junto.”

Yeon-woo assentiu silenciosamente, mas seus pensamentos estavam a mil. ‘Então eles também sabem da minha amizade com Galliard? Se eles sabem sobre o que aconteceu no Tutorial, significa que me investigaram bem.’ Enquanto Yeon-woo pensava consigo mesmo que ele realmente deveria ter mais cuidado, Lao sorriu satisfeito. Ou ele não tinha entendido o que estava acontecendo ou ele estava confiante que Yeon-woo não o rejeitaria.

Provavelmente era a segunda opção, já que a lealdade da Terra do Sangue ao seu imperador era comparável à lealdade do Exército Demoníaco aos demônios que serviam. Yeon-woo perguntou casualmente, “Se tantas forças estão interessadas em mim, quer dizer que tem outros clãs além de Elohim aqui?”

“Eles ainda estão testando as águas e só estão enviando alguns observadores, pois estão cautelosos com Elohim.

“A Terra do Sangue parece não se importar.”

“Estamos seguindo os desejos do imperador. Ele está disposto a enfrentar Elohim, pois realmente está muito interessado em você e os seus amigos.” O rosto de Lao ficou vermelho como se isso fosse uma grande bênção.

Yeon-woo ficou um pouco surpreso. ‘Se já estão testando as águas, significa que estão se preparando para fazer uma grande jogada quando tiverem a chance.’ Yeon-woo pensou que isso poderia acontecer se Elohim e a Terra do Sangue acabassem se enfrentando ou se Brahm e Sesha ficassem em perigo por causa de Elohim. Também poderia ser nesse momento que alguém poderia encontrar o mundo ilusório.

Yeon-woo continuou a fazer perguntas e Lao as respondeu como se não fossem grande coisa. Yeon-woo percebeu, ‘O tabuleiro de xadrez é muito maior do que pensei.’

Lao disse que ele era só um emissário e que na verdade outra pessoa era a encarregada: Marquês Caliburn. Ninguém sabia o seu nome verdadeiro, mas ele era famoso por escolher suas alianças e seria complicado lidar com ele.

Yeon-woo também descobriu que Elohim recebeu reforços e que Hemera havia aparecido. Ele não sabia se eles tinham chamado mais pessoas, mas parece que uma coisa era certa: os Protogonos estavam especialmente interessados na situação.

‘Parece com o 11º andar. Não sei por que esses idiotas continuam aparecendo.’ Yeon-woo estava um pouco irritado, mas não demonstrou. No entanto, algo veio a sua mente de repente: não ia acabar aqui. Ele tinha a sensação de que estava sentindo o cheiro de sangue como se estivesse em um campo de batalha. Depois que descobriu tudo que queria, Yeon-woo disse, “Ótimo. Descobri várias coisas com você. Como eu disse, vou tentar convencer Brahm e os outros.” Yeon-woo certificou-se de deixar uma saída aberta para si. “Mas antes disso, preciso lidar com uma coisa.”

“É o Dinossauro Ceratopsiano?”

Yeon-woo assentiu. “É importante para nós.”

“Se quiser, podemos ajudar. Pelas nossas investigações, parece uma criatura complicada de se lidar. Dizem que é pior que o Kraken no 22º andar.” Lao tentou oferecer sua ajuda, mas Yeon-woo rejeitou firmemente. Não havia necessidade de ficar devendo um favor ele.

Lao recuou, já que não tinha mais nada que pudesse fazer. Mas ele disse que iriam vigiar os arredores para que Yeon-woo não fosse perturbado durante a raid. No entanto, Yeon-woo riu consigo mesmo, sabendo que eles estavam aproveitando essa chance para observar suas habilidades. Ninguém sabia muito sobre as habilidades do Acumulador além do fato de que ele tinha força comparável à da sombra do Todos-por-um, então obviamente estariam curiosos.

Mas Yeon-woo deu um sorriso por trás de sua máscara. ‘Não acho que vai acontecer do jeito que vocês querem.’ Era divertido pensar em como ele iria foder com os planos dos Oito Grandes Clãs.


“O que vamos fazer agora?” O dinossauro teria cerca de oitenta metros de altura e Phante já estava todo animado só de pensar em lutar com uma criatura enorme como essa.

“É simples.” Yeon-woo deu um largo sorriso. “É só deixar ele te comer.”

“Huh?”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar