Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Shadow Slave – Capítulo  1017

A Queda de Falcon Scott (35)

Traduzido usando o ChatGPT



A orca assassina monstruosa cortou a escuridão carmesim, descendo sobre a flor etérea de pano branco fluindo.

Sua boca se abriu, revelando uma paliçada de presas aterrorizantes. Seus olhos azuis haviam se tornado vermelhos profundos, brilhando como holofotes e cheios de intenção assassina.

Conforme o grande predador se aproximava, a flor pálida explodia em movimento. As pétalas mais curtas giravam, criando uma barreira de pano branco ao redor da pequena forma indefinida escondida em seu centro. As mais longas, que flutuavam graciosamente nas correntes, de repente se contraíam e disparavam como tentáculos.

Bloodwave rugiu.

Poderosas correntes ao redor de seu corpo se agitaram, avançando para encontrar as pétalas. Ele desviou habilmente, continuando a avançar enquanto sua mandíbula se fechava em um dos tentáculos brancos.

Não havia sangue, nem carne rasgada, nem ossos esmagados. Era como se a pétala fosse realmente nada além de seda branca, e danificá-la fosse como cortar um pedaço de pano sem vida.

Sunny não viu muito do que aconteceu depois, porque ele tinha seus próprios problemas para se preocupar.

Havia simplesmente muitos lacaios ao seu redor, todos poderosos o suficiente para representar uma séria ameaça. Mesmo com a maioria deles atacando a fortaleza portuária em algum lugar distante e acima, a guarda afogada do Terror era suficiente para matá-lo e a Naeve dez vezes, se eles não fossem cuidadosos o suficiente.

“Maldição…”

Impulsionando-se para frente através da água escura, Sunny colidiu com uma criatura horrenda feita de ferro e osso. O Pecado do Consolo passou pelo corpo da abominação, dividindo-o ao meio. No entanto, o próximo lacraio já estava sobre ele.

Duas mãos humanas envolveram seu pescoço, tentando rasgá-lo com uma força terrível. A pele de Sunny se tornou dura como pedra e resistiu aos dedos pálidos, mas ele ainda se viu sendo estrangulado. Usando o sentido das sombras para perceber a forma do inimigo, Sunny golpeou de volta com a espada de jade, cortando os dois braços.

Arrancando as mãos frias, ele girou e chutou para trás, empurrando-se e ao lacraio um do outro. Seu adversário estava prejudicado e mutilado, mas não eliminado.

E mais estavam se aproximando.

“…Isso não vai funcionar.”

Ele estava se saindo bem, por enquanto, mas a morte estava a apenas um erro de distância. Sunny contava com sua velocidade superior e manobrabilidade para matar os lacaios, o que significava que no momento em que ele fosse imobilizado ou atrasado, as coisas se inverteriam. Ele não era estranho a lutar com tudo em jogo, mas não em um ambiente tão estranho e desconhecido como as profundezas do oceano.

Era muito mais fácil cometer um erro fatal em um lugar cujas regras ele não conhecia.

Sunny se forçou a nadar para frente, depois hesitou e virou de costas, olhando na direção onde Naeve estava lutando contra uma multidão de abominações. O Andarilho da Noite se movia com facilidade e precisão graciosa, navegando nas águas escuras como uma criatura nascida e feita para as profundezas.

Certamente ele conhecia as regras.

Uma ideia se formou lentamente na mente de Sunny. Ele ajustou sua estratégia de batalha para sempre manter Naeve à vista, ganhando alguns arranhões rasos como resultado.

Sunny era um lutador talentoso, possuindo inteligência de combate no mesmo nível dos melhores dos melhores. Ele tinha muita compreensão das leis subjacentes do conflito e, muito melhor do que isso, seu domínio da Dança das Sombras permitia que ele lesse a maioria de seus oponentes como um livro aberto.

E era exatamente isso que ele estava fazendo durante toda essa batalha, assim como a maioria das batalhas da campanha na Antártica.

Havia muitos lacaios ao redor para realmente compreender todos os seus padrões, mas seus estilos de batalha rudimentares também eram grosseiros e pouco sofisticados. Sentir os movimentos de suas sombras por alguns momentos era o suficiente para obter um nível superficial, mas suficiente de compreensão.

No entanto… essa abordagem pode ter sido a errada, hoje.

Então, em vez de tentar sombrear seus inimigos, Sunny concentrou sua vontade em tentar sombrear seu aliado. O estilo de batalha de Naeve era muito mais complexo, profundo e refinado – em termos de escopo e sofisticação, estava lá em cima com as artes marciais mais intrincadamente projetadas que Sunny já testemunhou.

Como se esperava de um descendente de um grande clã.

Aquele estilo não era algo que ele pudesse aprender em meros segundos, ou mesmo vários minutos.

Mas mesmo as poucas percepções menores que Sunny ganhou já eram suficientes para mudar qualitativamente seu desempenho.

“Huh… então é assim que se faz…”

As lições que ele aprendeu ao usar a Dança das Sombras para estudar como o Andarilho da Noite se movia não eram nada grandiosas, mas eram extremamente valiosas. Que melhor professor poderia haver do que um homem supostamente carregando a linhagem do Deus da Tempestade, o deus das profundezas?

Era tudo sobre como seu corpo se relacionava com a água, e como a água se relacionava com seu corpo. Como se posicionar para cortar através dela sem impedimentos, e como usar a massa de água a seu favor.

A Dança das Sombras, e o treinamento rigoroso pelo qual Sunny passou para dominar seus primeiros passos, tornaram tanto sua mente quanto seu corpo extremamente maleáveis e adaptáveis. Foi por isso que ele foi capaz de colocar rapidamente em prática o que acabara de aprender.

Alterando detalhes mínimos de como ele se movia, quais músculos ele tensionava e o momento de enviar impulsos direcionados de essência para reforçá-los, Sunny de repente conseguiu navegar pelo abismo escuro muito mais livremente. Ele se sentia mais… no controle de seu ambiente agora.

Trabalhando com ele em vez de contra ele para alcançar seus objetivos.

Uma criatura maciça do Pesadelo se lançou sobre ele, suas garras errando o alvo por alguns centímetros – exatamente como Sunny havia planejado. Ele cortou a abominação e ao mesmo tempo a contornou, usando o cadáver para se esconder do próximo inimigo. Um momento depois, o segundo lacraio também estava morto.

“Bom…”

Mas então, havia ainda mais que Sunny poderia fazer ao fundir suas habilidades únicas com o que ele havia aprendido com Naeve. Usando a [Pena da Verdade] para se tornar mais leve ou mais pesado, ele poderia flutuar para cima ou afundar mais fundo como uma pedra. Usando o Passo das Sombras, ele poderia pular entre as grandes abominações. Ele até poderia se tornar incorpóreo e se agarrar aos corpos deles como uma sombra.

Se ele usasse tudo isso de forma inteligente… o oceano não seria tão inóspito.

Na verdade, era até um pouco libertador. Ser capaz de se mover livremente em três dimensões em vez de apenas duas abria todo tipo de truques legais que ele poderia fazer… o único limite era sua inteligência, astúcia e imaginação.

“Preparem-se, bastardos…”

Empunhando o Pecado do Consolo, Sunny cortou a água escura para enfrentar os lacaios atacantes. Um sorriso pálido apareceu em seu rosto.


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Joao Guilherme
Visitante
Joao Guilherme
17 dias atrás

Spoiler
Ele morre no fim mas eu gostei bastante desse personagem

Última edição 16 dias atrás por Joao Guilherme
Danilo Torres
Membro
Danilo Torres
18 dias atrás

e ta ai o genio que ele mostra de vez em qnd

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar