Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Shadow Slave – Capítulo  1038

A Queda de Falcon Scott (56)

Traduzido usando o ChatGPT



‘Cansado… tão cansado.’

Sunny atravessou os besouros mais próximos e pulou para trás, deslizando alguns metros pelo chão enquanto suas garras deixavam sulcos profundos no solo congelado para desacelerá-lo.

Diante dele… o rio de escuridão estava se desfazendo. Os besouros escuros, que antes agiam como um único organismo, agora estavam sem rumo e lentos. Alguns ficaram letárgicos ou começaram a escavar o solo, enquanto outros estavam vagando. Algumas centenas ainda o perseguiam… com um pensamento, Sunny desativou o Desejo Moribundo e observou as pequenas criaturas fugirem com medo.

O enxame interrompeu seu avanço intencional e, em vez disso, se espalhou, perdendo a forma de um gigantesco tentáculo de escuridão. Era como se um tanque de água tivesse sido quebrado, a água derramando para os lados.

Completamente exausto e arrepiante, Sunny ofegava pesadamente dentro da concha de sombras. Havia vários besouros rastejando dentro dela, teimosamente tentando morder sua pele. No entanto, até mesmo suas mordidas ferozes haviam se tornado menos determinadas.

‘O ponto de ruptura… eles o alcançaram?’

Sua mente cansada não queria nada além de liberar as sombras manifestadas e deixar a forma do Diabo das Sombras desmoronar em nada, mas ele se forçou a permanecer vigilante.

Olhando para a esquerda e para a direita, Sunny viu que os dois enxames vizinhos estavam em condições semelhantes. Isso era uma boa notícia, mas também ruim… agora que o Coração das Trevas estava agindo sem direção, seu poder dissuasivo parecia ter perdido a maior parte de sua força. A horda de Criaturas dos Pesadelos, que havia sido afugentada pelos besouros escuros, já estava começando a se aproximar timidamente do grupo de humanos.

‘Merda…’

Sunny fechou os olhos por um momento, depois se virou e deu alguns passos em direção aos membros de sua equipe, que estavam igualmente exaustos e machucados.

No entanto, seus soldados recuaram dele.

Ele olhou para baixo confuso por um momento. ‘Ah…’

Com isso, Sunny finalmente deixou as sombras que compunham o Spawn das Sombras retornarem à sua forma natural e fluírem de volta para a lanterna ricamente gravada pendurada na corda de seda preta amarrada em sua cintura. O imponente diabo de quatro braços de repente desmoronou em uma nuvem de escuridão, e um jovem pálido em uma bela túnica preta saiu dela cambaleando.

“Argh!”

Sunny caiu de joelhos, depois ergueu o punho e bateu com raiva no chão várias vezes, esmagando os besouros que corriam.

“C-capitão? É v-você?”

Ele olhou para Kim, que o encarava com os olhos arregalados.

“Claro que sou eu. Quem mais seria? E agora sou Major, droga…”

Ele se levantou lentamente e convocou a Primavera Eterna, tomando vários goles grandes de água fria e refrescante.

Talvez dispensar a Concha de Sombras fora da muralha da cidade não tenha sido a decisão mais sábia, mas ele sentiu que não seria capaz de sustentá-la por muito mais tempo. Pelo menos dessa forma, ele teria um pouco de essência restante… para o que quer que acontecesse em seguida.

A muralha…

Sunny olhou para trás, finalmente testemunhando a extensão completa dos danos causados à barreira defensiva. A parte sul da muralha estava terrivelmente deformada e quebrada, com muitas seções em pilhas gigantes de liga derretida e quebrada… muito mais do que quando ele a deixou. Em algum lugar ao lado dela, escondido pelo mar de abominações, os Despertos do Primeiro Exército ainda estavam segurando a horda.

Ele se perguntou quantos deles ainda estavam vivos.

‘O que está acontecendo? Por que o Coração das Trevas de repente… parou de bater? Onde diabos estão…”

Abalado, ele olhou para a esquerda, onde Santa e Pesadelo — e a equipe de Ceifadora de Almas — haviam lutado.

Suas Sombras já estavam se aproximando, ambas cheias de feridas. Nenhuma delas havia perecido, mas sofreram muitos danos. Mesmo Santa, que era Transcendente e, portanto, muito mais resistente do que Sunny, havia sofrido terrivelmente enquanto lutava contra o enxame de besouros negros. Talvez porque as pequenas criaturas fossem especialmente proficientes em roer pedra…

O [Manto das Trevas] também estava lento para reparar os danos, quase como se a fonte interna de verdadeira escuridão de Santa estivesse tão esgotada quanto o reservatório de essência de Sunny. Suas feridas estavam cicatrizando, no entanto… apenas não tão rápido quanto ele gostaria.

Havia mais uma figura se aproximando dele também. Sunny se sentiu extremamente aliviado quando reconheceu Jet.

Ceifadora de Almas… não parecia bem. Sua armadura parecia ter sido destruída em algum momento durante a batalha, e agora ela usava apenas o macacão uniforme, seu tecido inteligente molhado e pesado de sangue. Seu rosto estava pálido.

Em poucas batidas de coração, todos os três chegaram.

…No mesmo intervalo de tempo, as Criaturas dos Pesadelos começaram a se aproximar, loucura e fome queimando em seus olhos.

Sunny foi o primeiro a falar:

“Mestra Jet? O que aconteceu? Por que os insetos de repente…”

Ela cambaleou, forçando-o a apoiá-la. Sunny e os membros de sua equipe olharam para a líder dos Irregulares com preocupação.

Jet deu algumas respirações ofegantes e então disse com a voz rouca:

“Estou bem. Foi Bloodwave… ele lutou até o centro do enxame e matou a coisa que estava no comando.”

Sunny piscou.

“O quê? Como? E o que exatamente ele matou?” Ela balançou a cabeça.

“Eu não sei.”

Foi apenas então que Sunny percebeu que Ceifadora de Almas estava sozinha. Ele hesitou por um momento, depois perguntou:

“Sua equipe?” Jet rangeu os dentes. “Mortos.”

Então, ela se afastou dele e se endireitou.

“Os Ascendidos que deveriam nos reforçar… também estão mortos. Eles não conseguiram abrir caminho pela horda. E falando na horda, precisamos sair daqui, rápido. Precisamos chegar à linha de defesa secundária muito, muito em breve… caso contrário, o Comando do Exército provavelmente vai nos explodir…”

Sunny congelou por um momento.

‘O… o Protocolo do Muro…’

O Primeiro Exército, é claro, tinha todo tipo de contingências. Havia algumas estabelecidas caso a muralha da cidade caísse também — desde as mais brandas até as mais drásticas.

O Protocolo do Muro era o mais drástico de todos.

Havia túneis escavados abaixo do campo de batalha e sob o trecho de ruas abandonadas entre a muralha da cidade e a linha de defesa secundária também. Todos eles estavam cheios de explosivos poderosos, a maioria deles criados com o uso de tecnologia de feitiçaria.

Todos esses explosivos foram configurados para explodir juntos, transformando tudo fora da barreira secundária em um vasto e escaldante inferno.

Essa medida só deveria ser implementada depois que todos os soldados tivessem recuado com segurança para a zona de segurança… e a maioria deles já havia feito isso. O Comando do Exército provavelmente esperaria por Sunny, Jet e especialmente Bloodwave retornarem antes de apertar o gatilho.

Mas a situação estava extremamente caótica e as comunicações estavam inativas. Não havia como ter certeza.

‘Maldição…’

Sunny olhou para a direita e viu um Eco machucado — os outros dois devem ter sido destruídos — e uma figura temível em uma armadura de pele de tubarão emergir da massa de besouros escuros e correr em direção a eles.

Alguma distância atrás do par, uma massa de abominações já estava se lançando para frente.

Ele olhou para Jet e sorriu.

“Então, pelo que estamos esperando? Corram!”


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar