Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Shadow Slave – Capítulo  1108

Coleta de Informações

Traduzido usando o ChatGPT



Sunny estava principalmente interessado nos detalhes do que cada um dos dois clãs em guerra havia preparado para a Antártica… mas esses planos eram cuidadosamente guardados por aqueles que haviam sido confiados com eles.

Ele suspeitava que aprender os detalhes da estratégia deles se tornaria mais fácil quando as forças principais de Valor e Song chegassem à Antártica – quanto mais pessoas envolvidas em algo, mais difícil era manter as coisas em segredo. No entanto, por enquanto, apenas alguns poucos emissários estavam aqui, todos ocupados com um trabalho preparatório bastante transparente.

Isso não significa que ele tenha deixado de aprender algo útil, é claro.

Saber o próximo movimento do inimigo era imensamente valioso, mas conhecer o inimigo em si era muito mais importante. Observando suas quatro marcas, Sunny estava aos poucos se familiarizando com como elas agiam, sentiam e até mesmo pensavam.

Quando a Beastmaster estava de pé no muro da cidade, observando uma horda de Criaturas dos Pesadelos atacando-o com uma expressão serena e estranhamente calma em seu rosto lindamente belo, a sombra de Sunny estava lá, observando.

Quando Whispering Blade parava para olhar os soldados comuns, um leve sentimento de piedade se infiltrava em seus olhos calmos, a sombra de Sunny estava lá, observando.

Quando Morgan praticava sua esgrima, se movendo com graça e velocidade que fariam os mais famosos guerreiros se sentirem pesados em seus corações, a sombra de Sunny estava lá, observando.

E quando o sombrio e despretensioso Bast Ascendido passava horas sem fazer nada, sentado como um cadáver em um quarto escuro, sua sombra também estava lá.

É claro, os pequenos detalhes de suas personalidades não eram tudo o que Sunny aprendia. Ele também adquiriu um entendimento muito melhor de suas habilidades.

Beastmaster era, de fato, um ser assustador. Seus poderes residiam na mesmerização e manipulação. Pelo que ele podia perceber, apenas olhar nos olhos dela poderia ser uma sentença de morte. Ela poderia deixar seus inimigos indefesos ao atraí-los para um estado de transe profundo, ou atormentá-los com ilusões insidiosas. E, acima de tudo, ela podia dominar completamente a mente de alguém, transformando-os em um eterno servo.

Whispering Blade era igualmente temível. Embora seus poderes não fossem tão diabólicos, eles eram igualmente letais. Sua Habilidade essencial era tornar todas as armas que empunhava invisíveis – e sua Transformação de Santo era ser invisível também. Como o Santo Madoc não era nem de longe tão misterioso e secreto quanto seu homólogo do clã Song, era amplamente conhecido que quando ele lutava, era como se o próprio mundo estivesse fatiando os corpos de seus inimigos.

Não havia escapatória.

Morgan, por outro lado, tinha um Aspecto bastante estranho. Se Whispering Blade possuía uma Habilidade que tornava a espada que empunhava mais mortal, então Morgan… era a própria espada. A sensação de afiação que ela emanava não era uma coincidência.

A Princesa da Guerra não precisava de armas, porque seu corpo era a arma absoluta. Ela podia cortar através de liga de armadura e da carne até mesmo das Criaturas dos Pesadelos mais poderosas com as mãos, e rasgar seus corpos com os pés. Isso era estranho e aterrorizante, como se ela não fosse humana, mas sim uma espada viva.

…Em retrospecto, fazia muito sentido que ela tivesse facilmente cortado a couraça de adamantina do Manto do Submundo com sua mão nua.

‘Não significa que ela trapaceou? Ela prometeu usar apenas uma arma dormente…’

Essa ideia, estranhamente, levou Sunny a descobrir um indício do Defeito de Morgan.

Enquanto a observava, ele percebeu que Morgan preferia roupas que revelassem o mínimo possível de sua pele e corpo… ela até mesmo usava luvas, nunca aparecendo sem elas. Às vezes eram as manoplas de sua armadura, e às vezes eram as luvas de couro elegantes e finas que combinavam com suas roupas comuns sob medida.

Por causa disso, Sunny começou a suspeitar que a Princesa de Valor não tinha controle sobre o que suas mãos cortavam. Ou melhor, que tudo o que ela tocava estava fadado a ser cortado e separado, como se fosse esculpido por uma lâmina afiada.

Talvez o Defeito não fosse tão poderoso quanto sua Habilidade – caso contrário, sua própria armadura não seria capaz de resistir a ele – mas certamente era uma cruel extensão dela.

Infelizmente, Sunny não teve tanta sorte em deduzir os Defeitos de Whispering Blade e Beastmaster.

E então… havia Bast.

Na verdade, Sunny não havia aprendido nada sobre ele. O sombrio homem era como um cadáver que alguém estava usando como traje. Ele era quieto, sem brilho e carente de muita emoção. Ele nunca fazia muita coisa, mas ainda assim era tratado com uma cortesia estranha… deferência, até… por Seishan, Beastmaster e Dire Fang.

Bast não fazia nada, apenas esperava e aguardava seu momento.

Mas Sunny poderia jurar que havia uma malevolência ameaçadora escondida por trás da placidez sem vida de seus olhos.

‘O que você está fazendo, bastardo? O que suas reflexões estão fazendo? Quando você vai atacar?’

Sunny não era o único que prestava muita atenção em Bast. Embora não demonstrassem, Morgan e Madoc também estavam acompanhando os movimentos do sombrio Mestre.

Na verdade, ele aprendeu algumas coisas sobre Mordret a partir de fragmentos de suas conversas sobre o homem.

Por exemplo, ele descobriu que Anvil havia pessoalmente criado o talismã encantado que protegia Ascendido Welthe de ser possuída por sua protegida. Ele também descobriu o título de Anvil… o Rei das Espadas.

Aparentemente, o Rei das Espadas havia preparado algumas ferramentas extras para aprisionar e destruir seu filho mais velho. No entanto, tanto Whispering Blade quanto Morgan estavam hesitantes em usá-las ainda.

Eles também estavam perturbados com a inação de Bast.

…Assim, alguns dias se passaram. Sunny estava reunindo informações como uma aranha sentada no meio de uma vasta teia. Ele não fez descobertas impactantes nesse curto período de tempo, mas foi um bom começo. Na verdade, ele estava mais concentrado em encontrar maneiras seguras de se aproximar de suas marcas, por enquanto, do que em roubar seus segredos.

Uma vez que ele realmente aprendesse como se infiltrar em suas defesas, os segredos seriam revelados como resultado.

No quarto dia… era hora de se despedir de Jet. Tanto Song quanto Valor estavam deixando as capitais do cerco para viajar para as respectivas fortalezas portuárias e encontrar os reforços que estavam chegando.

Depois disso, eles seguiriam para outras cidades, e a guerra clandestina começaria de fato.

Sunny estava partindo com os emissários de Valor, e Jet estava partindo com os emissários de Song. As chances eram de que eles não se encontrassem cara a cara por muito tempo.

Ele estaria preocupado se fosse qualquer outra pessoa, mas havia pouca dúvida de que Ceifadora de Almas seria capaz de se manter viva. Ele já a havia alertado para se manter longe do homem que se chamava Bast, apenas para garantir sua segurança.

Na verdade, a pessoa com quem Sunny deveria se preocupar… era ele mesmo.

‘Eu vou sobreviver também.’

Mas essa era a questão… simplesmente sobreviver não era o suficiente. Não era há muito tempo.

E era isso que poderia levá-lo à morte.

Suspirando, Sunny chamou de volta as sombras que estavam observando os emissários do clã Song e foi procurar Nephis.

Era hora de os dois viajarem lado a lado mais uma vez.


Comentários

5 3 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Vzy
Visitante
Vzy
20 dias atrás

Pacato início de saga

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar