Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Shadow Slave – Capítulo  1134

Manhã Pacífica

Traduzido usando o ChatGPT



Nada mais aconteceu em seu caminho de volta para a capital do cerco. Tornou-se mais difícil escutar Morgan e Madoc novamente, então Sunny não aprendeu muito sobre as consequências da mensagem provocativa de Beastmaster. No entanto, ele entendeu por pequenas dicas e pistas que o emboscada de Valor tinha sido um pouco melhor do que a preparada por Song.

A maioria dos emboscadores sobreviveu e agora estava seguindo uma rota diferente para retornar a um território seguro. Os grandes clãs basicamente trocaram tapas. O que viria a seguir seriam golpes reais.

…Foi bom voltar à civilização. Sunny dormiu em uma cama macia, tomou um banho quente e preparou uma refeição de verdade. Apesar da guerra devastadora que estava acontecendo em algum lugar do continente – duas guerras, na verdade – sua rotina era estranhamente mundana e pacífica.

Ele até recebeu uma mensagem de vídeo de Rain – a rede na Antártida Oriental não estava em tão mau estado como tinha sido no Centro Antártico, então a largura de banda alocada a ele permitia tais frivolidades de vez em quando.

Para a leve decepção de Sunny, Rain falou apenas sobre o que estava acontecendo em sua vida por um curto período de tempo, usando o resto da gravação para demonstrar o progresso que estava fazendo em seu treinamento e pedir conselhos.

A mensagem terminou com algumas frases despreocupadas:

“Ah… a propósito, você se lembra da colega de classe de quem eu te falei? Aquela cuja irmã é piloto de MWP na Antártida. Aparentemente, sua unidade se meteu em uma situação muito ruim, e ela só sobreviveu porque um Mestre chamado Diabo a salvou. Graças aos deuses… nem consigo imaginar como a família dela teria se sentido se não fosse por ele. Enfim, se você conhece esse cara, compre uma bebida para ele. Melhor ainda, tente ficar perto dele. Aparentemente, ele é algum tipo de grande herói, então você estará mais seguro com ele. Uh… o que estou tentando dizer é que você deve ter cuidado. Cuide-se. Tchau!”

A mensagem terminou, deixando Sunny em um silêncio divertido. Ele balançou a cabeça.

‘Que coincidência… e o que diabos ela quer dizer com ‘eu conheço aquele cara’? Será que não falei para ela que as pessoas me chamam de Diabo da Antártida? Tenho certeza de que me gabava disso…’

Em seguida, ele começou a compor uma resposta, primeiro revisando a técnica e o esgrima de Rain, e depois acrescentando algumas frases no final:

“Sim, eu me lembro. Quanto ao Diabo… acontece que eu o conheço muito bem. Esse cara é realmente incrível. Ele também é muito poderoso, bonito e absurdamente rico. A irmã da sua colega de classe teve muita sorte em conhecê-lo. Ele costuma andar com Santos e Legados lindos dos Grandes Clãs nos dias de hoje, mas já que você perguntou, vou comprar uma bebida para ele assim que terminar de escrever esta mensagem…”

Sunny sorriu enquanto terminava e enviava a mensagem, cumprindo sua promessa ao caminhar até a barraca de provisões mais próxima e pedir uma xícara de café sintético barato.

Ele saboreou o calor na rua, observando os refugiados abrigados dentro dos muros da cidade levarem suas vidas diárias. A atmosfera na capital do cerco não era nada leve – na verdade, era carregada de angústia e medo – mas não era tão pesada quanto tinha sido em Falcon Scott.

Não importa o quão cheias de tribulações e ansiedade suas vidas se tornaram, as pessoas realmente viviam ali, não apenas tentavam desesperadamente sobreviver. Sunny sentia que estava vivo também.

Rain estava a salvo e não mostrava nenhum sintoma do Feitiço. A evacuação estava progredindo em um ritmo saudável. Nephis, Cassie, Effie, Kai e Jet estavam todos bem. Quanto aos grandes clãs…

Agora ele tinha um alvo claro em mente, pelo menos. Os assassinos do clã Song estavam prestes a chegar. Impedir que o confronto entre eles e as forças de Valor se espalhasse por essas ruas seria seu primeiro movimento independente. Ele precisava se preparar bem.

Sunny terminou o café e depois caminhou em direção à sede do clã Valor. Suas obrigações como enviado do governo não podiam esperar… havia questões que ele precisava transmitir, relatórios que ele precisava fazer e segredos que ele precisava roubar.

Antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, no entanto, Cassie passou pelo pequeno escritório que Sunny tinha ganhado dentro do complexo para buscá-lo em nome de Morgan. A Princesa da Guerra queria vê-lo logo pela manhã, por algum motivo.

Enquanto caminhavam pelos corredores do luxuoso complexo, Sunny olhou para a garota cega e perguntou:

“O que exatamente ela quer desta vez?”

Cassie hesitou por alguns momentos, depois deu de ombros.

“Não tenho certeza. Ela parecia animada com algo… bem, pelo menos no limite do que Morgan permite mostrar de emoções genuínas.”

Sunny suspirou. Após um curto período de silêncio, ele fez outra pergunta:

“Ei, você pode me ajudar com algo em um futuro próximo?”

A garota cega diminuiu um pouco o ritmo.

“Com o quê?”

Ele considerou suas palavras por alguns momentos.

“Quero visitar alguns lugares nas Ilhas Acorrentadas. O navio voador Noctis que foi deixado para trás agora pode descer através do Rompimento, certo? Levará apenas alguns dias, se você pilotá-lo.”

Cassie sorriu.

“Oh! Claro, eu posso ajudar. A Torre de Marfim está à deriva a leste do Rompimento, então a viagem pode levar um pouco mais de tempo.”

Sunny tinha algumas razões para retornar às Ilhas Acorrentadas… mas a principal estava na Ilha dos Náufragos, onde ele havia lutado contra o Wormvine.

Ou melhor, embaixo dela.

Os restos do Príncipe do Sol ainda balançavam lá, enrolados nas correntes quebradas. Sunny queria que o Diabinho devorasse o máximo possível do gigante de aço… seu desejo inicial de fazer o pequeno diabo desenvolver um corpo quase indestrutível era nobre, mas na prática encontrar metal mágico suficiente para alimentar a sombra voraz estava se tornando um problema.

Então, era muito conveniente saber a localização de um gigante morto e antigo de ferro.

Enquanto imaginava o quanto o Diabinho melhoraria depois de afundar os dentes no Príncipe do Sol, Cassie o levou até uma porta guardada e a abriu. Sunny ficou um pouco surpreso, já que não era um dos lugares habituais onde ele se encontrava com os emissários de Valor.

Na verdade, era um dojo espaçoso e fortemente reforçado, com todos os tipos de espadas e implementos de guerra descansando em estojos blindados.

Morgan estava parada no meio do dojo, usando apenas um leve túnica preta. Seus olhos vermelhos estavam brilhando com um desejo afiado e intenso.

Desejo de travar uma batalha com um oponente digno e destruí-lo.

Sunny congelou.

‘E… ah… de repente, não me sinto seguro…’

A princesa do clã Valor sorriu amplamente ao vê-lo.

“Mestre Sunless. Se me lembro corretamente, você me prometeu um duelo?”


Comentários

5 4 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
ᴍᴇᴜ ᴏᴠᴏD
Membro
ᴍᴇᴜ ᴏᴠᴏ
3 dias atrás

Sunny automaticamente: dá licença aqui novinha, vc é uma delicinha, peço porfv não quero apanhar

Não é da tua conta
Membro
Não é da tua conta
6 dias atrás

Glória!Glória!Glória!

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar