Switch Mode
Servidor de Hospedagem do Site está passando por manutenção, pode ficar instável por algumas horas!!
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1498

Reino do Espelho

Traduzido usando o ChatGPT



Sunny se virou lentamente e olhou para trás… e lá estava ele, o Príncipe do Nada.

Mordret parecia quase exatamente como da primeira vez que Sunny viu seu verdadeiro rosto. Alto, esguio, com cabelos negros como a asa de um corvo e um rosto afilado que não era exatamente bonito, mas possuía uma estranha beleza. Sua característica mais marcante, no entanto, eram seus olhos espelhados, que refletiam o mundo de volta para si como duas piscinas de prata líquida.

Havia um sorriso agradável, mas oco nos lábios de Mordret.

‘Espere… algo está errado.’

Sunny franziu a testa.

Da última vez que ele tinha visto o Príncipe do Nada, momentos antes de entrar na Semente do Pesadelo, o bastardo estava machucado, coberto de sangue seco e faltando uma mão. Mas agora, Mordret parecia perfeitamente bem – não havia feridas em seu corpo e nenhuma mancha de sangue em sua túnica. Até mesmo sua mão estava de volta, como se nunca tivesse sido decepada.

O sorriso de Mordret se alargou ligeiramente quando ele percebeu o olhar de Sunny. Levantando a mão em questão, ele acenou para eles.

“Não parece que sentiram minha falta. Que doloroso.”

Sunny hesitou por um momento e perguntou cautelosamente:

“Onde estamos?”

O espaço ao redor deles parecia uma das fortalezas flutuantes da barreira de correntes do Crepúsculo, mas também era diferente. Sem mencionar o fato de que o mundo inteiro tinha virado de cabeça para baixo, parecia haver um… limite neste lugar. Não muito longe deles, o terrível campo de batalha desapareceu, transformando-se em pura nada.

Era como se alguém tivesse apagado a maior parte do mundo, deixando apenas uma pequena ilha de matéria flutuando no mar do nada.

‘Apenas abrange o que é refletido no peitoral polido.’

Sunny sentiu um arrepio quando percebeu esse fato. Parecia que sua teoria de que Mordret de alguma forma os havia puxado para um reflexo estava correta. De fato, o espaço em que se encontravam continha apenas a parte do mundo que refletia no reluzente peitoral do cadáver ressequido e uma pequena área ao seu redor.

O Príncipe do Nada olhou ao redor e ergueu as mãos em um gesto acolhedor.

“Ah. Isto é… vamos chamá-lo de Reino do Espelho. Considere-o uma extensão da minha Habilidade Ascendida. Em certo sentido, é.”

Sunny não gostou nem um pouco do som dessas palavras. Seus companheiros também não.

Franzindo ligeiramente a testa, Nephis colocou a mão no cabo de sua espada e perguntou com um tom sereno:

“Em certo sentido?”

Mordret hesitou.

“Bem… é uma longa história. Infelizmente, o tempo é um luxo que não podemos nos dar no momento.”

Cassie inclinou um pouco a cabeça.

“Por quê?”

Ele a olhou com cautela e, em seguida, olhou ao redor desconfortavelmente.

“Há perigos rondando neste Reino do Espelho, assim como fora dele. Eu já assumi um risco considerável ao vir avisá-los. Não continuem seu caminho para o Crepúsculo… caso contrário, nunca mais voltarão.”

Seu aviso sombrio pairou entre eles, tornando o ambiente sinistro da fortaleza caída ainda mais assustador.

Sunny respirou fundo e perguntou em um tom sombrio:

“Por quê? Você não está aqui? E onde está o Kai? Você não fez nada com ele, fez? Porque, se fez… é melhor começar a rezar para os deuses mortos…”

Mordret o encarou por um momento.

“Ah, tanta hostilidade. Na verdade, talvez eu mereça tal tratamento, um pouco… mas não se preocupe. Seu amigo deve estar vivo. Na verdade, estou bastante confiante de que ele está. Quanto a como consigo ter essa conversa, você está enganado. Eu não estou, de fato, aqui. Meu reflexo está, enquanto meu corpo está perdido em algum lugar do Crepúsculo. Mas se você quer saber mais… terá que vir comigo para algum lugar onde estaremos seguros do monstro que perambula por este Reino do Espelho. Talvez você não valorize suas vidas, mas eu valorizo a minha.”

Sunny balançou a cabeça.

“Isso não é suficiente. Que monstro você está falando? E o que quer dizer com seu corpo está perdido? Foi destruído? Você é um fantasma de espelho de novo?”

O Príncipe do Nada o olhou com uma expressão sombria.

“Não é legal chamar as pessoas de fantasmas, Sunless.”

Sunny zombou.

“Desde quando sou uma pessoa legal? Apenas responda às perguntas, droga!”

Mordret suspirou.

“Meu corpo não está… destruído. Apenas está preso dentro da cidade. Até onde pude apurar, tem algo a ver com a matriz de encantamento que foi criada pelos habitantes do Crepúsculo – de qualquer forma, não posso me mover livremente no mundo físico. O mesmo acontece com seu amigo, Nightingale. A diferença é que eu consigo escapar para os espelhos, enquanto ele não consegue. É o melhor, na verdade… mesmo eu mal tenho sobrevivido aqui.”

Sunny queria dizer algo, mas Nephis o interrompeu. Levantando a mão, ela disse impassível:

“Uma de nós ficou para guardar o navio. Ela também está em perigo?”

Mordret balançou a cabeça.

“Contanto que o navio não chegue mais perto do Crepúsculo, ela estará bem. Somos nós, os visitantes do reino do espelho, que estamos em perigo. No entanto, este é também o único lugar onde podemos conversar… a menos que um de vocês esteja disposto a entregar seu corpo para mim, é claro.”

Ele olhou para eles e sorriu.

“Mas acho que nenhum de vocês está, não é?”

Sunny apertou os dentes e rosnou, sua voz cheia de malícia ameaçadora:

“Você está absolutamente certo. Nem pense nisso!”

Mordret suspirou.

“Bem, então. Eu não tenho muita essência sobrando, mas é o suficiente para convidar mais uma pessoa…”

Com isso, houve um som de vidro tilintando, e Effie estava de repente ao lado deles, com uma expressão perplexa no rosto.

…No entanto, foi o Príncipe do Nada quem pareceu verdadeiramente surpreso. Sua máscara usual de amabilidade agradável se quebrou por um momento, revelando um vislumbre de perplexidade sincera.

Olhando para a barriga de Effie, Mordret permaneceu em silêncio por alguns momentos e então disse incrédulo:

“Athena Ascendida… ah… por que… por que você está…”

Ouvindo isso, Effie sorriu docemente.

“Grávida? Bem… você vê, Alteza… quando um homem e uma mulher se amam muito…”

O rosto de Sunny se contorceu.

‘De jeito nenhum…’

Estava realmente acontecendo?


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 2 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
3 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Wan
Visitante
Wan
2 dias atrás

Effie sorriu docemente kkkkkkkkkkk eu não aguento 🤣🤣🤣🤣🤣🤣

nighty_D
Membro
nighty_
8 dias atrás

KAKAKAKKAKAKAKAKAKA

ThurzinD
Membro
Thurzin
9 dias atrás

Denovo naaaaaaaaão

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar