Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  523

Feito Eterno

Atenção: Este conteúdo foi traduzido automaticamente por meio de Inteligência Artificial (I.A.). Embora a qualidade da tradução possa ser superior às traduções automáticas padrões, ainda é possível que haja falhas ou imprecisões na tradução. Por favor, tenha isso em mente ao ler este conteúdo.



Trama de Sangue estava lentamente devorando a toxina, mas Sunny ainda se sentia fraco e febril. Dispensando Santa, ele caminhou ao redor do porão de carga, se acostumando com a sensação da Corrente Imortal e olhando ao redor para ver se havia algo interessante pelo chão.

Como outro baú cheio de moedas de Noctis, por exemplo.

Infelizmente, ele não encontrou nada. Mesmo que o porão de carga tivesse armazenado antigas curiosidades e tesouros, tudo foi destruído pelas vinhas e pelo musgo marrom ao longo de milhares de anos.

No entanto, ele ficou agradavelmente surpreso ao perceber que a armadura de aço sem brilho não estava restringindo seus movimentos de forma alguma. Era realmente como uma segunda camada de pele… talvez, se Sunny não fosse aprimorado pela sombra, a Corrente Imortal teria sido pesada. Mas ele era, e além disso, havia quase duas mil fragmentos de sombra armazenados em seus dois núcleos.

Mesmo que um Desperto não devesse ser capaz de usar a armadura Transcendente sem esforço, Sunny não teve nenhum problema.

‘Maravilhoso…’

Finalmente, ele se aproximou do monte de poeira que restava de Solvane e ajoelhou-se ao lado dele, depois estendeu a mão dentro das cinzas e recuperou a faca de madeira.

Claro, Sunny não tinha esquecido dela.

Para sua decepção, no entanto, o que ele estava segurando em sua mão era apenas o cabo. A lâmina estava lascada e quebrada, e a madeira parecia sem vida e morta.

Já estava começando a apodrecer, e mesmo quando Sunny olhou sob a superfície da estranha faca, ele não viu nada… nenhum emaranhado de feitiço, nenhum brilho radiante de um mar de essência de alma e nenhum Cordão do Destino se dobrando infinitamente em si mesmo em um círculo perfeito.

A faca de madeira estava verdadeira e completamente quebrada.

Quase como se tivesse sido criada para um propósito singular e não tivesse motivo para existir depois de cumpri-lo.

Sunny olhou para a faca com uma expressão pensativa.

‘Interessante…’

Teria a faca de madeira sido criada especificamente para trazer a morte ao imortal Solvane? Se sim, estariam a faca de obsidiana no Santuário de Noctis e a faca de marfim no Templo da Noite destinadas a encerrar as vidas de outros dois imortais?

De repente, ele estremeceu.

Um único Cordão do Destino, dobrado sobre si mesmo e criando um círculo perfeito…

Se ele tivesse olhado para a faca de madeira antes de ser destruída, teria visto a mesma coisa?

Uma pista tentativa de compreensão surgiu em sua mente.

De alguma forma, Sunny sentiu que veria. Ele também suspeitava que o Cordão do Destino não teria sido apenas um qualquer.

Não… teria sido o destino de Solvane.

Um Cordão que, de alguma forma, foi arrancado do tecido do Destino e amarrado em um círculo infinito… será que algo assim tornaria uma pessoa imortal?

“E assim as correntes foram tornadas eternas…”

Quem poderia ter feito algo tão aterrorizante?

Bem, a resposta era bastante óbvia. O Senhor da Luz, o Deus do Sol, que destruiu o reino da Esperança e a aprisionou na Torre de Marfim, certamente poderia. Afinal, ele não era apenas o deus do fogo e da luz, mas também da paixão, criação e destruição.

Olhando para os restos da faca de madeira que estavam apodrecendo e virando poeira em sua mão, Sunny não pôde deixar de tremer.

Se ele estivesse certo, então estava segurando uma arma criada por um deus.

…E ele usou essa arma para matar um imortal criado por um deus.

Pela primeira vez desde que Sunny soube das divindades do Reino dos Sonhos, ele de repente se sentiu realmente aliviado que elas estivessem mortas.


Algum tempo depois, ele pulou pela fenda criada pelo Wormvine e subiu pelo casco do navio antigo. Sibilando de dor, Sunny vacilou um pouco, depois cambaleou na direção onde o destroço terminava.

Como o navio estava de lado, a superfície de madeira sob seus pés estava inclinada para baixo e irregular. Quase inevitavelmente, ele perdeu o equilíbrio e rolou nos últimos metros do caminho, caindo no chão em um monte desajeitado.

“…Ai.”

Sunny permaneceu imóvel por um tempo, depois suspirou e se levantou. De pé, ele estudou o vale desolado e depois se dirigiu para onde tinha visto os Guardiões do Fogo pela última vez.

A paisagem da Ilha do Naufrágio tinha mudado. O chão estava revirado e marcado por trincheiras profundas, parecendo um campo de batalha de uma guerra antiga. Algumas das trincheiras estavam vazias, outras estavam cheias de caules maciços de vinhas mortas que se projetavam do solo como serpentes em decomposição. O ar estava cheio de poeira, cinzas e fumaça.

Usando a Visão Cruel como uma bengala para apoiar seu peso, Sunny avançou e logo encontrou o anel de fogueiras.

Um sorriso pálido apareceu em seu rosto.

‘Bem, o que você sabe… eles realmente sobreviveram.’

De fato, os Guardiões do Fogo pareciam estar todos lá. Claro, eles estavam incrivelmente exaustos, machucados e feridos por todo o corpo.

Todos estavam cobertos de sangue, sujeira e fuligem, com suas armaduras rasgadas. Alguns estavam sentados com expressões cansadas no rosto, outros estavam deitados no chão, com apenas o movimento de seus peitos denunciando que estavam vivos. Apenas o jovem firme que tinha empunhado uma lança curta e um escudo pesado na batalha – o curador da coorte – estava de pé e ocupado, cuidando de seus companheiros.

Sunny caminhou entre duas das fogueiras e parou, apoiando-se na Visão Cruel.

Seus olhos se moveram ao redor, pararam na figura delicada de uma jovem de cabelos loiros pálidos por um momento, e então se afastaram.

“…Sunny?”

Ele olhou para Shakti, a jovem artesã, que estava descansando no chão a alguns passos de distância.

A jovem parecia mais ou menos como um cadáver. Sua armadura estava quase destruída, revelando lacerações profundas em sua pele bronzeada, e seu rosto estava sujo e pálido devido à perda de sangue. O que era pior, seu braço direito tinha sido arrancado, terminando em uma atadura ensanguentada perto do cotovelo… tal ferida não era permanente, já que foi infligida ao seu corpo espiritual e não ao físico, mas ainda bastante grave.

No entanto, um amplo sorriso iluminou o rosto da artesã.

Observando-o, ela assobiou e disse:

“Armadura nova? Ficou ótimo!”

Ela tentou rir, mas depois se curvou em acessos de tosse violenta. Parecia que todos ainda estavam sofrendo os efeitos do veneno do Wormvine, mesmo que o curador tivesse usado seu Aspecto para torná-lo menos letal.

Os outros olharam na direção deles, alertados por sua chegada pela voz de Shakti. Seus olhos se iluminaram.

“Obrigado aos deuses! Sunny, você está vivo!”

“Bom trabalho lá fora!”

“Maldito maluco… você realmente fez isso?”

Sunny não pôde deixar de sorrir.

“É claro. Por que eu não faria? Era apenas um Monstro Corrompido…”

Seu sorriso se ampliou.

“…Na verdade, eu também fui e matei uma imortal Santa que estava por perto. Um golpe para os dois, para não perder tempo. Tudo o que precisou foi de um minuto.”

Os Guardiões do Fogo o olharam por um tempo, depois reviraram os olhos.

Shakti balançou a cabeça.

“Claro, Sunny. Se você diz. Mas sério… eu não entendo você. Matar um Monstro Corrompido já é uma coisa incrível, por que você tem que inventar uma história ridícula…”

Sunny piscou algumas vezes com uma expressão inocente.

“O que você quer dizer com inventar uma história? É a verdade! Eu sou uma pessoa muito honesta. A pessoa mais honesta de dois mundos, na verdade…”

Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 12 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
12 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
RagnarxkD
Membro
Ragnarxk
13 dias atrás

O que são os feitos de Mongrel perto das fantásticas aventuras do grande herói Sunny?

BL1ND4DOD
Membro
BL1ND4DO
1 mês atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkk bom q ele fala e ngm acredita

doutor5470
Membro
doutor5470
1 mês atrás

Sunny: entrem o céu e a terra eu sou o mais honesto. Técnica imaginária manipulação da verdade

Fisicoplay
Membro
Fisicoplay
23 dias atrás
Resposta para  doutor5470

Rachei o bico kkkkkkkkkkkkkkkkk

treshart
Membro
treshart
2 meses atrás

kkkkkkkkkkkkkkk

IfosD
Membro
Ifos
2 meses atrás

kkkkkkkkk eu amo essas ”historias” que o sunny conta pras pessoas, sempre me tira um sorriso lendo

Devoradora de histórias
Visitante
Devoradora de histórias
2 meses atrás

Kkkkkkk eu acho que essa é a parte favorita do sunny, falar exageradamente sobre suas vitórias gloriosas enquanto se diverte com a descrença do povo

Danilo Torres
Membro
Danilo Torres
6 meses atrás

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Fã-Do-Kai
Visitante
Fã-Do-Kai
7 meses atrás

Calados, o mais honesto de dois mundos está a falar.

Nonno
Membro
Nonno
9 meses atrás

obg pelo cap

suco de laranjaD
Membro
suco de laranja
10 meses atrás

eu amo a fraqueza do sunny, deixa tudo mais divertido

IfosD
Membro
Ifos
2 meses atrás
Resposta para  suco de laranja

deixa tudo divertido até nn ser mais e ter que matar algm

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar