Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  82

Medo do Desconhecido

Traduzido usando o ChatGPT



Sunny caiu no suave abraço das teias de aranha, gritando, seu corpo todo convulsionando em espasmos de dor terrível. A agonia insuportável irradiava através de seu sistema nervoso, sua mente se afogando no interminável torrente de sofrimento torturante, excruciante e angustiante.

Parecia que cada músculo, cada fibra, cada molécula de seu corpo estava sendo despedaçada e remontada, apenas para ser despedaçada novamente. Seus olhos, especialmente, pareciam ter duas hastes de metal incandescente inseridas neles, fazendo com que toda a outra dor empalidecesse em comparação. Ou talvez eles próprios tenham se tornado esferas ardentes de metal derretido…

Ele arranhou o rosto, deixando marcas sangrentas nele. No entanto, segundos depois elas já haviam desaparecido, apagadas por alguma força desconhecida. Sua voz logo desapareceu também, deixando Sunny sem uma válvula de escape para expressar seu tormento horrível.

O processo foi o oposto do renascimento gentil que ele havia experimentado após passar pelo Primeiro Pesadelo. Era violento, impiedoso e antinatural, remodelando forçosamente o corpo de Sunny em algo que não deveria ser.

Que nada deveria ser.

Impotente para impedi-lo, Sunny não teve escolha a não ser suportar a agonia. Tudo o que ele podia fazer era tentar não enlouquecer de dor. Lágrimas escorriam pelo seu rosto, deixando rastros sangrentos em seu rastro. Não havia fim para a tortura.

…Então, depois do que pareceu uma eternidade, houve. A dor diminuiu, atenuou e finalmente desapareceu. Sunny ficou deitado no grosso tapete de teias de aranha, completamente esgotado e exaurido.

No silêncio que foi interrompido apenas pelo som rouco de sua respiração ofegante, a voz do Feitiço sussurrou:

[Você adquiriu um novo Atributo.]

[Um dos seus Atributos está pronto para evoluir.]


Sunny permaneceu imóvel por um longo tempo, voltando lentamente aos seus sentidos. A lembrança da terrível provação ainda ecoava em sua mente, fazendo-o estremecer de vez em quando. Ele tinha medo de abrir os olhos e olhar para seu corpo, com medo de se ver mudado de alguma forma horrível e repulsiva.

‘Eu me tornei um monstro?’

Sentindo um calafrio, Sunny fechou os olhos com mais força.

No entanto, ele não se sentia como um monstro. Na verdade, ele não se sentia diferente de forma alguma. Pelo que podia dizer, ainda tinha duas mãos, duas pernas e pele humana suave. Não houve mudança em sua força e resistência.

Era como se nada tivesse acontecido.

‘Vamos lá. Apenas faça isso…’

Com um suspiro nervoso, Sunny abriu os olhos e examinou-se. Tudo estava igual. Ele mudou sua percepção e estudou-se novamente através da sombra.

Ele ainda era humano.

Bem… algo mudou, mas ele não conseguia descrever exatamente o que. Era como se sua visão estivesse ligeiramente diferente de antes. O mundo parecia… mais profundo, de alguma forma. Sunny só percebeu a diferença por causa do contraste entre sua própria percepção e a da sombra.

Anteriormente, eram mais ou menos similares.

‘Uma gota de ícor… que veio do olho do Tecelão…’

Com cuidado, ele levantou a mão e tocou seus olhos. Eles pareciam iguais.

Mas eles também eram diferentes. Ele simplesmente não conseguia entender de que maneira.

Abaixando a mão, Sunny notou uma gota de sangue em um dos dedos. Veio de um pequeno arranhão na bochecha, que não havia cicatrizado como os outros.

Bem no fundo do seu sangue, Sunny notou um leve brilho dourado. Como se a gota radiante de líquido dourado que ele havia absorvido ainda estivesse lá, agora fazendo parte dele, fortemente diluída e fundida em sua própria corrente sanguínea. O brilho era tão tênue que ele quase não o percebeu.

Sunny suspeitava que, à luz, não seria visível.

‘O que… diabos… eu fiz comigo mesmo?’

Foi nesse momento que ele acidentalmente lançou um olhar ao Manto do Titereiro, pensando simultaneamente no brilho dourado. Algo mudou na cabeça de Sunny, e de repente, ele viu a Memória de maneira diferente.

Seus olhos se arregalaram.

Sob a superfície do tecido cinza, cinco brasas incandescentes brilhavam com luz etérea. Cada uma delas representava um nexo e âncora de inúmeras cordas de diamante que se estendiam para diferentes partes da armadura, tecendo um padrão intrincado, elaborado e imprevisível.

Parecia muito com o vazio interior do Feitiço, mas numa escala infinitamente menor.

No entanto… Sunny ficou surpreso ao descobrir que ele meio que entendia o padrão. Um recém-encontrado conhecimento inato ajudou-o a sentir os traços de lógica por trás do aparentemente caótico posicionamento das cordas, um propósito definido por trás de cada torção e curva. Eles foram feitos para alcançar certos efeitos… durabilidade, resistência… e outro tipo mais complexo de proteção.

A dica de compreensão veio naturalmente para ele, como se fosse sua habilidade inata.

‘Eu preciso… estudar isso mais a fundo.’

Intrigado e apreensivo, ele entrou no Mar da Alma. Um familiar e escuro espaço de água parada apareceu diante do olho da mente. Lá estava o imponente Núcleo da Sombra, os brilhantes satélites de suas Memórias e a estranha sensação de que algo estava se movendo logo além da periferia de sua visão.

Por hábito, Sunny virou a cabeça para tentar ver esse algo, sabendo que não veria nada.

No entanto, desta vez, ele viu.

Com um grito assustado, Sunny recuou e perdeu o equilíbrio.

‘Que diabos! Que diabos é isso?!’

Lá na escuridão, na borda da fraca luz lançada pelas brilhantes Memórias, estavam figuras negras imóveis. Eram sombras… sombras das criaturas que ele havia matado.

Havia uma sombra que se parecia com o escravo de ombros largos e costas ensanguentadas, cujo nome Sunny nunca se preocupou em aprender. Sua figura estava deformada e horrível, pois ele havia sido transformado em uma besta assassina depois de se tornar hospedeiro de uma Larva do Rei da Montanha. Essa Larva foi então estrangulada por Sunny.

A sombra do próprio Rei da Montanha se erguia sobre ele, tão temível e abominável quanto o tirano havia sido quando ainda estava vivo. Sunny estremeceu ao lembrar como havia escapado das garras da horrível criatura.

A sombra do cruel escravizador que o havia golpeado com o chicote também estava lá, ao lado do tirano. Este foi o primeiro e, por enquanto, o único ser humano cuja vida Sunny havia tirado com as próprias mãos. Ele até roubou as botas e a capa do cadáver do homem.

Em ambos os lados deles, havia outras sombras. Os imponentes Carniceiros Carapaça ficavam silenciosamente, suas pinças abaixadas no chão. A silhueta selvagem de um temível Centurião Carapaça podia ser vista entre eles, cercada pelos centípedes gigantes, nós bulbosos de vermes carnívoros e algumas estranhas flores devoradoras de homens.

Cada ser que havia caído pelas mãos de Sunny estava lá, na forma de uma sombra. Ou, para ser mais preciso, cada ser cujos fragmentos de sombra haviam sido absorvidos por ele.

Apesar de as sombras não terem olhos, ele não pôde deixar de sentir que todas elas o encaravam…

Silenciosas, imóveis. Observando.

Sentindo calafrios percorrerem sua espinha, Sunny engoliu em seco e se levantou, com as pernas tremendo um pouco. Descobrir que um pequeno exército de sombras mortas havia aparecido dentro do seu Mar da Alma não era a surpresa mais agradável. Ainda mais se essas sombras pertenceram a criaturas que você pessoalmente eliminou.

Ele apertou os dentes.

‘Posso repetir… que diabos é isso?!’


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 16 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
8 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Shiba WhiteD
Membro
Shiba White
12 dias atrás

THIS IS A SOLO REFERENCE?!

Roberto alstenyo (Leitor_supremo)
Membro
Roberto alstenyo (Leitor_supremo)
2 meses atrás

ERGAM-SE

Senhor de nada
Visitante
Senhor de nada
4 meses atrás

Isso foi uma solo leveling referencie??

Cavalo
Membro
Cavalo
4 meses atrás

Menino Sung… Bons tempos

Nonno
Membro
Nonno
7 meses atrás

faltou a sombra do ovo kkk
obg pelo cap

Rauan
Membro
Rauan
8 meses atrás

Sung e você??
Kkkkkkkkkk

Jupiter
Visitante
Jupiter
1 ano atrás

Exercíto das sombras??? Achobque conheço isso de algum lugar ksksks

Thurzin
Membro
Thurzin
1 mês atrás
Resposta para  Jupiter

Sim mas ñ sei de onde ?ಠ⁠_⁠ಠ

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar