Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 174

Onde está o Marco?

Dentro daquele barracão estavam garotas que foram trancadas por um tempo e estavam numa condição triste.

Se permanecessem por mais tempo, poderiam acabar morrendo neste bordel ilegal.

Havia mais de cem garotas nos barracões. Era impossível libertar todas sozinhas, então podia muito bem deixar as garotas se salvarem.

Causariam um grande impacto se as famílias destas cem garotas exigissem explicações ao mesmo tempo; não tinha como serem pobres também, pois podiam se dar ao luxo de viajar para a França.

Luke saiu dos barracões e se posicionou para uma emboscada atrás de alguns carros abandonados a vinte metros do portão.

Dez minutos depois, ouviu o som vago de carros dirigindo na lama. O brilho dos faróis apareceu na estrada, iluminando a noite escura.

Havia três carros!

Luke respirou fundo e ajustou seu estado de espírito, antes de levantar a UZI.

Pu! Pu! Pu! Pu! Pu! Pu!

Disparando rapidamente, Luke usou um pente em três segundos. O carro na liderança ficou cheio de buracos e o para-brisa rachou. Este saiu da estrada e colidiu numa pilha de lio.

Luke jogou a UZI fora e agarrou a AK que estava carregando. Então disparou novamente.

Bang! Bang! Bang! Bang! Bang!

O pente foi usado instantaneamente mais uma vez. Como o primeiro carro, o segundo saiu da estrada e bateu num carro abandonado, cheio de buracos de bala.

Luke não começou a disparar de novo até terceiro carro quase passar, então foi atingido só de um lado e na traseira.

Porém, os passageiros nos dois primeiros carros pelo menos sofreram o impacto das balas.

Rapidamente recarregando a arma, Luke levou a AK novamente e mirou no terceiro carro que havia passado.

Não teve que mirar com muita precisão. Tudo que precisou fazer foi bombardear o carro com balas.

Realidade não era um filme.

Numa distância de trinta metros, não havia como um carro normal conseguiu aguentar um ataque de uma AK, pois as balas podiam perfurar de um lado e sair do outro.

No final, o carro perdeu o controle a dez metros de distância e colidiu num barracão no terreno de construção.

Sem pressa para se revelar, trocou de local.

Ativou Olfato Aguçado enquanto se movia.

Um momento depois, parado no topo de um edifício a várias centenas de metros de distância, viu uma longa linha de carros de policiais apressarem para os barracões com suas sirenes ligadas. Assentiu com satisfação e saltou.

Uma hora depois, voltou para suas roupas originais e apareceu num metrô em Neuf trois.

Estava usando um chapéu surrado e uma máscara nova, como qualquer pessoa comum usaria numa noite chuvosa.

Agora, só tinha a M1911 que saqueou de um dos gângsters.

O metrô parisiense não era seguro à noite, que era a hora que roubos poderiam acontecer. A multidão trabalhava durante o dia, mas certos grupos “trabalhavam” no metrô à noite.

Roubo e assalto eram o que faziam para viver.

Porém, nenhum deles mexeu com Luke.

Luke não estava vestido como um estudante e estava brincando com uma faca borboleta.

A faca ocasionalmente dançava agilmente em sua mão, que sugeria que era bom com elas.

Embora ninguém soubesse quão bom exatamente, definitivamente não era o melhor alvo para roubar.

Uma faca borboleta pode ser pequena, mas algumas vezes poderia matar pessoas com mais facilidade que uma lâmina grande.

Assim, Luke retornou ao centro com segurança.

Após sair do metrô, foi ao prédio daquela tarde e entrou num beco não muito longe.

Na escuridão da noite, escalou o prédio e entrou num apartamento por uma janela destrancada. Rapidamente colocou uma capa e um par de tênis que estavam próximos da porta.

Jogando quinhentos euros na tigela de chave, saiu pela janela e subiu por um cano de escoamento até o teto.

Checando o sistema, assentiu satisfeito. O sistema não o puniu porque pagara pelas roupas.

Dando dois saltos enormes, aterrissou no prédio de apartamentos ocupado pela gangue.

Vasculhando o lugar com o Olfato Aguçado, Luke desceu as escadas sem emitir um som.

Meia-hora depois, estava parado no porão com um sorriso sombrio. Todos os gângsters na frente estavam quase mortos pela tortura.

Mesmo o mais resistente entre eles estava morrendo após Luke conectar um aparato eletrônico simples que modificou em suas pernas.

Agora há pouco, carregou os gângsters armados no prédio para o porão à prova de som. Após interrogá-los, aprendeu que Marco, seu chefe, saiu com a maioria dos homens como reforços para um bordel ilegal em Neuf trois depois de receber notícias de que estava sob ataque.

Luke ficou sem palavras.

Na entrada do acampamento, liberou uma enxurrada de balas nos três carros.

Mais tarde, disparou em todos que ainda estavam respirando na cabeça sem olhar para seus rostos. Como poderia saber que seu chefe Marco estava entre eles?

Sem palavras por um segundo, Luke rapidamente acabou com os gângsters e saiu.

Na porta, ficou surpreso ao ver os carros que estavam estacionados.

O Benz que Kim e Amanda entraram estava lá.

Ele deu uma cheirada e havia uma leve fragrância no carro que era similar ao apartamento de Marco.

Animado, voltou a unidade do homem no prédio. Encontrou uma chave com a logo da Benz e um monte de celular.

Os celulares de Amanda e Kim estavam na pilha.

Encontrou-os baseado no cheiro e como pareciam.

Pensando por um momento, Luke pegou o celular de Kim.

Saiu do prédio e pressionou o botão na chave para destrancar o Benz.

Luke sentou no banco do motorista e ficou feliz ao ver que o carro tinha um sistema de GPS.

Examinando o sistema por um momento, tirou algumas fotos com o celular falso e saiu.

Chamou um táxi vazio e falou: — Para o Museu de Zoologia.

Seu chapéu e máscara grande impediram o motorista de ver seu rosto na noite.

No entanto, não era incomum um homem se vestir assim em tal clima frio.

O motorista simplesmente assentiu e ligou o carro.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar