Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 208

Presente, Resolvendo Caso Deselegante e Saindo

Então, os três conversaram no escritório do Velho Grissom.

Luke deu uma caixa: — Isto é uma coisinha para você.

Velho Grissom ergueu a sobrancelha: — Posso abrir?

Luke respondeu com um sorriso: — É claro. Há um manual dentro, mas não me importo de explicar.

Velho Grissom abriu a caixa só para ver que parecia com um celular: — Um celular?

Luke balançou a cabeça: — Parece com um celular, mas na verdade é um… conversor de voz. Se mirar a antena num alvo dentro de vinte metros, esta máquina vai gravar o que está dizendo e exibir como texto na tela para você ler. É claro, o reconhecimento de voz pode não ser muito preciso.

Os olhos de Selina brilharam enquanto ouvia. Era uma ferramenta útil para qualquer detetive.

Com uma expressão indecifrável, Velho Grissom disse um longo tempo depois: — Por favor, passe meus agradecimentos ao Robert. — Então guardou o conversor de voz na gaveta.

Luke assentiu com um sorriso e não falou nada.

Robert mencionara que a mãe do Velho Grissom tinha uma doença genética que podia causar perda de audição.

Velho Grissom ainda não havia mostrado nenhum sinal de problemas de audição, mas este dispositivo ainda podia ser útil para ele.

O FBI e a SHIELD tinham equipamento similar que estava normalmente instalado nos carros. Podia escutar o que estava sendo dito num alcance de cem a duzentos metros.

Porém, a vantagem do aparelho de Luke era que era pequeno e conveniente.

Eles conversaram por um longo tempo e Grissom perguntou a Luke sobre seu trabalho e vida pessoal.

Luke contou a verdade na maior parte do tempo, mas não disse nada sobre seu lado paralelo como vigilante.

Velho Grissom sentiu nitidamente que Luke estava escondendo algo, mas não forçou a barra.

De repente, Luke fungou de surpresa: — Grissom, os limpadores têm permissão para tocar nas exposições do seu laboratório?

Velho Grissom respondeu: — Eles podem tocar por acidente nas exposições não importantes, contudo, com certeza não nas importantes. O que está tentando dizer?

Luke virou a cabeça para olhar para uma jovem limpadora não muito longe: — Que interessante. Esta é uma surpresa.

Sem se mover, Velho Grissom simplesmente observou a limpadora com Luke, até esta desaparecer na curva.

Luke pensou por um momento e então operou seu celular falso.

Felizmente, não havia nenhuma câmera de segurança instalada no escritório do Velho Grissom.

Então, simplesmente fechou a porta e perguntou: — Grissom, você é exigente sobre como resolver um caso? Tipo, tem que ser uma solução elegante?

Após um breve silêncio, Velho Grissom respondeu: — Provas são mais importantes que elegância. Isto é ciência.

Luke deu de ombros: — Não tenho nenhuma prova, mas tenho uma resposta que é bem deselegante. Você gostaria de ouvir?

Velho Grissom falou: — Apenas fale.

Luke: A limpadora na porta agora há pouco é a mulher associada com o Assassino das Miniaturas. Não tenho nenhuma prova, mas você poderia tentar investigá-la.

Velho Grissom achou suspeito: — Pensei que você estava chapado, mas parece que você está mais delirante que isso.

Luke sorriu: — Desculpe. Embora o Assassino das Miniaturas seja muito artístico, sempre preferi ser direto. Nunca pensei que veria um assassino em série voltar para observar como seus crimes estão sendo resolvidos!

Ele sabia que o Velho Grissom tinha lidado com muitos assassinos em série antes que eram inteligentes e desafiadores, e que ao dizer ao Velho Grissom quem era o criminoso, ele tirou a diversão do homem de caçar o criminoso.

A expressão do Velho Grissom estava estranha, mas assentiu: — Tudo bem, entendi. Mas receio que não possa almoçar com você se for investigá-la.

Luke riu: — Ainda há tempo. Vamos embora só depois de amanhã.

Velho Grissom assentiu: — Tudo bem. Se divirta.

Luke se levantou prontamente e Selina o seguiu com pressa.

Velho Grissom se levantou para acompanhá-los.

Esta cortesia era rara para ele. Mesmo quando seu chefe o visitava, dificilmente acompanhava.

Luke e Selina estavam se despedindo do Velho Grissom na porta quando três pessoas conversando sem parar passaram.

Velho Grissom os parou: — Nick, onde está indo?

Nick ficou sério: — Oh, Grissom. Estamos indo celebrar o aniversário do Henry.

Velho Grissom assentou pensativo: — Leve meu sobrinho com você. Ele é um jovem detetive. Tenho certeza de que você tem muito que falar.

Todos os três hesitaram, mas Velho Grissom ignorou e mandou: — Leve-o com vocês se estão indo.” De costas para Luke, gesticulou para Nick

Atordoado por um momento, Nick assentiu e exibiu um sorriso irônico: — Okay, tudo bem.

Ele virou a cabeça e perguntou: — Grissom, ele é seu sobrinho, mas ela não é, ou é?

Ele notou Selina. Era impossível não notar uma latina gata.

Vendo o olhar no rosto do Velho Grissom, Luke estendeu a mão com um sorriso: — Sou Luke. Prazer em conhecê-lo, Nick.

O jovem tinha cabelo loiro curto e um rosto quadrado. Seu sorriso era particularmente caloroso.

Nick era um sujeito legal. Apertou a mão de Luke e cumprimentou: — Prazer em conhecê-lo, Luke. Esta é…

Luke respondeu: — Esta é a Selina, minha parceira. Somos detetives da Divisão de Crimes Graves da LAPD.

A expressão de Nick ficou sagaz: — Você é…

Luke riu: — Ela é como uma irmã para mim. Além disso, ela é bem tranquila.

Selina acenou para os três homens com um sorriso.

Os três jovens sorriram de volta. Desde que Luke e Selina eram atraentes e claramente próximos de Grissom, certamente não os afastariam.

Velho Grissom enunciou: — Tudo bem, vocês podem ir agora.

Ele realmente não se importava de quais eram os planos dos três jovens.

O próprio Velho Grissom “ajudava” novatos a se adaptarem ao emprego com seu “treinamento especial”.

Ele era um mestre de pegadinhas.

E alguns de seus homens desenvolveram um passatempo similar.

Luke, Selina e os três conversaram enquanto desciam as escadas.

Após se introduzirem, Luke e Selina os conheceram melhor.

O mais jovem se chamava Greg. Era um garoto amável que ainda parecia com um estudante.

O último se chamava Hodges. Ele tinha quase quarenta e era careca. Parecia bem maduro e certinho.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar