Switch Mode
Servidor de Hospedagem do Site está passando por manutenção, pode ficar instável por algumas horas!!
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 258

Escudo, Saque Rápido e Empate

No momento que entraram no prédio, Luke pressionou um equipamento no braço esquerdo e se abriu num pequeno escudo.

A única lição que uma pessoa podia aprender do Capitão América era que a melhor arma que qualquer um podia usar era um escudo resistente.

No entanto, este escudo não era enorme e estava ligado ao braço esquerdo.

Ele não tirou sua arma e sua mão esquerda só descansou acima do coldre.

Observando por qualquer momento à frente, ele subiu as escadas rápido e silenciosamente.

Quando chegaram no sexto andar, não seguiu imediatamente, ele respirou fundo e levantou o braço esquerdo.

Bam! Clang!

Uma bala atingiu o escudo que protegia sua cabeça. Nesse meio tempo, Luke disparou seu revólver.

Ele fixou no inimigo de antemão com Olfato Aguçado antes de disparar.

Bam!

Quase ouviu uma bala atingindo carne.

Bang! Bang!

Outras duas balas foram disparadas. Luke sacudiu ao ser atingido, mas não parou de disparar na M686.

Bam! Bam! Bam! Bam!

No entanto, o inimigo parecia ter antecipado e recuou para um canto.

Luke recuou para as escadas também. Colocou a M686, que restava apenas uma bala, de volta no coldre, antes de sacar a Glock e rapidamente se aproximar do canto.

De repente, algo foi arremessado ao virar a esquina e Luke levantou o braço.

Clang!

O objeto foi bloqueado pelo escudo.

Com os olhos afiados, Luke viu que era uma adaga negra.

Estreitando os olhos, se moveu mais rápido, mas sua velocidade ainda não excedia o que um ser humano normalmente era capaz.

Outras três adagas negras voaram no momento seguinte.

Luke imediatamente recuou.

No entanto, as três adagas voaram num arco dos dois lados e desviaram uma da outra dois metros à frente dele ao passar pelo escudo enquanto mirava nas costas e torso inferior.

Merda! Luke xingou em sua mente e rolou para trás, antes afastar as adagas com o escudo.

Antes que pudesse avançar de novo, outras cinco adagas voaram nele ao virar da esquina.

Até o próprio Luke sentiu seu sangue gelar.

Não só havia muitas adagas, como também eram imprevisíveis.

Luke só podia recuar de novo. Evitou três adagas na curva da escada e bloqueou as outras duas com o escudo.

Quando estava prestes a suspirar de alívio, sentiu perigo de novo e rapidamente abaixou a cabeça.

A adaga que acabara de evitar atingiu a parede atrás dele.

Naquele instante, Luke detectou com seu Olfato Aguçado que o sujeito estava saindo do terraço.

Franzindo a testa, Luke rapidamente subiu as escadas.

Ele esticou a cabeça para fora da porta do terraço e viu um homem planando do prédio.

O homem parecia ter esperado Luke e puxou o gatilho no momento que Luke mostrou a cabeça.

Sentindo o perigo, Luke recuou apressadamente e agachou.

Bang!

Uma bala passou zunindo por sua cabeça e atingiu a parede atrás da porta.

Luke suou muito. De onde era este atirador? Era quase impossível tomar precauções contra ele!

Mais inacreditável, o sujeito era tanto adepto a armas quanto a facas de arremesso.

Espera, não — talvez ele fosse melhor em facas de arremesso e armas era apenas uma segunda escolha.

Luke pensou por um momento, então recuou e parou de perseguir o atirador terrível.

Isso porque muitos repórteres com câmeras cercaram o lugar. Se exibisse sua capacidade total, provavelmente apareceria nas manchetes de vários jornais no dia seguinte.

Mas quando desceu as escadas e viu oito corpos no quinto andar, suspirou: — Bem, este lugar vai parar nas manchetes de qualquer forma.

Luke sentiu o cheiro de sangue de outra pessoa no terraço, que devia pertencer ao sniper. Junto das oito vítimas, nove membros da equipe da SWAT morreram.

Os repórteres estariam definitivamente focados nesta notícia por alguns dias.

Luke encontrou Roger e o capitão no térreo.

O capitão perguntou ansiosamente: — Como foi?

Luke balançou a cabeça: — Sinto muito, mas seus membros de equipe… — Todos sabiam o que ele não disse.

O rosto do capitão distorceu: — Droga. Quem fez isto?

Luke se virou para Roger: — Você gostaria de dizer a ele?

Roger ficou confuso: — Hã?

Luke explicou: — Se meu palpite estiver correto, foi o atirador da loja de donut. Não vi seu rosto. Ele escapou do terraço.

O capitão ficou atordoado: — O terraço?

Ele falou no walkie-talkie: — Esquadrão B1, você viu um alvo? Stanley?

Todos reportaram de maneira negativa, mas Stanley, um sniper implantado em outro prédio, não falou nada.

O capitão quase ficou louco: — Vá checar o Stanley.

Um momento depois, alguém falou através do walkie-talkie: — Capitão, Stanley está morto.

O capitão jogou o walkie-talkie no chão, seus olhos estavam injetados de sangue: — Droga! Juro que te pegarei e amarrarei antes de cortá-lo em pedaços!

Roger estava em silêncio e Luke balançou a cabeça secretamente.

Ia ser muito difícil pegar o sujeito.

Até Luke quase morreu agora há pouco. A menos que pudesse cercar o homem e bombardeá-lo até a morte, era improvável que o capitão e seus homens conseguissem vingar os colegas mortos.

Luke não sabia se o atirador era um ser humano extraordinário, mas as habilidades dele em disparo e faca de arremesso eram realmente memoráveis.

Porém, o nome do homem não estava disponível no sistema.

O sistema parecia ter determinado que a luta entre Luke e o homem foi um empate. Foi fácil para Luke descobrir o motivo.

A luta começou quando Luke foi baleado.

Naquele momento, os dois coletes à prova de balas que Luke estava usando impediu a bala.

Mais tarde, quando dispararam um no outro no quinto andar, ele atingiu o homem no ombro com saque rápido.

Enquanto isso, o escudo de metal de Luke bloqueou as balas do homem.

Após isso, levou as balas do inimigo da maneira mais difícil com os coletes à prova de balas duplo, forçando o inimigo a pará-lo com adagas e fugir.

Com a fuga do inimigo, uma das costelas de Luke foi quebrada e sofreu sangramento interno.

É claro, as feridas já estavam meio curadas e não impediram seus movimentos, embora coçasse e doesse um pouco.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Aquele acima de tudo e todos
Membro
Aquele acima de tudo e todos
25 dias atrás

Porra, estão todos fugindo agora esses desgraçados, Luke precisa de mais preparo, acho melhor ele botar mais pontos em agilidade e força mental, quando chegar em 20 de força mental, acho bom focar até 40 de agilidade.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar