Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 372

Batalha e Invulnerabilidade Verdadeira

A pessoa alta deu alguns passos e então agachou para pegar a arma do pescoço do policial, antes de caminhar até o carro de Lucas Barton.

Ele balançou a arma e quebrou a janela do motorista para revelar o rosto de Lucas Barton, que estava cheio de medo e desespero: — Vai pro inferno, seu monstro!

Bang!

A pessoa alta cambaleou e caiu.

Lucas pareceu atordoado por um instante, antes de cair na gargalhada: — Haha. Você está morto, seu monstro! Venha de novo se acha que é bom! Hahaha!

Ele estava segurando a Remington que guardou na viatura, e que usou para disparar no estranho alto.

Estreitando os olhos, Luke continuou observando a batalha em silêncio.

Dois segundos depois, o estranho alto no chão sentou e ficou de pé de novo, colocando um fim na risada de Lucas Barton. Ele gritou: — Isso é impossível! Por que você não está morto, monstro? Morra!

Bam! Bam!

A espingarda disparou mais duas vezes, mas o estranho alto apenas cambaleou um pouco antes de recuperar o equilíbrio. Ele estendeu a mão.

— Ah! — Um momento depois, a pessoa alta puxou um miserável Lucas Barton gritando do carro com força brutal.

Ele foi incapaz de se mover porque o galho havia perfurado seu ombro direito. Agora estava livre, mas ao custo de deixar seu braço direito para trás.

Lucas Barton se contorceu e gritou enquanto lutava para rastejar do pesadelo inevitável. A pessoa alta ergueu a arma silenciosamente.

Shua!

Lucas Barton parou de gritar e se mover. Seu corpo ainda estava no ato de rastejar, mas sua cabeça já havia sido enviada voando.

Thud!

O corpo sem cabeça de Lucas Barton atingiu o chão lamacento.

Crack! Boom!

O mundo foi iluminado por outro relâmpago.

Na escuridão, floresta molhada, o estranho alto ergueu a cabeça lentamente e olhou para Luke, que estava a dezenas de metros de distância.

Luke sorriu e… fugiu rapidamente.

Sem hesitação, o homem alto perseguiu. Alguns minutos depois, um grito soou.

Luke parou e observou a pessoa alta, que estava avançando novamente.

Não muito atrás do homem alto estava o último policial do condado fugindo; era só que seu corpo foi separado em dois. Luke respirou fundo e olhou para o homem alto e robusto que estava se aproximando num ritmo estável. Ergueu a mão com um sorriso e puxou o gatilho. Bang! Bang! O homem alto vacilou e parou por um momento, antes de começar a se mover de novo com passadas rápidas.

Luke suou: — Parece que a chuva afeta minha precisão de disparo.

Ele estava mirando nos olhos do homem, mas atingiu as bochechas.

Porém, o cara estava completamente bem após ser atingido por um carro e voltou a chacina dois segundos depois, então Luke não esperava matá-lo só com dois disparos.

O homem alto avançou em Luke e ergueu a arma de novo.

Luke curvou os lábios e pisou com força para recuar rápido enquanto disparava com a Glock.

Bang! Bang!

Havia apenas vinte metros entre eles desta vez e Luke conseguiu disparar nos olhos.

Ele conseguiu ver um fluido escuro vazar dos olhos do homem alto, mas isso só parou o último por um instante, antes de começar a perseguir de novo.

— Hã? — Luke exclamou surpreso, e recuou rapidamente. Bang! Bang! Bang! Bang! Luke mirou nos olhos do rapaz de novo.

Desta vez, a pessoa alta abaixou a cabeça e as balas não atingiram seus olhos. Sua cabeça sacudiu levemente pelo impacto das balas, mas já estava abaixando sua arma.

Acelerando para recuar vários metros, Luke franziu a testa: — Que robusto!

Bang! Bang! Bang! Bang!

Quatro buracos de bala foram deixados no peito do homem alto.

Contudo, foram menos efetivas; elas não fizeram nada mais que tremer um pouco seu corpo.

Luke ficou sem palavras: — Não me diga que esta coisa maldita é invulnerável!

Ele disparou nas partes vitais do estranho vinte vezes, mas o estranho ainda estava vivo e bem.

O estranho alto acelerou e começou a correr enquanto balançava a arma. Luke virou de repente enquanto recarregava a Glock e disparou como louco mais uma vez.

Bang! Bang! Bang! Bang! Bang! Bang! Bang!

Ele gastou o cartucho, deixando outros treze buracos de bala no homem alto.

Do pescoço ao peito, então no abdômen ao joelho e canela, todos foram atingidos com balas, mas além tremer levemente com o impacto, o homem não pareceu estar afetado.

Luke acelerou para aumentar a distância entre eles, antes de puxar uma vareta de liga do inventário.

Era uma das coisas que usou para espetar a carne assada no acampamento.

Ele estava planejando usar o metal para um cano de arma especial, mas por ora, serviria como uma arma longa. Luke se virou de repente e balançou a vareta com força para encontrar a arma do homem alto.

Clang!

após uma colisão metálica ressoar, Luke foi enviando voando vários metros no ar. Quando pousou, teve que pousar com força várias vezes para impedir o ímpeto.

Que força enorme! Ele ficou muito impressionado.

Com 40 de Força, ele era 16 vezes mais forte que uma pessoa normal, e nunca encontrou um oponente tão forte quanto ele.

Não, este cara era levemente mais forte. A arma de Luke era mais longa e pesada que seu oponente, e deveria ter a vantagem naquela colisão, mas não teve.

A pessoa alta girou pela contraforça enorme da vara de liga, mas ainda estava segurando sua arma com força.

Quando parou, inclinou a cabeça em confusão, como se não entendesse o que acabou de acontecer.

Luke riu: — Ei, grandão, quer tentar de novo? — Ele balançou a vara enquanto falava.

O homem alto ergueu a arma subconscientemente.

Clang! Bam!

Houve o som estridente de outra colisão metálica, seguido por um baque pesado.

A mão direita do homem alto pendia ao lado.

Ele saiu perdendo quando evitou um golpe violento de duas mãos de Luke coma vara de uma mão; não só seu braço direito foi quebrado, a vara longa de Luke também atingiu seu ombro direito.

Puxando a vara, Luke estalou a língua em admiração: — Invulnerabilidade verdadeira.

O ombro do homem alto já havia cedido, o que seria uma ferida fatal para pessoas normais, mas este homem já havia puxado a perna da lama espessa.

No instante seguinte, avançou de novo, brandindo a arma mais uma vez.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar