Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 377

Erro de Julgamento E Tigre Sorridente

Estes pais eram rudes e vulgares e preferiam falar com seus punhos do que com palavras.

Quando Luke falou com o policial, dois homens olharam para ele: — Quem é você? Você é um repórter?

Luke sorriu e mostrou o distintivo: — Sou responsável pela segurança neste acampamento. Devo te mandar para a rua?

Os dois ficaram em silêncio.

Eles estavam parados na entrada do acampamento, que estava sob jurisdição de Luke.

O policial deu o joinha em segredo para Luke, antes de seguir para o próximo curso de ação.

Caso contrário, se subissem a montanha e alguns pais desaparecessem, as equipes de buscas teriam que ser enviadas.

Os policiais não enviaram ninguém para procurar pelas crianças porque o FBI já havia emitido uma nota.

Agora que as seis crianças foram confirmadas mortas, os policiais com certeza não perderiam seu tempo, mas os pais estavam indispostos a esquecer.

Olhando para o grupo de pessoas briguentas, Luke balançou a cabeça.

Se realmente estivessem preocupados com as crianças, por que não fizeram nada mais cedo? O fato que sumiram a montanha para plantar maconha e matar pessoas não era algo que podia ser explicado com um ou dois dias de negligência.

Luke detectou um cheiro familiar no grupo com seu Olfato Aguçado.

Maconha! E foi de depois de ser processada.

O cheiro forte confirmava que estas pessoas não entraram em contato com maconha por acaso.

Estreitando os olhos, Luke lembrou da criança que questionou havia dito: — É nosso trabalho.

Naquela hora, pensou que a criança estava falando sobre como os pirralhos dividiram o trabalho, mas agora parecia não ser necessariamente o caso.

Zombando, Luke retornou ao acampamento sem intenção de ver esta atuação de merda.

Procurar por seus filhos?  Era mais provável que estivessem procurando pela plantação de maconha!

Após Luke voltar, algumas SUVs pretas apareceram.

Alguns minutos depois, as SUVs pararam na entrada do acampamento, e Big Nick saiu.

Olhando para os alunos do ensino médio, xingou em voz baixa, mas ainda apagou o cigarro antes de entrar no acampamento.

Um momento depois, Big Nick achou um pouco engraçado quando olhou para Luke, que estava aproveitando o chá e se aquecendo perto do lago.

Ele ligou para Luke no meio da noite parcialmente para se vingar de Lucas Barton, que planejava enquadrá-lo pelo assassinato do oficial e parcialmente para retribuir o favor de quando Luke ajudou a pegar os assaltantes de banco.

Big Nick não era exatamente um policial limpo, mas prestou atenção aos detalhes e não achou confortável dever a Luke.

O principal era que Luke parecia limpo demais; parecia com um tipo completamente diferente de policial.

Mesmo que não fossem inimigos, Big Nick não queria dever nada a Luke.

No final, o FBI enviou um aviso noite passada.

Seis polícias, incluindo Lucas Barton, foi morto pelos criminosos desconhecidos; Wade Daves foi morto e também seis crianças que estavam fora do acampamento.

E… Luke estava completamente bem.

Big Nick não era uma boa pessoa. Ele ameaçou o dono do motel antes de vir aqui.

O dono confessou tudo sem hesitação. Não queriam ter mais nada a ver com o conflito entre a polícia do condado e do jovem. Só queria trabalhar em paz no seu motel.

Após ouvir o dono do motel, Big Nick ficou em silêncio por um longo tempo, antes de retornar a sua jornada.

Lucas Barton caiu simples assim, e desde que estava morto, não havia chance dele retornar.

Além disso, foi o FBI que fechou o caso e limpou a bagunça. Isto mudou a opinião de Big Nick sobre Luke, e foi o que levou a encontrar Luke de novo.

Eles podem não se tornar grandes amigos, mas Big Nick não queria ser inimigo de Luke.

Era uma coisa boa que a ligação da noite passada não tenha sido em vão.

Abaixando o copo de chá, Luke olhou para Big Nick e se levantou: — Vamos lá. Há muitos alunos aqui.

Eles caminharam ao longo do lago e conversaram por vários minutos.

Nick estava aqui para encontrar Luke e perguntar sobre Lucas Barton.

Naturalmente, Luke contou que não sabia dos detalhes, mas Big Nick entendeu pela expressão de Luke.

Mesmo que fosse por pura sorte que Luke conseguiu matar Lucas Barton e sua equipe, Nick ainda não queria chateá-lo.

Após terminarem de conversar, Luke caminhou com Big Nick até a entrada do acampamento. Big Nick hesitou por um momento antes de falar de repente: — Se encontrar problemas no condado de Los Angeles, você pode me procurar.

Este era uma proposta de paz nítida.

Para a surpresa de Nick, Luke assentiu com um sorriso: — Ótimo. Acontece que tem algo que espero que possa fazer por mim.

Não muito longe da entrada onde estavam, os pais finalmente decidiram voltar após uma discussão acalorada.

Luke falou algo, e ele e Big Nick observaram os pais irem embora.

Dois minutos depois, Big Nick se despediu e voltou ao seu carro. Ele já estava emitindo uma ordem assim que abriu a porta: — Vamos lá. Temos coisas para fazer. Siga aqueles carros.

Quando falou, olhou para Luke, que ainda estava patrulhando o acampamento e xingou baixinho: — Merda! Eu estava errado. Aquele cara é um tigre sorridente!

Seu subordinado perguntou: — E quanto ao Lucas Barton e sua equipe?

Várias emoções passaram pelo rosto de Big Nick: — Apenas acredite no que o FBI diz, a menos que queria vingar eles?

Seu subordinado gargalhou e não falou nada.

Big Nick obviamente estava implicando que era melhor não enfurecer este jovem, ou as próximas mortes que o FBI pode anunciar seria a deles.

Segundo o aviso que a polícia do condado recebeu, houve 14 vítimas neste caso, incluindo seis policiais do condado, mas não havia mídia para cobrir isto e até os superiores da polícia do condado não falaram nada.

Big Nick e sua equipe foi enviada aqui porque estavam acostumados a limpar a bagunça, mas seu apoiador falou explicitamente para não averiguar o caso com muita atenção: — Por que não está dirigindo ainda? Não quer voltar para sua garota esta noite? — Nick cuspiu pela janela e acendeu um cigarro enquanto xingava o subordinado.

Seu subordinado ligou o carro e perguntou: — Chefe, só estamos aqui para fingir?

Big Nick bateu casualmente na nuca dele: — Apenas dirija.

Então, expressou num tom baixo: — Alguém me falou que aqueles caras estão plantando maconha na montanha e vendendo faz muito tempo.

Seu subordinado apagou por um momento antes de ficar animado: — Vamos limpar eles?

Nick grunhiu em acordo, mas então acrescentou: — Não arruíne toda a maconha. Precisamos manter algumas como evidência. Prometi a minha fonte que colocaria aqueles caras na cadeia por vários anos.

Seu subordinado riu: — Então não tocaremos na maconha que ainda está no chão. Quanto ao resto…

Nick pensou por um momento: — Podemos fazer o que quisermos com o resto. Além disso, aquele bando deve ter uma bolada de dinheiro sujo após vender maconha ilegalmente por muito tempo. Essa é a chave.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar