Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 406

Visita dos Velhos Vizinhos, Perguntas sobre os Novos Vizinhos

O motivo era muito simples: foi porque os hábitos de vida de Luke e Selina eram diferentes.

Além disso, para impedir pessoas de espiar o quintal, e mais que isso, se proteger de snipers, Luke colocou uma parede de 1,8 metro de altura e instalou câmeras ocultas em esculturas na parede.

Dessa maneira, atiradores não podiam disparar na casa da rua e se ficassem muito tempo no quintal, seriam pegos pelas câmeras.

Estas precauções sem dúvidas eram para dois policiais.

Porém, Karen, que ficou muito entediada, disse ao marido que Luke construiu um muro porque estava escondendo algo.

Talvez estes dois estivessem fazendo metanfetamina ou até plantando maconha no porão.

Graças às câmeras de segurança, Luke descobriu esta Karen vagando muito perto de sua casa, então ele, também, a monitorou.

Foi fácil usar o coletor de som de longa distância para lidar com este casal, que não eram especialistas e Luke descobriu facilmente os pensamentos bizarros de Karen.

Conformado e achando graça. Luke convidou Jeff e Karen para um churrasco no quintal.

Após falar da desconfiada Karen que ele e Selina eram primos, esta designer de interiores, com atenção aos detalhes, finalmente perdeu a suspeita quando viu como a casa estava organizada.

Como uma mulher que se casou por anos e uma designer de interiores profissional, Karen sabia bem como se parecia o layout da vida diária de um casal.

Os itens pessoais de Luke e Selina foram separados, que quase chamou sua suspeita de novo.

Quando conversavam de trabalho, Luke falou para Jeff no privado: — Selina e eu temos trabalhos sensíveis. Sabe, se alguém espalhar pela vizinhança, podemos entrar em problemas.

Jeff não pôde deixar de olhar para sua esposa, Karen.

Luke sorriu: — Não, não acho que a Karen seja fofoqueira. Porém, ela pode manter segredo da Meg?

Jeff prontamente balançou a cabeça.

Meg era uma intrometida que queria saber de tudo. Era impossível Karen enfrentá-la.

Luke deu um tapinha no ombro de Jeff: — Dificilmente prático atividades em comunidade por causa da Meg. Odeio faladeiras assim. Como é vizinho de porta dela, acredito que entende.

Jeff parecia em conflito, mas ainda assentiu de acordo.

Apesar do bom temperamento, houve algumas vezes que realmente quis bater em Meg.

Após o churrasco, Jeff conversou com sua esposa e a dona de casa, finalmente parou com as teorias da conspiração sobre Luke e Selina.

Após ver a banheira de massagem luxuosa no quintal, Karen, como uma designer de interior profissional, entendeu por que Luke construiu um muro.

A maioria das pessoas escolheria aproveitar esta coisa boa pelados.

Era compreensível que Luke construísse um muro, já que se Meg os visse, com certeza diria a todos.

Selina comentou: — Em todo caso, Meg e seu marido se mudando é algo bom. O marido dela, Danny, não é um cara decente. Ele dá em cima de toda mulher que vê. Ele é um homem de meia-idade careca e gordo. O que ele tem para ser tão confiante?

Luke riu: — Você não saberá até tentar, certo? Considerando a aparência, você acha que as garotas lindas se jogarão nele?

Selina deu uma olhada para um certo alguém: — Verdade. Se você fosse um pouco mais bonito, as garotas sempre se jogariam em você.

Luke notou a expressão e assentiu calmo: — Dependo da minha força, entendeu? Porém, ser lindo é um dos meus pontos fortes, não posso negar.

Selina ficou sem palavras.

Eles conversaram no caminho de casa e continuaram com o treinamento à tarde.

Após um banho, Luke olhou para a casa de Jeff e dos novos vizinhos um pouco longe, pensativo.

Selina, que saiu do banho após um tempo, achou estranho: — Qual é o problema? Você ainda está pensando na mulher de vestido branco? Desista, ela tem marido.

Luke expressou impotente: — Tente lembrar de como os dois vizinhos se parecem de um ponto de vista profissional, okay?

Selina franziu a testa e pensou por um instante: — Nada se destaca tirando as pernas dela, não é? Talvez ela goste de esportes. Aquelas pernas musculosas não podem ser mantidas sem longo treinamento profissional. Porém, não são tão boas quanto as minhas.

Luke sorriu: — Isso mesmo, mas aqueles músculos são bons o bastante para a maioria dos movimentos táticos e combates, não acha?

Os olhos de Selina arregalaram: — Você está dizendo que eles são profissionais?

Por profissionais, ela estava se referindo a pessoas como eles — oficiais, soldados ou agentes.

Luke assentiu e ponderou por um momento: — Vamos ver o que o Jeff sabe dos novos vizinhos.

Como um homem de boa índole e um profissional de RH, além de sua esposa Karen e teorias da conspiração, Jeff conhecia mais que ninguém os vizinhos. Se não eles, era Meg e Danny, o casal problemático.

Selina assentiu: — Esta é a primeira vez que vamos visitar eles. Precisamos levar algum tipo de presente?

Luke respondeu: — Um pouco do seu bolo servirá. Vou pegar uma vasilha.

Selina hesitou: — Não podemos dar um artesanato ou algo assim? Seus modelos de arma servem, não acha?

— As gêmeas do Jeff ainda estão no ensino médio. Você acha apropriado dar modelos de arma? — Luke revirou os olhos.

Além disso, aqueles modelos eram produtos experimentais que Luke fez com as habilidades de Tony Stark. Era impossível ele dar elas.

— Tudo bem, vou compensar você com um enorme banquete no jantar, tá? — cedeu Luke.

— Feito. — A atitude de Selina mudou imediatamente.

Luke ficou sem palavras, sentindo que perdeu esta rodada.

Dez minutos depois, pressionaram a campainha de Jeff.

Um momento depois, houve um vago som de Karen divagando: — Ah, por favor, sentem-se. Muitos dos nossos vizinhos costumam nos visitar. Sintam-se em casa… ah, é vocês?

 Olhando para Karen, cuja boca estava arregalada, como se estivesse perplexa, Luke sorriu: — Boa tarde, Karen. Já faz muito tempo que não nos encontramos com Jeff. Espero que não estejamos interrompendo nada?


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar