Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 63

Um Ignorante de Filmes e Quadrinhos de Super-heróis

O sabor era aceitável com o molho de soja.

Ele despejou a comida da panela nas duas tigelas e porções iguais até estarem cheias.

Olhando para a comida, Selina ficou atordoada: — Bem… não parece gostoso.

Luke disse: — Isto é para você comer, não olhar. Se não quiser, vou guardar para o almoço. Você pode comer o sanduíche na geladeira.

Selina balançou a cabeça rapidamente: — Não; embora pareça terrível, o cheiro é ótimo. Eu quero.

Luke deu de ombros e colocou uma colher em uma das tigelas: — Esta tigela é sua.

Então, foi para a sala com a tigela de comida. Selina o seguiu com pressa.

Eles sentaram no sofá. Luke levantou a tigela, e de passagem, mudou para o canal de notícias na TV.

Selina, por outro lado, estava ocupada devorando a comida para assistir TV.

Na TV, vários apresentadores discutiam como a economia parecia promissora e o que era um grande investimento imobiliário.

Luke riu.

Alguns anos atrás, várias pessoas cuspiram sangue devido à imobiliária. Freddie Mac e Fannie Mae, as duas maiores companhias de hipoteca, quase foram a falência antes do governo federal assumir.

Ele mudou de canal. O apresentado falava rápido ao lado da imagem de um homem de bigode.

Por um instante, Luke ficou atordoado.

“Tony Stark logo se encontrará com várias corporações em Houston para discutir novos programas de desenvolvimento espacial…”

Luke achou engraçado. Como Tony Stark poderia estar interessado em tecnologia espacial? Os robôs de ferro não eram seu favorito?

Apesar de achar engraçado, ouviu as notícias com cuidado.

Não foi porque gostava do Tony Stark, ou porque pretendia ganhar o favor deste super magnata, mas porque Tony Stark era o melhor indicador.

Contanto que focasse nas notícias de Tony Stark, ele sabia quando a grande era chegaria.

Infelizmente, Luke não estava interessado em quadrinhos americanos em sua vida anterior. Ele não tinha visto muitos filmes de super-herói, mesmo durante os anos em que eram os mais populares.

Ao recordar, os únicos filmes da Marvel que assistiu eram Homem de Ferro 1, Vingadores 1 e Thor 1.

Ele nunca assistiu às sequências daqueles filmes.

Só havia assistido as primeiras séries de X-Men e Quarteto Fantástico.

Ele tinha visto outros filmes, tais como Motoqueiro Fantasma, Blade, Demolidor, Lanterna Verde e Deadpool, mas não tinha certeza se apareceriam neste mundo. Em todo caso, lembrava ainda menos daqueles filmes.

Era seguro dizer que Luke era ignorante quando se tratava de filmes e quadrinhos de super-heróis.

Luke lembrava que os filmes da Marvel começavam com Homem de Ferro 1.

Porém, não pretendia seguir a trama do filme, como vários de seus predecessores transmigradores fariam.

Um motivo simples: a presidente titular dos Estados Unidos era uma mulher latina, e o líder da China não era a pessoa da memória de Luke.

Várias coisas neste mundo eram iguais a como Luke lembrava, mas sempre haveria diferenças sutis quando se tratava dos detalhes.

Por exemplo, Luke investigou há muito tempo e descobriu que não havia Apple Inc. aqui.

Assim, seria impossível ficar rico ao comprar ações da Apple. Google existia, mas não como uma empresa monopolizadora; ao invés disso, um motor de busca chamado Easygo reivindicou 30% do mercado como grande competidor da Google.

Deveria ser possível fazer uma fortuna baseada em suas memórias sobre certos eventos da vida passada, só que também era possível que perderia todo o dinheiro.

Além disso, Luke também não tinha nenhum capital inicial.

Também foi um dos motivos pelo qual Luke permaneceu desconhecido com dezoito anos.

Além disso, este não era um mundo comum.

Se errasse, poderia estar se servindo para algum supervilão, se não a Hidra.

Assim, esteve se mantendo discreto até que o sistema ativasse.

Sua mente estava vagando quando Selina disse: — Luke, querido.

Luke olhou para ela, achando isto estranho: — Qual é o problema?

Nada de bom vinha sempre que Selina o chamava de “querido”, porque normalmente significava que tinha um favor a pedir.

Lambendo os lábios, os olhos de Selina estavam focados nas mãos de Luke: — Você não parece estar com muita fome, né? Pode me dar mais?

Luke foi pego de surpresa: — O quê?

Só então percebeu que Selina tinha terminado a tigela de comida.

— Você não… está cheia? — Luke respondeu com suspeita.

Com certeza havia sido uma grande tigela de comida. Ele havia calculado mal e feito arroz no vapor demais.

Selina tomou uma decisão difícil: — Só… Só mais um pouquinho. Está realmente delicioso.

Sem palavras, Luke só pôde entregar um pouco de sua comida: — Não se force. Farei mais para você mais tarde.

Selina assentiu rapidamente e pegou a colher de novo.

Luke comeu uma colher cheia e saboreou por um tempo: — Bem, é okay. Não sinto nada de especial.

Selina disse: — É mesmo? Acho que está muito delicioso.

Luke riu.

Ele tinha feito esta mistura ao misturar fatias de presunto, ervilhas, pedaços de cogumelo e cenoura, molho de soja, óleo e alho com arroz no vapor. O que tornou uma espécie de arroz mesclado.

Luke também fritou dois ovos na panela e os colocou nas tigelas no final.

O arroz estava levemente avermelhado, o que foi devido à cor do molho de soja e óleo misturados. Também foi por isso que Selina disse parecer terrível.

Um arroz mesclado nunca foi bonito em primeiro lugar. Fast food que era para pessoas preguiçosas.

Para pessoas ainda mais preguiçosas, eles nem precisavam fritar ingredientes, já que podiam ser fatiados e cozidos no vapor junto com o arroz.

Embora não fosse muito apetitoso, era saudável e conveniente.

Luke foi bem preguiçoso em sua vida passada, só que não gostava de comida de restaurante, então aprendeu a fazer refeições fáceis numa panela.

Basicamente, a comida diária que podia fazer com uma panela era o bastante para mantê-lo alimentado pela vida inteira.

Ele tinha sido ruim com facas em sua vida passada, então cozinhar levou um tempo.

Agora que tinha força e destreza alta, cortar os vegetais não era mais um problema. Levou menos de dez minutos para preparar uma panela de arroz mesclado.

Luke riu para a expressão satisfeita, mas amassada de Selina. Não seria muito trabalhoso fazer comida no futuro. Sua colega de quarto não era exigente.

Além disso, americanos também tinham sua própria comida frita e arroz mesclado; o arroz sujo deles era feito de pequenos pedaços de fígado de galinha.

Mas é claro, nem todos os americanos podiam fazer tal comida; muitas pessoas não comeriam ou fariam.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Aquele acima de tudo e todos
Membro
Aquele acima de tudo e todos
8 dias atrás

Quero ver o Hulk kkk, e a viúva negra também, aquela @#$#@#@

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar