Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 67

Ajuda, Sobrevivência e Dólar

Carol finalmente voltou aos sentidos após se banquetear como louca. Ela ficou envergonhada, mas não parou de mastigar. Alguns minutos depois, já estava na quarta barra de chocolate.

Luke fez chá-verde para si, o que comprou do supermercado.

Selina aproveitou seu Dr. Pepper e Carol tinha uma lata de energético.

Bebendo o chá, Luke perguntou: — Srta. Carol, o que traz você aqui?

Carol parou de comer e abaixou a cabeça: — Nada… na verdade, só queria agradecer pessoalmente.

Luke lembrou: — Mas o FBI está te perseguindo, você pode ser descoberta se vier procurar por mim. Não foi uma decisão sábia.

Carol hesitou: — Não… sei para onde posso ir.

Luke ficou em silêncio por um tempo. Após pensar muito, eventualmente decidiu: — Carol, provavelmente não teria acabado tão ruim se a equipe do FBI tivesse pego você ontem, só que você poderia acabar querendo se matar se tivesse sido o exército.

Carol exclamou e olhou para ele com suspeita.

Não planejando se explicar, Luke continuou: — Você é uma mutante, não é?

Carol rapidamente se levantou e recuou em posição defensiva.

Luke continuou com calma: — Não fique chocada. Foi apenas um palpite aleatório. Agora, vou fazer algumas perguntas e tem que respondê-las honestamente. Então, direi uma maneira de sair disto. Está bem com isso?

Carol hesitou por um momento, mas assentiu. Como uma garota comum, era impossível para ela lidar com uma situação dessas.

Luke apontou para o sofá: — Pode se sentar.

Carol sentou obedientemente.

Luke perguntou: — Na verdade, cuidamos do seu caso, então temos a informação básica de você. Pode me dizer por que foi atrás da gangue mexicana?

Carol rangeu os dentes: — Foram eles que tentaram me matar. Conheço a pessoa que me matou. Seu nome é Franco. Ele estava com o gerente.

Luke perguntou: — Por que ele matou você?

Carol respondeu: — Os peguei transportando drogas para o armazém dos fundos quando estava saindo do trabalho. Fiquei aterrorizada e fugi, mas me viram. Fiquei escondida por três dias. Então, Franco quebrou a porta do meu apartamento e me matou.

Selina achou estranho ouvir uma pessoa viva falar sobre como morreu.

Luke perguntou: — Por que foi ao armazém depois disso?

Carol disse: — Por vingança. Queria matar o Franco se pudesse encontrá-lo e queimar os produtos que ainda estavam lá.

Luke ficou atordoado pela vingança da mulher.

Até agora, a confissão de Carol se encaixava com a informação que tinha.

Contudo, Luke ainda averiguou: — Onde você encontrou a coragem para buscar vingança? Eles mataram você.

Após uma breve hesitação, Carol falou: — Não sei, mas percebi que meu corpo havia mudado depois que acordei. Eu fiquei forte e rápida.

Luke entendeu.

Embora Autocura só parecesse ser sobre a recuperação do corpo, Luka conhecia muitos outros mutantes que tinham tal habilidade.

Dentes de Sabre, Wolverine, Lady Letal e Deadpool eram todos especialistas em combate corpo a corpo.

Seria estranho se a habilidade de Autocura não melhorasse os atributos físicos de Carol.

O gene-X de Carol foi provavelmente despertado quando estava perto da morte, e lhe deu a habilidade de Autocura. Ela não estava familiarizada com a habilidade ainda, ou Luke não teria conseguido derrotá-la com tanta facilidade.

Mas é claro, seu desempenho atual já era muito bom.

Carol era uma jovem que pesava mais de quarenta quilos, entretanto, poderia saltar três metros com facilidade.

Luke assentiu: — Tudo bem, não tenho mais perguntas. Agora só há uma saída para você. Encontre a Escola Xavier para Jovens Superdotados em Winchester, Nova York e peça que o Professor X aceite você. Assim, você ficará segura.

Carol ficou atordoada: — Jovens?

Luke não pôde deixar de rir: — Eu li seu arquivo. É verdade que você tem 23 anos, só que ainda pode recorrer a eles porque acabou de despertar seu poder. Afinal, eles precisam de professores para ensinar os alunos. Todos na escola são mutantes. Ninguém vai desprezar você.

Carol achou difícil de acreditar: — Sério? Um lugar assim realmente existe?

Luke assentiu: — Seu único problema é chegar em segurança na Escola Xavier para Jovens Superdotados. Na verdade, é um segredo aberto para muitas organizações. Os agentes do FBI que tentaram pegar você tem muitas pessoas vigiando a escola o tempo todo.

Carol ficou imediatamente chateada.

Luke pensou por um momento e foi ao quarto. Logo, retornou com uma pilha de dinheiro.

Ele deu o dinheiro a Carol e falou: — Aqui tem oitocentos dólares. Pegue o dinheiro e escolha estradas que não tem câmeras de segurança. Não entre em cidades grandes caso haja vigilância. Também, após chegar em Nova York, você não deve se aproximar da Escola Xavier para Jovens Superdotados descuidadamente. Minha sugestão é que observe de longe até alguns mutantes mais poderosos da escola saírem. Então, você pode pedir ajuda deles. O Professor X se chama Charles. Ele é… supostamente um careca numa cadeira de rodas agora. Tempestade é uma jovem de cabelo branco, Ciclope é um jovem usando óculos especiais, e Fênix Negra é outra jovem.

Selina e Carol ficaram perplexas.

Um momento depois, Selina perguntou: — Por que… Por que sabe tanto? Você é…

Luke balançou a cabeça: — Não sou um mutante, mas não esqueça do Robert.

Selina foi iluminada: — Oh, Robert conhece tantas pessoas. Você descobriu por ele?

Luke sorriu e disse a Carol, que ainda estava atordoada: — Lembre-se, furtividade é o mais importante. Você deve saber como o FBI é astuto. Você não poderá fugir de novo se te pegarem.

Olhando para o dinheiro em mãos, Carol finalmente perguntou: — Por que… Por que está me ajudando?

Ela subconscientemente deu uma olhada de soslaio para Selina.

Selina era uma latina linda e uma policial. Ela era sexy e esperta.

Carol, em comparação, era apenas uma garota comum. Em termos de apelo físico, estava pelo menos um nível abaixo de Selina.

Luke não podia estar a ajudando porque era bonita.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Aquele acima de tudo e todos
Membro
Aquele acima de tudo e todos
10 dias atrás

Luke não ignora buraco, feio ou bonito, buraco é buraco.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar