Estamos testando algumas plataformas de anuncios, caso notem links suspeitos e direcionando forçadamente para páginas indesejadas nos avise através do formulário de contato.

Super God Gene – Capítulo 622

O Osso do Guardião da Montanha

Dong~ Dong~ Dong~

Uma lança caiu, uma espada foi derrubada e uma adaga quebrou.

Tirano, Inveja dos Céus e Gata Preguiçosa perderam suas armas. Com rostos pálidos, eles agora olhavam para o Han Sen imóvel com olhos de surpresa e ressentimento.

Apesar do esforço combinado, ainda perderam a batalha. A aptidão física do Han Sen era tão forte que ele nem parecia humano, foi isso o que pensaram. Sua destreza e proficiência em todos os aspectos do combate estavam no auge do que acreditavam que uma pessoa poderia alcançar.

Cada habilidade de espada que Han Sen usava era furiosa, ardendo com um poder inimaginável. Nenhum dos três conseguiu resistir à barragem de ataques dele.

Eles não podiam retaliar com uma exibição de poder de nível semelhante ao dele.

Os olhos da Gata Preguiçosa pareciam perdidos e desprovidos de esperança, percebendo agora por que a Rainha queria tão desesperadamente que Han Sen se juntasse. Seu poder era aterrorizante e nenhum deles era páreo.

Os olhos de Inveja dos Céus estavam perplexos. Agora percebeu que uma pessoa como Han Sen estava em outro patamar e que foram tolos em tentar competir com ele. Mas, ainda assim, não podia aceitar que a Rainha os estava abandonando por alguém que era praticamente um estranho.

— Vamos! — Tirano não disse mais nada antes de se virar para abandonar a luta que ele instigou. Quem sabia que emoções agora devastavam seu coração?

Tirano nunca teria pensado que Han Sen, a pessoa que desprezou, realmente possuía um talento tão fantástico. E não foi apenas ele que perdeu para Han Sen, foram os três, todos em um esforço combinado.

Observando os três saírem, ele embainhou sua espada, então se virou e olhou para um matagal de árvores. Em seguida, gritou: — Você pode sair agora!

A sombra esbelta da Rainha apareceu detrás de uma árvore antiga. Ela se aproximou dele e sussurrou: — Obrigada.

— Pelo quê? — Han Sen perguntou com um sorriso. Claro, ele já sabia a resposta que ela estava agradecendo por poupar a vida dos atacantes.

A Rainha não respondeu, apenas olhou na direção, por onde seus três ex-companheiros saíram, e suspirou.

Era raro Han Sen ver essa mulher com um humor tão abatido. A probabilidade de vê-la em tal estado era muito menor do que vê-la sorrindo. Até pensou que não tinha nada neste mundo que a levasse a franzir a testa, mas lá estava ela, até mesmo suspirando.

— Montanha Pilar Celestial? Vamos. — As emoções da Rainha congelaram mais uma vez.

— Você vai mesmo deixar eles irem assim? — Han Sen realmente queria entender o que a Rainha estava pensando.

— Só preciso de pessoas que sejam úteis para a minha causa. Se um dia eu descobrir que você é inútil para mim, vou te abandonar sem hesitação — a Rainha começou a andar na frente e disse sem olhar para trás — O mesmo se aplica a você. Se eu for inútil para você, então me largue.

‘O que atormenta o coração dessa mulher?’ Han Sen não pôde deixar de suspirar, quando viu a silhueta arredia da Rainha avançando na frente.

Han Sen tinha muitas perguntas martelando na sua mente, mas decidiu não perguntar. Foi exatamente como a Rainha disse; ela precisava do poder dele e ele precisava do dela, o que tinha que ser o suficiente.

Matar uma Super Criatura sozinho seria muito difícil. Até mesmo uma pessoa como Han Sen teve que considerar cooperar com os outros, e o mesmo era verdade para os evoluídos de elite como a Rainha.

A montanha Pilar Celestial parecia um teto triangular em sua estrutura e formação. Era difícil reconhecer como uma montanha de longe, pois se assemelhava a algum pilar sagrado que amarrava o mundo e o céu. Esse semblante se tornou seu apelido.

Quando chegaram ao sopé da montanha, a Rainha olhou para Han Sen com preocupação e disse: — A montanha Pilar Celestial pertence à família Chen. Se encontrar alguém deles, tenha cuidado com Chen Ran em particular.

— Ele é poderoso? — Han Sen conheceu duas pessoas da família Chen antes; Chen Zi Chen e Zhu Ting. Sempre desejou aprender a habilidade especial “Sete Sinuosidades” deles, mas nunca conseguiu.

Mesmo que Zhu Ting tivesse aprendido, ele manteve sua boca fechada sobre a prática dela, mesmo sendo um filho bastardo.

— Chen Ran desbloqueou seu bloqueio genético faz oitenta anos. — a Rainha só falou isso e depois ficou em silêncio.

Han Sen sabia o quão assustador Chen Ran era, apenas por ouvir seu nome. A história deste mundo só remonta há mais de cem anos. Se desbloqueou seu bloqueio genético há 80 anos, então tinha que ser uma das elites antigas. Para ter sido capaz de treinar com seu bloqueio genético desbloqueado por oitenta anos, quem poderia imaginar quais poderes insanos alguém assim poderia ter aprendido?

Mesmo que não tivesse desbloqueado totalmente o primeiro bloqueio genético, a quantidade de tempo que teve para praticar era muito maior do que a de qualquer Evoluído.

Alguém como a Rainha alertar sobre essa pessoa era um testemunho de suas habilidades.

Han Sen pensou que a montanha Pilar Celestial era enorme, de modo que era quase impossível determinar um caminho ideal para cima. Portanto, escolheu uma trilha aleatória e começou a caminhar. Também acreditava que a presença deles passaria despercebida se subissem a montanha de tal maneira, só que estava errado, pois, pouco depois de começarem sua caminhada, um grupo de pessoas se aproximou deles.

O líder do grupo tinha cabelos grisalhos, mas parecia alguém nos quarenta por causa do rosto. Han Sen não conseguiu ver nenhuma ruga, e o corpo dele parecia musculoso e bem treinado. Além disso, equipava uma armadura prateada e estava montado em um tigre que tinha três metros de altura, parecendo um genuíno “fodão”.

— Vocês aí, que escolheram ascender a esta gloriosa montanha Pilar Celestial, digam-me; por que não se apresentaram? Nossa hospitalidade não conhece não tem limites. — Chen Ran parou diante da Rainha, liderando umas cem pessoas.

— Nós só viemos aqui para caçar alguns Falcões Celestiais. Não queríamos incomodar — a Rainha disse educadamente em resposta.

— Você fala como se fosse uma desconhecida. A família Chen e a família Huangfu têm um relacionamento que se estende por muitas gerações. Você faz parte da família Huangfu, então é uma parente minha, queira ou não. Não é nenhum incômodo — Chen Ran sorriu e disse: — Os Falcões Celestiais da sua peregrinação residem no topo desta montanha, e é uma campanha tentadora alcançá-los. Peço que permita que eu e meus velhos companheiros acompanhem.

— Claro — concordou a Rainha. Chen Ran ordenou para muitos dos seguidores permanecerem no sopé. Ele reuniu dez ao seu lado, e, com eles, a Rainha e Han Sen retomaram à escalada.

Han Sen sabia que não era para sua própria segurança que Chen Ran estava disposto a acompanhá-los; tinha medo que tentassem matar as Super Criaturas que moravam lá.

No entanto, não tinha problema com isso, porque não queria matar a Super Criatura, de modo que não foi contra a companhia deles. Com eles liderando o caminho, seria uma jornada muito mais segura até o cume.

Dos dez que seguiam Chen Ran, dois desbloquearam o bloqueio genético, só que não pertencia à família Chen. Afinal, o Segundo Santuário de Deus era um lugar grande. Mesmo que a família Chen fosse grande, as chances de permanecerem todos juntos em uma área eram mínimas.

Han Sen ergueu a cabeça, mas não conseguiu ver o cume da montanha, pois o topo estava enterrado nas nuvens. Ele imaginou que a montanha se assemelhava a um dragão longo e esbelto que alcançava o céu.

‘Ainda bem que não trouxe a raposa prateada. Se Chen Ran não encontrasse nenhuma criatura pelo caminho, sem dúvidas ficaria com suspeita da gente.’

Han Sen veio aqui para caçar, então não podia trazer a raposa prateada. Assim, deixou-a no Abrigo da Areia Branca em um quarto que havia alugado para ela ficar esperando.

A montanha Pilar Celestial tinha facilmente uns 2-3 quilômetros de altura. E agora notaram que estava andando por um jardim de ossos, que não eram nada comuns, pois eram gigantes. Cada um tinha facilmente algumas dezenas de metros de comprimento. Parecia que vieram de criaturas poderosíssimas, representando resquícios do poder da era antiga do mundo. Podiam ser ossos, que perderam a carne há muito tempo, mas ainda dava uma angústia só de ver.

— As lendas dizem que estes ossos pertenciam à criatura que uma vez protegeu esta montanha. Quando reinou com supremacia este lugar, ninguém ousou se aproximar por mil metros — explicou Chen Ran.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar