The Book Eating Magician – Capítulo 143

Arquipélago Pirata #3

Jack olhou para o Theo com surpresa.

– “O-O governante?”

A reação do garoto foi boa para sua idade, mas hoje ele não teve sorte. Randolph e o Theodore leram a falsidade na voz do Jack.

Na história real, o herói de guerra, Alfred Bellontes, foi registrado como uma pessoa implacável quando se tratava de interrogar prisioneiros. Theodore herdou a experiência de um homem desses, então seus olhos viram que o Jack estava escondendo alguma coisa.

No entanto, era cedo demais para assustar a cobra na moita.

– “A pergunta é assim tão surpreendente? Esse lugar é como um vilarejo, então por que não teria um chefe? Eu não acho que os piratas teriam uma democracia.”

Foi por isso que o Theodore deu um passo atrás. O guia era apenas um garoto. A quantidade de informações que podiam ser obtidas através de meios forçados era limitada. Era melhor reunir pistas da história do que empurrar forçadamente.

– “Oh, então é isso que você quer dizer.”

– “É a minha primeira visita, então eu tenho muito a perguntar. Eu vou te dar isso se você me responder.” Enquanto o Theo falava, ele pegou 10 moedas de ouro, fazendo os olhos do Jack brilharem.

As preocupações do Jack não duraram muito tempo. Este era o Arquipélago Pirata, uma ilha de foras da lei que ignorava a lei e a ética. Neste lugar, o mais importante era o poder. Aqueles que tinham mais poder, seja por violência ou dinheiro, teriam a vantagem. A gorjeta de 10 moedas de ouro era absolutamente fascinante para um garoto que nasceu e cresceu no Arquipélago Pirata.

Os lábios do Jack se separaram lentamente, – “…Eu deveria te contar?”

Como se estivesse segurando uma informação importante, Jack demonstrou uma expressão exagerada e olhou em volta.

Theodore assentiu. Então o garoto começou a sussurrar, – “Existem algumas pessoas na ilha que se comportam como se fossem reis. Primeiro, você não foi guiado por alguns navios piratas quando chegou a esta ilha?”

– “Sim.”

– “Você viu um homem que só tem um olho, usando acessórios feitos de crânios humanos?”

Assim que o Theo ouviu a descrição dos ornamentos feitos de crânios e do tapa-olho, uma cena passou por sua mente. O homem que conversou com o capitão do navio de passageiros se encaixava nessa descrição. Jack notou sua expressão e assentiu.

– “Capitão Virtus, é assim que as pessoas chamam ele.”

Jack parecia empolgado com a história enquanto continuava em um tom animado. De acordo com o garoto, havia quatro pessoas nesta ilha que tinham autoridade total. Além do capitão que trouxe os visitantes, a ilha era dividida em três zonas. Os lábios do garoto se moviam rapidamente, percebendo o cheiro de dinheiro.

A Abelha-Rainha do Distrito da Luz Vermelha, “Rainha” Maeve.

O Padrinho do Casino, “Sapo de Ouro” Todd.

O Grande Gastador de Bens Roubados, “Ladrão” Lupian.

Cada um deles era responsável por um dos eixos do Arquipélago Pirata. Eles dividiram completamente seus papéis e áreas para não entrarem em conflito uns com os outros. Era uma estrutura razoavelmente ordenada para uma zona sem lei. Bem, se essa ordem não existisse, a ilha de criminosos já teria entrado em colapso.

– “Interessante.” Theodore sussurrou antes de jogar uma moeda de ouro. – “Mas isso não é tudo, é?”

– “Hã?”

– “Mesmo que as pessoas que você descreveu estejam em equilíbrio, essa é apenas a história atual. Seria estranho se não tivesse acontecido alguns conflitos quando as quatro organizações estavam sendo estabelecidas.” Enquanto brincava com o restante das moedas entre os dedos, Theodore encontrou os olhos gananciosos do Jack. – “Será que não tem alguém acima dessas quatro pessoas?”

Theo finalmente chegou ao ponto principal. Ele investiu cerca de 30 minutos ouvindo uma história inútil por esse motivo.

A história dos quatro criminosos era boa, mas não era o que ele precisava. Desde o início, Theodore se perguntava sobre a identidade da pessoa que criou uma barreira ao redor das ilhas e criou o paraíso dos criminosos.

– “I-I-Isso…” Jack seguiu as moedas de ouro com as pupilas antes de fechar os olhos. Talvez ele não soubesse nada, ou talvez fosse incapaz de falar. – “E-Eu não sei.”

Só chegou até esse ponto? Theodore estava prestes a guardar as moedas de ouro com um coração arrependido, quando…

– “M-Mas! Eu vou te contar tudo o que eu sei!” Jack chamou meia batida depois, em uma tentativa desesperada de parar a mão do Theodore.


– “Uma moeda de ouro para um quarto individual e duas por um quarto duplo por dia. Se for um quarto especial, é cobrado uma moeda de ouro extra.”

O taberneiro olhou para os dois com uma expressão gananciosa enquanto esfregava as palmas das mãos.

Era algumas vezes mais caro do que as acomodações em terra, mas este era o preço listado para o Arquipélago Pirata. De qualquer forma, não era assim tão caro para os visitantes da ilha. As sobrancelhas do Randolph se contraíram por causa do preço absurdo, mas o Theodore entregou as moedas de ouro sem objeções.

Os dois conseguiram dois quartos, onde ficariam nos próximos 10 dias. Randolph tirou sua armadura pesada no quarto e falou primeiro, – “Então, Jovem Mestre, o que você fará agora?”

– “Eu não tenho certeza.” Theodore sorriu ironicamente pela pergunta e se sentou na cama.

Pode ter custado 10 moedas de ouro, mas as informações que ele recebeu do Jack valeram o custo. Ele não sabia sobre o Jack, mas tanto o Theodore quanto o Randolph acharam que o investimento valeu a pena. Havia uma lenda que as quatro zonas e os governantes do Arquipélago Pirata compartilhavam.

– “É um problema se realmente existir um “deus do mar”.”

Deus do mar… Se uma igreja ouvisse isso, Theodore poderia ser acusado de blasfêmia.

Jack nunca esteve lá, mas a ilha no centro do Arquipélago Pirata parecia ter um templo dedicado ao deus do mar. No final, não passava de um boato que flutuava por aí. No entanto, os dois sentiram algo.

O deus do mar era o verdadeiro governante dessa ilha.

‘Se o deus do mar criou aquele nevoeiro… não podemos nos dar ao luxo de ir contra ele.’

Theodore encontrou vários mestres no passado, então não era difícil perceber. Havia apenas um pouco de poder no nevoeiro, mas todo o corpo dele ficou arrepiado.

O deus do mar tinha controle sobre o mar. Quanto à força que ele tinha, o Theodore atual não podia nem imaginar. Era uma habilidade exatamente oposta à de um mago, que produzia resultados de forma eficiente. Este era um poder ilimitado que podia distorcer a realidade.

– “…É apenas um palpite, mas eu não acho que o adversário seja humano.”

Um humano com tal poder não o usaria de formas tão primitivas. Apenas o nevoeiro que cobria o Arquipélago Pirata já excedia a magia de um mago experiente. Theodore não era um mago comum, mas ele não suportaria metade disso.

A fim de manter o nevoeiro tão naturalmente como respirar, um mínimo de oito círculos seria necessário.

Randolph aceitou a suposição do Theo sem questionar. – “Eu também acho. Eu já vi algumas das Sete Espadas do Império à distância, mas a presença nesta ilha é de uma categoria totalmente diferente.”

– “Toda a ilha parece ser o seu reino, então as condições ambientais são desvantajosas para nós. Não é algo que possamos enfrentar, mesmo se combinarmos nossos poderes.”

– “Certo. Então, o que vamos fazer?”

Theodore encolheu os ombros. Eles não vieram aqui com a tremenda missão de subjugar o Arquipélago Pirata. Foi apenas uma coincidência, já que eles estavam fugindo da Companhia Orcus. Não havia razão para agir de forma imprudente contra um adversário que não estava sendo hostil.

– “Nossa prioridade principal é nos esconder da Companhia Orcus. Eu não acho que eles possam nos perseguir até o Arquipélago Pirata. Bem, qualquer um que nos perseguir será bloqueado pelo nevoeiro.”

Se ele olhasse de forma diferente, esta ilha era uma fortaleza. Nenhuma pessoa não convidada podia vagar pelo nevoeiro, por isso não havia necessidade de revelar sua identidade. A presença do ser que governava a ilha era assustadora para um inimigo, mas era reconfortante para os que estavam escondidos.

– “É uma escolha racional. Eu compreendo.”

Claro, Randolph podia ficar tentado a chamar a escolha do Theo de covarde. No entanto, Randolph era um mercenário, não um cavaleiro.

Em vez de arriscar sua vida em uma batalha sem sentido, ele recuaria e esperaria. No caso do Lich Ancião, não se sabia se havia uma saída, então não fazia sentido apostar. Ele não tinha um hobby de rastejar em direção à morte.

Os dois terminaram a consulta e entraram em seus quartos.

Theodore, cuja mente estava bem ocupada, começou a respirar calmamente. A escolha de lutar contra o deus do mar foi descartada, então o que ele deveria fazer com esse tempo?

‘Meu objetivo de escapar das mãos da Companhia Orcus foi alcançado.’

Pelo menos enquanto eles ficassem no Arquipélago Pirata. Também levaria algum tempo para o próximo navio de cruzeiro chegar. Com base na explicação do Jack, o navio de cruzeiro permanecia por cerca de 10 a 14 dias antes de partir para o destino original. Theodore pensou no que poderia fazer durante esse intervalo.

– “Gula.”

Esta era uma oportunidade para descobrir mais sobre a função “Transmissão”.

– Chamou? Como sempre, a voz veio do buraco na palma esquerda do Theo.

– “Da última vez você falou sobre a Transmissão.”

– Hum.

– “Você disse que é diferente do que eu passei com o Alfred e que há um processo. Assimilar a alma gradualmente, ou algo assim.”

Gula só mencionou isso rapidamente, mas a memória extraordinária do Theodore lembrava de tudo o que aconteceu naquele dia, sem perder um único detalhe. No final, Gula respondeu à pergunta.

– Sim, isso mesmo.

– “Me ensine a usar a Transmissão. Esta é uma pergunta relacionada às suas funções, então não conta como uma pergunta e resposta.”

– …Certo.

Theodore ouviu atentamente enquanto reprimia interiormente sua alegria.

– Primeiro, “Transmissão” é a minha função de 4º estágio. Ela foi projetada como um meio de usar a função “Sobrescrever” com mais eficiência. Se a alma do autor estiver carregada, você pode usar essa habilidade para absorver a alma.

Ele sabia sobre isso. Após usar a Transmissão no Alfred, Theodore sofreu uma dor terrível quando a alma foi absorvida. Se o Superbia não tivesse atacado, seu ego poderia ter entrado em colapso e ele poderia ter morrido. A fusão de almas era um ato perigoso e instável.

No entanto, de acordo com o Gula, originalmente não era assim.

– Como você já experimentou antes, misturar as almas diretamente é bem arriscado. Portanto, há um processo separado na Transmissão.

– “Processo?”

– Sim. Esse processo é chamado de Missão.

Enquanto o Theodore rolava a palavra “Missão” em sua boca, Gula continuou explicando.

– O portador pode conversar com os autores dos livros originais consumidos e absorver o fragmento da alma resolvendo os desejos que eles deixaram para trás.

– “…Em outras palavras, fazer algo por eles?”

– Isso mesmo. Se você quiser, você pode perguntar seus desejos agora mesmo, chamando o “Lee Yoonsung” ou o “Satomer”. Quem você quer chamar primeiro? Gula perguntou.

Theodore respondeu, – “O autor do livro Canção de Batalha, Lee Yoonsung.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar