The Book Eating Magician – Capítulo 281

Vingança #5

Os zumbis eram basicamente corpos apodrecendo em movimento. Eles haviam perdido a imagem dos humanos e se moviam de quatro como bestas. Suas almas foram arrancadas com força de seus corpos e transformadas em banshees.

A multidão de mortos-vivos emergiu da escuridão do Castelo de Dofrun. Esta era a área mais famosa da magia negra, os resquícios da morte feitos da necromancia.

– “Bruxos? Por que eles estão aqui…?”

– “Esses desgraçados são como baratas!”

As reações dos magos confusos variaram. Alguns ficaram perplexos e outros indignados. No entanto, havia uma coisa em comum — ninguém deu boas-vindas ao aparecimento de um bruxo.

A Sociedade Mágica declarou a magia negra como maligna.

As pessoas que não estavam familiarizadas com esse tipo de magia pensavam que eram apenas atributos diferentes, mas a magia normal e a magia negra não tinham nada em comum, exceto seus fundamentos. Ambas eram propriedade exclusiva dos humanos e exerciam o poder com base nos círculos. Mas essa era a única interseção da magia autêntica e da magia negra.

Para resumir brevemente, a magia negra era o poder de negar o mundo. A marca que simbolizava a magia negra era o pentagrama reverso, e os bruxos eram divididos em cinco facções.

Uma facção era da necromancia, um feitiço que quebrava o círculo da vida e da morte. Outra era a magia de dominação que fazia o corpo e a alma se submeterem. Também havia uma facção que invocava forças de fora do mundo. Além disso, havia os bruxos chronos e aqueles que adoravam os demônios.

Essas facções compunham os cinco cantos do pentagrama reverso. Dentre essas facções, a necromancia era a que causava o maior número de vítimas. Necromantes seriam alvos de todo o continente se descobertos.

Qualquer pessoa que visse a devastação do Castelo de Dofrun pensaria que essa decisão era válida.

– “Eles estão vindo!” O grito foi o sinal para que a cortina da matança se erguesse.

Kieeeeeeek-! Eram gritos terríveis! O grito de uma banshee era uma arma acústica que sacudia a própria alma. Os magos sabiam disso e prepararam magia à prova de som, mas isso não era possível para os Cavaleiros das Sombras.

Compreensivelmente, as primeiras vítimas apareceram no acampamento de Andras.

– “Aaaaack!

Houve gritos enquanto as unhas compridas de um carniçal eram enfiadas na rachadura de um elmo. Os olhos de um cavaleiro foram perfurados profundamente. Simultaneamente, o veneno das unhas do carniçal queimou rapidamente os nervos ópticos do cavaleiro.

O Cavaleiro das Sombras quebrado caiu no chão.

– “Mantenham a vigilância! Circulem a aura por todo o corpo! Caso contrário, vocês serão afetados por aquele grito!”

– “Troquem para magia de proteção! Mantenham uma postura defensiva enquanto vocês recuam!”

No entanto, o povo do Reino de Andras não era tolo. Eles usaram a única vítima como referência e se concentraram em proteger suas tropas, em vez de se preocupar com Meltor. Era claramente o julgamento correto, e os Cavaleiros das Sombras seguiram fielmente o comando.

Os mortos-vivos tratavam todos os seres vivos como alvos, então o pessoal de Meltor também seria atacado. A unidade de Meltor chegou à mesma conclusão e esperou. Eles esperavam que as mortes horríveis viessem correndo na direção deles.

Logo depois, chegou o momento. Os dentes amarelos dos zumbis, as unhas venenosas dos carniçais e os gritos das banshees…

No entanto, havia algo de errado com a cena, pois todos os mortos-vivos seguiam em uma direção.

– “…Hã?”

Alguém expressou os sentimentos de todos.

– “O-O quê, esses bastardos!”

– “Não entre em pânico! Não deixe sua respiração ser perturbada!”

– “Por que eles estão vindo apenas em nossa direção?!”

Os mortos-vivos se aglomeraram na direção de onde os cavaleiros de Andras estavam.

Havia alguns mortos-vivos na área perto do pessoal de Meltor, mas não se compara ao número em torno dos Cavaleiros das Sombras. De certa forma, era uma grande oportunidade. No entanto, Meltor sofreu com a situação insondável e não conseguia se mover.

‘Por que os mortos-vivos estão nos deixando em paz?’

‘Por que eles não estão nos atacando?’

Os magos de guerra entraram em pânico com esta cena bizarra enquanto os elfos ficaram em espera. Os líderes dos grupos de Meltor e de Andras também ficaram confusos.

– “Não, por que isso aconteceu tão de repente?”

Os mortos-vivos apareceram de repente no meio da cidade e estavam atacando apenas o lado de Andras? Ninguém teria previsto isso, mesmo se os melhores estrategistas do continente fossem reunidos.

No final, Zest desistiu de entender. Theodore achou a situação ridícula, embora o beneficiasse. Ele não tinha um bom relacionamento com os bruxos, então por que eles ajudariam a ele e a Meltor?

‘…Eu não sei.’

Não havia evidências suficientes para chegar a uma conclusão. Theodore se preocupou com a situação e olhou em volta.

Sua unidade recebeu uma grande vantagem com a adição dos mortos-vivos. Ele não sabia o motivo daquilo estar acontecendo, mas estava claro que eles estavam se beneficiando com isso. Se dezenas de Cavaleiros das Sombras e os sacerdotes que os protegiam fossem mortos, o propósito do Theodore em Dofrun estaria concluído.

Apesar disso, Theodore não gostava desta opção.

‘Eu não sei as intenções deste bruxo, e é arriscado ficar aqui.’

Ele não podia julgar a situação como se fosse uma ajuda. Theodore focou no ainda perturbado Zest enquanto pensava no necromante escondido em algum lugar da cidade.

No entanto, alguém se moveu antes do Zest e do Theodore.

– “Essas pessoas! Vocês são os mensageiros que chamaram esses demônios!” O Cardeal Antonio, um homem idoso que veio do Reino de Lairon, no extremo norte, gritou com uma voz rouca e rosto pálido. – “Sacrificar pessoas boas para usar o poder dos demônios! Eu sou a semente do céu que vai castigá-los! Se vocês se arrependerem agora e me derem suas vidas, vocês só queimarão no fogo do purgatório por meio dia!”

– “…Com licença, Cardeal, mas qual é a base dos seus latidos?”

– “É uma revelação do Deus Lairon!”

– “É apenas bobagem.”

Theodore e Zest se esqueceram de lutar, enquanto ouviam as palavras do Antonio e trocavam olhares sutis. Não estava claro se eles deveriam continuar lutando. A concentração deles foi dispersa à força por aquela perturbação, e eles não puderam reunir seus poderes novamente graças à atmosfera. Theodore e Zest estavam em um empasse.

Então, naquele momento…

– “O quê?!”

– “Isso…?”

Theodore e Zest, uma batida depois do Cardeal Antonio, olharam na mesma direção com expressões de surpresa. No telhado de uma mansão perto de onde as duas pessoas estavam lutando, um cavaleiro negro estava de pé. Ele tinha uma presença feroz e sobrenatural. Theodore havia sentido essa sensação de vazio antes no julgamento por duelo.

‘Cavaleiro da morte…!’

Era um cavaleiro de nível mestre que ganhou vida pela magia da morte!

As habilidades físicas do cavaleiro da morte foram ampliadas várias vezes. Ele não sentia dor e sua durabilidade estava próxima da imortalidade. Randolph foi o vencedor na batalha anterior, mas isso aconteceu porque o cavaleiro da morte não foi capaz de exercer todos os seus poderes naquele momento.

Este cavaleiro da morte que apareceu no meio entre o Theodore e o Zest não estava sujeito a quaisquer restrições.

– “…Grrr… grr…” Ele não conseguia falar. O cavaleiro da morte fez sons estranhos enquanto segurava uma espada nas mãos.

Wuuuong…!

Uma aura de cor cinza surgiu da lâmina. Era uma cor que humanos vivos não possuíam. Não podia exercer uma Habilidade de Aura, mas a aura de um cavaleiro da morte continha o poder da morte que diminuía a vida. A lâmina era uma espada da morte que desgastava a carne e os ossos.

Se o Zest permitisse que um ataque do cavaleiro da morte passasse por ele, seria fatal.

– “Merda. Você realmente não tem nada a ver com essa situação, Garoto?”

A intenção de matar da criatura foi totalmente dirigida ao Zest. Theodore percebeu isso e tomou uma decisão.

‘Certo, eu tomei uma decisão.’

As três lâminas de fogo atrás de suas costas foram apontadas em direções diferentes enquanto liberavam uma quantidade enorme de poder mágico. Uma foi apontada para o Zest e a outra para o cardeal estúpido. E a que sobrou…

– “Vá.”

As espadas de fogo dispararam como meteoros pelo céu noturno.

―――――――――――――!!!

Theodore viu no momento em que o céu e a terra brilharam.

‘De fato, o poder de ataque é superior.’

Zest não ficou nada surpreso e concentrou o poder espacial para cortar a lâmina. O espaço vazio diante dele bloqueou a espada flamejante e logo explodiu. Era o “corte espacial” definitivo, uma força que cortava o próprio espaço para criar uma nova seção.

Podia ser o corte espacial do Zest, mas no momento foi usado para o benefício do Theodore.

– “…Bem, isso foi inesperado.”

O surpreendente foi que o Antonio conseguiu lidar com o ataque, apesar de ele parecer incompetente.

Os Raios Dourados eram o poder simbólico da Igreja de Lairon, um poder recebido do deus do sol. Assim que alguém atingia o estágio de cardeal, o poder atingia um nível comparável ao de uma grande magia. E isso não parecia ser um exagero.

A Lâmina Infernal foi bloqueada. As roupas brancas do Antonio estavam enegrecidas e ele xingou loucamente, – “E-Esses malditos! Eu vou matar todos esses fantoches dos demônios!”

O motivo era simples.

– “Para ousar atacar um filho de Lairon! Este é um pecado que não pode ser perdoado, mesmo se a pessoa for morta milhares de vezes!”

A terceira Lâmina Infernal foi destinada aos sacerdotes por trás dos Cavaleiros das Sombras.

A proteção deles foi interrompida temporariamente pelo ataque dos mortos-vivos, então essa magia causou uma catástrofe. Os padres seniores e alguns candidatos a cardeais foram transformados em cinzas, deixando apenas alguns sobreviventes.

Até mesmo a lendária magia da ressurreição não poderia revivê-los. Houve vários sobreviventes porque eles usaram o poder divino para criar um escudo no meio. Em qualquer caso, o objetivo de sua unidade foi alcançado.

‘Eu não acho que eles podem nos perseguir nesta bagunça.’

Theodore pensou sobre isso e olhou em volta. Os membros da unidade tinham confiança em seus olhos, como se eles pudessem pular para o campo de batalha imediatamente. Era uma situação em que os cavaleiros certamente seriam aniquilados pelos mortos-vivos enquanto o grupo de sacerdotes quase desabou, reduzindo muito a duração do combate.

Theodore levantou a voz e comandou os membros da unidade, – “Todos os membros, recuem do castelo o mais rápido possível!”

A decisão do Theodore foi firme, apesar dos magos de guerra terem se preparado para atacar. A unidade destacada de Meltor recuou do Castelo de Dofrun, que se tornou uma bagunça.


– “…Hum, ninguém nos perseguiu. Como esperado.” Theodore disse, olhando para o castelo, enquanto chegavam ao túnel que haviam cavado.

‘É terrível, mas eu não posso negar que é eficaz.’

Podia ser considerado o ponto mais terrível da necromancia.

Ele não sabia sobre os necromantes de baixo nível, mas um necromante de alto nível podia usar os mortos-vivos para espalhar uma infecção. Um humano que foi mordido por um zumbi também se tornaria um zumbi, enquanto uma alma retirada por uma banshee se transformaria em um espírito maligno e se tornaria outra banshee. Claro, havia um limite para o contágio. No entanto, não faltavam alvos em uma terra de sangue e morte.

Se a espada do Zest estivesse livre, ele teria suprimido os mortos-vivos imediatamente. O problema era que não era possível.

– “O cavaleiro da morte é um grande oponente.”

A escolha do Theodore de bater e correr também foi porque o cavaleiro da morte havia aparecido. Ele podia ameaçar e segurar o Zest.

Uma operação utilizando a necromancia só seria possível se o Theodore fosse superior ao Zest. O poder do oponente provavelmente seria demais, então foi melhor para o Theodore recuar após um ganho modesto.

O inimigo de um inimigo era um amigo? Esse ditado não servia para a situação atual. Ele provavelmente seria apunhalado pelas costas. Como dizia um ditado oriental, era natural se defender e nunca dar as costas para ninguém.

Theodore estava entrando no túnel por último quando suas sobrancelhas se contraíram.

– “Theo, você não vem?” Restavam apenas duas pessoas, então a Sylvia falou com o Theodore em um tom confortável.

Theodore respondeu com um sorriso, – “Vá primeiro. Eu quero tomar um pouco de ar.”

Sylvia olhou para ele com uma expressão estranha. – “Sim, entendido. Mas tem certeza de que você vai ficar bem? Este é o território de Andras, então mais pessoas podem aparecer.”

– “Eu vou te seguir em 10 minutos. Até lá, saia com os outros.”

– “Certo, eu confiarei em você.”

Sylvia finalmente entrou no túnel. Seu cabelo prateado desapareceu na escuridão e o Theodore parou por um momento.

A revanche contra a Segunda Espada do Império, Zest Speitem…

Eles não chegaram no ápice do confronto, mas o suspense e a empolgação não foram muito diferentes da luta anterior. A balança da vida e da morte podia se inclinar para qualquer lado durante uma batalha. Agora aquele calor quente esfriou…

– “…De fato.” Theodore disse como se já soubesse, – “Eu senti seu olhar quando saí do castelo. Eu não senti nenhuma hostilidade, então imaginei que precisávamos conversar.”

Ele se virou, falando com a pessoa atrás dele. Theodore esperava ver um bruxo horrível. O símbolo do mal descritos nos livros de histórias…

Qual era a aparência do mal que queria causar o fim do mundo?

– “—O quê?” Theodore caiu em silêncio.

Ele estava enfrentando uma mulher com cabelos brancos como a neve. Enquanto o Theodore permanecia em silêncio, a mulher prostrada no chão levantou a cabeça. – “Eu sinceramente o parabenizo.”

O rosto lindo estava molhado de lágrimas. Se ele tivesse que compará-la com flores, ela seria um lírio. Com as roupas brancas, a pele branca e as gotas de água que caíam de seus olhos claros…

Ela parecia genuinamente satisfeita e não estava escondendo sua alegria.

A Cavaleira Branca Hipatia cumprimentou educadamente seu rei, – “Eu — a cavaleira branca, Hipatia — cumprimento o Rei Jerem, rei do fim.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar