The Book Eating Magician – Capítulo 319

Aquele que Herda, Aquele que Age por Baixo dos Panos #2

Como sempre, a mesma janela de informações apareceu na mente do Theodore.

< Teorias mais Profundas Sobre os Elementais. >

< Este livro vai além da teoria dos quatro elementais, dando um esboço dos elementais da realeza e dos elementais antigos. Explica a diferença entre um deus e um elemental, bem como as mudanças que ocorrem em um elemental com uma divindade. O autor, Myrdal, escreveu esse livro apenas para um leitor. Você é o único que pode acessar esses dados.

* A classe desse livro de feitiço é Única.

* Condições de Aquisição: Contratante de um elemental antigo.

* Quando consumido, a magia elemental “Genuína” será aprendida.

* Quando consumido, sua compreensão dos elementais aumentará ao máximo.

* Essa é a cópia original que foi escrita diretamente pelo autor. Quando consumida, você poderá ler a mensagem deixada pelo autor. >

As sobrancelhas do Theodore se ergueram quando ele viu a última frase. Este era um livro que foi escrito apenas para um leitor…

Além disso, declarou sem rodeios que a condição de aquisição era que a pessoa precisava ser “contratante de um elemental antigo”. No passado, o Sábio Myrdal previu verdadeiramente a existência do Theodore. Foi há centenas de anos, talvez até mais. O fato de o Theodore não ter conhecido a Titania anteriormente também podia ser devido ao arranjo do Myrdal.

‘Eu não fui prejudicado. Mas… será que eu posso confiar no Myrdal Herseim, que é uma existência não identificada?’

Um grande mago de um século anterior e mais conhecido como o invocador de um rei elemental… “Myrdal Herseim” era um nome que o Theodore só havia descoberto em um livro didático há 10 anos. Theodore pensou que era apenas uma coincidência quando ele encontrou o livro original depois de conhecer o Gula na Academia Bergen e que ele simplesmente teve a sorte de assinar um contrato com um elemental antigo.

No entanto, e se essa sorte fosse a intenção de outra pessoa? Apesar dos resultados beneficiarem o Theodore, ele não pôde deixar de se sentir chateado, considerando que suas escolhas e esforços pareciam ser um jogo de marionetes. Sentindo a necessidade de falar com o Myrdal novamente, Theodore abriu o livro. Então ele franziu a testa em menos de 10 segundos.

– “…O quê? Esse livro?”

Foi escrito na língua oficial do continente. O resumo dos parágrafos era excelente, e a explicação do conteúdo era concisa. Isso mostrava que o conhecimento do autor era excelente. O problema era que o conteúdo tinha um grau de dificuldade absurdo.

‘Droga, vai demorar mais do que um dia ou dois. Está em um nível de teoria que eu terei que estudar por meses ou até anos antes de poder consumi-lo.’

Olhando para a Sociedade Mágica como um todo, era raro encontrar um mago que soubesse mais do que o Theodore sobre elementais. No entanto, ele não conseguia se lembrar de nada depois de ler o livro uma vez. Felizmente, havia certa sobreposição com o Livro das Fadas. Caso contrário, ele nem conseguiria passar de algumas páginas.

No entanto, quando o Theodore pensou nisso, ele percebeu que era natural. Afinal, os elementos antigos eram fragmentos de deuses. Significava que um mago com oito círculos ainda não era o suficiente para lidar totalmente com esse poder.

‘Transcendental.’

Um usuário de aura devia se tornar um grão-mestre ou um mago devia ter nove círculos antes que pudesse alcançar o reino dos deuses. Theodore podia possuir várias divindades e a experiência da Mitra se tornando uma deusa novamente por um curto período de tempo, mas ainda estava longe de entender a natureza desse poder. Isso era o que significava desafiar a compreensão do livro “Teorias mais Profundas Sobre os Elementais”.

– “Sim, eu vou aceitar.”

De qualquer forma, Titania não havia feito nada de errado ao entregar o livro. Theodore colocou o livro antigo em seu inventário e decidiu se concentrar na prioridade principal. O livro que o Myrdal deixou para trás se tornou uma variável inesperada. Mas, a primeira coisa que o Theodore precisava fazer era defender a árvore do mundo e parar os desejos do Jerem.

– “Então eu vou começar com uma descrição das áreas.” A elfa superior olhou para a grande floresta estendida abaixo e apontou um dedo. – “O Sul será a vanguarda. A área próxima ao Planalto Vermelho é vazia. No entanto, os ents e as dríades coexistem mais adentro. A força das duas espécies é grande quando estão juntas e monstros grandes não entram nessa área.”

– “Os ents e as dríades… São as espécies que mais recebem da árvore do mundo. Eles certamente serão de grande ajuda.”

– “Isso mesmo. A cooperação deles é indispensável na construção das linhas de defesa.”

Os ents e as dríades não conseguiram desempenhar um grande papel contra o Laevateinn por causa do incêndio. No entanto, eles cresceram na Grande Floresta e eram duas ou três vezes mais fortes do que outras espécies da região. A casca de um ent era difícil de arranhar mesmo com machados de aço, enquanto as dríades exerciam força sobre os elementais em sua área. Além disso, centenas de ents podiam reverter as condições ambientais do campo de batalha.

– “Em seguida é o Oeste. Você também os conheceu antes. É a área sob o controle do clã das bestas. Francamente, é difícil esperar muita ajuda deles.”

– “Eu também pensei o mesmo…” Theodore sorriu ironicamente pelas palavras da Titania. Ele derrotou o chefe de um clã com um soco, então não havia necessidade de pensar que os outros seriam mais fortes. Havia a possibilidade de ter poder em números, mas isso não era uma vantagem contra um necromante. Em vez disso, seria correto evacuá-los para a retaguarda para evitar que se tornassem servos do inimigo.

– “Além do Norte, que está permanentemente congelado, a última área que resta é o Leste. Os habitantes dessa área são animais selvagens e criaturas. A escala e poder deles não são grandes, mas não podemos descartar a possibilidade de eles caírem em mãos inimigas.”

– “Os mortos-vivos… Não podemos permitir que as criaturas se juntem a eles. É melhor que o clã das bestas lide com a floresta oriental.”

O clã das bestas não ajudaria muito depois que a guerra em grande escala começasse, mas isso não significava que eles eram inúteis. Seria significativo se eles ajudassem a reduzir os problemas no Leste. Havia a necessidade de discutir estratégias mais detalhadas. No entanto, Theodore pensou nas medidas primárias e abriu a boca, – “Titania, por onde é melhor começar?”

– “O Sul.”

Theodore queria perguntar a opinião dela, mas ficou surpreso que a resposta fosse mais firme do que o esperado. – “Por quê?”

– “É porque a Cerimônia de Evergreens está terminando. A cerimônia ocorre com a cooperação dos ents e das dríades.” Titania explicou o motivo sem hesitação. – “Eu não sei sobre as dríades, mas a hierarquia dos ents é vaga. Não há chefe, e muitas vezes eles não seguem comandos. É melhor contar a história quando muitos deles estiverem reunidos em um só lugar.”

– “Certo, vamos para o sul.”

– “Decisão rápida, muito bom.”

Quase ao mesmo tempo, os dois pularam da árvore do mundo. A roupa de pele branca e a túnica vermelha tremulavam como bandeiras enquanto eles voavam por quilômetros. Os dois correram rapidamente para a floresta ao sul, e abaixo deles havia a visão espetacular de um mar de árvores.

‘Hã?’ Naquele momento, Theodore se lembrou de algo. ‘O local onde a Cerimônia de Evergreens está ocorrendo. Significa que a Ellenoa…’

Vendo a Titania descer ao chão, Theodore baixou o corpo reflexivamente. Duas “bandeiras” coloridas podiam ser vistas através das árvores densas, e elas pousaram em um espaço aberto. Então ele ficou cara a cara com a pessoa que ele havia pensado apenas alguns segundos atrás.

– “…Theodore?” Os olhos da Ellenoa se arregalaram enquanto ela falava surpresa. O que ela pensou? O rosto dela ficou vermelho depois que ela viu o Theodore. Se a Alisa não tivesse intervindo, os dois poderiam ter se encarado por um longo tempo.

– “Eh, você finalmente decidiu levar nossa fofinha?” Com uma grande risada, uma elfa superior que não chegava nem na altura do peito do Theodore se aproximou.

Alisa e Ellenoa eram as elfas superiores que tinham acabado de terminar a Cerimônia de Evergreens.


– “Ahahaha! Então, vocês estão viajando juntos?” A elfo superior Alisa ouviu a situação e riu como de costume. Ao contrário de sua aparência infantil, ela era a segunda mais velha em Elvenheim. Alisa estava viva há muito tempo, desde antes de a Ellenoa nascer algumas décadas atrás, então ela tinha bem mais experiência.

Alisa olhou para os dois com olhos brincalhões antes de perguntar a Titania, – “Titania, você consegue?”

– “…Acredite em mim.”

– “Sim, se você diz. Bem, vai ficar tudo bem, já que temos esse bonitão. Seria perfeito se virasse uma aventura amorosa!”

– “A-Alisa!” Ellenoa ficou nervosa e a Alisa apenas deu uma risadinha.

Então ela apontou para trás enquanto perguntava ao Theodore, – “A propósito, você já pensou em uma maneira de convencê-los? Os ents não aceitam nossas ordens. Não teremos chance se os ents não ajudarem, mesmo se persuadirmos as dríades. Você sabe disso, não?”

– “Sim, estou ciente.”

As dríades eram fadas que viviam em árvores. Mesmo que quisessem seguir os comandos, as dríades não poderiam ser separadas de suas árvores e não poderiam se mover se os ents não se movessem. Os ents eram uma espécie que não seguia as ordens dos elfos superiores e cuja hierarquia não era clara. Titania também se perguntou como eles conseguiriam a cooperação dos ents.

– “Pessoal, não fiquem muito surpresos.” Theodore falou algumas palavras de cautela e ativou seu poder mágico.

Talvez devido à proximidade com a árvore do mundo, a Mitra respondeu imediatamente ao chamado do Theodore, absorvendo toda o mana do solo e criando um corpo. Seu cabelo estava trançado para trás, e o botão de flor em sua cabeça estava brilhando de forma impressionante.

Hoing! Mitra! >

Ela parecia uma criança de 10 anos, mas as três elfas superiores ficaram tensas quando viram a essência da criança — a árvore do mundo, Yggdrasil. Elas sentiram o poder da árvore gigante que sustentava toda a vida na Grande Floresta, a árvore que os elfos chamavam de árvore-mãe. Antes que qualquer um deles pudesse abrir a boca, algo aconteceu.

— Ohh… oh… ohhhh…!

— …Rei…! Bem-vindo… rei.

— Curvar…! Me… curvar!

Kung kung. Sons magníficos de passos estavam se aproximando. Os ents reagiram no momento em que a Mitra apareceu. A reação foi maior do que o esperado, talvez porque ela tivesse crescido desde a última vez. Eles caíram de joelhos e não levantaram a cabeça. Seus galhos quebraram, mas os ents não se importaram. O governante de toda a vegetação, a personificação da árvore do mundo Yggdrasil, era um deus vivo para os ents.

– “…”

– “…”

– “…”

As nobres e belas elfas superiores ficaram impressionadas.

H-Hoing! Theo? Eu… O que eu digo? > Mitra estava confusa.

Theodore pensou por um momento antes de dar uma resposta — todas as comunicações começavam com saudações. Mitra dançou antes de colocar as duas mãos na cintura e gritar, < Prazer em conhecê-los—! >

Por quê…? Este encontro seria uma pedra angular na grande batalha pelo futuro do mundo material. No entanto, Theodore não pôde deixar de enxergar aquilo como uma peça para uma escola do fundamental. Ele riu e acariciou a cabeça da Mitra. Este espetáculo ridículo era o início da defesa da árvore do mundo.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar