The Book Eating Magician – Capítulo 328

A Noite que Engoliu o Sol #4

– “Hræsvelgr!” Theodore gritou depois de descobrir a identidade do pássaro gigante.

‘Eu ouvi dizer que ele era uma grande criatura sagrada, mas… ele não é grande demais?’

Hræsvelgr era grande o suficiente para cobrir dezenas de quilômetros e permitir que todos no campo de batalha o vissem.

Uma de suas penas podia cobrir quatro ou cinco pessoas, e havia a ilusão de que o mundo inteiro ficava branco toda vez que ele batia as asas. Seus olhos não podiam nem ser medidos. Seria devido ao tamanho enorme que a perspectiva do Theodore parecia estranha? O próprio Hræsvelgr era um corpo transcendental com um poder enorme.

Humm. > Pouco depois disso, Hræsvelgr, que era branco da cabeça às penas da cauda, ergueu lentamente as pálpebras. Tendo sido invocado em frente à árvore do mundo, Hræsvelgr olhou ao redor do campo de batalha sem dizer nada até se virar para a parte do céu onde o Theodore e o Jerem estavam. Havia sinais de um inimigo que jamais poderia ser esquecido.

Lagarto arrogante e ganancioso, você ainda deseja a árvore do mundo? > A voz do Hræsvelgr advertiu em um tom seco, espalhando-se por todos os cantos do campo de batalha.

Alguém disse uma vez que o som era vibração.

A voz de Hræsvelgr não desviava desse conceito. As vibrações da criatura gigante fluíram pelo céu e pelo solo sem perder um único pedaço de poder. Todos ouviram sua voz, independentemente dos limites entre os vivos e os mortos.

Quando o Jerem ouviu a voz do Hræsvelgr, ele inconscientemente previu o pior desenvolvimento. O rei demônio de Náströnd, o dragão arrogante, não podia deixar essa provocação passar.

< —Hræsvelgr, é você! > Sem surpresa, Nídhöggur rugiu e revelou seu corpo. Até o momento, ele havia permanecido na posição de espectador para preservar seu poder. No entanto, agora o Nídhöggur teria que enfrentar o Hræsvelgr. < Você está me bloqueando de novo! Você não aprendeu nada com a Era da Mitologia! Nós temos as mesmas origens e não ganharemos nada se nos enfrentarmos! >

É por isso que você não entende, rei demônio de Náströnd. >

Desde tempos imemoriais, o bem e o mal se enfrentaram. Hræsvelgr era uma criatura sagrada do lado do bem, enquanto o Nídhöggur era um dragão do lado do mal.

A batalha pela árvore do mundo durante a Era da Mitologia foi uma extensão dessa longa luta. Acontece que os dois seres tinham o mesmo hábito de engolir cadáveres. No entanto, ao contrário do Nídhöggur, que gostava do ato de tortura, Hræsvelgr tinha como objetivo enriquecer o solo.

Hræsvelgr olhou para o chão e abriu suas asas com um suspiro pesado. < Hoje, eu posso acabar comendo demais. >

Nídhöggur mostrou seus dentes feios. < Bom. Eu não vou deixar passar esta chance se você estiver saindo! >

Estas eram existências da Era da Mitologia! À medida que a águia branca e o dragão negro espalhavam suas presenças, aqueles imprensados no meio foram forçados a sentir a pressão. Aqueles que não tinham mentes e corpos adequadamente treinados desmaiaram, enquanto os mortos-vivos que não puderam se proteger foram destruídos.

Era uma presença difícil de suportar, mesmo quando eles estavam apenas olhando um para o outro.

…Eu preciso mudar de lugar. > Hræsvelgr falou enquanto batia suas duas asas.

Kuoooooh!

Ele era tão grande que as nuvens se desfizeram com apenas um leve movimento, enquanto o fluxo atmosférico se retorcia em um vórtice. Como foi registrado nas lendas, não era impossível para o Hræsvelgr causar um furacão com um único bater de asas. Hræsvelgr disparou enquanto os mortais olhavam para ele com admiração.

Então ele olhou para o chão e perguntou: < Suas asas são apenas enfeites, Nídhöggur? >

Hah, me provocando? > Nídhöggur sabia das intenções de seu oponente.

Nídhöggur podia tratar os mortais como vermes, mas o Hræsvelgr respeitava a vida. Esta área seria transformada em ruínas se fosse pega na luta entre dois transcendentais, então o Hræsvelgr voou para o céu distante para evitar isso.

No entanto, Nídhöggur apenas riu loucamente e abriu suas asas. < Um rei não recusa desafios. Eu aceito esta provocação! >

Simultaneamente, os corpos enormes dos dois transcendentais ignoraram as leis da física e voaram para o céu. Seus corpos eram reais, mas ao mesmo tempo irreais. Os dois monstros que não podiam ser compreendidos pelos mortais do mundo material excederam instantaneamente a velocidade do som em dezenas de vezes.

Estava em uma velocidade absurda que não era afetada pela resistência e gravidade! Eles passaram pela atmosfera e pela estratosfera antes de parar.

Hum, esse lugar vai servir. > Hræsvelgr comentou. Não tinha como evitar se os mortais fossem afetados pela batalha mesmo com eles estando tão alto. Então ele olhou para o inimigo diante dele e disse: < Vamos começar. >

Acha mesmo que esse lugar vai servir, Hræsvelgr? >

Hã? >

Hræsvelgr inclinou a cabeça e o Nídhöggur moveu sua língua venenosa. Uma mordida do Nídhöggur e até mesmo uma criatura sagrada morreria.

Então morra! >

Nos arredores das estrelas, os dois transcendentais começaram sua batalha.

*     *     *

―――――――――――――!

Era uma visão ridícula. Theodore suava ansiosamente enquanto olhava para o céu distante. Era uma visão semelhante à aurora que podia ser vista no país nevado do Norte. No entanto, aos olhos de Theodore, era mais assustador do que o inferno.

‘O-O céu está sendo dilacerado. Estes são os poderes incompletos do Nídhöggur e do Hræsvelgr?’

A luta não estava a uma distância que pudesse ser vista com os olhos, mas um mago podia deduzir o epicentro do comprimento de onda do mana.

Segundo os cálculos do Theodore, os dois transcendentais estavam a cerca de 1000 quilômetros de distância. O poder podia passar por algumas cidades, talvez alguns reinos. Calor, vento e pressão… As forças que vieram da luta entre o Nídhöggur e o Hræsvelgr ultrapassaram o alcance de 1000 quilômetros!

Se o Hræsvelgr não tivesse se movido, Elvenheim teria sido destruído pela luta entre os dois.

– “…Eu tenho que me preocupar com o meu lado.”

No momento não era hora de pensar na luta entre os transcendentais. Theodore olhou para a frente, onde o Jerem parecia um pouco diferente de antes.

‘Hum?’ Havia algo estranho. Theodore sentiu um desconforto sutil e abriu os olhos espirituais. Então o Theodore pôde ver a razão de seu desconforto.

‘O poder do Jerem diminuiu? Por quê?’

A quantidade de mana e presença vinda do Jerem diminuiu consideravelmente. Se antes o Theodore estava no limite, então agora valia a pena lutar. No entanto, Theodore não agiu de forma imprudente e passou um momento especulando sobre o motivo. Havia uma chance de que esse enfraquecimento pudesse ser uma armadilha.

– É por causa do Nídhöggur. Disse de repente o Gula silencioso.

‘É mesmo?’

– Sim. Ao contrário do Hræsvelgr, que é sustentado pela Grande Floresta, a árvore do mundo e os quatro elfos superiores, Jerem está dando suporte ao Nídhöggur sozinho. O fardo não é leve, mesmo que ele tenha oferecido sacrifícios valiosos.

Theodore aceitou a explicação. Se o Nídhöggur pudesse se mover livremente, não haveria razão para o Jerem se arrastar nessa batalha chata. Era um grande fardo para o Jerem, então ele não faria nada para acelerar o consumo de poder.

Nesse caso, essa situação era uma grande chance para o Theodore. – “…Eu vou tentar algo.”

Jerem notou a mudança tardiamente, mas não havia ninguém na época atual que pudesse vencer o Theodore se tratando de velocidade. O raio disparou antes que o Jerem pudesse lançar um feitiço.

Pajijik.

Havia várias lanças no estado relâmpago. Magia dupla, tripla, quádrupla… Era inacreditável que um único mago pudesse lançar aquele número enorme de ataques mágicos preenchendo o ar.

Vórtice de Raio, Inferno, Mãos Apodrecidas e Espinho das Sombras…

Adicionando a magia recém-aprendida, oito ataques foram concluídos em questão de segundos e direcionados para o Jerem.

Kwarururung!

O corpo do Jerem voou em direção ao chão. Ele reduziu o impacto com magia de defesa, mas a magia de defesa foi destruída. Theodore não era alguém que perderia uma abertura dessas. – “Gula, abra o Hall da Fama!”

– Escolha a alma que deseja chamar.

– “Heathcliff!” Theodore invocou rapidamente uma alma e exerceu seus direitos.

A alma do Heathcliff foi chamada. >

Você escolheu usar a Supercélula do alvo de nome Heathcliff. A classificação é C++. Ajustado à potência máxima. 3000 pontos de conquista foram consumidos. >

Defina o ponto alvo. >

Era a magia que tornou o Mestre da Torre Branca Heathcliff famoso. Theodore podia não ser capaz de usá-la sozinho, mas podia pegar emprestado sua força usando o Hall da Fama. Ele definiu o ponto alvo para o Jerem que estava caindo, e poder subiu da boca na mão esquerda do Theodore. Era a magia que ele pegou emprestado do Hall da Fama — Supercélula!

Nuvens de relâmpago de repente varreram a terra. O lugar onde o Jerem caiu estava no meio do exército de mortos-vivos, então não havia chance de os aliados do Theodore serem pegos no meio do ataque. Era uma tempestade criada artificialmente. Em alguns segundos, um trovão mais forte que uma magia do 6º Círculo emergiu das nuvens. As gotas de água caindo fizeram com que o trovão tivesse uma destruição ainda mais eficiente. Uma tempestade de trovões caiu em todas as direções. Foi o momento em que um feitiço que podia lidar com dezenas de milhares de soldados foi acionado para derrotar apenas um necromante.

– “…Não, levante—!”

Mesmo assim, o adversário era o Jerem. Ele podia não ser capaz de exercer o poder do 9º Círculo, mas o Jerem rapidamente encontrou uma brecha nas nuvens e quebrou a tempestade com a escuridão. Era a prova de que sua compreensão no campo da magia era ridiculamente alta. Se o Jerem não fosse um bruxo e inimigo, Theodore o admiraria bastante.

‘Mas…’ Theodore sorriu quando viu o Jerem esfarrapado e os ossos enegrecidos.

Jerem certamente enfraqueceu, considerando que um ataque surpresa conseguiu feri-lo. Nídhöggur estava ocupado com o Hræsvelgr e não podia mais protegê-lo. Enquanto isso, Theodore ainda tinha forças e meios para lutar.

– “Gula.”

– Sim.

– “Chame o Abe no Seimei. Use Proteção Contra Maldições e Proteção Contra os Caídos.”

– Entendido.

A alma do Abe no Seimei foi chamada. >

“Proteção Contra Maldições” do Abe no Seimei foi selecionada. A classificação é B. Theodore Miller foi escolhido para ser protegido. Qualquer magia de maldição do 8º Círculo ou abaixo será completamente bloqueada. A duração é de 10 minutos e 6000 pontos de conquista foram consumidos. >

“Proteção Contra os Caídos” do Abe no Seimei foi selecionada. A classificação é C+. Theodore Miller foi escolhido como o alvo. O alvo recebe o poder de causar mais dano a todo o mal. A duração é de 10 minutos e 4500 pontos de conquista foram consumidos. >

Abe no Seimei foi um dos maiores xamãs que já existiram, assim como uma barreira de ferro contra os maus espíritos. Poderia ser diferente se o Jerem estivesse em um estado perfeito, mas agora ele não podia usar nenhuma magia de maldição do 9º Círculo. Além disso, havia a Proteção Contra os Caídos. Jerem morreria se o Theodore usasse o Calibre da Alma contra ele neste estado.

‘É um pouco decepcionante, mas não vale a pena economizar os pontos.’

Se o Theodore somasse os 13500 pontos consumidos por Lendo os Mistérios dos Céus, então ele gastou 37500 pontos no Jerem. Mas ele não teria tantos pontos se o Gula não tivesse engolido os mortos-vivos dentro do Tártaro do Jerem. Nesse caso, Theodore não teria conseguido lutar contra o Jerem.

Em certo sentido, isso podia ser chamado de situação causada pela causalidade.

– “Você ainda tem truques…” Jerem sentiu o poder vindo do corpo do Theodore e olhou para ele com uma expressão miserável. Theodore não deu nenhuma explicação ou razão. Ele simplesmente deu um passo à frente enquanto segurava o Calibre da Alma na mão direita e uma Lança de Relâmpago na mão esquerda.

Era hora de acabar com essa luta inútil.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar