The World After the End – Capítulo 33

Homem Morto (8)

“O que é esse cara?!”

O comandante tentou puxar a espada, mas ela nem se mexeu. Ele era um homem poderoso que quase havia chegado ao quinto estágio. Mas o homem parou o ataque dele com as próprias mãos. Mesmo que o ataque não contivesse Poder Espiritual, não havia ninguém que pudesse bloqueá-lo com as mãos.

“O [Decreto] não funciona nele?”

Ele havia vivido nessa fortaleza por cem anos, mas nunca tinha visto isso acontecer antes, um homem que não é afetado pelo [Decreto] e que pode bloquear o ataque dele com as mãos. Quem quer que fosse, provavelmente era poderoso.

— Não sei quem você é, mas não deve me impedir de cumprir meu dever. Estamos apenas tentando impedir que um grande desastre aconteça.

— Desastre?

Jaehwan zombou:

— Não acho que matar Carlton vai resolver o problema. Seu trabalho não é encontrar a razão por trás disso, ao invés de matá-lo?

Ele estava certo. O comandante sabia o que tinha acontecido. Um grupo do Clã Céu Dourado havia feito alguma coisa e corrompido o espírito de Carlton. Parecia que ele havia entrado na fumaça para salvar os civis, mas e daí? Os criminosos tinham fugido e não havia provas. E Carlton ia se tornar um Homem Morto.

— Só estou trabalhando para cumprir a lei.

— A lei. Sim.

Jaehwan usou a [Suspeita] e examinou o inventário de Carlton.

“Está com ele.”

Jaehwan estendeu a mão e pegou um livro. Era um livro de leis.

— Deixe-me ver… Lei especial, Capítulo 1 parágrafo 4… Uma vez que o nível de corrupção do indivíduo atinja 95% e comece a se transformar, ele ou ela será morto imediatamente. É essa?

— Sim.

— Então se Carlton não se tornar um Homem Morto, ele terá salvação?

Jaehwan perguntou ao tirar um chifre escuro e preto de sua mochila dimensional.

— Acho que isso serve.

Um dos médicos reconheceu o chifre na hora.

— Um chifre de Garnak!

O comandante tinha ouvido que alguém havia trazido o chifre de uma besta de cinco chifres, mas não sabia que esse homem era o dono.

— Podemos ter uma chance!

Os médicos concordaram e o comandante embainhou a espada. O homem estava certo. Se Carlton não se tornasse um Homem Morto, ele não precisava ser morto. Entretanto, os médicos não pareciam muito animados.

— Mas há um problema…

Os medicamentos mais vendidos geralmente eram de bestas de três chifres, porque era difícil encontrar alguém que pudesse processar um chifre de uma besta maior que isso. O único que poderia fazer isso era Meikal, o vice-chefe da <Queda do Crepúsculo>. Mas era tarde demais para chamar o vice-chefe e eles não sabiam se o orgulhoso ferreiro iria concordar em fazer remédios com suas habilidades. No entanto, os médicos ficaram surpresos mais uma vez.

— Não é suficiente?

O chifre foi esmagado e transformado em pó por Jaehwan. Os médicos presentes tremeram ao pegar o pó. Eles não sabiam o valor desse medicamento. O pó processado foi sugado pelo respirador e distribuído para Carlton e Minora. À medida que o pó do chifre era consumido, o nível de corrupção parou de aumentar e ficou estável. Não purificou a corrupção, mas impediu a transformação.

De repente, o médico que cuidava de Minora gritou:

— N-Não está funcionando!

O nível de corrupção começou a aumentar de novo.

— Não está parando. A vitalidade dela está muito baixa também…

Um médico rapidamente mediu o nível de corrupção de Minora.

AVISO! O NÍVEL DE CORRUPÇÃO EXCEDEU 95%. A TRANSFORMAÇÃO VAI COMEÇAR!

Os médicos ficaram assustados.

— Era tarde demais.

Quando a corrupção passava de 95%, não havia medicamento que pudesse pará-la. O comandante tentou desembainhar a espada novamente, mas Claire gritou:

— Chunghuh, chame o Chunghuh! Ele pode usar a “Retaliação de Homem Morto”! Isso nos dará uma chance!

— Está falando do Médico do Desespero?

Um dos médicos franziu a testa.

Chunghuh, o Médico do Desespero.

Todos os médicos sabiam o nome dele. Ele era o único médico que podia salvar alguém que tivesse começado a se transformar. A habilidade única dele, “Retaliação de Homem Morto”, permitia que ele parasse a transformação.

Jaehwan ouviu os médicos sussurrando uns para os outros.

[Mas, o que essa habilidade “Retaliação de Homem Morto” faz?]

[É o que o Médico do Desespero usa. Ouvi que ela corta a própria corrupção.]

[Como isso é possível?]

Claire falou:

— Sim! O Médico a conhece! Ele com certeza vai ajudar!

— O médico está na parte de dentro da fortaleza. Ele não vai sair por causa disso.

— “Por causa disso”, você disse?!

Claire ficou irritada e tentou falar, mas o comandante a interrompeu,

— Saiam do caminho.

A energia poderosa dele fez Claire e todos os médicos caírem de joelhos enquanto gritavam. O comandante mediu o nível de corrupção de Minora e disse para Jaehwan:

— Não posso ficar parado dessa vez. Você deveria se afastar também.

Jaehwan puxou sua espada e o ar ficou tenso. Em seguida Jaehwan se virou.

— Eu vou matá-la. Ela me pediu.

O comandante recuou. Os médicos se afastaram enquanto Claire mordia os lábios e observava Jaehwan. James ficou pálido e alguns guardas desviaram o olhar. Jaehwan olhou para a mulher deitada na maca. Sem sua habilidade de máscara, seu rosto estava pálido, mas ainda bonito. Ela foi a primeira humana que Jaehwan conheceu depois que veio para o <Caos>.

O nome dela era Minora.

Era um nome que ele nunca havia chamado. Ele não sabia muito sobre ela. Não sabia o que ela tinha feito, e por que ela tinha a mente tão fraca pelo fato de ser uma assassina. No entanto, ele não queria saber. Ele ergueu a espada. Viu uma linha imaginária que mostrava a morte de Minora. Só era mostrada quando os sentidos dele alcançavam o limite. Se ele seguisse a linha, isso significaria morte instantânea. Isso era o melhor que ele podia fazer por ela agora.

Entretanto, naquele momento, a área começou a mudar.

“O quê?

Tudo, com exceção de Minora e Jaehwan, ficou branco. Jaehwan usou a [Suspeita] e seus sentidos aumentaram. Ele havia sentido algo parecido quando encontrou a Succubus no 66º andar da Torre.

“É uma alucinação.”

Jaehwan olhou em volta enquanto usava a [Suspeita]. Não havia ninguém além de Minora deitada. Jaehwan segurou sua espada com força, pensando em rasgar o espaço. De repente, ele ficou surpreso. Havia um velho sentado ao lado de Minora.

[Ora, ora… Pequena Mino. O que aconteceu com você?]

Era um velho vestido com roupas escuras e com um chapéu redondo e comprido. Parecia que o velho não havia notado Jaehwan.

[Pobre garota… Deixe-me ajudar você.]

O velho então apertou as bochechas de Minora de um lado para o outro, antes de abrir um sorriso satisfeito. Jaehwan olhou para ele em silêncio. Depois de um tempo, o velho notou Jaehwan e se virou para ele em estado de choque.

— HHHAA! Quem é você?!

Ele ficou vermelho como um homem pego roubando e tossiu.

— V-Você, jovem, tem um espírito muito nobre. Como chegou aqui?

Jaehwan não respondeu e usou a [Suspeita], mas não funcionou. Muitas teorias passaram pela cabeça dele. Era um homem que apareceu de repente enquanto observava um espírito corrompido.

“Ele é o motivo da corrupção?”

O homem também passou a sensação de um Homem Morto. Jaehwan então se lembrou dos sussurros entre os médicos.

“Retaliação de Homem Morto, né?”

A mulher poderia viver se esse velho fosse morto. O velho continuou falando:

— Mas por que o nobre espírito está doido para lutar assim… Como uma criança de cinco anos…

A espada de Jaehwan se moveu.

— O-O quê?

O velho arregalou os olhos em choque e gritou:

— Você, jovem, deve aprender uma lição!

Em seguida, um brilhante ataque de espada iluminou o local. Com o choque, Jaehwan foi forçado a recuar um passo, e o velho cambaleou três passos para trás. Jaehwan ficou surpreso.

“Ele bloqueou meu ataque?”

Foi a primeira vez que sua [Estocada Leve] foi bloqueada. Havia casos em que alguém desviava ou não morria, mas ninguém conseguia bloqueá-la. Entretanto, isso não era a única coisa.

Foi uma “Retaliação” que o homem usou para bloquear a estocada.

O velho falou em voz baixa:

— C-Como você bloqueou minha “Retaliação Normal”…?!

Era um nome familiar. O velho recuou. Parecia que o pulso dele estava torcido por causa do golpe e sua espada tinha uma rachadura.

— O que é você?!

O velho gritou enquanto a alucinação era desfeita. Jaehwan sabia que estava de volta ao mundo normal. Sua espada estava no pescoço de Minora, mas algo ao redor havia mudado. Ele ouviu uma voz.

— Não… Minha preciosa espada de quatro chifres!

Jaehwan percebeu que era a mesma voz do velhote. Ele se virou, e lá estava ele, de joelhos e lamentando. Ele estava tremendo enquanto segurava a espada quebrada. O comandante e Claire gritaram ao mesmo tempo.

— M-Médico do Desespero…!
— Chunghuh!

Era o médico número um do Castelo de Gorgon, Chunghuh, o Médico do Desespero.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar