Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Warlock Apprentice – Capítulo 45

O arrependimento de Mara

“Senhor…. Sunders… Senhor, An-Angor já se juntou à Academia da Ilha Flutuante do Coral Branco, então, mais ou menos…”

Mara não terminou. Não porque tinha medo de Sunders, mas porque estava suando com todos olhando para ele.

A sala estava cheia de vozes tagarelando, mas ficou quieta quando Angor estava prestes a responder a Sunders. Com todas as pessoas esperando pela escolha de Angor em silêncio mortal, a reação repentina de Mara naturalmente chamou atenção.

Angor só estava se sentindo desconfortável sob o olhar das pessoas porque ainda era jovem e não sabia muito sobre o mundo dos magos. Ele poderia pelo menos falar normalmente. Mara, por outro lado, tinha visto muitos incidentes mostrando a natureza humana. Ele geralmente sabia como agir em certas situações. Sabia ser modesto quando os magos estavam por perto; era por isso que continuava gaguejando quando todos os Magos Solenes estavam olhando para ele.

Olhando para a grande decepção, Heroline cuspiu em desgosto dentro de sua mente.

Florent ergueu a mão e cobriu o rosto. Ele já estava completamente vermelho.

Mara não terminou suas palavras, mas sua intenção era clara.

No entanto, Sunders não lhe prestou atenção. Ele ainda esperava a resposta de Angor enquanto acariciava as luvas.

Mara ficou no centro das atenções, envergonhado. Antes que se sentisse devorado pela terrível quietude, uma risada estranha quebrou o silêncio.

“Angor é o aluno da academia? Por que não ouvi sobre isso?”

Era Flora. Ela estava flutuando no ar como se estivesse deitada em uma poltrona, com as coxas lisas e brilhantes, cruzadas. Suas pontas brancas do dedo do pé estavam balançando ritmicamente.

“Eu o trouxe para o navio-“

“E daí? Trazê-lo para o navio significa que ele deve se juntar ao seu… que grupo era mesmo?”, Flora começou a insultar novamente.

“Eu…”

“Além disso, ele ainda é um mortal. Sem nenhum modelo espiritual dentro dele. Como ele é seu aluno?”, perguntou Flora. Ela pegou seu delicado guarda-chuva e apontou para Mara: “Sua academia ensina Canalização Triangular, estou certa? Você ensinou ao Angor? Se fez isso, não me importo de deixá-lo em paz, como fiz com Easley. Ou você não fez isso desde que saiu da A Ilha dos Excluídos até a Água do Diabo?”

Mara e Florent congelaram no lugar. Não, eles não ensinaram.

Flora olhou para Angor novamente.

“Angor, não é? Essa sua irmã mais velha aqui vai te dizer uma coisa. Organizações como a deles são geralmente referidas como “academismo” por nós. Semelhante a como alguns aprendizes dividem os magos em Negros e Brancos. Essas organizações valorizam novos talentos e geralmente ensinam seus métodos de canalização enquanto estão no navio de orientação. Verifiquei os talentos da nave, mais da metade deles já tem modelos espirituais construídos dentro de seus corpos. Isso significa que, se eles virem um talentoso como importante, o ensinarão o método de canalização o mais rápido possível. Agora, olhe para você. Quanto tempo você ficou no Redbud? E ainda é normal. Você entende agora? Heehee. Eles nunca se importaram com você.”

A observação de Flora acertou em cheio.

Mara estava tremendo de novo. Ele estava planejando ensinar canalização a Angor junto com Alan e Aleen. Mas decidiu o contrário porque esperava algum tipo de recompensa de volta primeiro. Ele era verdadeiro ao falar sobre “troca equivalente” no mundo dos magos e, é claro, ele não gostaria de ensinar canalização para alguém de graça.

“Alguma dúvida? Se você já ensinou Angor, pode levá-lo, assim como diz a regra dos magos, não vamos impedi-lo. Mas se não o fez, Angor tem o direito de escolher por si mesmo. Então você deveria parar de se intrometer.”

Mara não se moveu. Todos os outros na sala eram sobrenaturais, e certamente notaram. Angor era um mortal comum, e não havia um nenhum traço de treinamento de canalização nele.

Flora estava usando o raciocínio de Jellal há um tempo para dar um tapa no rosto de Mara.

E Mara não podia discutir.

Angor não recebeu o método de canalização da academia nem passou por um teste formal de talentos. Ele poderia ser considerado um aluno da reserva para a academia, e um aluno da reserva ainda era livre. Não havia contrato, nem vínculo emocional. Mara não podia nem usar motivos morais para insistir no assunto.

No final, Mara não tinha mais nada a dizer. E se afastou em silêncio.

Olhando para como Heroline estava olhando para ele com ódio, Mara só pôde olhar para baixo com vergonha. Se ao menos soubesse o que aconteceria hoje, já teria ensinado a Angor a Canalização Triangular. Afinal, não era nada valioso.

Se ao menos…

Mara sentiu que sua situação mudou de afortunada para desolada rapidamente. Pensando em suas possíveis consequências ao retornar à academia, nem mesmo a refeição de Greya poderia animá-lo agora.

Com pesar sem fim, Mara sentiu-se instantaneamente ganhando mais dez anos de idade. Ele se moveu para um canto e ficou de mau humor.

“Angor, querido, já se decidiu?”, Flora flutuou até Angor e olhou para ele com um olhar sedutor. “Tenho certeza de que você quer se tornar meu pequeno júnior”, disse ela.

Seu flerte não recebeu um resultado esperado. Os olhos de Angor estavam claros como sempre. Ele até franziu a testa com a tentativa de Flora.

Flora fez uma pausa e secretamente soltou um “idiota” em sua mente. Ela revirou os olhos, depois voltou para Greya para continuar falando sobre refeições.

As pessoas estavam olhando para Angor novamente.

Angor olhou para Mara, depois de volta para Sunders.

Ele estava hesitando, não porque tinha medo de ofender alguém. Em vez disso, estava preocupado com a intenção de Sunders. Ele não acreditava em favores gratuitos. Quando Mara se recusou a ensinar-lhe a Canalização Triangular, realmente se sentiu aliviado. Sunders veio muito de repente. Deve haver uma razão pela qual o homem queria levá-lo embora.

Angor estava preocupado porque não sabia se poderia satisfazer a expectativa de Sunders, irritando assim o terrível cavalheiro.

O que ele queria? Até que ponto Angor poderia satisfazê-lo? Angor estava lutando com essas perguntas.

Ele não precisava se preocupar com isso se escolhesse a Academia da Ilha Flutuante do Coral Branco. Mas… ele poderia realmente salvar seu professor em cinco anos com a ajuda da academia?

Por ele mesmo. Por seu professor.

Angor cerrou os dentes, ergueu a cabeça com determinação e soltou uma única palavra:

“Okay.”

Clara e firme.

“Muito bom”, sorriu Sunders.

Até Flora começou a mostrar um olhar mais gentil para Angor.

Além daquelas pessoas da Academia da Ilha Flutuante do Coral Branco, que mostraram arrependimento, o resto do grupo olhou para Angor com um olhar sério.

Antes de entrarem no Restaurante da Barbie, esse jovem era apenas alguém extremamente sortudo, e isso não era nada importante para eles. No entanto, meia hora depois, esse mesmo jovem ganhou ainda mais espaço com a ajuda de seu mentor. Ninguém jamais o consideraria uma criança comum. Ele ainda podia ser um mortal neste momento, mas seu futuro… era imprevisível.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar