Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

World Domination System – Capítulo 88

Novo Rei Ascende, Uma Nova Era Começa

“Povo de Lanthanor”

“Povo de Lanthanor”

“Povo de Lanthanor”

“Povo de Lantha…”

A voz de Daneel ecoou por toda a Capital, como se fosse um Deus onipresente. A Capital estava atualmente repleta de cidadãos do Reino, a maioria se reunindo para ver se a Nobreza realmente seria expurgada. Daneel realmente teve que agradecer à Igreja da Retidão por lhe dar a oportunidade perfeita para assumir o trono.

Sim, era de fato a intenção de Daneel assumir o trono. Desde o momento, há mais de quatro anos, quando pisou neste mundo, sua mente e pensamento mudaram muito.

Inicialmente, tudo o que queria era se vingar por seu pai. Cada dia que o via mancando com aquela marca na testa que o marcava como um desertor, feria o seu coração, fazendo-o sentir que ficaria feliz se ele devolvesse à sua família seu antigo status de volta. Assim, começou com o objetivo de simplesmente ganhar poder para realizar esse sonho.

Quando ouviu as pessoas aplaudirem seu nome pela primeira vez em frente à biblioteca por ajudar a prender a dupla cruel que expulsava plebeus por puro prazer doentio, uma clareza começou a se formar nele sobre o que queria fazer com sua vida.

Ao contrário de sua vida na Terra, onde era quase impotente para mudar qualquer coisa, aqui tinha um sistema onipotente que lhe concedia coisas incríveis sempre que dava passos em direção ao objetivo geral da Dominação Mundial.

Embora Daneel ainda não pensasse ingenuamente que as coisas iriam bem e resultasse nele conquistando o mundo inteiro, seus pensamentos mudaram lentamente para acomodar a ideia de estar no comando e mudar certas coisas.

Isso decorria principalmente da insatisfação e desgosto pela forma como os antigos governantes agiram. Na verdade, essa foi a mesma frustração que levou milhões de pessoas às ruas para testemunhar a abolição da antiga nobreza.

Só que, ao contrário deles, Daneel estava equipado com ferramentas e aliados que, se usados corretamente, poderiam colocá-lo no pedestal para substituir os antigos governantes. Ele não podia ficar de lado e deixar o Reino em que nasceu ser tomado por forças que só tratariam a população em geral pior do que antes.

“O que eu faria melhor?” Tinha sido o tema que inundou os seus pensamentos na maior parte das noites quando estava deitado em sua cama, exausto de um longo dia de treinamento e encantamentos.

Passo a passo, plano por plano, ele fez tudo o que podia para se colocar nesta situação atual.

Embora ainda não soubesse o que o futuro lhe reservava, sabia que agora, queria ser rei.

Ele queria ser o Rei que as pessoas pudessem admirar e se sentir felizes em saber que a pessoa no trono realmente se importava com eles.

Ele queria ser o Rei que as pessoas temeriam antes de cometer quaisquer tipos de crimes.

Acima de tudo, ele queria ser o Rei que afastaria o mar de amargura e ódio no coração do povo que vinha se acumulando há muito, muito tempo.

Embora seus pensamentos tenham sido constantemente direcionados para este objetivo desde o momento em que decidiu participar da luta pelo reino, foi apenas neste instante que teve clareza total de seu desejo de reinar.

“Sou Daneel, filho de um desertor e morador das favelas, onde minha família vive com o salário que minha mãe ganha de trabalhar dia e noite para limpar casas e lavar roupas. Mas minha vida teria sido diferente se este Rei não estivesse no poder.”

Atraindo a atenção das inúmeras pessoas que assistiam à tela, Daneel deixou as palavras saírem de sua boca.

“Meu pai ainda estaria no exército, pois não teria sido expulso e marcado como um desertor por ferir o ego de um Nobre cujas ordens teriam enviado vinte jovens recrutas para a morte.”

“Minha mãe não teria calos nas mãos de tanto trabalhar o dia todo apenas para ganhar um pouco de pão para comermos.”

“Minha infância teria sido repleta de memórias de aprendizado e diversão, ao contrário de memórias sobre fome e angústia.”

“E minha família de apenas três, poderia até ter se tornado uma de quatro ou cinco por não ter que se preocupar em ser capaz de alimentar um filho ou filha extra.”

Enquanto Daneel revelava suas angústias, lágrimas brilhavam em seus olhos ameaçando cair. Sua voz carregava uma intenção e paixão que fazia com que os ouvintes se sentissem como se ele estivesse falando sobre suas próprias vidas em vez da dele.

“Eu sei que muitos de vocês sonham como eu sobre um mundo onde nossa vida não teria sido afetada por este Rei permitindo que a Família Real fosse desenfreada sem levar em conta a lei ou as consequências, resultando em tantas vidas pisoteadas, esmagadas e despedaçadas.”

A raiva eclodiu novamente no coração do povo, já que estas palavras os lembravam de seus destinos que haviam sido alterados devido à Família Real.

Quanto àqueles que não foram afetados, se viram horrorizados e com medo ao ver as expressões de luto, dor e perda daqueles ao seu redor cujas lágrimas estavam caindo sem parar.

“Mas ao contrário da maioria, fui abençoado com um meio de mudar tudo. Assim, treinei, planejei e sangrei para ficar aqui com o poder de purgar este Reino do veneno que o corrói.”

“Como alguém que veio de vocês, sei que posso cuidar deste Reino e começar o caminho de recuperação para a grande nação que um dia já fomos.”

“Eu sei que posso ser o Rei que cuida do seu povo, em vez de um que só se importa consigo mesmo.”

Quando disse estas palavras, a imagem nos painéis irrevogavelmente foi gravada em todos aqueles que estavam assistindo. Ele estava de pé com as mãos atrás das costas, cabeça erguida enquanto seus olhos brilhavam com o magnetismo de alguém que sabia exatamente o que queria fazer. A pura confiança e maturidade que exalava o fez parecer alguém muito mais velho do que era.

Enquanto Daneel fazia uma pausa, deixando suas palavras pesarem, olhou para o Rei, que agora tinha sua parte superior do corpo levantada usando suas duas mãos como apoio enquanto o observava falar com o povo. Uma expressão pesarosa estava em seu rosto enquanto ele ouvia Daneel contar sua história.

Para que seu reinado começasse, o Rei precisava ser morto. Esta seria a ação que ligaria as pessoas a ele da maneira mais forte possível.

No entanto, o homem tinha salvado ele um momento antes. Assim, um pequeno conflito surgiu em sua mente antes de começar seu discurso que o instigou a considerar deixar o Rei vivo. Este conflito só cresceu em intensidade devido ao arrependimento no rosto do Rei, fazendo surgir a pequena suspeita de que o Rei talvez tivesse percebido o erro em seus caminhos.

Mas enquanto falava, também tomava nota das expressões do Rei, este conflito foi extinguido e cessado por algo que ele observou.

Na mente do Rei, ver o Vice-Mestre da Seita preso por Daneel significava que ele tinha se vingado. Assim, esse desejo foi substituído pelo anterior: viver mais.

Com sua experiência em lidar com pessoas, ele sabia que qualquer pessoa decente hesitaria em eliminar alguém que salvou sua vida. No entanto, ele tinha realmente feito muito para justificar sua morte.

Assim, tinha que fazer algo agora para tornar a hesitação mais forte. Seu orgulho foi deixado de lado novamente como muitas vezes antes em sua vida, durante os casos em que escolheu seu próprio poder sobre o bem-estar do povo em geral. Além disso, ele estava satisfeito por se vingar.

Um falso arrependimento apareceu em seu rosto, ele tentou fazê-lo parecer o mais real possível, ignorando a dor que atormentava seu corpo das lesões internas.

Algo que Daneel observou eram seus olhos. Mesmo com os muitos anos de experiência do Rei, era difícil fazer uma emoção que não existia se espalhar aos olhos tornando-a mais realista. Além disso, o Rei não conseguia nem se concentrar completamente devido à sua dor.

Aos seus olhos, Daneel viu o oportunismo de usar o fato de ter salvo sua vida para estender sua própria. Combinando isso com a expressão de prazer anterior, quando viu o Vice-Mestre da Seita ficar preso, Daneel somou dois mais dois.

Assim como a maior parte da vida do Rei, seu objetivo era algo egoísta. O egoísmo anterior para se vingar.

Quando percebeu isso, Daneel fez uma estaca de gelo aparecer na frente do coração do Rei, deixando seu rosto pálido de choque.

A vista nos painéis alternou para mostrar o Rei, que estava tentando se mover para trás apesar de sua dor para escapar da estaca de gelo. Infelizmente, estava muito ferido e não podia mostrar a força de um Humano Exaltado.

A estaca de gelo atravessou seu coração sem hesitação, enquanto os olhos de Daneel brilhavam com todas as memórias dolorosas que havia enterrado há muito tempo em seu coração.

“Não mais déspotas arrogantes decidirão nosso destino. Não mais os Cidadãos de Lanthanor viverão vidas cheias de injustiça e medo. Assim como este Rei egoísta, qualquer um que ameace o bem-estar do meu Reino encontrará o mesmo fim.”

“Vocês vão me apoiar nesta causa e me aceitar como seu Rei?” Ele finalmente perguntou, enquanto sua voz ressoava pelas ruas silenciosas. 

Ninguém sabia quem começou os gritos, mas naquele dia, uma única comemoração podia ser ouvida por toda a Capital enquanto milhões de pessoas entoavam um nome.

Mais tarde seria contada em histórias que esta voz singular de um povo unificado poderia ser ouvida em todo o Reino e por todos os céus, onde os deuses olharam para baixo e agraciaram a ocasião importante com um céu claro, afastando as nuvens escuras que estavam presentes tanto acima do Reino quanto dentro do povo.

Dizem que os raios solares anunciavam o nascimento de uma nova Lanthanor, liderada por um homem destinado a se tornar um Dominador Mundial.

O que quer que as histórias dissessem, uma coisa era verdade: o som da comemoração realmente ecoou por toda a terra, fazendo com que um único nome se tornasse conhecido por todos.

“REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL! REI DANEEL!”


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
RômulloD
Membro
Rômullo
6 dias atrás

Isso aí Rei Daneel

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar