Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Genius Warlock – Capítulo 268

Capítulo 268

Ao retornar para casa, Oliver optou por ler os jornais acumulados em vez de dormir por uma ou duas horas.

Principalmente artigos relacionados à empresa de investimentos ABC.

A empresa de investimentos fundada pelo Druida Shamus e suas amantes estava coberta em numerosos jornais, incluindo o The Talker, NO Credit, Liar, Gibberish, entre outros. O conteúdo era extremamente interessante.

Eles chamavam a atenção com manchetes poderosas, despertavam o interesse ao retratar dramaticamente a vida das investidoras fundadoras, e garantiam credibilidade ao mencionar que já haviam garantido bilhões em fundos de investimento.

Era como se estivessem sendo pagos para escrever.

No entanto, a própria empresa de investimentos ABC era verdadeiramente fascinante.

O fato de terem arrecadado bilhões em fundos de investimento era inegável, e cada investidor que contribuiu era notável — seja indivíduos ricos de Landa ou nobres que possuíam grandes propriedades nas províncias.

Dentre esses, o que mais despertou o interesse de Oliver foi a Árvore Mundial.

De acordo com os artigos, Shamus havia construído um ‘sistema de investimento’ documentando uma quantidade tremenda de informações de investimento em uma parte da Árvore Mundial, argumentando que é impossível perder dinheiro, porque vão investir com base nisso.

[Pessoas cometem erros. Mas a natureza não comete erros. E a Árvore Mundial certamente não comete erros.]

Shamus argumentava dessa forma em um dos artigos.

Não parecia particularmente lógico, mas as reações das pessoas estavam acaloradas.

A Árvore Mundial era uma magia tão mágica que nem mesmo os magos conseguiam lidar corretamente, e era um território ainda mais desconhecido para pessoas comuns.

O fato de estarem usando uma tecnologia tão fantástica para investimentos fez as pessoas mostrarem ainda mais interesse e confiança.

Claro, alguns jornais como Inconvenient Truth e Cassandra duvidavam de Shamus, indo até mesmo a ponto de denunciá-lo como uma fraude,

Dado o fato de Shamus ser um Druida que sabia lidar profissionalmente com a Árvore Mundial e já havia obtido conquistas substanciais com os extratos financeiros e depoimentos dos investidores, eles não conseguiram obter muita resposta.

Pelo contrário, o maior jornal de Landa, o Bugler, afirmava que a empresa de investimentos de Shamus usava um método milagroso de investimento que nunca falhava, e que Landa se tornaria uma utopia onde todos se tornariam prósperos por causa disso.

Oliver, que leu todos os jornais acumulados ao longo de alguns dias, sentiu-se satisfeito.

Era uma história tão interessante que valia a pena ler mesmo sem dormir.

No entanto, ao mesmo tempo, Oliver sentiu uma emoção inexplicável.

Embora não tivesse estudado detalhadamente a Árvore Mundial e, portanto, achasse difícil expressar uma opinião, ele se perguntou se isso poderia ser realmente feito.

A Árvore Mundial ainda era uma área desconhecida que nem mesmo os magos conseguiam entender adequadamente sua natureza.

— Senhor Zenon? Senhor Zenon? Senhor Zenon…! 

Alguém chamou Oliver, que estava absorto em seus pensamentos, e ele se virou.

Havia um aluno correndo desesperadamente atrás de Oliver, ofegando pesadamente.

É claro que Oliver também estava ofegando pesadamente, mas ele tinha um pouco mais de espaço para respirar.

— O que aconteceu? 

— É hora. 

Ele apontou para o bolso do agasalho de treino de Oliver. O relógio de treino estava apitando.

Oliver desligou o relógio e declarou que agora era possível parar de correr.

Bem, tirando uma pessoa, o resto já havia desistido.

— Hmmm… 

Oliver resmungou ao olhar para os alunos que desistiram e estavam sentados.

Eles fingiam correr um pouco, depois simplesmente se sentavam quando começavam a ficar sem fôlego.

Era mais uma questão de vontade do que de força física.

Oliver se perguntou como poderia aumentar a motivação deles.

“Aprendi técnicas em livros e outras aulas, mas não aprendi como instigar motivação. Hmm…?”

Oliver desviou o olhar para a frente, sentindo um aspecto estranho da educação.

Lá, o aluno que havia gritado antes estava recuperando o fôlego.

Felix, da Escola de Magia Gaia.

Quando Oliver disse que ajudaria no treinamento, Felix expressou confiantemente suas reclamações, persistindo obstinadamente durante o processo de persuasão.

Ele havia seguido o treinamento diligentemente, como costumava fazer.

— Por que você está fazendo isso? 

Oliver perguntou a Felix, que estava olhando para cima para ele.

Oliver pediu para entender por que Felix estava motivado. Talvez pudesse ser útil para os outros alunos?

— Por que você não parou? Eu disse que você poderia parar quando ouvisse o relógio apitando, não disse? 

— Especificamente, o Senhor Zenon disse para parar quando você parasse. 

— Ah… peço desculpas por isso. Eu estava distraído. 

— Está tudo bem. 

— De qualquer forma, obrigado por seguir diligentemente o treinamento. O professor ficará satisfeito.

O professor era ninguém menos que Kevin, que estava ensinando outros alunos no andar de cima.

— Honestamente, não sei se isso vale a pena…

Felix expressou ceticismo, arrependimento e negação.

O que foi mais interessante foi que ele falou primeiro, sem ser perguntado.

Apesar de muitos dias de treinamento básico juntos, ele raramente abria a boca a menos que estivesse respondendo.

E agora, ele estava expressando seus pensamentos primeiro.

Oliver achou isso intrigante.

— O que você está dizendo? 

— Tomar este treinamento básico significa que posso voltar para a sala de aula lá em cima? 

— Se você melhorar, pode. O professor disse isso, não disse? 

— Essa é a questão. Minhas habilidades vão melhorar se eu correr e fizer treinamento de força? 

Suas emoções estavam cheias de reclamações e insatisfação. No entanto, Oliver estava grato até por isso.

Seja o que for, ele expressou seus pensamentos honestamente. Em troca, Oliver respondeu sinceramente.

— Suas habilidades vão melhorar. Se sua força física melhorar, a quantidade de mana que você pode produzir de uma vez aumentará. 

Oliver respondeu com base em livros e outras aulas.

Para manipular mana, o corpo precisava suportá-la até certo ponto.

“Eu não entendo completamente…” pensou Oliver, que não conseguia se identificar com essa parte.

— Mas não há um limite? Eu já tenho uma força física básica. 

Felix expressou irritação e injustiça. De fato, Felix e alguns outros alunos tinham uma força física básica decente.

Mesmo assim, o motivo pelo qual Kevin fez Felix e outros alunos passarem por treinamento físico era porque não era suficiente.

“Talento. Talentos como os da aluna Yareli e do aluno Derrick.”

Usar mana já era um talento que apenas os escolhidos podiam fazer, mas quando os talentos se reuniam, havia notavelmente mais talentos excepcionais. Yareli e Derick eram tais casos, e Felix não era.

Porque a quantidade inata de mana de cada indivíduo ou a habilidade de controle de mana deles eram insuficientes, Kevin tentou aumentar a força física de outros alunos, incluindo Felix.

Se o talento inato fosse insuficiente, ele precisava ser compensado de alguma forma.

— Acho que vai melhorar à medida que você faz. 

— Um dia vai. No entanto, é questionável se poderei voltar à classe original até o final deste semestre, certo? 

— Você tem um motivo especial para voltar à classe do Professor Kevin rapidamente? 

À pergunta de Oliver, Felix ficou surpreso. Parecia que havia um motivo.

— Não é só constrangedor fazer isso? Pelo menos, eu deveria receber orientação direta do professor. 

— Hm… Bem. Entendi. Então, por favor, tente um pouco mais. Eu vou ajudar o máximo que puder para que você possa voltar à classe do Professor Kevin o mais rápido possível. 

Felix olhou para Oliver em silêncio, brilhando com perguntas como “O quê e como?”.

Oliver não respondeu ao olhar dele e olhou ao redor para os outros alunos.

— Então vamos passar para o próximo treinamento. 


— Aqui está o relatório. 

Após a aula de <Combate Mágico Básico>, Oliver entregou um relatório breve contendo a quantidade de treinamento que os alunos haviam assimilado e opiniões pessoais sobre isso para Kevin.

Kevin folheou os documentos como de costume.

Parecia que ele estava navegando rapidamente, mas era um processo preparatório para analisar antes de olhar em detalhes.

— Parece que os alunos não estão acompanhando bem a aula. 

— Eu peço desculpas. 

Kevin balançou a cabeça.

— Por que você está se desculpando? É culpa da pessoa que não consegue ensinar se não consegue ensinar, mas a falta de vontade é culpa deles próprios. 

Kevin falou com um tom de desprezo. Ele era definitivamente habilidoso e responsável, mas igualmente rigoroso.

— Mas o aluno Felix está se esforçando. 

Kevin leu cuidadosamente a página onde os conteúdos sobre Felix estavam escritos, desdobrando-a novamente.

— Parece que ele tem vontade…

— Sim. 

— No entanto, a capacidade de controlar mana está um pouco deficiente. Não é fatal, mas é média ou menos. É uma pena porque a quantidade de mana é considerável. 

É uma pena. Não havia desprezo, mas também não era uma boa avaliação.

Oliver perguntou:

— É desse nível? 

— Infelizmente, sim. A falta de habilidade no controle de mana significa que há um limite para o nível de mana que você pode manipular e, antes disso, significa que a velocidade de conjuração é lenta. Embora seja o mesmo em cada batalha, especialmente na magia, inteligência rápida é importante. Não importa o quão forte seja o poder de fogo, se você for atingido primeiro, é o fim. 

Oliver concordou com as palavras de Kevin.

À primeira vista, a magia pode parecer uma força simplesmente avassaladora, mas isso era apenas uma das maiores características e vantagens, não a totalidade da magia.

Várias habilidades, como inteligência rápida, coordenação e habilidade de aplicação, precisavam ser respaldadas para que o poder de fogo brilhasse.

Especialmente, a magia elemental tinha essa tendência.

— A habilidade de controle de mana não melhora com a prática? Como o Estudante Derick. 

Recordando Derick, com quem ele duelou na última festa, Oliver acrescentou.

Suas habilidades melhoraram notavelmente.

Além de simplesmente atacar com magia, ele maximizou seu poder com mana mínima, combinando-a com outras magias, e dominou o espaço em si, utilizando as características da magia de fogo.

Um nível melhor do que a maioria dos magos que Oliver havia visto,

No entanto, a reação de Kevin foi cética.

— Não está errado, mas é difícil generalizar. 

— Perdão? 

— É verdade que a habilidade de controle de mana também pode melhorar com esforço, mas é difícil para todos alcançarem os mesmos resultados… Para ser mais honesto, não é possível. 

Kevin afirmou.

— Há pessoas que dão dez passos quando outros dão um passo por talento inato. Quanto menos talento, mais cedo você atinge o limite. 

— Um limite? 

Oliver perguntou, lembrando dos diários e registros de pesquisa do mago do relâmpago e Audrey que ele havia matado no passado.

Por causa desse limite, eles tiveram que sair da Torre Mágica e buscar novas oportunidades nas ruas.

Pensando agora, era um pouco lamentável.

— Sim, um limite. O limite da habilidade. É algo que todos os humanos têm. 

— É mesmo…? 

Oliver respondeu, incapaz de se identificar.

— Sim, você disse antes que as habilidades de Derick melhoraram muito, e isso é verdade. Claro, ele atingirá seu limite em breve. 

— É mesmo? 

— Sim, porque é até onde seu talento pode levá-lo. 

— Parece um pouco injusto. 

— O mundo é originalmente injusto. 

Kevin disse firmemente. Era uma declaração impregnada de uma emoção forte que poderia ser chamada de sua crença.

Embora Oliver concordasse em parte com isso, não pôde deixar de se sentir um pouco chateado.

Depois de pensar um pouco, Oliver abriu a boca.

— Professor. Seria possível se eu ensinasse os alunos do meu jeito? Não muito, mas dentro de uma faixa razoável. 

— Já te dei liberdade, então não importa o que você faça, mas considerando que você está perguntando especificamente, há algo especial? Seu jeito? 

— Não, não é nada incrível, mas parece que os alunos querem voltar para sua aula rapidamente. 

— Se suas habilidades melhorarem, podem voltar mais cedo. 

— Sim, é verdade. Posso ajudá-los um pouco? 

— Como? 

— Posso ajudá-los diretamente a ter uma sensação para a habilidade de controle de mana? Pensei que o primeiro passo seria pedir permissão. 

Kevin ponderou por um tempo antes de perguntar.

— O quê…? 

— Para ter uma sensação para a habilidade de controle de mana—

— Não, não. Ouvi direito. O que estou dizendo é… Isso é possível? 

— Talvez? Não tentei com um mago, mas foi assim que ensinei os bruxos. — Disse Oliver, calmamente.


Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar