Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Monarch of Evernight – Capítulo  278

Teste

Qianye ficou extremamente surpreso depois de testemunhar essa cena e, subitamente, se lembrou do primeiro lampejo do amanhecer que havia aparecido durante a visão que teve quando começou a estudar o capítulo dos Princípios Gerais do Antigo Pergaminho do Clã Song. 

Qianye foi repentinamente despertado e logo recuperou todos os seus sentidos ao sair do estado de vazio. Sua mão ainda estava sobre o suporte do livro, mas o tomo negro havia desaparecido completamente. 

Ele verificou pensativamente o interior de seu corpo. Como esperado, encontrou um novo espaço consciente dentro dele, e o Livro das Trevas: Gênesis estava flutuando nele. 

Qianye respirou fundo e fez um esforço para acalmar suas emoções caóticas. 

O capítulo do Gênesis descrevia o nascimento do mundo, enquanto o Antigo Pergaminho do Clã Song registrava a primeira abertura do céu e da terra. No entanto, as diferenças entre eles eram muito significativas. Por que a raça obscura e a raça humana tinham conceitos diferentes sobre esse mesmo mundo? 

Os capítulos “Glória” e “Mistério”, que ele havia cultivado com sucesso, eram muito diferentes em seus métodos, mas depois de pensar cuidadosamente, provavelmente não eram completamente sem conexão. “Glorioso é aquele que respira fogo, mas oculta seu brilho”, “misterioso é aquele de vermelho em meio à escuridão” – Qianye parecia ter captado algumas pistas. No entanto, a verdade parecia estar separada por um véu tênue que o impedia de enxergar tudo claramente. 

Justo nesse momento, a aura familiar de uma certa consciência colossal varreu a mente de Qianye. 

“Você, que descende da mesma linhagem que eu, me surpreendeu muito que tenha sido capaz de absorver o Livro das Trevas. Parece que as longas vicissitudes não conseguem apagar nossa sagrada e antiga linhagem.” 

Qianye franziu a testa e manteve-se em silêncio. Não sabia por que o Monarca de Asas Negras acreditava que ele era seu descendente, no entanto, não fazia muito sentido negar as coisas em tais circunstâncias. 

“Parece que sua linhagem não é, de forma alguma, inferior à minha e é extremamente próxima à do ancestral que compartilhamos. Como tal, você já pode ser considerado meu igual de acordo com as mais antigas tradições do sangue sagrado. Você é, sem dúvida, extremamente fraco no momento e impotente para assumir essa responsabilidade e missão. Infelizmente, no entanto, nem você nem eu temos tempo.” 

Qianye perguntou: “Onde você está?” Não tinha interesse algum na missão e responsabilidade da raça vampírica. No entanto, ele vagamente percebeu que algo além de seu controle já havia ocorrido e que tudo já tinha sido estabelecido. Essa sensação de preso a um destino, deixava Qianye um tanto frustrado. 

“Estou dentro das Asas Primordiais e também do Olho da Verdade. Há fragmentos da minha consciência neles. Eu vou te guiar sobre como obtê-los, mas antes disso, você enfrentará alguns testes.” 

“Sinto que já passei por testes o suficiente.” 

“Isso é um acidente e não minha intenção original.” 

“Deixei algumas riquezas ao redor do altar, coisas consideradas tesouros para aqueles do mundo secular. Eu tinha originalmente a intenção de presenteá-las ao meu servo leal, Lu Jianan. Você pode pegar metade delas e depois enviar a outra parte aos seus descendentes. Riqueza excessiva não é necessariamente uma coisa boa para pessoas comuns. Pelo contrário, pode significar sua eventual ruína.” 

“Eu encontrarei seus descendentes”, prometeu Qianye. A prole de Lu Jianan deveria estar vivendo em Barro Negro. Naquela época, não havia como ele procurar, entre a multidão, por um velho que vivia sozinho. Mas agora que sabia o sobrenome do homem, talvez pudesse tentar novamente. No entanto, as chances eram mínimas, já que aquele lugar havia acabado de ser batizado pelas chamas da guerra. 

“Eu tenho uma chave de cristal que foi dividida em três fragmentos. Deixei um com meu servo dedicado e outro com meu guarda leal. Ao combinar os dois com o terceiro, abrirá uma câmara secreta diferente. Preparei alguns presentes dentro dela para Nangong Yuqing, minha amante durante meu tempo entre os humanos.” 

Neste momento, Qianye ficou surpreso. Esta foi a primeira vez que Andruil admitiu pessoalmente que ele havia vivido entre os humanos. O sobrenome Nangong também era bastante familiar – poderia ela ser da família Nangong, uma das principais famílias aristocráticas do império? 

Embora estivesse extremamente surpreso, concordou após refletir um pouco. Foi nesse momento que os dois fragmentos de cristal em seu bolso começaram a pulsar e um raio de luz disparou por suas roupas. Qianye o tirou e descobriu que os dois já haviam se fundido e emitiam um raio de luz em uma direção específica. 

Era a localização do terceiro. Parecia que os fragmentos da chave de cristal não se ativariam a menos que alguém concordasse com o pedido de Andruil. Neste momento, Qianye estava totalmente convencido dos poderes misteriosos do Monarca de Asas Negras. Nem conseguia imaginar como Andruil tinha conseguido fazer tudo isso. 

Nesse momento, Andruil pareceu dizer algo, mas sua voz de repente se distorceu, como se estivesse sofrendo uma interferência intensa. 

Um tanto assustado, Qianye esperou por algum tempo, mas a consciência do Monarca de Asas Negras não apareceu novamente. 

Ele olhou ao redor do local e decidiu cumprir sua promessa primeiro. As riquezas ao redor do altar consistiam principalmente de moedas de ouro, gemas e várias pequenas caixas requintadas. Qianye as abriu uma por uma e descobriu que todas estavam cheias de cristais de sangue. Acontece que, devido à passagem do tempo, a energia contida neles havia se dissipado e apenas cristais vazios restaram. 

Esses cristais poderiam ser infundidos com poder de sangue, existia algum valor neles e era possível cambiar por moedas de cristal das raças das trevas. 

O valor dos tesouros ao redor do altar poderia ser contado em centenas de milhares de moedas de ouro, mas seria quase impossível mover as centenas de quilogramas com poderosos inimigos à espreita. 

Qianye coletou duas pequenas caixas de materiais raros e seguiu em direção do terceiro fragmento de cristal. 

Em algum momento, vários caminhos surgiram nas quatro paredes do salão. Qianye seguiu a orientação do raio de luz emitido pela chave e entrou na passagem. Não havia armadilhas nem mecanismos ao longo do corredor, e assim, chegou ao final sem nenhum problema.  

Mas ao entrar no salão, Qianye percebeu por que não havia mecanismos defensivos em um lugar tão importante. Sentado em um trono de aço negro dentro da sala lateral, tinha um vampiro de alto escalão – o brasão em suas vestes negras indicava que ele era na verdade um marquês do clã Monroe. 

Qianye foi instintivamente cauteloso, mas depois descobriu que o marquês vampiro estava sentado pacificamente sem nenhum movimento, seus olhos semelhantes aos de um falcão fixos em um ponto a um metro à frente de seus pés. Já havia perdido todos os sinais de vitalidade há muito tempo. 

Qianye avançou lentamente e viu que tinha uma mancha de sangue escuro no peito do marquês. Ela havia se misturado com suas vestes negras e, portanto, não era evidente sem uma observação cuidadosa. Aquele era o local onde o núcleo de sangue residia. 

O corpo do marquês vampiro desabou em um monte de areia fina e caiu no chão conforme Qianye se aproximava, talvez porque as vibrações de seus passos tivessem rompido o frágil equilíbrio. 

Este marquês também deveria ser um dos guardiões que Andruil havia implantado ali. No entanto, era desconhecido se um especialista tão poderoso se transformou em um fantoche antes ou depois de sua morte. Também era um mistério quem visitou as ruínas do Monarca de Asas Negras antes e assassinado este guarda. 

Qianye olhou para baixo e encontrou um fragmento de cristal no chão em frente ao trono e um crânio ao lado dele. A superfície cortada no osso do pescoço estava tão lisa quanto um espelho. Parecia que foi decapitado por uma arma afiada. 

Assim que viu o crânio, Qianye ouviu aquela voz novamente. “Você já encontrou a minha cabeça. Muito bem! Agora traga-a para mim e receberá uma recompensa generosa. Não duvide do poder e prestígio de Andruil. Traga-a para mim, agora!” 

Essa voz parecia ter algum tipo de poder mágico que fez Qianye instintivamente alcançar o crânio. Mas neste momento, ele percebeu que algo estava errado. Ao despertar repentinamente, a energia de sangue roxa saiu rapidamente da runa de habilidade e se espalhou rapidamente por todo o seu corpo. Isso expulsou a voz de sua consciência e a fez soar bastante distante. 

Dois Monarcas de Asas Negras? 

Qianye já conseguia confirmar que a consciência colossal e a voz que constantemente exigia sua cabeça não eram a mesma pessoa. 

A situação parecia cada vez mais bizarra. 

Qianye encarou fixamente o crânio por um momento e decidiu pegar o fragmento primeiro. Os três se fundiram ao entrar em contato e formaram um disco de cristal completo. 

Ele refletiu por um momento e depois pegou o crânio. Depois, seguindo a orientação do disco de cristal, seguiu por um corredor mais profundo e finalmente chegou diante de uma grande porta de bronze. 

Havia uma depressão em seu centro que se encaixava perfeitamente com o disco de cristal. As matrizes de origem na porta piscaram e se acenderam à medida que a porta deslizava gradualmente para um lado. 

Por trás da porta havia outra câmara lateral e, desta vez, sem protetores. Apenas alguns feixes de cores deslumbrantes disparavam pelo ar de tempos em tempos. 

Um sentido extremo de perigo surgiu na mente de Qianye. Ele havia obtido algum conhecimento sobre espaço depois de obter o Livro das Trevas. Sabia que esses belos e ilusórios feixes de luz representavam a presença de fendas espaciais instáveis. Uma parte de seu corpo cairia no vazio se esbarrasse nelas descuidadamente. 

O destaque dentro da câmara lateral era um suporte de armas colocado contra a parede. Exibidos nele estavam uma variedade completa de armas e equipamentos defensivos — de adagas a conjuntos completos de armaduras. Julgando apenas pelo material e padrões das matrizes de origem, nenhum deles era inferior ao grau cinco. 

E dentro dessa câmara lateral, havia dezenas desses equipamentos. Isso realmente era uma fortuna. 

Mas Andruil havia mencionado especificamente que os equipamentos ali dentro eram os pilares fundamentais dessa câmara secreta e não poderiam ser levados embora. O item que ele precisava que Qianye levasse para Nangong Yuqing estava em uma mesa próxima. 

Qianye virou-se e caminhou em direção à mesa redonda no centro da câmara. Sobre ela, havia uma arma de origem, duas adagas e duas caixas douradas. 

A arma e a lâmina eram produtos premium feitos especialmente para uso humano. A arma era uma arma de origem de grau sete, enquanto as duas adagas eram de grau seis. Uma das caixas douradas estava cheia de balas físicas de origem feitas de mithril. O método de produção era extremamente raro — os projéteis causariam danos significativos aos membros das raças das trevas mesmo sem a instilação de poder de origem. A outra caixa dourada estava realmente cheia de mithril liquefeito. 

Sem mencionar o valor da arma e da lâmina, apenas o valor das duas caixas e do mithril de alta pureza contido nelas rivalizaria com o tesouro inteiro de um pequeno clã. 

Mas Andruil havia deixado claro que esses itens deveriam ser entregues a Nangong Yuqing ou seus descendentes. Qianye não tinha interesse neles. Ele respeitaria as palavras que havia dado, independentemente de quem fosse a outra parte. 

Qianye organizou os itens e os colocou em sua mochila. A porta de bronze se fechou automaticamente atrás dele enquanto saía, e a chave de cristal foi ejetada em suas mãos com um clique. 

A vontade de Andruil apareceu mais uma vez na consciência de Qianye. “Parabéns por passar por mais um teste.” 

Aconteceu que os armamentos dentro da câmara secreta eram de fato seus pilares fundamentais. Os mecanismos de defesa teriam sido acionados se ele não tivesse controlado sua ganância e os tivesse recolhido. Os feixes de luz brilhantes se expandiriam, e as gigantescas fendas espaciais rasgariam tudo na sala, incluindo Qianye. 

Qianye estava de mau humor. Pôr os pés em um lugar tão amaldiçoado era como lançar um dirigível automático de sentido único. A menos que ele caísse no meio do caminho, não tinha como voltar atrás depois de chegar ao destino. Não gostava desse tipo de sensação. 

A voz familiar ressoou novamente em seus ouvidos quando ele voltou para a sala principal. 

“Muito bem! Você trouxe minha cabeça como prometeu. Agora, devolva-a ao seu lugar de direito e você obterá o grande presente e proteção do Monarca Andruil, o de Asas Negras! Você poderá fundar um clã e seu nome rivalizará com o dos 12 clãs antigos. Tanto que talvez possa até herdar o sobrenome do 13º clã, que já havia rompido sua linha de sucessão!” 

Uma série de promessas como essas provavelmente causaria grandes ondas dentro das raças das trevas e poderia fazer o sangue de um verdadeiro vampiro ferver de paixão. No entanto, Qianye não sentia nada disso. Mesmo que Andruil tivesse admitido a pureza da linhagem de Qianye, este último havia evitado conscientemente essa questão. 


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar