Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

My legendary class is Husband of Deathwill Sisters?! – Capítulo 220

Plano

Como todas estavam muito contentes, Alex decidiu postergar a conversa sobre seu futuro por um dia.

Desde que estava de férias e tinha muito tempo para pensar no futuro do jogo e da vida real, ele naturalmente estava acordando no Mundo de Avander. Ele reuniu todos, menos Celia, no quarto.

Seu Quarto do Mestre era vasto. Ele tinha espaço o bastante para convidar algumas damas e realizar uma festa do pijama.

Ele colocou uma pequena mesa e algumas cadeiras, e preparou o chá. Suas esposas já estavam sentadas, esperando-o falar.

É claro, Stella estava ciente de tudo. Ela ainda não tinha alguns detalhes sérios, então era justo que a esposa alada estivesse muito interessada. E então, ter o café da manhã com Alex já era algo que ansiava secretamente.

Suas irmãs também a seguiriam, então era hora da família.

Alex sentou.

Ele abriu o sistema, pegando o diário de Elias Deathwill. Pegou uma página onde Elias explicava seus sentimentos pelas esposas.

E quando aquela página apareceu no sistema de todas, seus olhos dilataram. É claro, o primeiro parágrafo foi simples e direto, “Nunca amei minhas esposas”.

Enquanto Alex olhava para a escrita pela segunda vez, teve a sensação de que havia mais neste diário. Lembrou de seu encontro com Elias e como este homem chamou suas filhas de “espadas”.

Este diário pode apenas ser uma cobertura… Na realidade, é um guia que nos empurra mais nos eventos do passado, Alex deduziu.

Ele então ouviu um barulho alto na mesa.

— Eu estava certa! — A mão cerrada de Schnee bateu na mesa. Felizmente, ela controlou sua força para não quebrar. Seus olhos estavam estreitos, cheios de ódio indisfarçável. Sua cauda ficou ereta como se alguém tivesse pisado nela, e seu corpo inteiro emitia intenção assassina.

Por outro lado, Sara mordeu os lábios. Lágrimas reuniram em seus olhos enquanto mantinha os sentimentos dentro de si.

Contudo, como suas irmãs a amavam e tinham um bom marido, Sara abriu os lábios lentamente, dizendo seus pensamentos: — Eu acreditei nele… Mas ele é apenas um bastardo egoísta… Qual é exatamente o seu objetivo?

— Como ele poderia usar pessoas e seus sentimentos assim? Ele não tem consciência? Seu amor por nós também é falso, não é? — Sara falou com lágrimas fluindo por suas bochechas rosadas.

Alex sentiu vontade de matar Elias por fazê-la parecer assim. Ele apaziguou seus sentimentos e disse roucamente: — Ele chamou vocês de espadas.

Ele olhou para Stella, que acrescentou lentamente: — Ele nunca nos amou… E por causa das palavras do demônio faminto perfeito, podemos deduzir que o pai fez algo conosco.

— Ele pode ter feito algo com nossas mães também. — Stella olhou triste para baixo.

O ódio de Schnee aumentou quando sua mãe foi mencionada. Não conseguiu pensar em si mesma, pois todos ao seu redor foram afetados pelo plano de seu pai bastardo.

Ela então perguntou: — Você o encontrou?

— Sim — Alex assentiu.

— Onde ele está?! — Schnee elevou o tom, que se tornou equivalente a um grito.

Alex respondeu sem exibir nenhuma expressão, não deixando suas emoções influenciarem suas esposas da maneira errada. No mínimo, as apoiaria com seus sentimentos: — Encontrei ele no meu mundo…

— Ainda não consigo acreditar que ele estava lá… não posso confirmar também… — Alex mordeu os lábios, mantendo aquelas últimas palavras sem sentido que Elias falou sobre suas filhas, que mostrava que as conhecia bem.

Se fosse outra pessoa, não teria como falsificar tal informação: — É ele… com certeza…

— Por que ele estaria no seu mundo? — Schnee cruzou os braços embaixo de seu busto, encarando a mesa. Ela estava decepcionada que não conseguia encontrar e matar seu pai.

Contudo, ninguém conseguia responder a sua pergunta.

Era misterioso demais. Alex também falou que não conseguia ver Elias Deathwill ficando forte no seu mundo… E por algum motivo, Elias também parecia muito fraco durante o treino.

Após Schnee pedir por mais detalhes, seus lábios curvaram. Ela claramente ficou feliz por seu marido ter espancado seu pai.

Sara limpou as lágrimas, sorrindo levemente: — Temos uma resposta em nossos corpos se ele fez algo. Temos que continuar subindo de nível, explorando nossos sentimentos e coração. Com nosso sentimento, o esquema do pai não terá sucesso.

Alex assentiu. Schnee relaxou, caindo na cadeira. Stella também parecia muito melhor e era hora de falar de outras coisas.

Alex explicou sobre o Demônio Wolfen e sua morte. Teve a sensação que os demônios famintos estavam muito interessados nele e que queriam evocar mais medo que qualquer outra coisa.

Todavia, o incidente Demônio Wolfen tinha mais significado: — Já sabia que não podia ser um rei ou um líder. Eu sabia desde o começo, mas pensei em coisas assim por causa da minha posição.

— Sempre sinto que tenho muita influência. Tenho um castelo com minhas instalações e tenho poder que pode quebrar as regras do mundo. Pode ser só eu procurando por uma desculpa, mas realmente pensei como alguém com a responsabilidade para virar um herói ou rei.

— No entanto, já passei disso. Quero que minha única responsabilidade seja minha família. Garantirei a felicidade e segurança de vocês. E por isso, me esforçarei para ter mais força. Portanto, farei conexões mútuas e benéficas com pessoas de várias origens.

Alex foi várias vezes de alguém que só queria se divertir com seus amigos para alguém que achava que devia assumir a responsabilidade de Elias Deathwill e os outros. Ele voltou atrás algumas vezes porque tinha influência demais com a classe lendária.

Mas agora, tinha sob seu controle. Usaria sua influência pelo bem de seus amigos e pessoas amadas.

Desta maneira, Alex explicou seu encontro com Eva Mora. Seu relacionamento com as fadas da floresta, Remia e o que pensava para o futuro.

— Haverá uma guerra logo. Essa guerra engolfará muitas vidas no meu primeiro continente — Alex falou enquanto olhava para todas: — Quero participar desta guerra. Vocês me seguirão?

Alex podia dizer seus planos antes de fazer a pergunta. Seria muito normal e natural, porém, fez a pergunta sem pensar.

Schnee deu uma olhada estranha: — Sério, agora?

Stella assentiu.

Sara sorriu amplamente: — Seguiremos você em qualquer lugar, Alex.

Alex sorriu: — Usaremos as cores reais e emblema do Castelo Deathwill. Nosso objetivo é chamar atenção dos demônios famintos nos alvejando. Esse será nosso objetivo primário.

Desde que Damon Mouga falou que o grupo alvejando o Castelo Deathwill não era significante, Alex os reuniria na guerra iminente. Ele os colocaria na prisão, aproveitando seus corpos como fonte de sangue.

Ele então acrescentou: — Nossa segunda prioridade são os civis. Deixaremos o mundo saber que Elias Deathwill se foi… Deixaremos saber que sua família quer reparar seus erros.

— Quero que as pessoas que não se juntaram aos demônios famintos saibam que podem contar conosco. Não, devemos deixá-los saber que estamos aqui. E ao ajudar os civis, eliminaremos um pouco da mancha de Deathwill.

— O que acham? — Perguntou Alex.

Suas esposas simplesmente assentiram, prontas para segui-lo.

Alex olhou para elas com afeição, sabendo internamente que ele ainda teria que falar com elas sobre Elias Deathwill e seus atos.


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar