Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1010

A Queda de Falcon Scott (28)

Traduzido usando o ChatGPT



Preso na pequena bolha da barreira de energia, o Tirano se transformou em um furacão assassino. Movendo-se com uma velocidade surpreendente para uma criatura tão grande, ele se contorceu e girou, tentando rasgar os humanos odiosos.

Sunny e Dale haviam conseguido desviar ou desviar-se da saraivada de ataques devastadores, por enquanto, mas evitar serem esmagados pelo peso massivo desta monstruosidade enlouquecida também era difícil. A barreira era simplesmente pequena demais para se afastar, deixando-os sem escolha, exceto tentar montá-la.

Isso não tinha sido uma boa escolha … até mesmo nas costas do Tirano, as três bocas e o ferrão poderiam atacá-los livremente. Além disso, a abominação rolou instantaneamente no chão, jogando-os para longe.

Sunny mal conseguiu evitar ser soterrado pela montanha de carne. Apenas alguns segundos depois que Dale ergueu a barreira, ele sentiu o gosto salgado de sangue na boca. Os dois Ascendidos estavam machucados e feridos.

É claro, o Tirano não saiu ileso também.

Três de suas pernas haviam desaparecido, seu corpo estava coberto de uma multidão de cortes profundos e um de seus pescoços estava quase sendo cortado ao meio. Melhor ainda, a criatura parecia ter se entregado a seus instintos mais primitivos, enlouquecida pelo Pecado do Consolo.

A fúria bestial do Tirano era aterrorizante, mas teria sido muito mais perigoso lutar contra a monstruosidade se ela tivesse retido sua inteligência não humana. Um inimigo inteligente era infinitamente mais mortal do que um sem sentido.

Agora, tudo o que eles tinham que fazer era derrubá-lo.

“Corte sua cabeça!”

“Estou… tentando…”

O escudo de Dale estava encaixado em um dos pescoços do Tirano, e enquanto Sunny gritava, ele martelou sua borda com sua maça, como se estivesse pregando um prego na madeira. O escudo cortava a carne das abominações como uma lâmina, fazendo com que um rio de sangue preto se derramasse sobre as pedras.

Meio ensurdecido pelo grito da criatura, Sunny manifestou uma parede de sombras para defender Dale de uma das duas bocas restantes. A parede foi quebrada sob o ataque monstruoso, mas naquela hora, o Ascendido havia martelado seu escudo pela última vez, e uma das cabeças do Tirano voou.

‘Droga!’

Depois disso, Sunny teve que se preocupar consigo mesmo. A criatura ferida se moveu, esmagando-o contra a barreira com o volume iminente de seu corpo. A Trama de Sangue e a Concha de Mármore o salvaram de ser transformado em massa ensanguentada, mas ele estava preso, esmagado e sem ar. O pior de tudo, não havia saída…

Bem, para a maioria das pessoas. Sunny simplesmente se dissipou na sombra projetada sobre o corpo da criatura pela barreira cintilante e apareceu no outro lado da abominação, sua espada já descendo para morder seu lado.

Assim, a terrível batalha continuou. Sunny e Dale estavam a um erro de serem gravemente feridos ou mortos a cada momento, mas nenhum deles tinha cometido esse erro ainda. Conforme o tempo passava, o inimigo deles ficava cada vez mais frenético, mas os dois Mestres ficavam cada vez mais eficientes em suas tentativas de matá-lo. Eles estavam aprendendo como machucá-lo melhor a cada golpe, desvio e passo.

A armadura de Dale rachou, mas em troca, o ferrão do Tirano foi despedaçado pela maça maciça. Sunny agora estava sangrando de um corte profundo acima do olho esquerdo, mas, em troca, uma das bocas do Tirano estava com metade de seus dentes faltando.

Aproveitando uma abertura momentânea criada pela criatura jogando todo o seu peso contra a barreira, Sunny finalmente conseguiu se posicionar para um ataque total. Ele avançou, tornou seu corpo leve para criar impulso e cortou o Pecado do Consolo na base de um dos pescoços da criatura.

A espada de jade parecia rir enquanto cortava a pele resistente, músculos de aço e ossos inquebráveis do Tirano, emergindo do outro lado de seu pescoço em uma fonte de sangue. A segunda das três bocas caiu no chão.

“Mais uma!”

Dale recebeu um golpe devastador em seu escudo e recuou com um grunhido baixo. Sua mão tremia um pouco.

“A barreira não vai se aguentar por muito mais tempo. Devemos… nos apressar…”

Sunny não precisava ser lembrado. Ele já sentia as sombras ao redor deles mudando – a energia cintilante estava ficando mais fraca toda vez que o Tirano batia nela. Nesse momento, grande parte do brilho já tinha desaparecido.

Mas a criatura também havia perdido a maior parte de suas armas.

Estava sangrando intensamente, aleijado e ferido, sua velocidade diminuindo gradualmente. Sunny sabia que não deveria baixar a guarda – esses últimos momentos costumavam ser os mais mortais, tanto porque os lutadores humanos tendiam a ficar confiantes demais quando a vitória se aproximava, quanto porque seus inimigos muitas vezes abandonavam toda a cautela em uma última tentativa desesperada de destruir a oposição e sobreviver.

Ainda assim… isso tinha que acabar rápido.

‘Arriscado…’

O pensamento passou por sua mente, mas Sunny já estava se movendo. Impulsionando-se para a frente, ele desviou um golpe superficial do rabo da criatura… e bateu no Tirano como um projétil.

Desequilibrado, a monstruosidade se balançou e, em seguida, lançou-se em um ataque retaliatório feroz. Sunny conseguiu desviar das pernas, mas não da boca. Ele simplesmente a cortou com o Pecado do Consolo, sentindo a carne se partir diante da lâmina de jade.

Ao mesmo tempo, a criatura se abriu completamente para Dale. O intrépido Mestre avançou, sua maça em chamas com um brilho vermelho perigoso. No momento em que ela se conectou com a base do último pescoço remanescente do Tirano, a cabeça acanelada da maça explodiu com uma luz ominosa e algo estrondou.

Sunny viu a forma do pescoço da abominação se derretendo sob a fúria da luz vermelha enquanto se despedaçava.

Então, por um segundo, ele não conseguiu pensar em mais nada.

Momentos antes de morrer, o Tirano conseguiu agarrar seu ombro com a boca e arremessar Sunny para o ar. Sentindo uma pulsação de dor rasgante, ele se viu voando para trás, longe da criatura moribunda. Suas costas se chocaram com a barreira enfraquecida… e a quebrou, a Concha de Mármore se tornando rígida a partir do impacto.

Sunny aterrissou sem graça a algumas dezenas de metros do corpo convulsionante do Tirano, rolando por mais alguns metros e parando na beira da água. Um gemido dolorido escapou de seus lábios.

‘Isso… doeu…’

Ele se levantou lentamente e olhou para seu ombro. O ombreira de couro do Manto do Titereiro estava perfurada em vários lugares, e havia arranhões profundos em sua pele. As presas do Tirano, no entanto, não haviam cortado fundo. As lacerações eram superficiais.

Ele respirou tremendo e olhou para cima. Lá em cima, a Nuvem Devoradora parecia… sem rumo e perdida. Sem um propósito malévolo guiando a enxurrada de criaturas, eles estavam sendo lentamente aniquilados pelas defesas da cidade.

Santa e Mestre Jet devem ter acabado com o Tirano deles também.

Sunny olhou para Dale, que parecia bastante machucado, mas vivo.

‘Nós… vencemos.’

Por todos os relatos, ele deveria se sentir jubilante e aliviado. Embora a batalha não tivesse terminado, os Irregulares haviam cumprido sua missão. Hoje, o Primeiro Exército iria celebrar uma vitória.

No entanto, Sunny não se sentia aliviado.

Em vez disso, ele sentia… frio. Muito, muito frio.

E amedrontado.

‘Que diabos é esse sentimento?’

Lutando contra um profundo sentimento de inquietação, Sunny tremeu e virou-se para as ondas negras, sua mão alcançando o punho do Pecado do Consolo.

Assim que o fez, a água se partiu e algo… alguém… apareceu debaixo dela.

Sunny congelou, olhando com olhos arregalados. Seu rosto empalideceu terrivelmente.

Havia um homem emergindo do oceano, a água escorrendo de sua armadura. Ele era alto, com uma forma poderosa. Seus cabelos eram escuros e seu rosto sem sangue… estava vazio, sem qualquer sinal de emoção escondido em seus olhos ocos.

Em vez disso, havia algo diferente neles. Algo vasto, alienígena e aterrorizante.

O homem lentamente emergiu da água e deu um passo firme em direção a Sunny, erguendo-se sobre ele como uma aparição oca. O olhar vazio de seus olhos vidrados caiu.

A mão de Sunny tremia.

Atordoado, ele tentou se arrastar para trás e sussurrou com uma voz fraca e trêmula:

“…V—Verne?”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 6 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
9 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
BanKai
Admin
BanKai
3 meses atrás

Aviso: A taxa de lançamento dessa obra é de pelo menos 14 capítulos semanais (possivelmente 2 por dia) e também aceitamos um impulso na liberação de mais capítulos através de doação, a cada R$2,00 (dois reais) doados será liberado um capitulo adicional.

Você pode doar através da nossa página de doações clicanco aqui.

SaigoD
Membro
Saigo
21 horas atrás

Esse Terror é pica. Mesmo lendo, tu fica um cagaço…

GreyD
Membro
Grey
2 dias atrás

AGORA FODEU DE VEZ MESMO

IfosD
Membro
Ifos
3 dias atrás

senhoras e senhores…. eu me cageui

treshart
Membro
treshart
4 dias atrás

agora fudeu foi tudo, lutar contra o enxame já n era fácil, agr os cara vai ter que lutar contra um terror

Leywin
Membro
Leywin
11 dias atrás

Senhoras e senhores, me caguei!

LokinD
Membro
Lokin
23 dias atrás

P-Q-P

suco de laranjaD
Membro
suco de laranja
4 meses atrás

FUDEU FAMILIA, o terror do LO49 veio botando o pau na mesa e entrando

Danilo Torres
Membro
Danilo Torres
3 meses atrás
Resposta para  suco de laranja

ta vendo po, esse ai é sinistro, to com medo

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar