Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1011

A Queda de Falcon Scott (29)

Traduzido usando o ChatGPT



Por um momento, a mente de Sunny estava vazia. Ele rastejou para trás, olhando para cima para a figura familiar que se erguia acima dele.

Verne… era Verne. Não havia engano.

… Ou algo usando o cadáver de Verne, pelo menos.

Sua sombra era muito mais vasta e terrível do que a sombra de um humano deveria ser.

O olhar oco do Mestre morto perseguiu Sunny, seu rosto imóvel como uma máscara. Atrás dele, as ondas escuras se agitaram, e mais figuras surgiram da água. Homens, mulheres… dezenas deles, centenas até. Eles marcharam para frente como um exército dos mortos, silenciosos e sem emoção, seus olhos se afogando na escuridão.

Todas as suas sombras estavam erradas.

As pessoas de LO49 que Sunny havia deixado para morrer. Ele reconheceu todos eles, encarando a superfície ondulante do oceano horrorizados.

“O… o Terror…”

Estranhamente, foi a risada desprezível da espada amaldiçoada que quebrou sua paralisia.

“Olhe, Perdido da Luz… seus pecados vieram assombrá-lo!”

Sunny estremeceu, voltando a si.

“Que pecados, seu bastardo? Eu fiz tudo o que pude para salvá-los!”

A voz insidiosa riu novamente, depois sussurrou, suas palavras sibilantes caindo como gotas de veneno:

“A fraqueza também é um pecado, verme miserável… é o maior pecado de todos…”

Sunny rosnou, então se levantou e congelou por um segundo, pensando febrilmente na situação.

Depois de perseguir o Tirano, ele agora estava atrás da cidade. Havia penhascos altos entre o oceano e a parede norte de Falcon Scott, então nada poderia escapar da costa sem ser despedaçado pelos armamentos defensivos… concedido, a maioria das forças do Primeiro Exército estavam atualmente concentradas no lado sul da parede, lutando contra a Nuvem Devoradora.

A fortaleza do porto estava próxima, porém, e defendida por sua própria guarnição. Bloodwave e os Despertos da Casa da Noite também estavam lá, protegendo os navios ancorados e supervisionando o carregamento dos refugiados.

Mil cadáveres enfeitiçados não iriam fazer nem um arranhão nas defesas do porto. Quanto ao Terror em si…

Assim que esse pensamento passou pela mente de Sunny, ele viu algo que fez seu sangue gelar. Lá, atrás das figuras lentamente avançando dos residentes afogados de LO49, a água negra fervilhava e borbulhava, liberando ainda mais escravos. Criaturas do Pesadelo… milhares delas… estavam surgindo das ondas, todas se movendo com a mesma impassibilidade silenciosa e aterrorizante.

Ele deu um passo involuntário para trás, então se fortaleceu e ergueu o Pecado do Consolo.

Os escravos do Terror não podiam ser permitidos que chegassem ao porto. Centenas de milhares de refugiados estavam lá, com ainda mais já nos navios. Felizmente, as plataformas do elevador que levavam a Falcon Scott estavam vazias, a evacuação parada brevemente por causa da Nuvem Devoradora.

Os defensores da metrópole também haviam avistado a nova ameaça. Poderosos feixes de luz caíram do alto, iluminando a horda silenciosa. Um instante depois, uma chuva de balas deveria rasgá-la…

Mas não aconteceu.

Os holofotes se moveram, como se não notassem nada. Em vez de um ataque destruidor de projéteis pesados, tudo o que veio foram alguns fluxos esporádicos de balas de rifle.

Os armamentos na parede da fortaleza do porto também estavam silenciosos.

Sunny sentiu um arrepio percorrer sua espinha.

“O feitiço…”

Ele não teve a chance de terminar o pensamento.

Verne desapareceu de repente, se movendo com muito mais velocidade do que era capaz como humano. Sunny se desviou, tentando desviar do ataque iminente, mas sua reação foi muito lenta. Um golpe devastador o lançou para trás, tirando-lhe o fôlego por completo. Ele caiu no chão e rolou, sentindo um entorpecimento frio se espalhar por seu peito.

“Maldição…”

Ele havia se enganado ao avaliar o poder do inimigo com base em quão poderosos os escravos haviam sido antes de cair nas garras do Terror. O que quer que a criatura tivesse feito com eles… os transformado em… era muito mais perigoso do que eles eram antes.

“Você é um tolo negligente, não é?”

Lutando para respirar, Sunny cerrou os dentes. De fato, ele era… ele já sabia que os residentes enfeitiçados eram capazes de mostrar força sobrenatural. Por que os escravos seriam diferentes? Se algo, sua mudança seria maior.

Um Mestre, cem ou mais Despertos, perto de mil soldados comuns, várias centenas de civis… e milhares e milhares de Criaturas do Pesadelo, todos controlados e transformados pelo Terror.

Com todos aparentemente cegos para sua existência.

A situação não era boa…

Sentindo um verdadeiro medo pela primeira vez em muito tempo, Sunny se forçou a se levantar mais uma vez e olhar para a horda de olhos vazios.

“Não, nem todos…”

Embora a maioria dos defensores parecesse estar ignorando os escravos do Terror, alguns ainda estavam disparando seus rifles. Isso significava que o feitiço da criatura não era absoluto. Com tantos residentes por perto, ele só podia fazer tanto.

Havia uma restrição ao seu poder. O que significava que ele poderia ser derrotado.

Houve um som de metal raspando contra pedra atrás dele. Olhando para trás, Sunny viu Dale se aproximando, seu escudo levantado e pingando sangue. Seu coração deu um salto.

“Dale! Você os vê?!”

O Mestre pesadamente armado virou ligeiramente a cabeça, a escuridão aninhada na fenda de sua viseira. Sua voz soou um pouco abafada:

“Do que você está falando?”

O coração de Sunny caiu, mas então, Dale continuou:

“Como eu poderia perder milhares de criaturas rastejando do oceano? Claro que eu vejo. A questão é, por que os armamentos da parede ainda estão em silêncio?”

Cada vez mais Criaturas do Pesadelo emergiam da água, inundando a costa. Sunny encontrou Verne e estremeceu, percebendo que o Mestre morto estava olhando para ele também.

“É o Terror de LO49! A coisa maldita está mexendo com as mentes das pessoas! Precisamos…”

A horda oca de repente parou de se mover. Milhares de cabeças se viraram em uníssono, incontáveis olhos vazios todos olhando para um único ponto…

Sunny.

Ele estremeceu.

“… Acho que ele também me reconheceu.”

A horda se lançou para frente.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 4 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
8 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fã-Do-Kai
Membro
Fã-Do-Kai
12 dias atrás

Mil cadáveres de pessoas que você não pode salvar estão “voltando dos mortos” para acabar com você..puta terror do krai

treshart
Membro
treshart
28 dias atrás

ou corre ou morre

LokinD
Membro
Lokin
1 mês atrás

meu c* n passa nem um filete de vento meu irmão

IfosD
Membro
Ifos
28 dias atrás
Resposta para  Lokin

tbm

Beiceta
Membro
Beiceta
2 meses atrás

Me lembrou o Rei da Noite de GoT.

Caetovisk
Visitante
Caetovisk
4 meses atrás

Agora sim pô. Um combate que vai fazer o Sunny se esforçar ao limite (talvez nem vença)

Danilo Torres
Membro
Danilo Torres
4 meses atrás

krl que assustador kkkkkkkkkkkkkkk

suco de laranjaD
Membro
suco de laranja
4 meses atrás

agora que vai ser divertido

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar