Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Shadow Slave – Capítulo  1048

A Queda de Falcon Scott (66)

Traduzido usando o ChatGPT



Sunny deixou o complexo subterrâneo, respirou o ar frio do inverno e mancou em direção ao hospital militar próximo. A caminhada não foi muito longa, então ele chegou lá em dez minutos.

Belle, Dorn e Samara estavam na frente do prédio, e também estava Abominação – o Eco estava deitado no chão, protegendo-os do vento com seu corpo massivo.

O cão não havia participado da batalha recente, pois teria sido destruído muito rapidamente pelos besouros negros. No entanto, ele havia sido muito útil para a coorte nas últimas duas semanas.

Era estranho… no passado, Abominação havia ignorado principalmente o Eco de Quentin, Blackie, que costumava seguir a besta maior. Mas agora que Blackie se foi, o cão monstruoso sempre parecia um pouco desolado.

Dando uma olhada triste no Eco, Sunny se aproximou de seus soldados.

“Major! Céus… você está horrível!”

Belle sorriu, escondendo indícios de angústia que haviam se enraizado em seus olhos.

Sunny forçou um sorriso também.

“Você deveria ter visto o outro cara… ah, mas você não pode. Eu matei o outro cara.”

Isso arrancou algumas risadas. Sunny também zombou.

“De qualquer forma. Me leve até Luster… ele está acordado, certo?”

Eles assentiram. Dorn e Samara permaneceram do lado de fora, enquanto Belle o guiava para dentro do hospital.

“Ele acordou uma hora atrás, mais ou menos. Uh… acho que ele está de bom humor, considerando. Isso pode ser por causa dos analgésicos, no entanto.”

Eles caminharam pelos corredores brancos, que estavam todos lotados de leitos hospitalares. Um número incontável de soldados mutilados e feridos estava deitado neles, alguns acordados, outros misericordiosamente inconscientes. O ar estava impregnado do cheiro nauseante de sangue, carne queimada, miséria e desespero. Médicos, enfermeiros e alguns curandeiros Despertos estavam cuidando apressadamente dos feridos, as olheiras sob seus olhos mais escuras do que os hematomas que cobriam o corpo de Sunny.

A visão era indescritivelmente sombria.

Sunny manteve o rosto tranquilo, projetando a imagem de um Ascendido destemido. Por dentro, no entanto…

‘Pelo menos eles vão sobreviver.’

A medicina moderna era muito potente, e isso sem considerar os Despertos que possuíam Aspectos de cura. Se um soldado fosse retirado do campo de batalha vivo, havia pouquíssima chance de que ele morresse. O único problema era o custo, mas o Primeiro Exército não poupava despesas, pelo menos nesse aspecto.

Como um Desperto de status um tanto exaltado, Luster foi colocado em um pequeno quarto só para ele. Conforme se aproximavam, Sunny ouviu a voz do jovem:

“Kim… Kimmy… pare com isso… eu perdi minhas pernas, sabe, não minhas mãos! Eu sou perfeitamente capaz de me alimentar!”

Quando entraram, viram uma cena peculiar. Luster estava deitado em uma cama, seus tocos envoltos em bandagens regenerativas, enquanto Kim tentava empurrar uma colherada de mingau de pasta sintética em sua boca. O rosto normalmente tímido da jovem estava determinado e extremamente focado.

Kim congelou, então se virou e lançou um olhar inesperadamente feroz para Sunny.

“Senhor. Aquele idiota se recusa a comer.”

Percebendo Sunny, Luster sorriu:

“Cap… Major! Graças aos deuses! Por favor, me salve!”

Kim congelou, então se virou e lançou um olhar inesperadamente feroz para Sunny.

“Senhor. Aquele idiota se recusa a comer.”

Sunny os encarou por alguns momentos e sorriu.

“Você quer que eu te alimente, Luster? Porque, sabe… eu posso…”

O jovem empalideceu um pouco, então rapidamente pegou a colher e engoliu o mingau de uma vez.

“Não, não. Não precisa se esforçar, senhor!”

Sunny se aproximou, convocou sua cadeira e sentou perto da cama. Então, ele tentou dizer algo, apenas para descobrir que não conseguia encontrar palavras.

Eventualmente, ele perguntou de forma desajeitada:

“Como você está?”

Luster o encarou por um tempo, então de repente sorriu e mexeu os tocos.

“Não se preocupe comigo, senhor. Estou bem… de verdade. Eu te contei como meu braço direito inteiro foi arrancado uma vez, certo? Isso é apenas um pouquinho pior… inferno, se eu perder meu braço esquerdo também, um dia, poderei me gabar de ter perdido todos os meus membros para proteger a humanidade. As garotas não resistem a um herói, sabe!”

Sunny piscou.

‘Acho que ele está realmente bem.’

Ele suspirou.

“Bem… não se preocupe muito. Não há muitos curandeiros excelentes aqui em Falcon Scott, e todos eles estão terrivelmente ocupados. Uma vez que você chegar à Antártica Oriental e, de lá, voltar para NQSC, o governo fará de tudo por você. Você estará novinho em folha em pouco tempo.”

Apesar de sua intenção de confortar o jovem, o sorriso de Luster de repente se apagou. Olhando para o lado, ele ficou em silêncio por alguns segundos e depois disse baixinho:

“Ah, sim. Certamente, senhor. Assim que eu estiver de volta em NQSC…”

Sunny franziu um pouco a testa.

“Jogue esses pensamentos estúpidos para fora da sua cabeça. Você fez mais do que o suficiente. Poucas pessoas merecem voltar para casa mais do que você… então, aproveite o cruzeiro e depois se certifique de se recuperar e relaxar durante uma longa folga. Isso é uma ordem.”

Ele pausou, depois acrescentou seriamente:

“Além disso, o Rhino explodiu. Para que diabos eu preciso de você agora? Manter você provavelmente seria apenas um desperdício de provisões perfeitamente boas…”

Ouvindo isso, Luster riu.

“Ah, entendi. Quando você coloca dessa forma…”

Ele suspirou.

“Não é que eu ache que não mereço uma dispensa antecipada, senhor. É só que…”

O jovem olhou brevemente para Kim, depois ficou em silêncio.

Ele não queria deixar seus camaradas para trás. Sunny podia entender isso… mas não havia outra opção. Restaurar duas pernas para uma pessoa não era impossível, se curandeiros suficientemente poderosos estivessem envolvidos, mas levaria tempo, e um longo período de recuperação ainda seguiria. Quando Luster estivesse em boa forma o suficiente para lutar novamente, a Campanha da Antártica já teria acabado.

Ele balançou a cabeça.

“Do jeito que vejo, seu amuleto da sorte finalmente funcionou. Se não fosse por você, Kim estaria morta… Dorn também, provavelmente, e talvez até Belle e Samara. Você se saiu bem, Luster. Você passou pela parte mais difícil de toda a campanha… as coisas vão se acalmar quando o Segundo Exército chegar. Então, anime-se.”

Luster olhou para ele, depois assentiu lentamente.

“Aquela coisa… você a matou, certo, senhor? Qual era o Nível e Classe dela?”

Sunny deu de ombros.

“Sim… eu a matei. Era um Diabo Corrompido, e um muito assustador por sinal.”

O jovem se apoiou cansado no encosto da cama do hospital e sorriu.

“Um Diabo Corrompido… bom, isso é bom. Não há vergonha, então… ha, eu sobrevivi a um ataque de um Diabo Corrompido? Uau… eu sou bem incrível, não acha, Kim?”

Ela pegou mais uma colherada de mingau, levou à boca dele e suspirou.

“Yeah… sim, você é bem incrível… agora coma essa droga de mingau antes que eu fique brava…”

Sunny os observou em silêncio por mais alguns minutos, depois arrumou uma desculpa e saiu.

Ele encontrou Belle algumas salas adiante, onde dezenas de cápsulas de sono estavam instaladas em um grande salão. O espadachim estava em pé perto de uma delas, olhando sombriamente para a tampa fechada. Dentro, o corpo de Quentin dormia pacificamente, não exatamente morto, mas também não exatamente vivo.

O curandeiro nem havia morrido nem se transformado em oco ainda. Considerando as circunstâncias, isso provavelmente significava que ele havia lutado até encontrar uma Semente e entrado em um Pesadelo.

Conquistar um Segundo Pesadelo sozinho… suas chances eram extremamente baixas, mas não totalmente inexistentes.

Sunny parou perto de Belle e olhou para a cápsula de sono também.

Depois de um tempo, o espadachim disse de forma inesperadamente sóbria:

“Major… você se lembra de como eu brinquei que Luster seria o primeiro a morrer?”

Sunny lançou a ele um olhar surpreso.

“…Claro. Eu me lembro.”

Belle ficou em silêncio por muito tempo, depois coçou a cabeça de forma desajeitada.

“Eu estava pensando… tecnicamente… eu ainda posso ganhar aquela aposta, certo?”

Com isso, o espadachim olhou para ele e sorriu.

Sunny franziu a testa.

“Eu acho… mas quem permitiu que vocês apostassem sem a minha permissão? Inaceitável! Eu quero participar da aposta…”


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
suco de laranjaD
Membro
suco de laranja
12 dias atrás

a bateria(Luster) é de longe o personagem mais legal que foi introduzido na antartida

Última edição 12 dias atrás por suco de laranja

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar