Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1293

Profanação

Traduzido usando o ChatGPT



O rosto enrugado e desgastado de Ananke escureceu. A velha mulher hesitou por um momento antes de dizer:

“O outro nome para a Profanação é Corrupção… um tipo especial de Corrupção que apareceu no Grande Rio e se espalhou rio abaixo como uma praga. Ou melhor, foi espalhado.”

Nephis inclinou-se um pouco:

“Espalhado… rio abaixo?”

A velha mulher assentiu pesadamente.

“Sim. É porque a Profanação… sua origem é o Estuário.”

Seus olhos nublados ficaram distantes.

“Os Buscadores (Seekers) sempre estavam tentando alcançar o Estuário, viajando cada vez mais rio abaixo. Mas nenhum deles conseguiu encontrá-lo. Eventualmente, eles construíram uma cidade própria nas partes mais distantes do passado – uma cidade chamada Verge. Sua grandiosidade poderia competir com a próspera agitação das grandes cidades governadas pelas sibilas, e de lá, eles continuaram sua busca. Até que, eventualmente… um deles realmente conseguiu entrar no Estuário.”

A velha mulher segurou o remo de direção enquanto olhava para a vastidão do Grande Rio, então continuou de forma monótona:

“No entanto, o que ele encontrou lá não foi a verdade, mas a Corrupção. Ou talvez tenha sido a verdade que ele encontrou que o corrompeu. Aquele Buscador se tornou o primeiro dos Profanados, e ele trouxe a Profanação de volta com ele para Verge. A cidade dos Buscadores foi consumida pela Profanação, e aqueles que foram consumidos por ela se tornaram distorcidos e monstruosos. Eles se espalharam a partir dali como uma praga, trazendo uma grande calamidade para o Povo do Rio.”

Ananke ficou em silêncio, respirando pesadamente.

Sunny estava franzindo a testa profundamente.

‘Então foi isso que aconteceu…’

A verdade horrível que o Demônio do Pavor tinha escondido no coração da Pirâmide Negra… a primeira pessoa que a descobriu foi consumida pela Corrupção como resultado. Não apenas isso, mas ele também infectou o resto dos Buscadores com ela, destruindo – ou melhor, transformando – uma cidade inteira em uma fonte de pesadelo da Corrupção em expansão. Da Profanação.

…Que tipo de segredo Ariel tinha enterrado no amanhecer dos tempos?

Mais importante ainda, era isso que Daeron do Mar do Crepúsculo havia tentado alcançar? Invadir a cidade corrompida de Verge e matar a primeira testemunha da verdade aterrorizante, que era a raiz da Profanação?

Se sim, sua tarefa seria terrível.

Nephis parecia estar pensando o mesmo. Depois de ponderar por um tempo, ela perguntou:

“O que aconteceu depois?”

Ananke mudou-se em seu banco e suspirou.

“Por causa da Profanação, as águas pacíficas do Grande Rio foram atormentadas pelos Corrompidos. Os mais poderosos deles vêm das partes mais distantes do passado, rio abaixo… assim como do terrível vazio do futuro, de onde vocês vieram, meu Senhor e minha Senhora. O Povo do Rio se viu preso entre o passado aterrorizante e o futuro condenado, sem ter para onde escapar. É claro, eles lutaram contra a Profanação e resistiram por um tempo.”

Ela olhou para longe e disse amargamente:

“…Mas eles também lutaram entre si. Foi assim que fomos perseguidos e forçados a escapar rio acima, enfrentando perigos terríveis. Eventualmente, perdemos todo o contato com aqueles que nos exilaram. O último que ouvimos foi que muitas das sibilas sucumbiram à Profanação, e que muitas de suas cidades caíram. Até mesmo Crepúsculo, a cidade do Rei Serpente, foi perdida. Agora… é o crepúsculo do Povo do Rio. Em breve, não restará nenhum de nós.”

Sunny sentiu que entendia o que havia acontecido com as pessoas que escaparam do fim do mundo entrando na Tumba de Ariel… a maioria delas havia morrido ou sido Corrompida, e o resto logo seguiria. Esse era o destino da civilização do Grande Rio.

Portanto, havia duas maneiras de resolver o conflito do Pesadelo.

Eles teriam que ajudar na destruição dessa civilização, ou mudar o curso eliminando a fonte da Profanação em expansão. Este último, é claro, receberia muito mais elogios do Feitiço, já que diferiria drasticamente do destino.

Ele também observou a menção a Crepúsculo… que, como se viu, era o nome da cidade que o Rei Daeron e seus vassalos haviam construído. Outro ponto interessante era que Fallen Grace, a cidade governada pela última sibila, estava situada na região do Grande Rio que já havia sucumbido em grande parte à Profanação. Talvez fosse o último reduto humano restante na Tumba de Ariel.

‘E outra coisa…’

Ananke havia dito que havia dois lugares dentro da Tumba de Ariel que eram muito mais terríveis e perigosos do que todos os outros – as partes mais distantes do futuro rio acima e as partes mais distantes do passado rio abaixo.

Sua sorte era incrível, como sempre. Não apenas Sunny havia entrado no Grande Rio em um desses lugares aterrorizantes, mas ele também parecia destinado a viajar para o outro.

‘Ótimo. Simplesmente ótimo…’

No entanto, o que Sunny prestava mais atenção era uma pergunta simples… como a Profanação estava se espalhando? Ele não sabia muito sobre Corrupção, mas não parecia algo que pudesse acontecer simplesmente.

Mesmo Skinwalker não conseguia infectar humanos com Corrupção – em vez disso, só podia infectá-los com ele mesmo. A Profanação tinha uma natureza semelhante? Ele não achava que sim – se todas as Criaturas do Pesadelo na Tumba de Ariel fossem vasos da mesma entidade, o primeiro Buscador, eles não estariam lutando uns contra os outros.

Essa era uma distinção importante.

Olhando para Ananke, ele perguntou em um tom sombrio:

“Vovó, você sabe como a Profanação se espalha?”

A velha mulher balançou a cabeça.

“Me desculpe, meu Senhor. Eu não… na verdade, só encontrei um verdadeiro Profanado uma vez. Weave está situada muito rio acima, então, embora tenhamos que lutar contra criaturas Corrompidas do futuro com frequência, ninguém de Verge já nos alcançou.”

Nephis franziu a testa.

“Exceto por aquele único Profanado?”

Ananke assentiu.

“…Sim.”

A água brilhava sob a luz do sol, e o ketch voava sobre as ondas, viajando cada vez mais para o passado. Nephis hesitou por um momento e então perguntou:

“O que aconteceu quando o Profanado apareceu?”

A velha mulher não respondeu por um tempo. Eventualmente, ela levantou a cabeça e sorriu amargamente.

“O dia em que ele apareceu… foi o dia em que Weave foi destruída.”

Suas palavras viajaram sombriamente pela superfície da água, logo desaparecendo no vento.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 3 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
LokinD
Membro
Lokin
17 dias atrás

Vai ser o Boss dessa campanha? ou vai ser algo mas dificil ainda

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar