Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1296

Guerra da Perdição

Traduzido usando o ChatGPT



Sunny não estava certo de que estava acreditando no que Ananke acreditava… mas ao mesmo tempo, ele não podia descartar completamente.

‘Maldito Tecelão…’

Por que o criador do Feitiço tinha que ser uma criatura nebulosa e elusiva – não apenas cercada de mistério, mas também obcecada por mentiras? Poderia haver alguém mais indigno de confiança? Mesmo que Sunny tivesse herdado a Linhagem proibida do Tecelão, usasse a Máscara do Tecelão e tivesse uma alta afinidade com o destino, que era o Domínio do Tecelão… ele ainda sabia muito pouco sobre o Demônio do Destino.

De onde o Tecelão veio? Quem se escondia por trás da temível máscara negra? Quais motivos os guiavam? Quais objetivos eles buscavam?

Ele balançou a cabeça resignado e olhou para Ananke, franzindo a testa.

‘Enfim. Se não posso aprender sobre o Tecelão, pelo menos devo aprender tudo o mais.’

Sunny reuniu seus pensamentos antes de fazer a próxima pergunta.

“Avó, você disse que o propósito do Feitiço do Pesadelo é salvar o futuro da perdição da grande guerra entre os demônios e os deuses. Para ser honesto… eu não tenho certeza do que isso realmente significa. O que exatamente é essa perdição? O que tornou a guerra tão terrível?”

A velha mulher olhou para a vasta extensão do Grande Rio, demorou por um momento e suspirou.

“Foi realmente terrível. Claro, eu não vivi o horror daqueles dias. O que eu sei foi transmitido para mim pelos meus antepassados, que… concedido, eles escaparam da guerra antes que o fim chegasse, então nem eles sabiam como e por que a verdadeira devastação aconteceu.”

Ela pausou para recuperar o fôlego e continuou com sua voz trêmula:

“Ninguém realmente sabe qual ressentimento impeliu os demônios a se levantarem contra os deuses. Aconteceu logo depois que o Demônio do Desejo escapou de suas correntes. O mais jovem entre eles, o Demônio do Destino, convocou seus irmãos para travar guerra contra os céus… cinco responderam ao seu chamado, e apenas o Demônio do Destino recusou.”

Ananke moveu o remo de direção um pouco, sua mão frágil tão escura quanto a madeira polida.

“Muitos culparam os demônios por tudo o que aconteceu de terrível. Mas, verdadeiramente, as coisas não estavam indo bem muito antes de sua rebelião. A maioria dos deuses tinha se tornado… distante, e as pessoas brigavam umas com as outras, esquecendo os dias em que todos se uniam contra a Corrupção. Humanos lutavam contra humanos e contra outras criaturas nobres. Seguidores da Guerra queimavam os templos das Sombras, e seu império se espalhava, consumindo muitos reinos mais fracos.”

Seus olhos nublados estavam distantes, como se a velha mulher estivesse imaginando o vasto mundo que ela nunca tinha visto ou conhecido. Ela balançou lentamente a cabeça.

“Então, talvez, a grande guerra fosse apenas o resultado, e não a causa do fim. De qualquer forma, os seis Demônios reuniram vastos exércitos e os lideraram contra os deuses. O que foi diferente sobre essa guerra… é que eles não foram imediatamente derrotados. Afinal, havia muitos deuses menores, mas nenhum deles era tão temido quanto os demônios – muito menos se seis deles se unissem. Outros se juntaram à sua causa, e até mesmo os grandes deuses não puderam derrotar um inimigo assim com facilidade.”

A velha mulher tremia.

“A guerra foi furiosa e implacável. Muitos reinos se tornaram campos de batalha e foram devorados pelas chamas. Mas… o pior ainda estava por vir. Porque, em vez de chegar a uma conclusão, a guerra apenas continuou a se tornar mais feroz. Aqueles leais aos deuses pegaram em armas, e em resposta, os Demônios recrutaram mais aliados – campeões mortais que haviam sofrido a tirania do Império, criaturas antigas que haviam sido banidas para os cantos mais sombrios do Submundo e todos os outros que guardavam rancor profundo contra o divino… até mesmo os nefilins aterrorizantes. Uma loucura total foi desencadeada, e logo, não havia lugar intocado pela guerra. Todos os lugares se transformaram em campos de batalha.”

Ananke olhou para as águas correntes do Grande Rio e ficou em silêncio por um tempo. Eventualmente, ela disse:

“Nenhum lugar era seguro. As florestas queimavam, os campos se transformavam em desertos, os rios secavam. Um golpe passante dos deuses combatentes poderia destruir cidades inteiras. Com o tempo, incontáveis humanos foram deslocados ou perderam suas vidas. Foi quando começamos a chamá-lo de Guerra da Perdição, acreditando que ele se tornaria o fim de tudo… foi também quando o Tecelão criou o Feitiço do Pesadelo e nos presenteou com ele, mortais.”

Sunny de repente se lembrou da Costa Esquecida e da ruína que havia caído sobre aquela terra quando a figura radiante caiu do céu. Seria aquela criatura radiante um dos soldados na terrível guerra entre os seis demônios e os seis deuses? Seria, talvez, um dos nefilins?

Ou… um anjo real?

Se o que tinha acontecido na Costa Esquecida estava acontecendo por todo o Reino dos Sonhos, não era surpresa que os humanos antigos lá vissem como o fim do mundo.

Ananke suspirou.

“O Tecelão nos ofereceu um caminho para a salvação, mas… naquela época, o Demônio do Destino era desprezado por todos – os seguidores dos deuses, os seguidores dos demônios e até aqueles que não queriam ter nada a ver com a guerra. Nós, os sacerdotes do Feitiço do Pesadelo, também éramos desprezados. Poucos nos ouviam… ainda assim, alguns o faziam. O Feitiço do Pesadelo era atraente, afinal, mesmo em seu estado embrionário.”

Sunny inclinou a cabeça.

“…Atraente?”

A velha mulher assentiu.

“Claro! Ele concedia a seus portadores tantas habilidades. A capacidade de possuir Memórias e Ecos, a capacidade de instantaneamente entrar em seu Mar da Alma, despertar seu Aspecto, ser guiado no caminho da Ascensão… o Feitiço do Pesadelo prometia às pessoas que desejavam desesperadamente poder meios de se defenderem.”

‘Huh…’

Então, o Tecelão não era apenas o Demônio mais insidioso, mas também um vendedor ardiloso. O Feitiço do Pesadelo estava repleto de todo tipo de benefícios que pessoas desesperadas achavam irresistíveis – benefícios que os humanos do mundo desperto davam como garantidos, já que não tinham nada com que compará-los. Não é de admirar que o Feitiço se espalhasse como uma praga, apesar da reputação desprezível de seu criador.

“E então, o que aconteceu depois?”

Ananke hesitou por um momento.

“Os sacerdotes do Feitiço do Pesadelo ajudaram a espalhá-lo, fazendo o melhor para conceder seus dons a novos portadores. Foi… quando meus antepassados entraram na Tumba de Ariel. Nunca soubemos o que aconteceu depois que partimos. A guerra deve ter se tornado ainda mais terrível, de alguma forma, e nenhum lado emergiu vitorioso. Em vez disso, todos foram destruídos. Até mesmo os deuses pereceram.”

Ela hesitou.

“…Ouvi dizer que mais Forasteiros apareceram depois que as vozes dos deuses se tornaram silenciosas. Talvez eles tenham levado notícias para a Tumba de Ariel. Mas quando isso aconteceu, já estávamos sendo perseguidos rio acima, então nunca os conhecemos.”

A voz da velha mulher ficou saudosa quando ela disse:

“A essa altura, a maioria deles deve ter sido consumida pela Profanação. Meu Senhor… talvez você possa aprender mais se falar com Crepúsculo de Fallen Grace. Ela é uma das sibilas, afinal. Ela deve saber mais do que uma humilde exilada como eu…”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 2 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
LokinD
Membro
Lokin
19 dias atrás

Estou só…..

Leywin
Membro
Leywin
7 dias atrás
Resposta para  Lokin

Exilado kkkk

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar